Log In

Gastronomia

Gastronomia – The Mac and The Cheese de Bones

Pin it

No episódio The Glowing Bones in “The Old Stone House” da série Bones [segunda temporada, episódio 20, exibido nos EUA originalmente em 9 de maio de 2007], Bones e Booth vão resgatar ossos fluorescentes em uma caverna [daí o “the old stone house” ou “velha casa de pedra” do título]. A equipe veste trajes de proteção contra radiação e os dois precisam tomar comprimidos de iodato para proteger a tireóide: comprimidos similares foram distribuídos para a população japonesa na região da usina nuclear que sofreu avarias após o maremoto seguido de tsunami em março de 2011. Mas a luminescência não tinha nada a ver com radiação e sim devido à uma bactéria presente em frutos-do-mar, explicável pelo fato da vítima ser uma famosa chef de cozinha e fã de comida japonesa.

Mistérios a parte, o episódio ficou conhecido mesmo por causa de uma certa receita especial, que além de dar água na boca, deixou muitos fãs suspirando.

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“Carly’s Table, na Calvert. Ser chef explica os cortes na mão esquerda e as queimaduras.”

Seeley Booth:

“É aquele lugar famoso pelo macarrão com queijo?”

Angela Montenegro:

“É, é impossível conseguir entrar lá.”

Seeley Booth:

“Totalmente impossível.”

Angela Montenegro:

“Você também?”

Seeley Booth:

“Bom, macarrão com queijo é o melhor trabalho de Deus.”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“Ela coloca alho-poró e, e um pouco de panceta. Estava delicioso.”

Seeley Booth:

“Como você entrou?!”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“Sou uma escritora best-seller, Booth, entro em qualquer lugar. Fui com Sully.”

Seeley Booth:

“Ele pediu…?”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“Disse que era “o melhor que ele já comeu”.

O macarrão com queijo ou mac and cheese, em inglês, é um prato de origem italiana. As primeiras receitas podem ser rastreadas até o século 14. Também conhecido como torta de macarrão, ganhou popularidade nos EUA graças ao presidente Thomas Jefferson [favor não confundir com o Tommy de Harry’s Law!], que o servia nos jantares da Casa Branca. Jefferson chegou a contratar um cozinheiro só pra fazer macarrão na Casa Branca e depois comprou uma máquina pra fazer macarrão na Itália que usou em sua casa na Filadélfia. [Fonte: The Jefferson Monticello]

Ah, e mac vem de macaroni. Jefferson preferia macarrão feito com sêmola ou que pelo menos os grãos de trigo não fossem moídos tão fino: hoje em dia temos os grano duro de boa qualidade nos supermercados, não precisamos chegar ao ponto de fazer o macarrão do zero em casa.

Se precisar, na página do Monticello tem a receita pessoal do antigo presidente, mas se você está a fim da receita da Brennan, pode achar peculiar e engraçado  o fato da Antropologista trabalhar no “Jeffersonian”, instituto que leva o nome do guloso presidente. Então, juntem os ingredientes e levem tudo para o ‘lab’!

Seeley Booth:

“Bones, Bones, Bones! Macarrão com queijo!”

[Pega um pouco com a mão do prato que a garçonete retirou da mesa.]
Seeley Booth:

“Uau! É maravilhoso.”

Mas também não precisa chegar a ponto de usar o mac and cheese de caixinha, que tem de várias marcas por lá. Primeiro porque todo produto pronto tem níveis muito altos de sódio [e eu sou hipertensa, já viu], gorduras, conservantes etc. Além disso, o ato de cozinhar não se resume aos princípios físico-químicos do processo, né, Doutora Brennan? Também envolve cuidado e amor.

A receita – Macarrão com queijo

Ingredientes:
1 xícara [chá] de macarrão curto – caramujo/caracol, espiral/serpentina, parafuso, tortiglioni…
1/2 xícara [chá] de cebola picadinha
1 colher [sopa] de manteiga
1 colher [sopa] de farinha de trigo
1 e 1/4 xícara [chá] de leite
1/4 colher [chá] de noz-moscada moída na hora
170 g de queijo Cheddar ou Gruyére ou Stilton ou similar
3 bulbos de alho-poró em fatias fininhas
200 g de panceta ou bacon

Modo de fazer:
Ferva 1,5 litro de água numa panela e coloque o macarrão, pelo tempo de acordo com as instruções da embalagem ou até que você perceba que está cozido, porém ainda bem firme. Não deixe passar do ponto pois ele ainda vai ao fogo mais duas vezes. Escorra e reserve. Não adicione sal na água porque o molho se encarregará disso, e muito menos óleo – senão o molho não vai aderir ao macarrão.

Derreta a manteiga e refogue no fogo médio a panceta, a cebola e o alho-poró até que a panceta esteja crocante e a cebola e o alho-poró transparentes. Tempere com a noz-moscada e misture a farinha. Adicione o leite, misture bem e deixe engorossando, mexendo de vez em quando.

Acrescente o queijo e misture até ele derreter. Adicione o macarrão cozido ao molho e mexa devagar para não quebrar a massa mas ao mesmo tempo envolvê-la completamente no molho de queijo.

Despeje a mistura num refratário pequeno [um litro] e leve ao forno a 180° C por 25 a 30 minutos. Espere 10 minutos antes de servir, não queremos ninguém com o bico queimado!

Seeley Booth:

“Você deveria me deixar ajudar.”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“Não. Você pode limpar tudo depois.”

Seley Booth:

Uau! Macarrão com queijo! Bones, isto parece maravilhoso!”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“É? Sério?”

Seeley Booth:

“Sim, quero dizer, você não precisava se dar todo esse trabalho por mim.”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“O que? Não foi nada.”

Seeley BBooth:

“Hm… Isto é inacreditável.”

Dr. Temperance ‘Bones’ Brennan:

“Ela me disse para seguir meus instintos, então usei um pouco de noz-moscada fresca.”

Notas pessoais: Esta é uma receita com grau de dificuldade de fácil para médio que rende duas porções. É um prato que agrada às crianças e elas podem ajudar a fazer, é uma dica pra quem tem pequenos que dão trabalho pra comer…

Achei interessante descobrir que a atriz Emily Deschanel comeu uma versão diferente nas filmagens porque ela é vegana, ou seja, não come nada derivado de animais, incluindo o queijo!

 

 

Essa receita foi aprovada pelos fãs de Bones!

Séries citadas:

21 Comments

  1. Maria Clara Lima

    Primeira a comentar!!!

    Lu, quando comecei a editar a coluna foi me dando uma saudade de Bones e de como a série era gostosa de ver. Não deu outra, comprei os ingredientes (tirando o Bacon) e vou fazer a sua receita!!!

    Parabéns pela coluna, você é fera Tia Batata!!

  2. Monnyccarvalho

    Muito bom! ‘Qualquer’ coisa referente a Bones por si só já é algo bom, mas relacionar a comida.. Ah! Fica melhor.
    Esse prato encheu a boca de água quando assisti ao episodio e agora novamente com a receita. Certa que vou me aventurar na cozinha. :) Obg. e parabéns, ficou ótimo.

  3. Bianca Mafra

    Ai, eu quero. aqui em casa, eu ja faço muito o macarrao ao molho branco, mas nunca tentei esse molho especifico. detalhe, e sou perdidamente apaixonada por alho poro… vou tentar qualquer dia.

  4. Mariela Assmann

    Lu, como sempre, parabéns!!!! Mais um excelente post. E esse abriu o apetite e me lembrou da saudade enoooooooorme que eu to da série! Assim como as meninas acima, tb vou testar a receita. Depois, apareço pra contar o resultado!

  5. Anônimo

    que legal, monica! ao ver o epi, além do mac and cheese fiquei com vontade de comer sashimi de ouriço-do-mar, hahahaha!

  6. Anônimo

    eu comentei no twitter c/a clara que esse foi o único epi que assisti da série, anos atrás, numa reprise da tv. a bactéria luminescente foi impagável, até apagou o mac and cheese a minha memória. :oD

  7. Pingback: Domingueiras « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account