Log In

Gastronomia

Gastronomia – Borrego ao curry e massa putanesca de NCIS

Pin it
Naomi ensina uma receita indiana e também uma receita de família do agente Fornell., Naomi ensina uma receita indiana e também um prato de família do agente Fornell.

O agente do NCIS Leroy Jethro Gibbs é um ex-marinheiro – ou, como ele diz, “uma vez marinheiro, sempre marinheiro”, não importa o que faça depois. Ex-franco atirador, meio ‘cowboy’, um tipo durão que fica à vontade com um bife suculento e uma cerveja na mão, no máximo um hambúrguer e uísque puro servido no vidro de geleia em que guarda pregos no porão. Gibbs foi casado quatro vezes e compartilha uma ex-esposa com o agente do FBI Tobias Fornell. Às vezes, quando as jurisdições se cruzam ou a necessidade dita, Gibbs e Fornell trabalham juntos, como foi o caso no episódio Short Fuse [o terceiro da oitava temporada, exibido nos EUA em 5 de outubro de 2010].

Jethro Gibbs:

“O que é isso?”

Tobias Fornell:

“É arroz.”

Jethro Gibbs:

“Pensei que ia trazer cheeseburgers!”

Tobias Fornell:

“É cordeiro ao curry do Punjab Express.”

Jethro Gibbs:

“Nós dois concordamos que detestamos esse lugar.”

Tobias Fornell:

“Concordamos, mas recebi cupons de desconto pelo correio.”

Jethro Gibbs:

“Bem, você pediu picante ou suave?”

Tobias Fornell:

“Atômico.”

O Punjab é uma região da Índia; o curry, carê ou caril é uma mistura de condimentos muito utilizada em países asiáticos como Tailândia e Índia. Então, usando minhas incríveis habilidades de dedução baseadas nos fatos investigados, eu me arrisco a supor que Gibbs e Fornell provaram um pouco da cozinha indiana nesse episódio de NCIS. E nem precisei usar o espectógrafo da Abby.

A Índia é um país que não consome carne bovina, por isso a presença do cordeiro nesse prato é canônica. Cordeiro é filhote de ovelha e em algumas regiões do Brasil é conhecido como borrego, com sabor mais forte e levemente adocicado e consistência macia. O cordeiro ao curry ou lamb curry é um prato que mistura as cozinhas indiana e inglesa [o Império Britânico colonizou a Índia, lembra da Companhia das Índias Orientais? Eles queriam as tais especiarias, os condimentos].

NCIS - Short Fuse
A receita: Cordeiro ao curry

Ingredientes para 6 pessoas ou 4 famintos
1 kg de lombo de cordeiro em cubos
1/2 de xícara [chá] de óleo
4 cebolas roxas grandes fatiadas finamente
4 a 5 cm de gengibre fresco sem casca e picadinho
2 pimentas dedo-de-moça sem sementes, picadas
4 a 6 dentes de alho esmagados e picados
2 colheres [chá] bem cheias de curry em pó
1 copo de iogurte natural
2 latas de tomates pelados picados [ou de 6 a 8 oito tomates grandes maduros sem pele nem sementes]
sal

Modo de fazer

Numa panela wok ou frigideira grande aqueça o óleo e coloque as cebolas para dourar bem, mexendo sempre – pode passar um pouco, se quiser, isso dá um gostinho diferente. Junte o gengibre, as pimentas, o alho, misture bem, adicione o curry, misture, misture, agora a carne e os tomates, misture mais um pouco. Que bom exercício para queimar calorias antes de comer, não? Prove e acerte o sal e deixe cozinhando até que a carne esteja macia – de 10 a 15 minutos, depende do fogão. Junte o iogurte, misture de novo e pronto. Um arroz branco basta para acompanhar, mas não chame o Gibbs.

Regule a quantidade de curry conforme a marca que você encontrar no supermercado ou na lojinha de produtos japoneses/indianos perto da sua casa, porque não há um padrão. Existem tabletes japoneses que são vendidos em embalagens de cores diferentes de acordo com o “ardume”, um bom vendedor saberá explicar a diferença. No caso do curry em pó o risco de encontrar uma marca atômica é bem menor. Atômico mesmo, do jeito que mostraram no episódio, só se acrescentar as sementes das pimentas tipo chili.

O chef inglês Jamie Oliver executa a receita numa ordem diferente e até criou uma musiquinha pra ela, espia lá no YouTube.

NCIS - Short Fuse

Jethro Gibbs:

“Italiana?”

Tobias Fornell:

“Si! Pasta alla puttanesca. Receita da minha avó.”

[Gibbis prova o molho com o dedo e Fornell bate na mão dele.]

Tobias Fornell:

“Espere eu terminar.”

Jethro Gibbs:

“Qual é a ocasião?”

Tobias Fornell:

“Estou tentando granjear um favor [curry favor, no original].”

Não sei se fui só eu, mas ri muito quando o Fornell disse que a receita que ele estava preparando era da própria avó porque a tradução literal de pasta alla puttanesca é “macarrão à moda da prostituta”. Pra nós que falamos um idioma derivado do latim [assim como o italiano o é também] é quase óbvio, mas angloparlantes não devem perceber a graça.

Diz uma lenda popular que a origem do nome se deve ao fato de que este é um prato feito com ingredientes fáceis de encontrar em todas as casas [de boa e de má reputação] e é rápido de fazer, por isso era a refeição preparada pelas prostitutas entre seus afazeres. Claro, essa é apenas uma das versões da história, existem outras bem menos picantes. De certo é a origem italiana e a época [meados do século 20, perto de 1950].

NCIS - Short Fuse

A receita: Massa Puttanesca

Ingredientes para 4 pessoas
500 g de macarrão tipo penne
1/2 xícara de azeite honesto [vale chamar o azeite de extra-virgem no molho puttanesca?]
6 filés de anchova em conserva, picados
2 dentes grandes de alho, amassados e picados
2 latas de tomates pelados [ou de 6 a 8 tomates grandes maduros sem pele nem sementes], picados em pedaços grandes
1 colher [chá] de orégano
2 colheres [sopa] de alcaparras escorridas
10 azeitonas pretas em fatias
sal

NCIS - Short Fuse

Modo de fazer

Separe 1 colher de sopa de azeite e reserve. Coloque o resto do azeite e as anchovas numa panela e cozinhe em fogo baixo mexendo sempre, até o peixe desmanchar. Adicione o alho e refogue por alguns segundos [10 a 15]. Junte os tomates e aumente o fogo para médio, acertando o sal a seu gosto [atenção: as anchovas, alcaparras e azeitonas já são salgadas]. Quando o molho começar a ferver abaixe o fogo e deixe apurando de 20 a 40 minutos até que o tomate se separe do óleo. Dá tempo de fazer uma função.

Essa parte da receita pode ser feita com antecedência e reservada na geladeira.

Ferva 3 litros de água com 2 colheres de sopa de sal grosso e coloque o macarrão para cozinhar. Aqueça o molho, junte o orégano, as alcaparras, as fatias de azeitona e a colher extra de azeite e misture o macarrão cozido. Os tomates ficam pedaçudos mesmo.

Ah, sim: penne vem do latim penna ou pena em português. A parte do corpo que combina com a receita é pene, com um N só.

NCIS - Short Fuse
O episódio

A dinâmica Gibbs/Fornell me lembra da dupla Jack Lemmon e Walter Matthau, de certa forma. Oh, céus, acabei de cometer uma citação cinematográfica alla DiNozzo, não foi? Mas é a impressão que me dá. É diferente da relação mestre/aprendiz que Gibbs tem com McGee e DiNozzo, da relação aprendiz/mestre que tem com Frank, ou da relação ambígua que tem com o diretor Vance. É uma relação entre iguais, e o fato de terem se casado com a mesma mulher reforça essa impressão. No primeiro episódio em que Fornell apareceu disseram que não se conheciam antes, mas no decorrer da série criaram um histórico diferente. Os diálogos reproduzidos neste post demonstram bem isso.

No mais, um episódio OK.

Séries citadas:

9 Comments

  1. Paulo Serpa Antunes

    Vou dizer que esta oitava temporada de NCIS tá meio sem tempero (tô vendo pelo AXN, DVR atrasado, tô no 8×13, 8×14). E a covardia começou lá na season premiere, com os produtores descartando muito rapidamente a Paloma Reynosa.
    Mas este episódo é bacana – além da dinâmica dos dois, a “vítima” da semana foi a Abby Brammell – gente, acho ela tão exótica e sexy… Assisti toda uma temporada de The Unit acho que só por causa dela.

    Vou ter que provar o molho a puttanesca!

  2. Flávia Ribeiro Varsano

    Azeite “honesto”, hahaha, adorei, Naomi!

    Eu acho que está rolando muita piada e pouca interação verdadeira entre os personagens esse ano. Está sobrando humor e faltando drama, deve ser isso que o Paulo está sentindo em relação a essa oitava temporada. Bom, é isso que eu estou sentindo.

  3. MicaRM

    Eu estou com a temporada emperrada lá atrás. Não consegui me empolgar. Mas ainda hei de prosseguir…só preciso achar forças.

  4. smiletic

    Adorei Lu! Pessoalmente sou mais fã da segunda receita, mas acho que sou meio preconceituosa com a cozinha indiana. Sim, esta temporada está mais fraca, mas não dá para reclamar de Fornell e Gibbs juntos. Sua análise da relação dos dois foi muito boa!

  5. Anônimo

    como acompanho poucas séries, as que ultrapassaram 5 temporadas me são mais difíceis de abandonar ou deixar na espera, fico apegada mesmo se a temporada é meia-boca. :o)

  6. Anônimo

    valeu, si! foi você que me influenciou a assistir ncis, então sua opinião conta muito. :o)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account