Log In

Reviews

Game of Thrones – First of His Name

Pin it
Série: Game of Thrones
Episódio: First of His Name
Número do episódio: 4x05
Exibição nos EUA: 04/05/2014
89
4.4
3

Você espera uma eternidade para ela começar e quando percebe já está na metade da temporada, isto é Game of Thrones. É com a nomeação de Tommen, o novo governante dos Sete Reinos, que mais um episódio revelador se inicia, no qual velhos rumos são traçados por Dany enquanto no Norte temos uma prévia da guerra que se avizinha.

Depois de apossar-se da cidade escrava Meereen, Dany tem, popularmente falando, a faca e o queijo na mão: o poder de 10 mil homens somados ao fogo de seus dragões seria, sem dúvida, o bastante para retomar toda a Capital em um ataque surpresa diante de um exército exaurido e desmotivado após o reinado de Joffrey. No entanto, o senso de justiça falou mais alto que o desejo pelo Trono de Ferro e isso no mundo de Westeros é tão raro quanto um rei sábio e bondoso. Ela me ganhou completamente ao abrir mão de seu objetivo maior em prol daqueles que ela libertou.

Nascida da Tormenta, a Não-Queimada, Mãe dos Dragões, Khaleesi ou qualquer outro apelido. Não importam os títulos dados à personagem, o que fala mais alto é sua nobreza, de sangue ou não, ela tem e tem muita. Talvez muitos de seus seguidores tenham começado a acompanhá-la por ela ter direito ao trono, mas com o tempo aprenderam que Dany é mais que uma herdeira de direito, ela é a rainha dos Sete Reinos por mérito.

Se Dany é a nobreza, Mindinho definitivamente é a escória. Ninguém nunca questionou a inteligência do personagem que confunde seus inimigos ao mesmo tempo que nos intriga e surpreende de uma forma única. Sua ambição é sua motivação, e seus limites, se é que existem, ainda não foram mostrados. Talvez por ser o único dentre tantas mentes no reino a pensar de maneira tão exclusiva seja o motivo que faça com que ele esteja se saindo tão bem em seu plano. Sua mais nova peça no tabuleiro é Lisa Arryn, que de nova não se mostrou nem um pouco ao revelar que a morte de seu antigo marido foi planejada por Lorde Baelish. Chega a ser assustador pensar no que a mente maligna de Mindinho está planejando para o futuro. A única certeza que temos é que ele não vai parar por nada.

Game of Thrones - First of His Name

E o combate finalmente apareceu pelas bandas do Norte. Sem enrolação nenhuma, Jon chegou à antiga Fortaleza de Craster e liquidou com os desertores da Patrulha. Sem temor e decidido, o ataque foi muito mais do que simples mortes, foi um ataque que libertou a escravidão das mulheres de Craster e acabou com o risco de Mance saber sobre a decadência atual da Patrulha. De quebra, tivemos o reencontro de Fantasma e Jon. Não me xinguem, não tem como não gostar dessa cena. Dragões são lendários,  mas lobos são lindos e fiéis.

O único porém em todo esse clímax do final do episódio foi por conta da decisão de Bran de não se revelar para seu irmão. Esse seria o primeiro momento em que algo de bom aconteceria desde o Casamento Vermelho com os Starks, mas infelizmente não ocorreu. Agora, Bran ruma ao extremo Norte para encontrar respostas, tanto para ele como para nós.

As labaredas sobem e cumprem a profecia que Jojem havia proferido anteriormente. Os corpos mortos, pulverizados serão. Assim como todas as memórias que aquele lugar profano continha em suas paredes. Jon ruma agora de volta ao Castelo Negro e se prepara para a maior batalha de sua vida contra os selvagens.

No próximo episódio, no entanto, teremos o grande julgamente de Tyrion e com sua cabeça em perigo, ninguém vai querer perder, não é mesmo?

Séries citadas:

Estudante de jornalismo que se identifica no humor de House, é fascinado pelo universo de Westeros e pragmático ao estilo Francis Underwood. Noivo da melhor mulher desse mundo que por sorte também adora debater sobre séries.

1 Comment

  1. Lucas

    Dragões jovens podem ser abatidos de maneira não tão difícil e o exército dos Tyrell ainda está na cidade, 70 mil soldados, além do próprio exército Lannister, se atacassem com reles 10k, Dany seria dizimada, mas claro, eles não tem como adivinhar as condições defensivas de Porto-Real, mas de toda forma Jorah deu o papo: 10 mil homens não conquistam Westeros e Ser Barristan deu a solução, ou a única forma, na verdade, de conquistar Westeros: com as casas passando a apoiar Daenerys.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account