Log In

Reviews

Game of Thrones – Fire and Blood

Pin it

Série: Game of Thrones
Episódio: Fire and blood
Temporada:
Número do Episódio: 1×10 (Season Finale)
Data de Exibição nos EUA: 19/06/2011

Acabei de assistir a ‘finale’ dessa temporada de Game of Thrones. E ainda estou tentando encontrar palavras para descrever esse episódio (e, por que não, essa temporada). Infelizmente, todas as palavras que passam pela minha cabeça já foram usadas por mim nas ‘reviews’ anteriores. Mas vou reproduzi-las, sem medo de me tornar repetitiva, pois sei que vocês concordarão comigo: emocionante, imprevisível, ótimo, triste, maravilhoso. Resumindo: o que episódio foi esse, ou melhor, que série é essa?

Ainda estávamos todos sem fôlego e (serei piegas) com lágrimas nos olhos devido à morte de Lord Stark. E os roteiristas não se apiedaram de seus telespectadores: mostraram a lâmina sangrenta e a cabeça decepada de Ned. A tristeza é explicitada nas atitudes das filhas: o desmaio de Sansa (que vai me conquistando lentamente) e o pranto revoltado de Arya (anotem aí: a amizade com o aprendiz de ferreiro será vital pro nosso Arry, que segue rumo ao Norte). E ainda vimos Bran e Rickon, que souberam da morte do pai antes mesmo da chegada do corvo, já que foram avisados pelo sobrenatural.

Foi ainda mais doloroso perceber a tentativa de Lady Stark de se manter em pé, apesar da enorme tragédia. Creio que todos ajudamos a empunhar a espada de Robb, que extravasou toda sua fúria contra uma árvore. E acredito piamente na promessa de mãe e filho, e até mesmo desejo que ela se concretize: todos eles mortos (se bem que Tyrion poderia ser poupado, não?).

E se de um lado vemos dor, do outro vemos barbárie, loucura, prepotência, descontrole. O comportamento de Jeoffrey exemplifica muito bem a frase ‘o poder subiu à cabeça’. O moleque (sim, me recuso a usar Vossa Graça) descobriu que gosta de cortar, não importa o que. E além de ter esse prazer estúpido por sangue, o Rei Dourado ainda demonstrou que é um sádico de marca maior, e fez sua ‘lady’ olhar para a cabeça do pai espetada em uma lança. Alguém aí sentiu algo além de ódio, ou repulsa, pelo fedelho?

Nessa cena passei a gostar um pouco mais da Sansa. Ela vem demonstrando, ainda que lentamente, que irá ficar ao lado da família. E esse aviso foi dado em alto e bom som: ela deseja a cabeça do Rei, ofertada pelo irmão. Foi odioso ver Joffrey ordenando os tapas em Sansa, e torci para que ela de fato o derrubasse da pontezinha, mas é claro que não seria tão fácil assim. Afinal, a 2ª temporada vem aí.

E se ainda duvidávamos da competência de Robb para liderar um exército (ou um reino), a cena na clareira foi bastante esclarecedora. O povo do Norte clama por um novo rei. Não um Baratheon, mas sim um homem do Norte. Um Stark como rei. Achei tocante a lealdade demonstrada pelos comandados de Robb, e torço para que Greyjoy honre suas palavras, e sirva realmente, e lealmente, ao amigo.

Minha torcida fervorosa também para que antes da próxima temporada Lady Stark desenvolva músculos, de forma que a próxima pedrada que acerte em Jaime cause mais danos, e faça o ‘mais belo’ dos Lannister perder a empáfia.

Outro que sofreu muito com a perda do pai foi Snow. Ele tentou desertar da Patrulha da Noite, mas a lealdade de seus amigos, que lembram-no de seus juramentos, faz com que ele permaneça na muralha. E, ao conversar com o comandante, Snow percebe que a chegada do inverno (e dos selvagens e white walkers) trará uma guerra tão importante quanto à travada pelos seus familiares. Finalmente o inverno está chegando, ainda que precisemos esperar por ele até 2012.

E Tywin, enfim, percebeu que Tyrion não é apenas um tolo atrofiado. Mais, ele começa a ver o filho como um estrategista, e planeja usá-lo para controlar os ímpetos assassinos do neto. Mas Tywin não contava com uma certa rebeldia de Tyrion, que decide levar sua ‘acompanhante’ para a Corte, apesar das ordens do pai. Certamente, essa história com a prostituta ainda renderá muito pano pra manga.

E pra encerrar em alto nível (e já, antecipadamente, me desculpo pelas tramas que esqueci ou optei por deixar de lado), é preciso citar Daenerys e toda sua dor e fúria. A história nas terras Dothraki acabou muito diferente do que eu imaginava (o casal Drogo se tornou o mais fofo e querido pra mim, por mais estranho que isso possa parecer). Day sacrificou a vida do filho pela saúde e sobrevivência de Drogo. Mas foi ludibriada pela feiticeira, que manteve o antes poderoso Khal vivo, mas como se morto estivesse.

Pausa dramática: eu avisei (ok, sei que é chato) que nasceria um bebê dragão. Só não imaginei que ele morreria tomado pelos vermes.

Foi extremamente doloroso para Daenerys ver seu Sol e sua Lua partir. E mais, tirar o restante de sua vida pelas próprias mãos. Mas da dor a eterna Khaleesi passou pra fúria. E ela armou todo um espetáculo pirotécnico que conduziu a temporada para um final previsível mas, nem por isso, menos magnífico.

A Targaryen (filha da tempestade, descendente de dragões, sangue da velha Valyria) mostrou a que veio. Acendeu a fogueira, ouviu a feiticeira gritar. E atravessou o fogo para ‘repousar’ junto de Drogo e dos ovos de dragão. E comprovando a teoria de que o sangue dos dragões corre nas suas veias, Day não só sobrevive ao fogo, mas ganha três aliados importantes na guerra que vem por aí. O fantástico aportou de vez em Game of Thrones, e os ovos de dragão eclodiram. Emocionante e extasiante final.

Agora, só nos resta aguardar 2012 chegar, trazendo com ele o inverno, os homens bravos e leais, os selvagens, os dragões, as guerras, traições e intrigas. Enfim, tudo que fez de Game of Thrones a estréia do ano.

Agradeço pela companhia de vocês desde o balanço da temporada. Espero nos encontramos novamente quando o inverno chegar!

Séries citadas:

Editora Chefe do TeleSéries, gasta boa parte da sua semana com séries. Sua estréia foi com ER, e atualmente assiste - entre várias outras - Grey's Anatomy, Game of Thrones, Suits, Castle e Rookie Blue. Ainda assim, arrumou um tempinho para maratonar Friends, The X Files e Chuck - pela qual se apaixonou, recente e irremediavelmente. Está saindo da crise de abstinência de Fringe graças à Orphan Black.

8 Comments

  1. biancavani

    Pedindo desculpas a Decor25, não leia o livro, não, Mariela, para não perder as surpresas, o choque, a montanha-russa.

    Também fiquei inebriada com a série. Eita, esperar um ano para ver novamente nossos heróis, e sangue, muito sangue, para vingar a morte de Lord Stark (quem sabe ele volte como fantasma? Please? please? please? Não consigo deixá-lo partir, rsrs).

    E os gritos da bruxa queimando! Ela tinha suas razões para fazer o que fez, mas uma parte de mim (a parte vingativa cruel, sangue ruim, mother fucker) se divertiu…

    Havia apenas uma insinuação de sobrenatural, agora, ao que parece, vai ter sobrenatural tarja preta. Cool!

    E, por último, obrigada pelas belíssimas reviews, cara Mariela. Também sentiremos sua falta. E aos que comentaram, pessoas de senso estético e artístico apuradíssimo, até 2012!

  2. Lara Lima

    Vi agora a finale Mari e to sem palavras! Não dá pra esperar a série voltar!!

    To preocupada com Bran, Arya, ainda com vontade de socar a Sansa….e to apaixonada no Snow hahahaha.

    Parabéns pelas reviews! =))

  3. Anônimo

    E eu, Lara, estou apaixonada pelo lobo do Snow, o anão e o professor de dança… (alguém que caísse de paraquedas suporia que estamos falando de um circo…)

  4. Roudney

    Roudney  Achei que ia demorar pra passar outra série tão boa como Roma, mas veio essa fantástica obra prima…..Aguardemos a 2ª temporada…

  5. Heloisa

    Tô abalada até agora com o final do 9º episódio!!! Fazia muito tempo que eu não chorava assim (com algum episódio de série ou filme)… Eu queria gritar lá de casa para não cortarem a cabeça do Eddard Stark! Realmente triste, muito triste… E, pra piorar, nada estava dando certo, tirando a vitória parcial dos Stark… E a morte do Drogo? Tadinha da rainha prateada… Mas o final foi muito bom! E alguém sabe da previsão para a 2ª temporada?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account