Log In

Especiais

[Especial] Thanksgiving – Dia de Ação de Graças

Pin it

Dizem que quando os peregrinos chegaram à América, a terra era tão selvagem, que eles quase morreram. Da leva de europeus que deportaram na gélida Nova Inglaterra, sobraram poucos. Morreram de fome, frio, de flechada de índios, atacados por bichos, de doenças.

Foi dessa confusão terrível  que a graça apareceu. A lenda mostra que os nativos americanos se compadeceram dos colonizadores e os ensinaram a caçar e a se proteger no inverno. Fizeram também uma pequena cerimônia, um festival de fartura, com muita dança e muita união. Nasceu o Dia de Ação de Graças, para comemorar isso, uma nova chance, uma nova vida, e claro, a comida.

O Teleséries separou alguns episódios dignos desse feriado como dica para quem tem curiosidade de ver como se vive um típico dia como este.

Friends | The One With The Thanksgiving Flashbacks

por Anderson Narciso

Como falar de Ação de Graças e não lembrar de Friends? Durante os dez anos em que convivemos com estes nossos amigos, muitas foram as datas que comemoramos juntos. Os episódios de Ação de Graça em Friends eram memoráveis. E o oitavo episódio da quinta temporada (The One With The Thanksgiving Flashbacks), comemorou a data muito bem. Em 1997, os amigos passaram o feriado de Ação de Graças juntos, e enquanto descansavam do jantar que Mônica havia feito, todos eles foram lembrando do “pior Ação de Graças” que já haviam vivido. Chandler se lembra do ano em que ele descobriu que o pai dormia com o mordomo; Phoebe relembra a vez em que Joey ficou com a cabeça presa no Peru e Phoebe até relembra de um Ação de Graças de sua vida passada, em que ela fazia uma enfermeira de guerra, perdendo o braço, soltando em seguida o seu clássico “Oh no”. Mas foram os anos de 1987 e 1988 que renderam as melhores piadas, com Mônica gorda sendo esnobada por Chandler – que depois de magra arranca o dedo rapaz, e Ross com um penteado bem anos 80, também sendo esnobado por Rachel. De volta a atualidade, Chandler não gosta de saber que perdeu uma parte de seu dedinho em uma “tola vingança”. E o episódio termina com Mônica colocando o Peru na cabeça e dançando para o então recente namorado, arrancando dele o seu primeiro “eu te amo”. Ah, dá saudade ou não dá?

Grey’s Anatomy | Thanks for the Memories

por Mariela Assmann

No nono episódio da segunda temporada de Grey’s Anatomy, era a hora de agradecer pelas memórias. Certamente todos os fãs da série lembram da comemoração dos nossos cinco “internos” favoritos. Izzie resolve fazer um almoço que reúna a todos, mas apenas Burke se disponibiliza a ajudar a loirinha. Isso porque enquanto Yang sai para comprar bebidas (e não volta mais), George vai com o clã O’Malley caçar um peru (e todos lembram que o chumbo acabou em um lugar bem diferente do que o planejado), e Alex resolve enfiar a cara no trabalho. Mas eles voltam, e o almoço – com cara de jantar – acaba rolando. Além de ser marcante pelas tramas dos personagens principais, o episódio é lembrado pelo caso do homem que acorda após 16 anos em coma, e é tratado por Meredith (que não aparece na comemoração) e Derek, que lutam para ficar distantes um do outro, embora desejem exatamente o contrário. No Dia de Ação de Graças de Grey’s Anatomy, ninguém tinha muito a agradecer.

How I Met Your Mother | Slapsgiving

por Maísa França

É o primeiro Dia de Ação de Graças com Lily e Marshal casados. Enquanto Lily quer que tudo saia perfeito, Marshal (com seu dom de criar competições para praticamente tudo) cria o “Slapsgiving” e o dia é marcado para que Barney leve o primeiro tapa por causa de uma aposta. Barney passa o dia todo dizendo tê-lo avisado da estapeção, fez com que toda a graça fosse perdida e finge não se importar com o fato, mas aos poucos começa a ficar desesperado. Barney chega a implorar e chorar para que Marshal desista da ação e isso leva Lily a suspender o Slapsgiving para que o Dia de Ação de Graças pudesse ser comemorado, mas acaba autorizando Marshal a dar o tapa em Barney por este ter irritado muuuuito todo mundo. É um dos melhores episódios da série, com direito à musiquinha e backing vocal de um Barney estapeado.

New Girl | Thanksgiving

por Ana Botelho

Em um jantar nada convencional, o Thanksgiving em New Girl foi um dos episódios mais engraçados da primeira temporada. Hank, o peru super-congelado, “roubou” todas as cenas em que esteve presente. Jess, com sua mente mirabolante, não ousou em criar métodos nada normais para tentar descongelar o peru. Dentre as loucuras estavam a ideia de pôr Hank na máquina de lavar e com certeza a melhor de todas: Jess deitada no estilo “conchinha” tentando passar calor para Hank. Além das falhas tentativas, o episódio contou com Paul (Justin Long), um, digamos assim, estranho convidado de Jess. Os ciúmes aparentes de Nick, o problema de Schmidt com limpeza e o corpo da vizinha encontrado morto no vaso sanitário foram o grande combustível. Com todos os empecilhos, Jess e sua turma acabam a noite em uma grande fila de compras, fechando um episódio incrivelmente amável.

The West Wing | Shibboleth

por Paulo Serpa Antunes

Nesta quarta-feira, véspera de Ação de Graças, o presidente Obama apareceu na TV para uma bizarra tradição norte-americana, que remonta aos tempos de Abraham Lincoln: conceder o perdão presidencial a um Peru, que escapará da sina de virar janta. Este ano dois perus, Cobbler e Gobbler, disputaram o perdão, em uma votação que ocorreu pela internet (e via Facebook!). Mas Obama quebrou o protocolo e acabou perdoando tanto Cobbler como Gobbler. A vida imitou a arte – isto já aconteceu na ficção. Em Shibboleth, episódio da segunda temporada de The West Wing, CJ precisa escolher entre o peru Troy e o peru Eric quem é o mais fotogênico, que receberá o perdão do presidente Bartlet. Mas acaba se apegando ao fato de que um dos dois irá morrer e pede pro presidente salvar os dois. “CJ não tenho jurisdição judicial sobre aves”, responde Bartlet. Obviamente, este é apenas o alívio cômico de um episódio que tem um plot muito mais sofisticado: um navio com 86 refugiados chineses é detido em San Diego – e a tripulação alega sofrer perseguição religiosa em sua terra natal por ser adepta ao catolicismo. Bartlet não pode conceder o asilo sem prejudicar as relações comerciais com a China. Mas como os peregrinos que chegaram ao Novo Mundo, em busca de liberdade de credo, uma estratégia de Bartlet garante a permanência dos chineses no país. É Aaron Sorkin, em sua melhor forma, nos dando uma aula sobre o real sentido do feriado.

Gilmore Girls | A Deep-Fried Korean Thanksgiving

por Maria Clara Lima

Jantar de Ação de Graças é o palco das mais inquietas loucuras. E os personagens principais são sempre os pratos típicos dessa celebração. No meio de toda essa confusão, Rory e Lorelai dão duro para fazer com que todas as quatro festas das quais foram convidadas saiam como o planejado. Mas claro que as coisas não vão de acordo com o plano, já que confusão é sinônimo para esse feriado tipicamente americano. As garotas Gilmore experimentam um peru de tofu na casa dos Kim, logo depois, seguem para a lanchonete do Luke, onde o proprietário e o sobrinho se esforçam para não matar um ao outro, s terceira parada é a casa de Sookie e Jackson, onde o prato principal é um peru frito e problemas com a receita, e por final, a casa dos Gilmore. Família reunida, é hora da bomba estourar: Rory revela que vai tentar outras faculdade além de Harvard, chocando sua mãe, e alegrando seus avós, que preferem que a garota siga para a próxima Yale. Esse episódio é uma diversão só, e claro, além de muita confusão.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

6 Comments

  1. Weslei

    Lembro em Gimore girls nesse episódio, um amigo francês de Richard pergunta a Lorelai se ela fala francês e ela responde bom “Voulez-vous coucher avec moi, ce soir” e acaba por aí kkkk a reação Richard , eu trinko toda vez kkk “Chamar o meu amigo para ir pra cama com vc Lorelai por Deus” hahahahahaha

  2. Ana Botelho

    hahaha tbm acho. Uma das melhores partes é qnd a Jess diz que convidou Paul, ai o Nick “quem é Paul? O peru?” hahaha mt bom msm =))

  3. Maria Clara Lima

    Não é que faltou, apenas não é um dos preferidos da equipe. Hehehe. Mas adoro os episódios temáticas de The OC… especialmente os de Natal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account