Log In

Especiais

Especial Semana da Amizade – Aquele com a série ‘Friends’

Pin it
Friends, o exemplo de amizade de uma geração.

Friends marcou uma geração. De 1994 à 2004, a série contou uma das mais memoráveis histórias sobre amizade da televisão. Uma geração inteira se acostumou a ouvir as reclamações do Ross Geller, as regras da Monica Geller, os comentários da Phoebe Buffay, as lamentações do Chandler Bing, os ‘choramingos’ da Rachel Green e as cantadas do Joey Tribbiani. Em 10 anos, esses amigos conviveram, cresceram, e com isso, nos ensinaram que a amizade é muito mais do que uma história para ser assistida, é sim, para ser vivida. E hoje, vamos celebrar o ‘Dia do Amigo’ fazendo uma homenagem a série que redefiniu o real sentido da amizade, Friends.

‘I’ll be there for you’

Ser amigo é… sem cair no senso comum, completar essa frase é bem difícil. Ser amigo é compreender a cima de tudo, é sempre perdoar, posso pedir emprestado as palavras de Mário Quintana e definir a amizade como “o amor que nunca morre”.

A verdade é que definir um relacionamento como esse não é fácil, assim como não é fácil vivê-lo. Ser amigo é, poder contar comigo para o que der e vier? Mesmo que a música de abertura de Friends, I’ll Be There For You – do grupo The Rembrandts – tentasse me convencer que ser amigo é ‘estar lá para o outro’, nunca totalmente me convenceram, principalmente porque a série me mostrava o contrário, ser amigo era sentir inveja, ser trapaceiro, egoísta, trair, fofocar, enganar, mentir… – poderia continuar essa grande lista de coisas não agradáveis, mas acho que nesse ponto você já deve ter percebido onde eu quero chegar. Amizade não é perfeição, não acaba quando o amor acaba, é confusa e cheia de reviravoltas. Talvez por isso, seja infinita, pois sempre se pode recomeçar, reinventar, e seguir com uma amizade.

Foi assim com os seis amigos de Nova York. Dois irmãos, uma melhor amiga de infância, um amigo da faculdade, uma agregada, e um amigo querido de todos. Com tanta amizade, não é a toa que a série sempre teve histórias para contar.

Amizade Antiga – Monica e Rachel

Monica e Rachel são amigas desde os tempos de escola. Assim como muitas amizades, o tempo se encarregou de afastá-las, e anos mais tarde, o mesmo tempo provou que a amizade verdadeira não acaba com o passar das primaveras. Em um dos episódios no qual Monica se lembrava do seu reencontro com a amiga, ela chegou a apostar que jamais veria Rachel novamente, mas sabe como é? A vida prega mesmo algumas peças.

Monica se tornou uma mulher segura, esperançosa e com um admirável dote culinário. Já Rachel, teve que aprender na ‘marra’ a ser menos individualista e mimada. Mas sem dúvida, as duas deram um jeito de segurar uma amizade pouco provável, que mostrou ser duradoura.

As duas, além de dividirem um apartamento, já compartilharam outras coisas como roupas, joias, paqueras… e apesar das brigas inevitáveis – e engraçadas, nunca puderam negar o amor que sentem uma pela outra.

Amizade Fraterna – Joey e Chandler

Dois amigos, um pato e uma galinha. Essa moderna família foi um dos pontos altos da série. Aparentemente diferentes, Joey e Chandler tinham muito em comum: paixão por jogos, cerveja e mulher – precisamente Yasmine Bleeth de S.O.S – Malibu.

O começo da amizade dos dois, assim como toda grande amizade, foi por acaso. Chandler precisa de um colega de quarto, e acabou encontrando Joey. Os dois se tornaram melhores amigos, e foi triste vê-los se separarem depois que Chandler foi morar com Monica. Outro momento triste foi quando Chandler se apaixonou pela namorada do melhor amigo. A situação clássica não poderia faltar em uma série que se propõe falar de amizade. Ainda bem, que os dois foram ‘adultos’ o suficiente para resolver a situação… mesmo quando o pedido de desculpas tenha sido formalizado dentro de uma caixa, no meio da sala.

Coisas que só Joey e Chandler conseguem, não é?

Amizade Inusitada – Ross e Phoebe

Quando falamos de amizade, quase nunca os opostos se atraem. É, quase nunca… porque Pheebs e Ross eram, com certeza, bons amigos. A garota mística e o homem cientista tiveram algumas divergências, principalmente sobre a possibilidade de pessoas reencarnarem em gatos, mas isso nunca atrapalhou – de verdade – o relacionamento deles.

Mas nem sempre de desentendimentos viviam os dois. Ross e Pheebs dividiam um gosto peculiar pela música, e poderiam ter até formando uma banda. Adoraria ver o paleontólogo cantando Smelly Cat.

Um exemplo de carinho foi quando Ross ensinou Pheebs a andar de bicicleta, – isso rende até hoje boas gargalhadas.  Uma outra coisa legal de lembrar sobre a amizade dos dois é o fato de que Pheebs fez de tudo para que Ross pudesse encontrar Rachel no episódio final. O levando em seu táxi até o aeroporto, para que o amigo tivesse em fim um ‘final feliz’ com a amiga.

Amizade Colorida – Ross e Rachel, Monica e Chander, Rachel, Joey, Phoebe e Ross…

Pode-se dizer que os amigos de Friends era bem próximos. Tirando Monica e Ross – pois são irmãos -, todos flertaram com todos, e sem muitos constrangimentos. O longo romance entre Rachel e Ross se tornou símbolo do amor/amizade/romance, em um separa e volta que durou muito mais que os dez anos da série. Além desse relacionamento, Rachel teve momentos de conforto com o amigo Joey Tribbiani. Apesar de rápido, o namoro dos dois foi bem divertido. Mas quem deixou Joey desconcertado foi a Monica. Por causa de um sonho, Joey chegou a pensar que estava apaixonado pela esposa de seu melhor amigo… bom, não passou de um sonho. Quem já não pode dormir assim tão tranquilo são Ross e Phoebe, os dois tiverem -realmente- um momento, revivido em uma episódio que mostrava os primeiros momentos da amizade do dois. Ainda bem que perceberam o quanto aquilo não ia dar certo. Minhas apostas sempre foram para Phoebe e Joey, apesar dos dois terem ‘combinado’ ser um do outro caso os dois ficassem solteiros, o romance nunca decolou. Sem dúvida, o momento romântico mais engraçado foi quando Pheebs e Chandler toparam o desafio de um – desmascarar o namoro entre Monica e Chandler – e o outro, de esconder o relacionamento. Nunca esquecerei a cena do sutiã.

É por isso que Friends é o ícone pop da amizade, para aquela geração de 90, e para todas as outras que podem conviver com esses amigos em reprises ou sessões nostálgicas de DVD.

Comemore o Dia do Amigo acompanhando na nossa série de postagens na Semana Especial da Amizade. Aproveite e indique o TeleSérie para um amigo no Twitter e no Facebook. Deixe também uma mensagem para o seu melhor amigo no Twitter, usando a ‘hashtag’ #amigoteleseries. As mensagens mais criativas aparecerão em um ‘post’ especial no final da semana.

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

12 Comments

  1. Rubens Rodrigues

    Poxa, esse post me levou às lágrimas. De verdade. 

    Cresci vendo Friends, e vendo de novo e de novo e nunca cansei. Até parece o próprio sentimento da amizade, que você conhece aquelas pessoas, sabe como elas vão agir, e concordando ou não, nunca deixa de amá-las.

  2. Mariela Assmann

    Eu não acompanhei Friends do começo ao fim (sim, eu sei, sou uma exceção). Mas esse post fofo sobre amizade me convenceu a assistir tudo. Então, começando o download em 3 .. 2 .. 1!

  3. Bianca Mafra

    começa sim, friends eh uma série gostosa, que não enjoa, mesmo que a warner tente fazer isso com a gente todo dia. tipo, sabe aquele programa que vc acaba assistindo esperando outro começar ou quando nao tem absolutamente nada para ver, ai vc pega friends e eh um entretenimento certo. poucas series são assim, ja enjoei de todas as minhas preferidas, mas friends, que sempre esteve entre o meu top 10, mas nunca no top 5, nao enjoa de forma alguma, sempre gosto de rever alguma coisa. e o casamento mais bonito da historia das series, para mim, foi o da phoebe! 

  4. Maria Eduarda

    (…) Por causa de um sonho, Joey chegou a pensar que estava apaixonado pela esposa de seu melhor amigo… bom, não passou de um sonho.

    Se não me engano, a Monica e o Chandler ainda eram namorados quando isso aconteceu.

    Enfim, adorei o texto. Para mim, Friends é aquela série que, por mais que você já tenha decorado as falas de determinado episódio e saiba exatamente o que vai acontecer, você sempre acaba rindo, como se nunca tivesse assistido antes. E, definitivamente, é uma das minhas séries preferidas.

  5. Fernando dos Santos

    Seria interessante mencionar também outras séries sobre amigos que marcaram época como Cheers e Seinfeld.

    Atualmente uma dupla de amigos que acho muito engraçada é a de Psych.

  6. Maria Clara Lima

    O artigo é sobre Friends. =] Mas Cheers, com certeza é uma série ‘memorável’, porque ‘todo mundo lembra seu nome’! Cheers!

  7. Patricia Y.

    Friends é a minha série preferida, adorei o post!
    Já que você falou da amizade entre Ross e Phoebe, podia ter comentado sobre o primeiro contato deles, ainda que sem saberem, pois a Phoebe assaltou o Ross quando os dois ainda eram crianças! hehehe…

  8. Rafael Ruiz

    Excelente post. Friends sem dúvidas não poderia faltar no posto sobre amigos.
    É uma das minhas séries favoritas… Mesmo sabendo tudo que vai acontecer ainda me divirto bastante.
    NOSTALGIA!

  9. Pingback: Especial Semana da Amizade – Aquela receita com o cheesecake de ‘Friends’

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account