Log In

Especiais

[ESPECIAL] Os casos bizarros de House

Pin it

O último episódio de House, uma das séries mais populares do mundo, vai ao ar amanhã nos Estados Unidos. Depois de oito temporadas e 177 episódios, o drama médico colecionou inúmeros diagnósticos. Relembre alguns dos casos bizarros que apareceram na série:

 

Episódio: Safe – 2×16

Nesse episódio temos House tratando de uma adolescente que vivia sob uma rígida proteção dos pais. Sem poder entrar em contato com o mundo, a garota vivia em um quarto onde tudo era esterilizado. Ao receber a visita de seu namorado, ela tem uma reação alérgica e vai parar no hospital. Com problemas cardíacos, já que tinha um coração transplantado, assistimos seus sintomas piorarem até que ela começa a ter uma paralisia progressiva, da sua perna até seus pulmões. Depois de muitos diagnósticos errados, House descobre que todos os sintomas da garota são causados por um pequeno carrapato, fruto da visita noturna de seu parceiro. E para provar isso, acaba protagonizando uma cena suspeita…
Diagnóstico: Paralisia do carrapato

Episódio: Failure to Communicate – 2×10

Um famoso jornalista desmaia no escritório da empresa. Ao recobrar a consciência é que aparece o grande sintoma: ele fala várias palavras corretas em inglês, mas elas não fazem sentido. São palavras desconexas que não formam uma frase coerente. Enquanto os médicos procuram entender, o paciente acredita que está falando corretamente e não consegue escrever nem desenhar. Para piorar, House está preso em um aeroporto com sua ex-esposa, tendo que ajudar a equipe somente por telefone. Mesmo assim, o médico ranzinza descobre que o jornalista havia feito um tratamento  experimental (escondido da esposa, claro) para bipolaridade. Na cirurgia, realizada em outro país, ele contraiu malária.
Diagnóstico: Malária cerebral

 

Episódio: All In – 2×17

Um garoto chega ao hospital com os mesmos sintomas de uma paciente que House tratou há doze anos. A paciente era Esther, uma idosa que o médico não conseguiu salvar e acabou morrendo 24 horas depois de chegar ao hospital. Como ele não pode realizar a autópsia, nunca descobriu qual era o diagnóstico. Quando o menino chega com os mesmos sintomas, House tenta provar que é o mesmo caso, prevendo o curso da doença. No fim, o médico consegue descobrir o diagnóstico a tempo e resolver sua obsessão pelo caso de Esther, que tinha o mesmo problema que o garoto.
Diagnóstico: Doença de Erdheim-Chester

 

Episódio: House vs God – 2×19

Um dos episódios mais divertidos da série fala sobre religião. Um curandeiro religioso adolescente aparece no hospital com um problema originalmente de fácil diagnóstico. Mas enquanto está no hospital, acaba diminuindo o tumor de uma paciente da oncologia. Isso claramente deixa o médico mais interessado em descobrir o que o garoto tem. Depois de travar uma disputa com Deus, House acaba descobrindo que o garoto tinha duas doenças.
Diagnóstico: Esclerose tuberosa, herpes encefálica

 

Episódio: Fools for Love – 3×05

Uma mulher é assaltada com o marido e começa a sofrer problemas respiratórios e dor no estômago. Durante o diagnóstico, o marido também começa a desenvolver os mesmos sintomas que ela. Os dois eram vizinhos desde a infância e fugiram aos 16 anos por que o pai do garoto era contra o relacionamento. O casal é bem apaixonado e preocupado, o que torna a revelação da doença mais chocante: eles são irmãos por parte de pai e tem uma doença hereditária.
Diagnóstico: Angioedema hereditário

 

Episódio: Son of Coma Guy 3×07 

Para ajudar no diagnóstico de seu paciente, House decide acordar o pai do garoto que está em coma também no hospital. Ele ficaria acordado do coma apenas por um dia, mas House deseja apenas descobrir o histórico familiar do garoto, já que ele é o único parente dele. Mas ao acordar, o senhor não estava interessado no filho, decidindo passar seu último dia de vida com House e Wilson em outra cidade. Depois de resolvido o diagnostico, o homem decide ajudar seu filho de uma triste forma: comete suicídio para que seu coração seja doado a ele.
Diagnóstico: Síndrome MERRF

 

 

Episódio: Insensitive – 3×14

Uma garota chega ao hospital depois de ter um acidente de carro com sua mãe. Seria um caso normal se a menina não sofresse de uma doença rara que a torna incapaz de sentir dor (Insensibilidade congênita à dor e anidrose). Assim, o desafio torna-se maior ainda quando o paciente pode sentir os sintomas. No fim, a garota tinha deficiência de vitamina B12, mas não só isso: havia uma imensa solitária em seu estômago que absorvia os alimentos do seu corpo. A cena da descoberta é nojenta e excelente.
Diagnóstico: Deficiência de vitamina B12 causada por cestoda

P.S: Esse episódio tem diálogos geniais. Quem quiser relembrar, aqui alguns são transcritos

 

Episódio You Don’t Want to Know – 4×08

Um mágico é o paciente da vez e o caso nem seria tão memorável se não fosse o seu diagnóstico: lúpus. Sim, depois de quatro temporadas sugerindo a todo episódio essa doença, enfim ela realmente foi comprovada. Legal que o próprio House questiona, afinal, nunca é lúpus.
Diagnóstico: Anemia hemolítica autoimune causada por lúpus eritematoso sistêmico

 

The Social Contract – 5×17

O paciente desse episódio é um editor de livros que sofre desinibição no lobo frontal. A doença faz com que ele perdesse sua inibição, falando tudo o que viesse pela mente, sem filtro, insultando a todos. O paciente faz observações sobre a equipe e ele tem que lidar com as consequências de ser incapaz de mentir para a esposa e outras pessoas importantes na vida dele. No final, ainda corre o risco de, mesmo sendo diagnosticado, continuar com essa seqüela.
Diagnóstico: Síndrome de Doege-Potter causando Autoimunidade


E para você, qual caso bizarro que faltou na lista?

No Brasil, House é exibida no Universal Channel, todas as quintas-feiras, às 22h. Confira algumas especulações sobre o último episódio aqui.

Séries citadas:

Jornalista e pessimista. Começou assistindo My So-called Life. Gosta de Doctor Who, Happy Endings, The Good Wife e Homeland, entre outras. Fã de Tina Fey e das comédias da NBC (mas não vê a hora de Arrested Development voltar). Ama Studio 60, The West Wing e sonha em viver numa série do Aaron Sorkin.

8 Comments

  1. Bianca Mafra

    Episódios excelentes, todos eles. incrível como House tem a capacidade de reinventar. Amo o episódio da garotinha com cancer, aquele é o meu favorito. 

  2. Pingback: [ESPECIAL] Episódios memoráveis de House

  3. Pingback: [ESPECIAL] Os coadjuvantes inesquecíveis de House

  4. Pingback: [REVIEW] House – Everybody Dies

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account