Log In

Especiais Opinião

Especial Mid-Season: Os episódios essenciais de Arquivo X

Pin it

Especial Mid-Season: Os episódios essenciais de Arquivo X

Arquivo X: Eu Quero Acreditar, que estréia nesta sexta-feira (25/7), é com certeza um dos filmes mais aguardados do ano, e provavelmente é um dos mais aguardados nos últimos cinco anos pelos eXcers, os fãs de Arquivo X.

Não é a toa que a série ficou nove anos no ar, tem mais de 200 episódios, um filme, diversos Globos de Ouro, Emmys e outros prêmios e, mais do que isto, marcou época e influenciou diversas outras séries, mudando a forma de se fazer televisão.

Neste texto pretendo falar um pouco dos oito episódios indicados por Chris Carter como importantes para melhor compreensão do segundo filme, que comecei a rever. Mas antes queria falar um pouco da minha paixão tardia pela série.

Quando Arquivo X estreou nos Estados Unidos eu tinha apenas nove anos e não tinha a menor noção da existência da série. Um dia, quando eu já devia ter uns treze anos, eu vi a chamada na Fox e resolvi assistir, mas ainda não entendia bem alguns acontecimentos. Meu irmão que já assistia comentou comigo os acontecimentos passados e mais ou menos nesse período começaram a reprisar as primeiras temporadas e eu tive o prazer de assistir os episódios.

Logo no ano seguinte a série ganhou o primeiro filme, Arquivo X: Resista ao Futuro e foi a partir daí que eu passei a assistir todos os episódios da série, porém para o meu azar por motivos financeiros cancelei minha tv a cabo. Assim nunca havia visto todas as temporadas de Arquivo X, até recentemente quando acabei fazendo uma maratona da série, ainda assim não vi a última temporada completa, a única que me falta assistir.

Mas qual não foi meu prazer quando, durante essa maratona, confirmaram que após mais de cinco anos do fim da série, o segundo filme finalmente ia sair do papel! Depois de um imbróglio com o estúdio que produziu o primeiro filme, Chris Carter seguiu adiante com a idéia e trouxe David Duchovny e Gillian Anderson de volta aos principais papéis de suas carreiras. E não acaba aqui, Carter já anunciou a possibilidade de seguir com a franquia nos cinemas.

Por fim, queria destacar que tenho fugido de spoilers, logo não faço a menor idéia do que vai acontecer nesse segundo filme, apenas tenho visto os trailers. Assim, sem mais delongas passo a falar dos episódios em questão:

Piloto – 1×01
Data de exibição nos EUA: 10/9/1993
Sinopse: A agente especial Dana Scully é designada para ‘vigiar’ o trabalho de Fox Mulder nos porões do FBI, um trabalho incomum, denominado Arquivo X. O primeiro caso deles é sobre a morte de adolescentes no Oregon.
Minhas impressões: Vi esse episódio anos depois da estréia, já havia visto diversos outros episódios, mas ainda assim me surpreendi com o piloto. Somos apresentados a personalidade dos protagonistas, e o que viria a ser o eterno confronto do dois: Mulder, o crente, e Scully, a racional. O caso em si, não sei se já planejado por Carter, apresenta um rascunho de muita coisa da série, inclusive parte da trama do primeiro filme, o vírus alienígena, com direito a aparição dos implantes que depois acometeriam a agente Scully com câncer. Também nesse episódio já ficamos conhecendo o “Canceroso” que marcaria como o principal vilão da série. E a história da abdução da irmã de Mulder, Samantha, que pra mim foi um dos arcos mais interessantes e bem explorados pela série.
Importância para o filme: Especulo que seja algo referente às abduções e morte dos adolescentes, vez que é o sumiço de jovens que aparece nos trailers.

Beyond The Sea (O Vidente) – 1×13
Data de exibição nos EUA: 7/1/1994
Sinopse: Scully perde seu pai. Um casal de adolescentes é seqüestrado. Um prisioneiro no corredor da morte, Boggs, alega saber o paradeiro dos jovens através de ondas psíquicas e aparentemente consegue entrar em contato com o espírito do pai da agente Scully.
Minhas impressões: Particularmente esse episódio passa longe dos meus favoritos. É até um episódio bom pela sua temática, mas nada de extraordinário. Porém pros fãs da série, que a acompanharam na ordem cronológica, deve ter sido interessante ver a primeira inversão de papéis – Mulder racional, Scully crente. Destaque para Brad Dourif, como Boggs, atuação sensacional, e para o fim do episódio onde Scully volta a não acreditar no que relatou e Mulder mesmo não presenciando acredita.
Importância para o filme: Pode ser algo relacionado à morte do pai de Scully. Mas provavelmente é algo relacionado às ondas psíquicas que Boggs aparentemente captava, vez que o padre que aparece no trailer diz ter visões semelhantes.

The Host (O Hospedeiro) – 2×02
Data de Exibição nos EUA: 23/9/1994 (Estados Unidos). / / (Brasil)
Sinopse: Um tripulante de um navio é morto em circunstâncias incomuns. Mulder é designado para o caso.
Minhas impressões: Mulder estava longe dos Arquivos X, que haviam sido encerrados, porém após uma morte suspeita, o diretor assistente, Skinner, coloca Mulder no caso para averiguar, acontece que o suspeito acaba por ser um verme gigante! Para mim o melhor episódio de monstro da série e um dos melhores feitos até hoje, as ventosas da criatura e toda a conversa sobre a sua possível origem ficaram muito convincentes. Este episódio marca a entrada da nova fonte do Mulder, que viria a ser o Mister X.
Importância para o filme: Não faço a menor idéia, aqui nem ouso especular. Talvez algo relativo à desilusão de Mulder com o FBI, quando ele cogita abandonar seu cargo.

O Repouso Final de Clyde Bruckman (Clyde Bruckman’s Final Repose) – 3×04
Data de Exibição nos EUA: 13/10/1995
Sinopse: Mulder e Scully investigam a morte de possíveis videntes, mas para tanto a policia busca a ajuda de um famoso, mas improvável, vidente, enquanto Mulder recorre a um vidente verdadeiro, que reluta em aceitar seu dom.
Minhas Impressões: Episódio clássico, um dos melhores da série. A atuação de Peter Boyle, como Clyde, é absurda, a interação dele com Mulder e Scully, o mau humor, o seu dom, tudo rende piadas irônicas maravilhosas, como Clyde ser vendedor de seguro de vida, sendo que tem visões da morte das pessoas. Toda a farsa e caras e bocas do estupendo Yappi são hilárias. Enfim, não foi à toa que o episódio levou o Emmy de Melhor Roteiro e de Ator Convidado em Drama para Boyle.
Importância para o filme: Tal qual o episódio sobre o Boggs, deve ser algo relacionado à clarividência do padre.

Memento Mori (Lembranças Finais) – 4×14
Data de Exibição nos EUA: 9/2/1997
Sinopse: Mulder e Scully buscam pistas sobre o seu câncer e saem à procura de mulheres que foram abduzidas e também desenvolveram a doença.
Minhas impressões: Ótimo episódio, uma carga dramática elevadíssima, uma das poucas séries que conseguiam me fazer temer realmente pela vida dos protagonistas foi Arquivo X e esse episódio é um ótimo exemplo disso. Aqui se descobre à conexão entre a retirada do implante alienígena e o desenvolvimento do câncer de Scully, temática que foi abordada posteriormente em outros episódios. Mulder cogita fazer um acordo com o canceroso para salvar a vida da colega
Importância para o filme: Mesmo motivo do piloto, esse episódio deve ser importante provavelmente devido aos implantes, abduções e etc. Talvez algo relativo às abduções, com retirada de óvulos para reprodução. Pode ser também algo relacionado à fé de Scully.

The Post-Modern Prometheus (Prometeu Pós-Moderno) – 5×05
Data de Exibição nos EUA: 30/11/1997
Sinopse: Mulder e Scully investigam um suposto monstro de duas caras que ataca e engravida mulheres. Episódio que foi filmado em preto e branco pra simular um gibi e simula a temática do Frankenstein.
Minhas impressões: Outro episódio que pra mim está entre os melhores da série, o episódio flerta com os filmes de terror antigos, brinca com os medos das populações rurais e ainda consegue causar medo. Toda a trama do “Mutato” é sensacional, as experiências genéticas, os ‘causos’ do povo da cidade, as pessoas com aparência animal e todo o resto fazem desta trama um clássico. E mais bizarro impossível, até o Jerry Springer deu as caras. Ah, e o final desse episódio é espetacular com o ‘monstro’ no show cantando e dançando.
Importância para o filme: Aqui mais uma vez não faço a menor idéia, até arrisco um chute que tenha a ver com as experiências genéticas (que é a trama central do episódio), mas honestamente não tenho fundamentos para tal.

Bad Blood (Vampiros) – 5×12
Data de Exibição nos EUA: 22/2/1008
Sinopse: Mulder comete o erro de assassinar um garoto com presas, assumindo que o rapaz era um vampiro, porém as presas eram falsas e o agente terá que explicar para Skinner sobre o seu erro.
Minhas impressões: Se for pelos episódios importantes pro filme, o filme será um filmaço, Bad Blood é pra mim, como pra muitos, o melhor episódio da série. A sátira toma conta logo de inicio quando Mulder crava uma estaca no coração de um garoto com dentes de vampiro, mas acontece dos dentes serem falsos. Mulder e Scully são investigados e tem relatórios para fazer sobre o crime, e vemos como se torna discrepante as versões de cada um deles, sendo simplesmente hilário a forma que cada um se enxerga e enxerga ao outro. Participação do Luke Wilson, que rende uma das melhores piadas da série, você reparou ou não reparou nos dentes salientes dele? Pra mim uma das mais bem sucedidas releituras sobre vampiros.
Importância para o filme: Honestamente, esse episódio é totalmente discrepante do resto da trama e nada peculiar, não sei qual será sua relevância para o filme, só consigo pensar na trama dos vampiros, trama central do episódio, mas vendo o trailer isso não faz muito sentido

Milagro (Milagro) – 6×18
Data de Exibição nos EUA: 18/4/1999
Sinopse: Escritor que é vizinho de Mulder começa a nutrir uma paixão platônica por Scully, e usa-a como personagem de uma das suas histórias, porém ele acaba se tornando o principal suspeito de um caso de assassinato que os agentes estão investigando.
Minhas impressões: Milagro completa a lista dos meus epísódios prediletos (com Bad Blood, Milagro e Clyde Bruckman’s Final Repose) e eis que ele também é importante para o filme! Nesse episódio vemos que até o escritor vizinho de Mulder tem poderes paranormais, ele consegue “adivinhar” o que as pessoas vão fazer, ou ele guia as pessoas conforme escreve, assim ele ainda cria um vilão em seu livro, que acaba se tornando real e mata as pessoas arrancando os seus corações por cirurgia mediúnica, sem nenhuma incisão. Ao rever a história do escritor me lembrei do filme Mais Estranho Que a Ficção, e realmente não tem como precisar se ele é apenas um ótimo leitor de perfis que “advinha” o que vai acontecer ou se ele consegue fazer acontecer o que escreve. Fato é que o episódio guarda semelhanças com a temática do Clyde Bruckman’s, quanto ao destino e livre arbítrio, principalmente quando Clyde diz pra Mulder que ele só lê o futuro porque ele já está escrito, e que mesmo que tentemos alterá-lo no fim ele se realiza, e eis que na cena final Mulder recorda do relato de Clyde sobre como ele seria atacado pelas costas, após pisar na torta de banana, e se vira para enfrentar o inimigo de frente, mas eis que ele acaba do mesmo jeito vindo por trás. Destaque pro assassino, cirurgião mediúnico oriundo de São Paulo, Brasil.
Importância para o filme: Acredito que tenha alguma conexão entre os poderes psíquicos, tal qual Clyde e Boggs. Também deve ter alguma conexão entre a temática do destino, pertinente ao episódio do Clyde que acaba sendo recorrente aqui. Outra hipótese é o eterno flerte entre Mulder e Scully que acontece em diversos dos episódios indicados e Milagro também.

O saldo é que não sei muito o que esperar do filme, não consegui criar muitas teorias além do que foi mostrado no trailer. Do que eu escrevi, e que pode ser facilmente deduzido por quem ver estes episódios, é que se o filme seguir esta linha e mantiver esta mesma qualidade ele será fantástico. Percebe-se que são muitos episódios que tem muito humor na sua premissa, algo que não era incomum na série, mas nesses episódios o humor às vezes chega a ser tão importante quanto a investigação (como no Post-Modern Prometheus).

Por fim gostaria de dizer que espero muito o filme, estou muito ansioso, porém não sei se o filme conseguirá levar ao cinema quem não é fã da série, e levando em conta que muitos que assistiram ao último capítulo se desapontaram, talvez isso afaste alguns fãs. Assim não sei se o filme vai bem de bilheteria (espero que sim, Sex and The City que eu detesto foi muito bem). E também não sei se o filme será bom, pode ser o famoso filme caça-níquel. Mas eu confio no Chris Carter, acho que será um bom filme, pelo menos no nível do primeiro. Talvez eu me engane, mas como já diria o pôster do Mulder que dá nome ao filme, eu quero acreditar.

Nota do Editor: A Fox Film lançou no Brasil a caixa de DVDs Arquivo X Essencial. Clique aqui para mais informações.
Séries citadas:

Viciado em séries desde 1998, quando gravava os episódios em fitas cassetes para assistir depois (estou ficando velho). Minhas séries prediletas são: Battlestar Galactica, Boston Legal, Ally Mcbeal, Quantum Leap, Dexter, X-Files, GoT, TWD, Seinfeld, dentre outras! Atualmente sigo buscando séries que forneçam algo mais do que um passatempo de qualidade, ainda que para tanto precise recorrer a séries antigas que não vi.

46 Comments

  1. Rafa Bauer

    Os episódios não são fundamentais para entender a trama do filme, apenas são referências feitas, que os fãs facilmente identificarão (além de outras que não estão nesses episódios).

    Esses episódios são pistas a respeito da história principal do filme, nada mais.

  2. Rô Floripa

    Clyde Bruckman’s Final Repose é marvilhoso em tudo e Bad Blood está entre meus favoritos também, é diferente e tem um humor ótimo. Eles sabiam dosar estes episódios com humor sem descaracterizar a série. Mas meu episódio preferido de todos é Irresistible, sei que não deve estar na lista de ninguém. Para mim o que o torna tão espcial é o fato de que o ‘monstro da semana’ não é um monstro é uma pessoa normal. E mostra que a realidade pode ser mais assustadora que as histórias de terror. Eu acho muito marcante que uma série que tem como plot lidar com o ‘sobrenatural’ ter a coragem de colocar este tema.

  3. Paulo Fiaes

    rapaz, eis uma série q eu tenho mta vontade de assistir, mas n gosto de tema sobranaturais…
    por enquanto deixa eu me preocupar com o emmy
    tenho q votar ate tal dia

  4. Patricia E.

    Belo texto, Lucas. De fato, esta é uma seleção de episódios que serve pra introduzir o leigo ao universo da série, mas ainda assim há muita coisa que ficou de fora. Lá nos EUA saiu uma série de coletâneas só com episódios “mitológicos” (que tratam da conspiração governamental). O filme, no entanto, contará uma história fechada, mais voltada pro lado “monstro da semana”, mas mesmo que o Carter insista que ele não é feito só pra fãs, acredito que só os fãs mesmo vão pescar as referências no roteiro.

    Rô, eu ADORO “Irresistible”. Donnie Pfaster foi um dos vilões mais apavorantes exatamente por esse motivo que você citou. Outro que também não fica atrás é o Roche, de “Paper Hearts”, da 4ª temporada.

    E um episódio cômico que acho que é um clássico e que ficou de fora desta coletânea foi “Humbug” (A Fraude), da 2ª temporada, que contava com a participação daquele anão sinistro de Twin Peaks. O final deste episódio me arranca risadas até hoje.

  5. Lucas "Gandalf" Leal

    Rafa, tal qual o primeiro filme os episódios só servem pra um melhor entendimento ou para uma diversão mais completa…quem não gosta de fazer aquela conexão e falar ‘puts era isso’ e se sentir o único q entendu aquilo ali pq o resto ninguem viu hehehe
    citações de outras obras são legais por isso…Simpsons é o rei disso e eu me sinto super feliz quando capto algumas…
    e bom vc falou q são só pistas…esses episódios são BEM mais q isso (eu entendi o contexto q vc falou…) mas fato é q esses episódios estão entre os melhores da série, o que prova q o Carter quis fazer um filme baseado no q ele tinha de melhor…ou seja mesmo q vc não veja o filme vale a pena ver esses episódios q são mto bons!

    Rô é eu falei minha trinca de favoritos mas tem outros tantos que eu adoro…o proprio The Host eu acho fantastico…mas acho q o q eu mais adoro é aquele do circo…(sempre me falha o nome)…q o cara tinha um ‘gemeo’ e algo com antropofagia o nome…esse é fantastico!e sim os da mitologia da série q são VÁRIOS e aqui o Memento Mori é o único q compoem…apesar de eu não achar ele entre os melhores da mitologia com ctz foi um dos mais dramaticos…(acho q mais q esse só aquele da Scully se vendo num barco…quando ela está entre a vida e a morte)

    Paulo já te falei pra vc dar uma chance pra série qq dia…vc não vai se arrepender!

    Patricia, obrigado, deu um trabalhão escrever, pq mtos episódios eu não lembrava tanto pra escrever e dar uma opinião sobre o q podia ter relação com o filme…ai revi quase todos e etc…mas foi um prazer tb obvio hehehe
    queria ter comprado esse dvd do arquivo x essencial pq tem comentários do diretor…apesar q a FOX tão adapta da dublagem não deve ter nem legendado isso ai no dvd…como é habitual com comentários do diretor…mas acho q no dvd o carter deve falar BEM o q é relevante pro filme…eu como apenas vi os episódios tive q ficar na especulação!

    bom e tdo isso pra falar q to saindo pro cinema agora ver o filme hahahah
    quando voltar falo o q achei!

  6. Rô Floripa

    Lucas, estes aí estão entre meus favoritos, mas acho que se eu pensar bem, entre meus favoritos deve ter uns 100 ep. – hehehe. Alguns nem tanto pelo episódio todo mas por uma cena, ou pela conexão que faz com outros episódios, sei lá.
    Um destes é ‘Closure’. O episódio não é lá estas coisas, especialmente por causa da expectativa de um episódio que mostre a solução do caso da Samantha, mas a partir da cena em que Mulder, Scully e um outro cara chegam numa casa para falar com uma testemunha e Mulder não tem coragem de entrar eu senti que vinha coisa boa ali. Daí começa a tocar ‘My Weakness’ de Moby, a luz fica diferente e Mulder começa a caminhar em direção a um gramado onde vê o espírito de várias crianças brincando, inclusive sua irmã e ela vem correndo e lhe dá um abraço carinhoso. Só esta cena já vale o ep inteiro – chorei que me acabei. ‘My weakness’ virou um mantra para mim, quando as coisas estão meio tumultuadas aqui na empresa, coloca para tocar. Então este está entre meus favoritos também.

  7. Rafa Bauer

    Lucas,
    realmente, essa pode ser a mensagem do Carter… mas que são pistas, são… e vc acertou mais do que imagina, na conexão de alguns dos episódios com o filme…

    E tenho que concordar com a Patricia, essa sua matéria está excelente!

  8. Darth Cesar

    Lucas, também não vejo a hora de ver o filme, muito bons os teus comentários, da lista do dvd, o Prometeu é soberbo, fotografia e músicas esplendidas, meus episódios favoritos são os da trilogia do Duanne Barry e a Anasazi, Todas as coisas e Hollywood DC.

  9. Carol

    Eu não estou nem acreditando que é hj!!!

    Eu vou fugir do trabalho mais cedo para pegar a 1a sessão no cinema aqui perto. \o/\o/ =D

  10. Paulo Antunes

    Belo texto Lucas, a tua descrição dos episódios foi incrível, me fez relembrar dos detalhes de “Clyde Bruckman’s Final Repose” e “Beyond The Sea”, que são episódios fantásticos, das melhores coisas produzidas nos anos 90.

    Lendo o texto me fez cair a ficha do porquê o Chris Carter decidiu fazer um filme que fugisse da tal “mitologia da conspiração”. Faz muito tempo que Arquivo X acabou. E faz ainda mais tempo que o grosso dos fãs abandonaram a série. E eu vi os teus reviews e só pensava nessa gurizada que hoje assiste Supernatural e acha a melhor série do mundo (tsc, tsc). Quer dizer, é preciso mesmo rever Arquivo X.

    E é muito legal rever por este ângulo, dos grandes episódios da série que não abordam a mitologia.

    Grande texto, boas lembranças. Nos vemos no cinema!!!

  11. Patricia E.

    Bem lembrado, Rô. E o Eugene Tooms fez bonito também no episódio em que ele retorna ainda na 1ª temporada (achei muito legal na época a idéia de trazer um vilão de volta). Infelizmente o mesmo não se aplica a Donnie Pfaster e Robert Modell (outro vilão clássico), cujos retornos em “Orison” (7ª temporada) e “Kitsunegari” (5ª temporada), respectivamente, não tiveram o mesmo impacto — pra mim foram pra lá de decepcionantes.

    Lucas, eu também tenho que puxar muita coisa da memória porque faz tanto tempo… :D Felizmente tenho os DVDs pra matar as saudades. É uma pena que a Fox não coloca legendas nos comentários em áudio pois tem muita informação legal ali.

    Quanto ao filme, não sei o que esperar… lembro que tive uma expectativa enorme em relação ao primeiro, há 10 anos, e saí um tanto quanto desapontada do cinema… Agora não criei grandes expectativas e nem fui atrás de spoilers. Só sei que vou sair voando do trabalho pra pegar a estréia. ;)

  12. Mônica A.

    Eu mal vejo a hora de chegar amanhã e poder assistir ao filme. Não vou poder ir hoje de jeito nenhum (grrrrrrrrrrrrrrrr!!!!).

    Lucas, seu post está excelente. Memento Mori e The Post-Modern Prometheus estão entre meus (vários) episódios favoritos. Aliás, o final de The Post-Modern Prometheus é um dos melhores de toda a série.

  13. Fernando dos Santos

    Se este novo filme não for fraco como o primeiro,já está de bom tamanho.
    O DVD Arquivo X-Essencial traz episódios muito díspares na temática o que torna impossível que todos eles sejam relevantes para a trama do longa.Acho que Essencial é na verdade uma iniciativa da FOX visando faturar alguns trocados a mais com a expectativa em torno de Arquivo X:Eu quero acreditar.

  14. Mica

    Estou indo visitar meus pais nesse final de semana e fui sedenta procurar para ver se estava passando no cinema lá em Jlle. Como eu imaginava, não está passando em nenhum deles, dá para acreditar?
    Só quando eu voltar para Floripa é que poderei assistir :-(

  15. Marcos Almeida

    Arquivo X é a melhor série que já pude acompanhar. Sou grande fã. Desde o momento que vi pela 1ª vez, numa noite passando na Record (na Directv não tinha FOX a época), tornei-me fã. E estreei com um excelente episódio da 3ª temporada (O Instigador), que marcou a 1ª participação do vilão Robert Modell. A cena da roleta-russa com o Mulder e a Scully olhando sem poder fazer nada é de uma tensão incrível. Todos os citados acima são ótimos…o do Clyde Bruckmann é excepcional, assim como Vampiros e Prometeu Pós-Moderno.

    Pra mim, mesmo um episódio fraco, tem alguma coisa especial…tipo O Monstro do Lago. Muitos não gostam dele, mas só a cena dois dois presos numa rocha no meio do lago, conversando sobre Mob Dick e a Scully fazendo analogias a respeito da busca de Mulder pela irmã e comparando com a busca de Ahab pela baleia branca já valeram todo o episódio. Outra expcecional cena, do episódio Piper Maru, é quando Scully se vê cara cara com o homem que ela pensa ter assassinado sua irmã. Scully gritando com ele e apontando a arma é sensacional.

  16. Lucas "Gandalf" Leal

    Rafa é acabei de ver o filme e vi q acertei mais o q achava q ia acertar mesmo hehehe
    e acho q tem duas q eu acertei ai no chute heheh mas não vou falar pra não spoilar
    mas tem um episódio dos 8 q até agora eu não saquei a referencia (Bad Blood)…mas blz!
    se alguem q viu sacou favor comentar hehehe


    os dois episódios do Tooms são bons demais!!!

    Darth
    tb gosto de Duanne Barry e a Anasazi entram na lista dos top 10 provavelmente…
    os outros dois acho q entram na dos 15 ou 20 hehehe

    Paulo é eu até dei uma cutucada, pq outro dia vi alguém falar num episódio de Supernatural “nossa melhor episódio de monstro q já vi” ai lembrei de alguns de Buffy mto bons e fiquei pensando caraca cada uma viu…ai quando revi X-Files eu mesmo me peguei pensando ‘nossa q bobagem eu ia fazer se falasse de Buffy’ hahaha
    acho q outro episódio q eu amo é Ice, q eles ficam presos na estação de gelo…eu q sou claustrofobico tenho pavor daquele episódio até hj…dificil alguem fazer algo q supere…tava até lembrando acho q minha trinca de episódio sairia milagro e entraria ice…mas milagro é top 5 com ctz hehehe
    outro de monstro q adoro é aquele episódio q lembra predador, q é na floresta…q são monstros centenários…acho bem legal
    The Host é a mesma coisa…quando eu vi a primeira vez (e era bem mais novo) fiquei um tempo com medo sempre q eu ia na praia aqui em Santos hahaha
    mas fico feliz q vc tenha gostado do texto ;)

    Patricia eu gostei da volta do Modell…mas nem foi tudo isso mesmo…a do Tooms foi bem melhor
    e patricia eu esperava mto do primeiro e sai pensando “nossa a proxima temporada precisa começar logo” como se fosse um episódio duplo mesmo…mas foi um bom filme…
    sobre esse filme de agora eu vou falar no final dos comentários…

    Mônica valeu ;)
    eu não sou tão fã do Memento Mori, mas lembro q foi um dos q mais me emocionou…

    Fernando, sim evidente q foi pra faturar, afinal quem tem os dvds em casa pode simplesmente ve-los hehehe
    mas o legal são os comentários do Chris q devem fazer o filme ser mais interessante…

    Mica, não, nem querendo não da pra acreditar!hahaha
    sacanagem isso…mas bom quando vc voltar vc ve, deve ficar em cartaz um tempinho eu acho…

    Marcos cara vc acredita q eu lembrei dessa MESMA cena q vc citou vendo o filme hj?haahah
    tem um dialogo no filme q me fez pensar nela…e eu gosto desse episódio, não acho ruim não, bom de ver depois é isso…não me influenciei pelas opiniões pq não falei com ninguem sobre então tem os q eu gosto mais e os q eu gosto menos…mas são poucos q não gosto…tipo o das baratas eu acho mto exagerado…se tivesse uma dose de humor ali seria legal, mas quiseram focar mto no terror e acho q se perdeu…o dos insetos das arvores (primeira temporada, q eles ficam presos na montanha) eu tb não gosto mto…mas me lembro q quando vi a primeira vez adorei…

    Bom e sobre o filme…olha não sei mto o que dizer, não é ótimo, mas é bom, é um filme q vale o divertimento, principalmente pelas pequenas coisas, rever nossos personagens queridos, os dialogos…a velha guerra mulder x scully, crença x racional…etc
    o filme é bem intimista o q deve afastar um pouco os não-fãs da série…
    honestamente acho q não deve ir bem nas bilheterias, mas acho q qq um q já tenha visto a série um dia deveria ir ver, vale a diversão…mas não espere nada q vá mudar a sua vida!

  17. Fernando dos Santos

    Os meus episódios favoritos de Arquivo X são aqueles que tratam de experiências secretas feitas pelo governo americano e que tiveram resultados nefastos como Slepless(2ºano),Unusual Suspects,Travelers(ambos do 5ºano) e Drive(6º).

  18. Marcos Almeida

    Eu irei ver o filme amanhã, Lucas. Ia hoje, mas cheguei tão cansado do curso que achei melhor amanhã, na 1ª sessão. Sobre essa cena, ela é muito boa. Outro diálogo legal é do episódio Homens-Mariposa, que eles ficam no meio da floresta e a Scully até canta pro Mulder (a cena da Scully caindo no buraco, olhando aqueles olhos vermelhos na sua direção e dizendo: “Mulder, eu não estou sozinha” é muita tensão!).

    Sobre Ice, que está entre os 10 melhores pra mim, reassisti ano passado O Enigma do Outro Mundo, filme de ficção cinetifica da década de 80 e eles tem uma temática bem semelhante…se bem que em AX a coisa fica bem mais tensa, pois tem menos pessoas e o inimigo é praticamente invisivel.

  19. Lucas "Gandalf" Leal

    ps o omelete deu 4 ovos pro filme (o máximo é 5);)
    (ps mo gafe do omelete…mandou um Giliam anderson no anuncio, e dentro do texto o nome correto Gillian Anderson…e laia!)
    mas o texto óbvio tem mtos spoilers…mas o q eu concordei mais do lado negativo q ele disse foi “E os elementos de maior apelo junto ao grande público devorador de suspenses não são suficientemente estimulantes.”
    concordo…como disse antes o filme é mto intimista…é mto da personalidade deles…
    bom eu gostei…não sei se daria 4 …acho q deria 3,5

  20. cavalca

    Acabei de ver o filme. Algumas considerações (sem spoilers):

    – Realmente, o filme apenas referencia esses episodios. Eles não são necessários em nenhum aspecto. O episódio que tem mais a ver em termos de trama acaba sendo o “Post Modern Prometheus”.

    – A mitologia não é abordada, além do motivo da distância de tempo, é que ninguém mais leva a mitologia a sério depois das 2 ultimas temporada, né? Ontem assisti o episódio duplo Two Fathers/One Son, da SEXTA temporada, e se a série acabasse ali, o culto em torno dela seria pelo menos o dobro do que existe hoje.

    – o filme serve mais pra dar um rebound na franquia toda do que qualquer outra coisa. O timing é diferente do da série, mesmo dos episódios ‘monstro da semana’.

    – fiquem até o final dos créditos, tem uma ceninha extra.

  21. Lucas "Gandalf" Leal

    é…falaram q tinha uma ceninha extra mas eu acabei saindo antes (minha mãe afobada pra ir ao banheiro)…a velha atrás de mim estava certa =/
    hahaha
    ps cavalca gostou do filme???

  22. cavalca

    E teve também a lista de contatos do celular do Mulder. Enfim, mil coisinhas para fazer os fãs felizes.

  23. Silvia_05

    Ganhei de presente esse Essencial. É difícil escolher os melhores episódios de X Files. Lembrei de outros vários que poderiam estar nessa lista. Mas na entrevista do DVD, os criadores disseram que a escolha desses episódios foi no sentido de mostrar até onde a série conseguiu ir – policial ,suspense, terror, drama e comédia.

    É claro que não tem nenhum episódio que mostre aquela rede de intrigas que amarra toda a série, mas no “Piloto” já dá prá sacar.

    O único episódio que NÃO morro de amores é “Vampiros”. É interessante ver a história contada por 2 pontos de vista, o do Mulder e o da Scully. Mas eu preferia ver aquele episódio do cara que fazia chover. Tinha uma gordinha simpática que dava em cima do Mulder descaradamente e era muito engraçado. Quem não viu, perdeu.

  24. Lucas "Gandalf" Leal

    poh Vampiros pra mim é simplesmente o melhor da série exatamente pq ela faz uma parodia dela mesma
    é algo de genio e q poucos tem ousadia de fazer!
    e pior…fazer e dar certo!!!
    além disso é um episódio sobre vampiros, uma ótima releitura…em alguns momentos me lembrou vamp, uma das poucas q mexeu BEM com um lado de humor e vampiros…
    além da piada com os dentes q pra mim é a melhor da série…

    cavalca hahaha é do George W. Bush foi ótima hehehe

  25. cavalca

    Vampiros é ENGRAÇADISSIMO.

    Os meus preferidos hoje são o Duane Barry (2a temporada) e Triangle (6a temporada), ambos dirigidos pelo próprio Carter.

  26. Patricia E.

    Acabei de voltar do cinema e confesso que, apesar de já não esperar muito do filme, ainda assim fiquei desapontada. Sim, o Chris Carter colocou um monte de referências pros fãs antigos, até me peguei sorrindo quando as captei ao longo do filme. E, sim, os shippers devem ter amado cada uma das cenas dos dois juntos e a surpresa simpática pós-créditos finais. Mas o roteiro… bem… que roteiro? E não falo isso porque o filme não abordou mais a fundo o tema sobrenatural porque a série já teve episódios fantásticos cujos casos envolviam criminosos comuns. Aqui erraram a mão feio. O primeiro filme também tinha seus defeitos, mas perto desse vira uma obra prima. E os coadjuvantes eram fraquíssimos. De positivo, só o fato de ter matado minha saudade dos personagens — sufoquei um grito quando o Skinner apareceu, adorei revê-lo! :D, mas a essência dos Arquivos X, aquilo que me fez acompanhá-la por tantos anos, ela se perdeu no roteiro confuso…. Por último, destaco também uma singela homenagem do Chris Carter a outra série dele, Millennium, colocando alguns de seus atores coadjuvantes em pequenos papéis (só quem via a série sacou isso, mas achei legal ele ter chamado esse pessoal, deu um ar de familiaridade). Mas no final ficou aquela sensação de que faltou alguma coisa. Sei que muitos irão discordar de mimm, mas foi com essa sensação que saí da sala de exibição.

  27. Lucas "Gandalf" Leal

    Patricia ah nem acho q o roteiro tava confuso não, pelo contrário, achei q se peca peca por ser previsivel…
    SPOILER!!!!!(QUEM NÃO VIU O FILME PARE DE LER!)
    SPOILER!!!!!(QUEM NÃO VIU O FILME PARE DE LER!)SPOILER!!!!!(QUEM NÃO VIU O FILME PARE DE LER!)
    da hora do braço pra frente eu já tinha sacado…eu mesmo palpitei aqui no Prometeus…
    e gostei por q se focou nos personagens, q pra mim era o q podia ter explorado melhor…o q faz a gente gostar a tantos anos da série (q era pra mim a temática da mitologia) não tinha como ser abordado…usar um monstro da semana solto ia parecer um episódio de 1h30…acho q ele fez bem em focar em Mulder e Scully…o filme não é nenhuma maravilha, mas não me desapontei não e achei bom
    e concordo a volta do Skinner foi demais!
    mas no fim tb senti q faltou alguma coisa, por isso q falo q não foi ótimo…mas pra mim passou longe de ser ruim!

  28. Silvana

    NÂO CONSIGO ME LEMBRAR DESSE ÚLTIMO EPISÓDIO DA SUA LISTA…AGORA TENHO QUE PROCURA-LO URGENTE.ESTOU CURIOSA COM O FILME E MAIS AINDA COM ESSE CAPÍTULO…

  29. Marcos Almeida

    Fui ao cinema esta tarde e…nossa, que decepção! O filme não tem um estilo definido e as vezes é bem monotono. Quem não é iniciado vai ficar entediado…eu teria ficado mais feliz se o filme fosse com algum “monstro da semana” ou conspiração alienigena.

    Ele não é de todo ruim, mas 6 anos se passaram desde o término do seriado pra isso??? Sem boas cenas de ação, cenas de suspense fracas e sem continuidade…Mulder e Scully no mesmo conflito de sempre, mas sem objetividade…e olha que sou bem shipper.

    Os pontos positivos foram as tiradas em um ou outro ponto, a presença do Skinner e a cena final depois dos créditos, que é bem divertida (se bem que fui o único no cinema que fiquei pra ver junto do casal de lanterninhas, que estavam rindo por eu ser o único a ver a cena e fazendo o mesmo que acontece na cena – rolei de rir).
    Mas esperava bem mais…bem mais mesmo.

  30. Lucas "Gandalf" Leal

    acho q o problema do filme é esse Marcos, o q as pessoas esperam dele, eu não esperava nada então até gostei…
    mas concordo com vc plenamente quando diz do suspense, me irritou mto, o filme é bem monotono e a trama é facilmente desvendada por quem viu os epísódio essenciais…

    mas discordo de vc quanto a temática Mulder e Scully…isso mudou bastante…nisso concordo com a crítica do omelete, ela seguiu em frente, ele não!

    e acho q não funcionaria com um monstro da semana, ia parecer um episódio duplo apenas…mas até q não seria ruim…se fosse um ‘episódio maravilhoso’

    sobre conspiração acho q não seira bom…
    comentário 11 (o comentário do Antunes) responde bem isso…
    a série acabou faz tempo, ia ser nesse caso totalmente para os fãs

    focar no casal foi a melhor solução…mas acho q ainda assim não vai ser um grande filme pra quem não é fã ou pra quem ficou descontente com o final da série

  31. Mauro

    Concordo com o Marcos. Fiquei um pouco decepcionado, mas valeu a pena para matar a saudade. Tem uma coisa que eu não entendo. Poque ninguém gosta do primeiro filme? Eu adoro de paixão. É porque deu muitas respotas? Eu gostei do filme ter esclarecido melhor a trama central. E não acho que o assunto tenha se esgotado ai. Recentemente revi as últimas temporadas e as vi com outros olhos, a revolta que eu sentia na época já não existe e pude desfrutar os ótimos episódios oferecidos na 6ª,7ª e 8ª temporadas. O que eu mais queria era que esse novo filme se passase durante o estágio final a invasão alienígena em dezembro de 2012 (acho que é essa data). O mundo um caos o Mulder e a Scully correndo para tentar salvar o a humanidade e o filho deles. E no final não conseguindo, é claro. Seria perfeito.

  32. Mauro

    Esse segundo filme devia ter, pelo menos, mais paranormalidade. O assunto devia ser mais chocante, escabroso. Daqueles que a gente fica grudado na poltrona. Acho que ficou muito romantizado, mas de uma forma um pouco forçada. Tem alguns diálogos realmente péssimos. Parece que senti falta de um bom roteirista. Um dia antes de ver aquivo x, na quinta-feira, vi Batman, e fiquei grudado na poltrona. Sai do cinema chocado. E a trilha sonora foi incrível. Era extamente isso que eu queria ter sentido em Arquivo X 2. Que pena. Pelo menos tenho todos os Box da série. E posso rever X-files para sempre.

  33. Sandra W.

    Há anos atrás (9, se não me engano), quando estreou o primeiro filme do Arquivo X, tive que comprar os ingressos antecipadamente, peguei uma sessão à tarde do dia da estréia, sala lotada, pessoas estavam sentadas nos degraus, porque ninguém gosta de sentar muito na frente… Quando
    acabou o filme as pessoas levantaram e bateram palmas, literalmente, coisa que nunca vi no cinema.
    Ontem, fui assistir ao filme, a sala estava pela
    metade, silêncio absoluto durante o filme, mas nunguém bateu palmas.
    O filme é ruim? Não, absolutamente, é bom, porém esperaram demais…
    Recomendo somente para os fãs da série. Minha filha que nunca assistiu um episódio achou regular, interessante.
    Vale o ingresso.

  34. Sandra W.

    Eu de novo: o lance do GEORGE W BUSH.. como disse o colega acima: Genial!

    E, vocês vão entender depois de assistir ao filme:
    ATÉ QUE ENFIM! :)

  35. Paulinha

    Sinceramente o que acabou com a AX foi a ganância do Duchovny e os shippers (ê povo mala!).
    Agora comparar AX com Batman é muita covardia, amigo.
    Eu amo AX vou ver qualquer coisa deles no cinema. Duro mesmo é o povo falar de Lost, Supernatural e 24horas. Nenhum deles existiria se não fosse AX. Saudade.
    Vou ver o filme semana que vem. Quando é AX todo prazer me diverte.;)

  36. Marcos Almeida

    Outra coisa…fui só eu ou mais alguém achou os vilões de uma tosquice sem tamanho. Nossa!

    Sandra, não foi só ai não…aqui também a sessão não chegou a 40% de lotação e todo mundo num silêncio o tempo todo. Até nas tiradas engraçadas os risos eram contidos.

    Mauro, eu gostei do 1º filme. Comparado a este, dá de 1000 a zero…hum, zero não. AX nunca leva zero…hehehe.

    Lucas…é verdade sobre a temática…ela evoluiu, ele não. Mas grande parte dos diálogos entre os dois foi apenas um replay dos vistos na série. Por isso falei da falta de objetividade.

    E quanto ao monstro ou conspiração alienigena, eu já discordo. Teria funcionado bemmmmm melhor. Se o filme do jeito que foi, bem diferente, todo mundo caiu em cima falando que era mais um episódio da série etc e tal, eu acredito que se realmente tivesse sido o caso, com um monstro ou conspiração, com bem mais ação e suspense, o filme teria ido bem melhor em bilheteria, pois agradaria os fãs e até àqueles que só gostam de ver um bom filme de ação/suspense. Chirs Carter perdeu a mão. Ao invés de angariar novos fãs, é até capaz de perder alguns!!!

    PS.: Acabei de ver que o filme ficou em 4º na estréia e arrecadou meros 10 milhões…assim fica difícil ter um terceiro para ele se redimir.

  37. Lucas "Gandalf" Leal

    sim os vilões são sem graça, eu adoro o Callum, ótimo ator, mas foi sub aproveitado com um vilão toscão…

    e sim talvez alguns dialogos sejam replays, mas o enfoque foi outro afinal as coisas mudaram…

    até acho, como disse, q se fosse um de monstro (BOM) podia funcionar…
    da conspiração não…ia mexer em algo q acabou por mexer e ia dar mais merda ainda com ctz…

    quanto a ter um terceiro vai depender mto de quanto o filme vai bem fora e quanto vai bem em dvd…pq no eua não vai ir tão bem…mas o custo foi minimo então a chance de um terceiro ainda é real…(eu quero acreditar) ¬¬

  38. Mônica A.

    Como o Lucas, eu não esperava grandes coisas do filme e acabei gostando. Gostei mais do primeiro, mas esse foi bom também e deu pra matar as saudades das minhas personagens preferidas de todos os tempos.

    Claro que ficaram várias perguntas no ar, mas acho que seriam respondidas se o filme fosse sobre a mitologia da série, o que pra mim tornaria o filme mais interessante. Nunca perdi as esperanças de um segundo filme, então por que não ter esperanças de um terceiro, né?

    Ah! e o Bush foi tudo. Uma das melhores sacadas do filme.

  39. Rô Floripa

    Eu amo este ep do cara que faz chover – é divertido, romântico, leve. Esta era uma das coisas boas de AX, saber fazer ep diferentes de seu esquema e mantendo a qualidade.

  40. André

    Alguém sabe qual é o episódio em que no final um verme sai das costas da scully eu acho, aí o mulder vai matá-lo e um cara não deixa porque diz que esse Verme é uma espécie de Deus deles…algo assim…

  41. Carlos

    qual o nome do episodio do arquivo X em que Molder atira e mata jovem que devorava pessoas, e que trabalhava em um açougue para não dar na pinta: o nome do episodio,
     carlospolato@hotmail.com

                                                     muito grato

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account