Log In

Especiais Notícias

ESPECIAL – Feliz Dia dos Pais!

Pin it
Pais de todos os tipos, para todos os gostos!

Pode ser o Eric Camden de 7th Heaven,  o Jack Arnold  de Anos Incríveis, até o Eric Taylor de Friday Night Lights. Não importa o quão diferentes eles sejam, pai é pai. E nesse dia mais do que especial, o TeleSéries preparou uma lista de pais que são sensação nos seriados. Tem pai para todos os gostos!

O Pai Relapso: John Winchester
Filhos:
Dean e Sam Winchester
Série:
Supernatural

Após a morte de sua esposa, John passou a deixar os filhos sozinhos durante a maior parte do tempo para caçar seres sobrenaturais e o demônio que matou sua amada. Dean e Sam cresceram praticamente sem a companhia do pai, mas apesar da ausência, John sempre teve o respeito de seus filhos. Quando os dois irmãos voltaram para os “negócios da família” (ou seja, caçar), mantinham contato freqüente com o pai, recebendo conselhos e ajuda. John soube compensar todo o tempo perdido como pai quando aceitou que sua alma fosse para o Inferno em troca de seu filho Dean continuar vivo, provando que não é um pai ruim como aparentava. Além disso, John deixou para os filhos o seu diário, que os ajuda em suas caçadas até hoje.

O Pai Redentor : Dr. Andy Brown
Filhos:
Ephram e Delia Brown
Série:
Everwood

Uma tragédia mudou o sentido da vida para Andy Brown. Foi justamente quando o doutor perdeu a esposa em um acidente, que ele ganhou de fato o seu ‘status’ de pai. Ele passou de relapso para salvador, ao se mudar para Everwood em busca de paz e do amor de seus filhos. É certo que seu relacionamento com Ephram e Delia esteve longe de ser perfeito, e por muitas vezes ele agiu de forma duvidosa para garantir que seus filhos ficassem ao seu lado – como prometer um pônei para a garota, ou esconder a paternidade precoce do filho para que Ephram não deixasse o sonho de se tornar pianista. Em alguns momentos, a vontade de ser o que ele nunca foi levou Andy a ser odiado pelos filhos, mas no final, o amor prevaleceu, e a Família Brown teve o final feliz que merecia.

O Pai Gatão : Seeley Booth
Filho:
Parker Booth
Série:
Bones

Se depender do pai, Parker Booth tem tudo para arrasar corações. Isso porque seu pai sabe muito bem como chamar a atenção das mulheres. Apesar do pequeno ainda não ter idade suficiente para falar sobre o amor – pelo menos não até ele crescer “pelos embaixo do braço” -, Parker sabe muito bem que seu pai é do tipo “garanhão”.  A fofura do garoto com certeza é genética, e por onde Parker passa, conquista a todos com seu jeitinho ‘Boothie’ de ser. Tanto o pai quanto o filho gostam de esportes, são impulsivos e morrem de amores pela Dra. Brennan. Mesmo assim, Seeley Booth sempre se preocupou em ensinar ao filho que o que importa é a beleza interior (porque exterior, os dois têm de sobra).  O agente sempre foi um excelente pai, e aproveita cada segundo que tem com o seu filho.

O Pai Parceiro : Keith Mars
Filha:
Veronica Mars 
Série:
Veronica Mars

Keith Mars e Veronica Mars são mais do que pai e filha, os dois são parceiros. Amigos desde sempre, a jovem espiã não poderia ter companhia melhor, tanto no dia-a-dia, quanto em suas investidas como detetive. Keith Mars precisou cuidar sozinho da filha, após a esposa ter “desaparecido”, e isso fortaleceu ainda mais a relação entre os dois. Era comum vê-los em festas, cozinhando, correndo atrás de bandidos, procurando assassinos, jogando um bom papo fora. Vocês sabem, coisas que só os Mars fariam. Afinal de contas, “Quem é o seu papai?” não é, Veronica?

O Pai Solteiro: Richard Castle
Filha:
Alexis Castle
Série:
Castle

Quem melhor para representar os “pais solteiros” do que o charmoso e canastrão Richard Castle? Desde cedo Castle assumiu os cuidados de Alexis, já que a atriz Meredith, ex-mulher de Ricky, viajava muito a trabalho. E quem diria que Ricky, cujas atitudes, muitas vezes, mais parecem de um adolescente do que de um pai de família, poderia criar uma garota tão ajuizada? Apesar da relação de camaradagem existente entre Alexis e o pai, Castle sempre sabe o que fazer quando a situação aperta: se surgiu um novo namorado, está chegando a hora de ir pra faculdade, ou as mentiras características da adolescência começam a surgir. E quando não sabe, Ricky tem a sabedoria de buscar conselhos na mãe, Martha. Então, alguma dúvida que pais solteiros (e bonitos) podem criar muito bem os seus filhos?

O Pai Maluco: Walter Bishop
Filho:
Peter Bishop
Série:
Fringe

Walter, um brilhante cientista, passou boa parte da sua vida buscando a cura para a doença de seu filho. Falhou, e viu Peter morrer. Mas, devido a seu brilhantismo, descobriu que o “duplo” de Peter ainda vivia no Universo Alternativo. E, mesmo arriscando causar uma ruptura que colocaria fim na existência humana, atravessou o portal e trouxe o Peter B para o seu mundo. Depois, passou quase vinte anos em um sanatório, esquecido pelo mundo – e, inclusive, pelo filho.  Agora, de volta a seu laboratório em Harvard, Walter faz jus ao título de pai mais maluco do mundo dos seriados: ele realiza os experimentos mais insanos, é o dono das teorias mais psicodélicas e das frases mais divertidas (e shippers) que os Universos já viram. Definitivamente, Walter Bishop é o pai maluco – e mais fofo – dos seriados.

O Pai Antenado: Rufus Humpfrey
Filhos:
Dan e Jenny Humpfrey
Série:
Gossip Girl

Quem tem a sorte de ter como pai um ex ‘rock star’, dono de uma galeria de arte? Dan e Jenny! Mas a sorte deles não se deve à ocupação de Rufus, ou a seu passado. Os irmãos Humpfrey são sortudos por serem filhos de um homem de caráter que, embora antenado com a moda (ele desfila cada visual por aí!), não descuida da educação e do bem estar de sua prole. Tá certo que nem tudo são flores na vida de Rufus, já que sua caçula é um pouco difícil de lidar. Mas quem pode culpa-lo? Todos os pais do Upper East Side sofrem do mesmo mal: filhos mimados e inconsequentes, totalmente impossíveis de se controlar. Por isso, o posto de pai antenado vai para Rufus. Porque ele consegue conciliar a difícil tarefa de domar as feras que tem em casa com a missão de continuar mantendo seu espírito livre e o estilo dos tempos da adolescência.

O Pai Exemplar: Sandy Cohen
Filhos:
Seth Cohen e Ryan Atwood
Série:
The O.C.

Sério, não tem melhor exemplo de pai do que Sandy Cohen. Sandy acolheu Ryan em sua família toda certinha, dando a seu filho uma das coisas que ele mais queria: um melhor amigo. Além disso, Sandy sempre foi o tipo de pai que estava presente na vida do filho, ajudando no que precisasse, por mais que Seth nunca tenha pedido tanta ajuda. A cena que mais me lembro de e gosto dos dois é quando Seth conta para seu pai que transou pela primeira vez e Sandy logo fala: “Você usou camisinha?”, e aí começa uma das cenas mais engraçadas da série. Sandy não só foi um excelente pai para Seth, como para Ryan, chegando até a defender o garoto de seu pai verdadeiro lá na quarta temporada. Revejam o episódio The My Two Dads, é ótimo.

O Pai Herói: Jack Bauer
Filha:
Kim Bauer
Série:
24 Horas

Quando me perguntaram quem seria o pai herói das séries, eu não pensei no Jack na hora, e quando vi que era ele, eu fiquei: “Putz, tinha como ter outro pai herói?”. Não! Jack Bauer é só um dos personagens mais fodas da televisão norte-americana, apesar de ter se mostrado um pai relapso durante sua jornada. Relapso no sentido de se dedicar tanto a seu trabalho e esquecer sua família (ou mesmo ter uma amante que acabou destruindo sua família). Mas não tem como se esquecer de Jack sempre salvando Kim (que tinha certa tendência a se meter em confusão). Lembro-me muito da quinta temporada quando a Kim resolve visitar seu pai justamente quando a CTU é atacada e eles ficam presos numa sala com perigo de serem mortos por um gás mortal. Muito digno. No final, Jack acabou como um fugitivo tendo que deixar para trás sua filha e neta.

Texto de Mônica Castilho, Thales Brandi, Mariela Assmann e Maria Clara Lima.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

11 Comments

  1. Cleide Pereira

    enfrentar um pai como Kevin Sorbo é para poucos !!!
    a lista está linda só não acompanhei Everwood e Gossip Girl mas todos os pais estão de parabéns
    é claro que todos tem sua lista e sempre sentiremos a falta de alguém e nessa incluo o Carl Lightman que poderia entrar entre o pai maluco e o herói

    parabéns a todos os pais !!!

  2. Gabriela Assmann

    Adorei! Tem pai pra todos os gostos! :)
    Poderiam ter incluído o pai do Kurt, de Glee. Ele se incluiria bem em várias categorias.

  3. Célia Regina Leão Mello

    Quase chorei lendo esse texto! Saudade de Everwood e The O.C.!
    O Aaron Hotchner de Criminal Minds poderia estar na lista.

  4. Fernanda_dornelles

    Também concordo que o Aaron de Criminal Minds poderia preencher a lista,mas adorei rever esses pais fantásticos dessas séries maravilhosas! Adorei! ;)

  5. Thiago SP

    Pow Sandy Cohen era o pai que todo mundo queria ter rsrs
    o cara era muito foda…deixou saudade e rendeu muitas cenas inesquecíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account