Log In

Especiais

ESPECIAL – Era Uma Vez com Once Upon a Time

Pin it

“Era uma vez uma Rainha Má, que baniu todos os personagens de contos de fada para o nosso mundo.  Quem sabe a verdade e quem pode quebrar o feitiço?”

Once Upon a Time é a nova série que está conquistando famílias pela sua comovente história sobre uma Rainha Má que decidiu mandar todos os personagens de contos de fada para o nosso mundo, pois esse seria o seu final feliz. Em uma pequena cidade chamada Storybrooke vivem pessoas aparentemente comuns, que não se lembram quem realmente são, já que o tempo está congelado na cidade. A única esperança é que se cumpra a  profecia que dizia que quando a filha da Branca de Neve completasse 28 anos ela retornaria para a cidade para livrar a todos da maldição. E é assim que começa a história, quando Emma entra na cidade para trazer seu filho Henry e acaba ficando presa lá.

  Adam Horowitz e Edward Kitsis na Comic Con

A série foi criada por Adam Horowitz e Edward Kitsis, os mesmos produtos de Lost. Eles afirmaram terem tido a ideia para o enredo da série já fazia um tempo, mas queriam finalizar Lost para dar início a esse novo projeto. E o projeto realmente é bem intrigante, já que vemos uma perspectiva totalmente diferente do que vemos em outras histórias de contos de fadas. Não é apenas a Branca de Neve que vive com os sete anões e finalmente come a maçã de sua madrasta má. Existe uma história complexa por traz disso tudo, personagens e situações envolventess, mas existe algo em comum que liga a todos: o amor. Sim, o amor verdadeiro move a história em todos os seus episódios e isso mostra o quão doce e instável a trama pode ser.

  As atrizes Lana Parrilla e Jennifer Morrison no set de gravação

O show passa nos EUA pela emissora ABC, e obteve em sua estréia uma audiência de 12,8 milhões de telespectadores. Aqui no Brasil os direitos foram comprados pela emissora Sony, e a série teve sua pré-estréia em 2 de abril de 2012. Tive o privilégio de assistir o piloto em uma cabine promovida pelo próprio canal, e a história realmente é destinada não apenas para as crianças que gostam de contos de fadas, mas também para os adultos, pois seu contexto é maduro o bastante para abranger ambos os públicos.

O elenco também foi escolhido a dedo e tenho que confessar que até os personagens foram nascidos para esses atores. É uma dádiva poder interpretar um personagem que você conhecia desde criança. Mas para o elenco de OUAT, é um desafio ainda maior, já que eles interpretam dois personagens ao mesmo tempo. São dois contextos. Dois mundos distintos, unidos por uma maldição. As personalidades são as mesmas, mas as épocas são diferentes, o que influencia totalmente as situações e até mesmo os diálogos.

  Fotos promocionais – Ginnifer Goodwin e Josh Dallas

Entre os personagens se encontra Branca de Neve, interpretada pela atriz Ginnifer Goodwin, uma doce princesa órfã, cuja mãe foi morta quando ela ainda era criança. Em busca de uma esposa seu pai, o Rei Leopold, se casa com Regina, interpretada pela atriz Lana Parrilla. Mas Regina, não é apenas uma rainha qualquer, ela é uma rainha má. Que guarda um profundo ódio por Branca de Neve e fará de tudo para que sua vida não tenha um final feliz.

Não longe dali se encontra James (Josh Dallas), o príncipe encantado e o grande guerreiro que terá que enfrentar um dragão que ameaça o reino do Rei Midas e em troca, terá a mão de sua filha para o casamento.

Mas o destino unirá esse dois e certa rainha tentará de tudo para separá-los, nem que isso custe matar o amor de sua vida.

  Fotos promocionais – Jared S. Gilmore e Lana Parrilla

No mundo dos humanos vive Emma (Jennifer Morrison) uma solitária investigadora que recebe a visita de seu filho Henry (Jared S. Gilmore), que foi entregue para adoção ao nascer, já que havia sido fruto de um caso na vida de Emma. Ela o leva para a cidade em que mora, Storybrooke, e o entrega para a sua mãe, Regina, a prefeita da cidade, uma mulher que não medirá esforços para impedir que Emma “roube” o seu filho.

Nessa cidade também vivem Mary Margaret, uma professora de ensino fundamental que sonho em encontrar o amor verdadeiro; o detetive Grahan (Jamie Dornan), um homem que vive aos serviços de Regina e que simplesmente não tem sentimento algum;  Archie (Raphael Sbarge), o psicólogo de Henry, que tente entender o motivo pelo qual o menino acredita em uma maldição vinda de sua mãe; Ruby, uma garçonete um pouco desobediente que vive e trabalha junto com a sua avó; e o Sr. Gold (Robert Carlyle), o dono da cidade, um homem rico que busca sempre se dar bem ao ajudar as pessoas – sempre querendo algo em troca.

  O livro de Henry contendo todas as histórias dos contos de fada

Storybrooke é uma cidade linda, cheia de segredos, na qual acontecerão muitas confusões e coisas inexplicáveis. Mas lembre-se, a maldição impede que qualquer pessoa saia da cidade. Portanto, se você entrar na jornada de Once Upon a Time saiba que é um caminho sem volta.

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

5 Comments

  1. Bru2406

    Eu havia baixado o piloto e deixei quieto… Ontem assisti! Amei! Estou viciada!!!! Já baixei e assisti o 2 e o 3 rsrsrs E olha que não sou chegada  séries deste tipo…
    Realmente, “se você entrar na jornada de Once Upon a Time saiba que é um caminho sem volta.”

  2. Juliana

    Ontem assisti pela Sony o piloto e achei mto interessante,tinha pensado q seria uma série fraca,cheia de clichês, estava mto enganada…Como amo House(q passa no mesmo horário agora será difícil escolher,o jeito será ver as reprises em outro horário…)

  3. Claudia Braga

    Gente, eu também só vi ontem e já me fisgou, você está certíssimo, já é uma jornada sem volta pra mim. Valeu o texto!

  4. Cristhine

    Eu assisti o piloto e fiquei encantada… Fiz o download dos 18 episódios e os assisti seguidos.
    A série é excelente!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account