Log In

Opinião Preview

Episodes, vale a pena?

Pin it
Nova série com Matt LeBlanc estreou na semana passada nos EUA. Veja o que esperar.

Episodes - Episode One
Eu assisti ao primeiro episódio de Episodes, nova comédia do canal Showtime, sem fazer a mínima ideia do que era o seriado. E aposto e ganho que muita gente fez o mesmo que eu e o motivo é simples e com sobrenome: Matt LeBlanc.

Porque se você fizer uma pesquisa na internet para ler o que era falado antes da estreia do seriado você vai ver que tudo era sobre o retorno de Matt Le Blanc – e muitos e muitos textos sobre Friends e como seus atores ainda buscam projetos de sucesso equivalente a comédia dos seis amigos.

Só que, ao assistir ao episódio piloto de Episodes, bem, você não vê Matt LeBlanc. Tá, eu não serei mal-agradecida, ele aparece de forma muito rápida (segundos) dentro de um carro, não sabendo usar a discagem por voz de seu celular – e aí pinta uma dúvida sobre quem estará na serie, se será Matt ou Joey, já que esse lado “atrapalhado” sempre foi marca do personagem em Friends.

Todo o resto do episódio, que tem 30 minutos, é focado no casal Sean (Stephen Mangan) e Beverly Lincoln (Tamsin Greig, que vi recentemente em Going Postal) e seu sucesso como roteiristas de uma comédia na Inglaterra. Ao receberem mais um prêmio os dois se vêem convidados por Merc Lapidus (John Pankow, de Mad About You) a tentar uma nova versão de seu seriado de sucesso, só que em terras americanas.

Episodes - Episode One
A dupla então vai da alegria ao desespero ao ver que o Hollywood de sonho é bem diferente da Hollywood da realidade e que Merc, bem, pode ser um daqueles chefes da televisão que não assiste televisão.

Eu não diria que o piloto é ruim – ele com certeza decepciona aos fãs de Friends que se colocaram na frente da telinha para ver Matt – mas não consegue fazer rir como eu esperava. Sim, você enxerga potencial, sim os personagens Sean e Beverly são interessantes, a dupla funciona bem e a cara dos dois quando ouvem que Matt é o ator perfeito para sua série é impagável, mas o piloto não chega a ser uma comédia.

Por outro lado, se eu fiquei um pouco decepcionada, as cenas dos próximos episódios, no finalzinho, conseguiram me deixar curiosa o bastante para insistir. Depois eu conto se melhorou.

* * *

Texto gentilmente cedido pelo weblog Só Seriados de TV.

Séries citadas:

9 Comments

  1. Anônimo

    Melhorou e muito!!! O episódio 2 (que ja vazou há semanas) é incrível.

  2. Fernando dos Santos

    Ainda não assisti essa série, mas ela parece reunir elementos pra garantir uma boa diversão se forem bem trabalhados.O choque entre as culturas inglesa e americana por exemplo pode render momentos bem divertidos.

    Também pode resultar em algo legal o Matt LeBlanc fazendo uma espécie de auto-paródia como um ator que estrelou um grande sucesso e ficou marcado por ele para o resto da vida.Além disso, a série é uma comédia do Showtime e as comédias do Showtime sempre merecem uma conferida..

  3. Alexandre Campos

    Vi o primeiro episodio e sinceramente não gostei =/
    Pode ser pela expectativa que havia criado, mas não consegui rir, e olha que eu rio de qualquer qualquer coisa…
    Mas enfim, vou ver pelo menos mais uns dois para ver no que dá

  4. Anônimo

    Eu gostei muitíssimo. Ao contrário da Simone, só assisti por causa da premissa: uma série maravilhosa britânica vai ser feita nos USA, é completamente desfigurada e estragada por lá. Adorei o Matt bem cínico, rindo de desgraças em geral, inclusive daquelas a respeito de pobres criancinhas, as falsas colunas pseudo-greco-romanas, o choque de culturas. Sou uma fã entusiasmada.
    Ocorre, porém, que a maioria das minhas séries favoritas é britânica. Por exemplo, Torchwood está sendo feita com UK e USA em parceria. Dessa maneira, Episodes veio reforçar um medo que eu tentava controlar de ver Torchwood naufragar. Mas ainda prevalece minha esperança de tudo dar certo e ser mais um grande sucesso do Russell T Davis.

  5. Fernando dos Santos

    A quarta temporada de Torchwood de fato está sendo produzida pela BBC em parceria com o canal a cabo americano Starz mas o Russel T Davis permanece no comando da produção.Os roteiristas americanos que entram para reforçar o time tem bom currículo:John Shiban(Arquivo X,Supernatural,Breaking Bad)Jane Espenson(Buffy,Battlestar Galactica,Caprica) e Doris Egan(House,Numbers)
    Acho que dá pra confiar no trabalho desse pessoal.Lembrando ainda que o Starz é um canal de perfil adulto, segue a mesma linha da HBO,Showtime e AMC.

  6. Anônimo

    Fernando dos Santos: é verdade, tem muita gente boa na jogada. Meus olhos voltaram a brilhar de esperança, rs.

  7. Anônimo

    Eu assisto Episode e me vem a imagem do Russell (o meu amado, sofisticado e brilhante Russell) enfrentando situações parecidas com Episode…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account