Log In

Entreatos

Entreatos: cultura pop levada a sério – Tudo que é bom… acaba um dia

Pin it

O que você faz quando sua série favorita chega ao fim?

Cá estou eu, apéos 7 temporadas, com apenas um episódio para o fim de Parks and Recreation, completamente paralisada. Eu já vi e revi temporadas passadas, revisitei meus momentos favoritos, vi, aos poucos, os novo episódios, até chegar o último. E agora?

Agora, resta um.

Eu sei, eu sei, não importa o quanto tempo eu tente resisitir em assistir este último episódio nada vai mudar o fato de que ano que vem não haverá uma nova temporada. Não importa o que eu faça, não haverão novas cenas, novas piadas, novos desenvolvimentos. Eu poderia conhecer Amy Poehler e ligar pra ela todas as noites tentando convencer em continuar a série para sempre, e no máximo eu receberia uma restraining order.

O fim chegou, impunemente.

Eu sei disso. Mas durante esses breves dias que eu conseguir, com uma vontade sobre humana, evitar de ver o fatídico último episódio, pelo menos para mim, Pawnee ainda existe. Leslie Knope ainda existe.

E foi assim desde sempre. Quando A Bela e a Fera acabava e eu assistia de novo para ver se haveria algo novo; quando eu descobri Volta ao Mundo em 80 dias e tentei relê-lo por diversas noites; quando Harry Potter estava próximo ao fim e eu não queria nem ler o sexto livro. Uma vida se apaixonando por mundos fantásticos que não poderiam existir pra sempre.

Porque, e apenas os Abeds do mundo irão compreender, esta é a beleza da ficção, quando ela consegue construir um mundo tão delicadamente verossímil que passamos a amá-lo e a sentir dua falta quanto ele não está mais lá. Não, não é pela série e pelos episódios, mas por este universo que foi tão fielmente construído a ponto de que nós queremos fazer parte dele.

Piegas, eu sei? Ridículo, muito provavelmente.

Mas há algo da ficção que conta aquilo que não cabe no mundo, mas que precisamos viver, seja Goethe ou  Mike Schur. Quando uma obra de ficção nos toca, não importa se é alta cultura ou cultura pop, a parte humana que precisa dela indubitavelmente, é a mesma.

Séries citadas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account