Log In

Colunas e Seções Entreatos

Entreatos: Cultura Pop levada a sério – Resoluções literárias

Pin it

2015 começou, e ao invés de resoluções sua lista tem as novas séries que entraram no Netflix, admita. Bem, se serve de consolo, você não está sozinho. Mas por isso mesmo eu venho aqui propor uma nova lista para nós: os livros sobre TV para ler (ou reler) este ano – porque não é só Mark Zuckerberg que pode começar um clube do livro!

A grande maioria dos livros dessa lista são autobiografias, já que desde que o livro “Bossypants” da Tina Fey virou (merecidamente) um best-seller, muitas editoras comissionaram autobiografias a outros comediantes — mas a gente só tem a ganhar com esta nova moda!

Bem, sem mais delongas aí vai, a lista de livros sobre TV para ler (e reler) em 2015:

01. Bossypants – Tina Fey
Como eu já disse, Bossypants foi merecidamente um best-beller (por mais de dois anos) nas listas americanas e é até hoje minha autobiografia preferida. Aqui vemos que Tina Fey é uma ótima comediante, mas antes de tudo uma incrível escritora — não é a toa que ela foi a primeira mulher head-writer de Saturday Night Live. O livro contém narrativas hilárias de uma garota obediente e neurótica dos subúrbios da Filadélfia, que levou vida sem paralelos no mundo da TV, isto é: sem escândalos, aventuras sexuais ou drogas — seu nerd interior vai se identificar.

Passagem favorita: Tina Fey falando sobre seu pai. Deveriam fazer um super-herói desse homem. Marvel, #ficaadica.

Amy-Poehler_612x380

02. Yes, Please – Amy Poehler

Eu já dediquei um artigo assim que acabei de ler este livro, mas estou aqui para recomendá-lo novamente. Diferentemente de sua amiga Tina Fey, Amy tem muitas histórias de drogas (mas nada escandaloso), e até um date com John Stamos.

A grande surpresa aqui é seu audiobook – cheio de convidados ilustres que vêm narrar o livro com Amy – definitivamente vale mais a pena do que o livro em papel!

Passagem Favorita: O capítulo final lido ao vivo. A narrativa e as piadas de Amy Poehler ganham vida quando lidas ao vivo para uma platéia reagir. Ela é definitivamente uma atriz performática.

03. A girl walks into a bar – Rachel Dratch
Fechando o trio de garotas que foram do grupo de improvisação Second City para Saturday Night Live, Rachel Dratch conta uma história um pouco diferente. Após deixar SNL, Dratch viu seus colegas começarem seus próprios Talk Shows, Sitcoms e filmes, enquanto ela não conseguia nenhum papel que não fosse a amiga lésbica. Ao contrário do que ela esperava, ao invés de viver a segunda fase de sua carreira, Dratch acaba mãe em tempo integral aos 44 anos.

O que ela narra poderia muito bem ser o roteiro de um filme de Woody Allen: uma protagonista judia e neurótica, com um talento para o humor negro das coisas cotidianas. Surpreendentemente bom.

Passagem Favorita: Rachel chorando/rindo em um bar ao cantar “Piano Man”.

Dica: Ouvir em Audiobook, assim como Amy Poehler, Rachel Dratch é uma comediante e improvisadora mais do que uma escritora, e sua interpretação vale muito a pena.

COLUNA| SÉRIES & EU – A PULSEIRINHA E A NATALIE PORTMAN

04. Paddle Your Own Canoe – Nick Offerman

Este é o audiobook que atualmente me acompanha durante meu dia, e devo dizer Nick Offerman é uma ótima companhia. Dono de uma personalidade única, Offerman conta como um menino que cresceu na fazenda, que nem conhecia os Beatles, decidiu cursar artes dramáticas e ser ator de teatro. E para aqueles que acham que ele é a sua personagem Ron Swanson (Parks and Recreation), vocês vão descobrir que ele é ainda mais doce, mas também com opiniões incorrigíveis.

Passagem Favorita (até agora): Nick sendo preso por roubar fitas cassetes de uma loja no dia que ele deveria estrear em uma peça.

IMG_8944_1024x1024

05. Live From New York – Tom Shales and James A. Miller

Saturday Night Live completa 40 anos na TV esse ano (preparem-se para o meu artigo sobre ele!), e nada melhor do que comemorar com um livro que conta os bastidores deste show que já virou uma instituição cultural. Praticamente todos os grandes comediantes da TV americana passaram por esse palco (ou backstage) – Chevy Chase, Bill Murray, Will Ferrell, Cheri Oteri, Billy Cristal, Eddie Murphy, e por aí vai.

E se você quer achar seu trabalho fácil e não estressante, dê uma pesquisada em como Saturday Night Live é montado e você nunca mais vai achar uma deadline aterrorizante.

Passagem Favorita: ainda não o li! Aguardem!

06. Homens Difíceis – Brett Martin

O livro que eu mais estou esperando para ler! Eles faz um paralelo entre The Sopranos, Breaking Bad, Mad Men e The Wire criando ensaios sobre o lugar do anti-herói da TV americana. Definitivamente um livro que leva cultura pop a sério.

Passagem Favorita: ainda não o li! Aguardem!

Dica: O livro tem spoilers, então eu sugiro ver as séries antes de lê-lo.

Séries citadas:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account