Log In

Colunas e Seções Gastronomia

Do banquete do Emmy para a sua casa

Pin it

Primetime Emmy Awards. Notícia incessante há semanas e fato finalmente concretizado na última segunda-feira (25), o evento chegou a sua 66ª edição em 2014. Entre a ansiedade na chamada dos indicados, os sorrisos empolgados dos candidatos vitoriosos e as palmas polidas daqueles que perderam, a noite marcou a entrega anual de estatuetas da televisão norte-americana. Tudo exibido mundialmente (foram 15.6 milhões de telespectadores somente nos EUA, com informações da Agência Reuters). Ou, quer dizer, quase tudo.

Depois da pomposa premiação, o que o grande público não teve a chance de acompanhar ao vivo foi a glamourosa after-party, a tradicional festa que reúne astros de diversas séries em um único (e luxuoso) set. E claro que, para fechar as comemorações, não poderia faltar um refinado jantar. Mas, se você acha que só artistas merecem tanto privilégio, saiba que nós, meros mortais, que não vestimos modelos exclusivos, porém gastamos pilhas de nervosismo a cada nova temporada, também podemos viver um pouco desta majestosa experiência. Quer saber como? Então, se acomode aí no sofá que o TeleSéries mostra para você na gostosa dica de cozinha deste mês. Segue junto!

Coluna_Emmy

205 cozinheiros. 45 bartenders. 680,4 kg de filé mignon. 3.800 batatas. 226,5 kg de tomates. 3.800 taças de champagne. 5.000 taças de vinho. 5.940 garrafas de vinho. Os números, informados pelo Daily Dish, do LA Times, são apenas uma parte da mega estrutura planejada para receber as celebridades na noite mais esperada do universo das séries. Além da assombrosa quantidade de mantimentos e de pessoas envolvidas, também chama a atenção o requintado cardápio. Dentre as iguarias da noite, um prato de pêssegos e tomates heirloom assados com alfaces Little Gem, tirinhas doces de figo, queijo burrata, cebolas honey Vidalia, hortelã-pimenta, manjericão, amêndoas Marcona tostadas e flor de sal. É tanta coisa diferente que já poderíamos ter parado por aí. Mas, bem, esse foi só o começo. Tinha MUITO mais.

Ah, Paul Aaaron, não se faça de desentendido - além de uma boca-livre, você ganhou um prêmio (haha).

Aaron Paul, não se faça de desentendido – além da boca-livre, você ganhou um prêmio (haha).

Ok, mas, depois dessa primeira mostra de opulência do banquete, vamos, então, ao prometido: como aproveitar um pouquinho das delícias do Emmy na nossa cozinha? Para completar a missão, pulamos o prato principal e testamos a pedida de uma das horas mais aguardadas em um bom jantar: a sobremesa. Imaginem: se a entrada do Emmy já foi uma orgia de sabores, como que o fechamento poderia decepcionar? Impossible!

Responsável por adoçar a noite, o chefe de pastelaria Carlos Enriquez usou uma técnica infalível: fez a releitura de um clássico caseiro norte-americano. Apesar de inovações terem seus méritos, tradições de cozinha serão sempre “queridinhas”. Sabores que perpetuam por gerações não são famosos por mero acaso. Se um prato faz sucesso há muito tempo, é porque, realmente, tem algo de especial. É como o nosso brigadeiro. Pode até existir quem não goste, mas, vai dizer que 99% das pessoas que você conhece não morre de desejo por um?

 Sobremesa do Emmy 2014: um s’more refinado

Coluna_Emmy3

S’more com ganache de chocolate Alunga batida, nuvem de marshmallow tostado, biscoitos Graham Crackers e pop rocks de chocolate Inaya.

É tão linda a apresentação do prato que parece até um crime macular aquele fofo e maravilhoso marshmallow. Mas, para você não ficar com peso na consciência – e com medo de não conseguir fazer a receita de hoje (hehe) –, pode ficar tranquilo: a nossa versão é muito mais simples e com cara de comida caseira. Antes de irmos para a cozinha, no entanto, acho legal explicar o que é, afinal, um s‘more.

Ele é um doce clássico nos EUA, que, inclusive, tem um dia nacional (10 de agosto) em sua homenagem. Conhecida como comida de acampamento, não raro, a sobremesa é relacionada a atividades escoteiras. Inclusive, a primeira versão da receita está em uma publicação de 1927, lançada pela organização norte-americana de meninas bandeirantes. Há variações, mas, basicamente, o s’more é um sanduíche feito com Graham Crackers (biscoito tradicional norte-americano), chocolate e marshmallow assado na brasa. Diz-se que s‘more é uma contração de “some more”, ou seja, um pouco mais – realmente, é impossível provar e não pedir um repeteco. E é isso o que você vai ver a partir de agora, com a nossa adaptação super rápida, fácil e sem perigo de queimar os dedos!

S’mores caseiros do Teleséries 

Coluna_Emmy5

Ingredientes:
12 biscoitos tipo maria/maizena (formato quadrado ou retangular)
1 barra de chocolate meio amargo
12 marshmallows

Biscoitos, chocolate e marshmallow: como ser melhor?

Biscoito, chocolate e marshmallow: como ser melhor?

Modo de fazer:
1. Coloque dois quadradinhos de chocolate em cima de um biscoito. No topo, acrescente um marshmallow.
2. Leve ao forno micro-ondas por cerca de 12 segundos, em temperatura média/baixa, até que o marshmallow inche, como uma nuvenzinha.
3. Retire do forno e feche o sanduíche com mais um biscoito.
4. Coma na hora. E faça mais um. E mais um. E mais um. E mais um….

É simplesmente impossível comer um só! É muito gostoso (e doce, doce, doce!). Pela foto, dá para ver que usei daqueles marshmallows mais simples, coloridos e pequenos. Mas, se você quiser mais qualidade, pode comprar daqueles maiores e bem brancos. Quanto ao tempo de forno, o indicado na receita é uma média. No entanto, é sempre bom você testar, pois dependerá da regulagem e intensidade do micro-ondas. Como o marshmallow é suscetível a altas temperaturas, se você deixar tempo demais, ele pode explodir e fazer uma meleca na sua cozinha. A ideia é que, estando pronto, o marshmallow pressionado com o outro biscoito derreta levemente o chocolate da base. Uma dica é escolher o chocolate mais amargo, tipo 60% ou 70% cacau. Isso porque o chocolate puro, diferente do ao leite, do branco e dos recheados, derrete mais fácil, devido ao alto teor de massa de cacau, sem adição de ingredientes como açúcar e leite, que dificultam o processo de derretimento. Para ter certeza, basta olhar no rótulo.

Por fim, é só dar uma boa mordida, sentir o primeiro crunch! e mergulhar na deliciosa cremosidade do marshmallow e do chocolate! Se você quiser fazer a receita como no original, pode testá-la em uma fogueira de acampamento, com um maçarico e até mesmo na boca de seu fogão, tostando o marshmallow aos poucos, sempre girando-o. Esse processo exige mais cuidado, pois o marshmallow pega fogo facilmente, mas não é impossível de fazer. Eu testei dos dois jeitos e gostei mais do s’more de micro-ondas, pois faz menos sujeira e derrete mais o chocolate.

Coluna_Emmy7

Crunch!

Vai dizer: provar desta delícia é quase como levar uma estatueta para casa :)

formada em jornalismo, trabalha como revisora e, sempre que tem oportunidade, adora falar, escrever e estudar sobre comida. Nas horas vagas, também gosta de exercitar os talheres e os copos. Compartilha suas receitinhas caseiras no blog Panela de Pau. Saudosa irreparável de Friends e Barrados no Baile, atualmente acompanha Homeland, Suits e House of Cards.

Website: http://paneladepau.com.br

6 Comments

  1. FlaviaRibeiro

    Mariana atiçou a formiga que há em mim. Com certeza vou testar!

  2. Mariana

    Que legal, @FlaviaRibeiro:disqus! Eu vou ficar torcendo que dê tudo certo e que seja uma delícia :D

  3. Angela Mara Correa

    Pois é, Flávia e Mariana, por sorte, a formiga que há em mim foi saciada com os docinhos de casamento..

  4. Mariana

    @angela_mara_correa:disqus, sorte mesmo hehe, pois é muito difícil comer só um s’more! Mas, quando você estiver precisando de um docinho bem docinho, já sabe onde buscar (:

  5. Mariela Assmann

    Sou fã de carteirinha da Mari! Vou testar em breve e conto o resultado! =D

  6. Pingback: Entreatos: Cultura Pop levada a sério – True Detective e as piadas internas » TeleSéries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account