Log In

Colunas e Seções Gastronomia

Dia do Café: 10 anos de saudades de ‘Friends’ e do charmoso Central Perk

Pin it

0.33 segundos. Não dá nem para piscar os olhos. E, no entanto, é tempo suficiente para o Google filtrar impressionantes 5.530.000 resultados. No campo de busca, as palavras: “Frases sobre café”. Logo, uma das respostas se destaca: “A vida começa após o café”. A máxima pode até ser exagerada, mas não dá para negar o seu efeito, ainda mais hoje, 24 de maio, Dia Nacional do Café. Companheira fiel para começar a jornada, a bebida é a queridinha de várias séries. Porém, seria no mínimo injusto falar sobre ela sem lembrar de Friends. Há 20 anos, dávamos as primeiras [de incontáveis] gargalhadas com a turma mais famosa das sitcoms. E é claro, sempre com as canecas abastecidas do melhor combustível: as divertidas histórias do icônico café Central Perk. Para amenizar as saudades, a coluna de Gastronomia do Teleséries faz uma homenagem para lembrar a primeira década sem a companhia dos seis melhores amigos da televisão – e, ainda, ensina você a fazer um saboroso cafezinho de cafeteria aí na sua casa!

A música I’ll be there for You (da banda The Rembrandts) mal começava e todo mundo já sabia o que estava chegando: um inesquecível episódio de Friends. Há pouco mais de duas semanas, o dia 6 de maio marcou os dez anos de despedida da série, que, desde a estreia, em 1994, garantiu seu espaço entre os fenômenos do entretenimento mundial. Os criadores David Crane e Martha Kauffman encontraram os ingredientes certos para a sua receita em um elenco jovem, desconhecido na época, e que, em apenas alguns anos, revelou talentos do cinema, da televisão e dos palcos. Courteney Cox, David Schwimmer, Jenniffer Aniston, Lisa Kudrow, Mathew Perry e Matt LeBlanc. Mais conhecidos, respectivamente, como Monica, Ross, Rachel, Phoebe, Chandler e Joey, os atores assumiram a pele de seis jovens de vinte e poucos anos que passavam tempo em uma casa de café – o Central Perk. Essa foi uma das ideias iniciais apresentada à NBC para dar vida a personagens que, com o passar do tempo, ganharam uma legião de fãs e ditaram moda, comportamentos e estilos de vida. Além, é claro, das risadas e das lições de amor e amizade garantidas a todos aqueles que acompanharam a saga dos amigos (e, por tabela, levaram alguns ensinamentos entre um riso e outro).

Friends2

Friends: 1994 – 2004

 “Friends começa após o café”

E não é que a frase encontrada na pesquisa mantém a mesma ideia ao trocarmos a primeira palavra por Friends? Já na sequência inicial da série, o episódio The Pilot (s01e01) nos transporta ao lugar que serviu quase como uma segunda casa para os seis amigos – o Central Perk. O nome do café, um criativo trocadilho com um dos pontos mais conhecidos de Nova Iorque, o Central Park, pode ser traduzido como “Central da Animação”. O local marcou a primeira reunião dos seis amigos, com o nostálgico momento em que Rachel, então uma noiva em fuga, invade o tradicional bate-papo da inusitada turma formada por um empolgado professor (Ross), aspirantes a ator (Joey) e a chefe de cozinha (Monica), uma massagista-música (Phoebe) e um frustrado processador de dados (Chandler). Para o alívio de Rachel, em meio ao caos, ela consegue achar Monica, sua melhor amiga na época de escola. O reencontro nada convencional é o gancho do show, que, na maioria dos episódios, mostra o grupo acomodado no simbólico sofá cor de laranja em meio a enormes xícaras de café.

Friends3

O Central Perk foi tão ou mais importante que as próprias casas da turma durante a trama de Friends. Além de receber todas as conversinhas de dia a dia, a cafeteria proporcionou uma variedade imensa de momentos marcantes para os seis amigos. Entre as 10 temporadas, o café foi o pano de fundo de ao menos um acontecimento significativo para a vida de cada um deles. Começando pelas conquistas profissionais, foi no Central Perk que Rachel assumiu o seu primeiro emprego, como garçonete, o que a fez ter coragem para buscar novos horizontes. Foi lá que Joey anunciou a conquista do teste para o show Days of Our Lives, o qual o transformou em um grande nome das novelas. E, ainda, o clássico sofá acompanhou a tensão de Monica ao revelar para Phoebe que não poderiam mais trabalhar juntas, quando, finalmente, conseguiu o sonhado emprego como chefe de cozinha. Além disso, o café marcou muitos encontros do coração. Foi lá que, em um dia qualquer, Chandler encantou-se por Kathy (Paget Valerie Brewster), um de seus grandes amores antes do casamento com Monica, sem saber que a moça era a nova namorada de Joey. Também foi no café que Ross, após anos de paixão platônica, tomou coragem e roubou o primeiro (e tão esperado) beijo de Rachel. E, ainda, nos encaminhamentos finais da série, a quadra do Central Perk foi o lugar escolhido para a cerimônia de casamento de Phoebe e Mike (Paul Rudd) – ou, para os íntimos, Sr. Crap Bag (haha!). Tudo isso, é claro, ao embalo de muitas risadas e incontáveis litros de café bem dosados ao longo de 236 episódios.

Friends5

O enorme sucesso fez muitos se perguntarem se o “café de Friends” era um lugar real. Na verdade, o Central Perk foi um set de filmagens criado especialmente para a série. Composto por um belo balcão, máquinas de café, pequenas mesinhas e decoração sempre renovada (de acordo com a Friends Wiki, as artes das paredes eram modificadas a cada três episódios), um dos maiores atrativos do café era o sofá laranja, do qual a turma de amigos praticamente se considerava dona. Essa noção de pertencimento foi, inclusive, explorada em várias situações, como no episódio The One With The Bullies (s02e21), em que dois outros clientes ocupam a área e tiram sarro de Ross e Chandler quando eles reclamam da presença dos “intrusos”. Além da mobília, um ponto muito marcante do café é Gunther (James Michael Tyler), um garçom conhecido da turma, que sempre foi apaixonado por Rachel. Inicialmente, o ator fazia papel de figurante na série. No entanto, curiosamente, por saber operar máquinas de café expresso, Tyler integrou o elenco como um personagem regular do show. No decorrer dos anos, inclusive, Gunther passou a ser dono do estabelecimento.

Friends4

No canto direito, o eterno Gunther no atendimento do balcão do Central Perk.

A grande identificação do público com o Central Perk influenciou com que, para além dos estúdios da Warner, o café desse origem a negócios reais. Dentre os exemplos, está um que é bastante inusitado, pois fica do outro lado do mundo, na China. Na capital Pequim, o empresário Du Xin montou uma réplica do Central Perk, aberta ao público, em 2010. Fã convicto da série, Du sempre se perguntou como seria se tivesse a oportunidade de tomar um café a la Friends. Foi essa inspiração que o motivou a criar o local que, após alguns meses aberto, começou a ficar bastante conhecido. O empresário demorou quase meio ano para decorar o lugar, buscando manter-se fiel àquilo que vemos na série. Em 2013, o NPR produziu uma reportagem para apresentar o Central Perk chinês. O link é inglês, mas, mesmo sem tradução, vale a pena a olhada. Clique aqui para conhecer. 

É hora da receita: um café de casa com sabor de cafeteria

Pode ser que a Rachel não tenha aprendido muito bem, em alguns anos de Central Perk, como fazer café direitinho. Mas, como agora a gente já sabe que quem operava as máquinas era o Gunther, podemos deixar esse pequeno detalhe de lado (hehe!). Bem, a verdade é que fazer um bom café exige alguns cuidados e uma certa paciência. Por isso, a dica de hoje é para que você saiba como ter um café diferenciado, sem nem precisar sair de casa. A receita vai mostrar como é simples fazer um café semelhante ao expresso, que geralmente só encontramos nas casas de café, utilizando a prática cafeteira italiana de fogão – estilo moka. A dica é excelente para quem quer aprender a fazer um cafezinho na medida ou, até mesmo, para a galera que mora sozinha e precisa de algumas dicas para incrementar o café de todas as manhãs.

Café tipo expresso caseiro – Um brinde a Friends

Ingredientes (para uma moka de 300ml):

3 colheres (sopa) bem cheias de café em pó moído (moagem média)

300ml de água filtrada ou mineral

Modo de fazer:

1. Preencha com água o reservatório inferior da cafeteira até o limite da válvula de segurança.

2. Preencha o compartimento intermediário (filtro) com o café, sem comprimir o pó.

3. Feche a cafeteira e leve ao fogo baixo.

4. Quando o café começar a subir para a parte superior da cafeteira, desligue o fogo. Com o vapor produzido, a moka terminará o processo de impulsionar toda a água para o recipiente superior, finalizando a passagem do café.

4. Sirva em uma xícara escaldada com água quente. Se preferir, adoce.

Friends7

E está pronto um café de dia a dia, com um sabor bem marcante. A moka, cafeteira criada pelo italiano Alfonso Bialetti, produz um café potente, parecido com o expresso, muito consumido nas cafeterias, pois é pouco comum que se tenha uma máquina de expresso em casa. A moka é encontrada em diversos tamanhos, com modelos que produzem até 18 xícaras. Na minha, por exemplo, 300ml enchem a quantidade suficiente para alcançar a válvula de segurança e as 3 colheres de café ocupam todo o espaço do filtro. Ou seja, a quantidade de café e de água vai depender do tamanho da cafeteira que se for utilizar. Simples, não é mesmo?

Outras dicas importantes são sobre o grão do café e a água. Para a moka, é importante que o grão seja de moagem média ou grossa, pois o pó muito fino pode entupir o filtro e não passar o café direito. Inclusive, se possível, é legal moer o café em casa, antes de utilizar, pois o sabor será ainda melhor, visto que o pó estará bem fresco. Quanto à água, os baristas indicam que ela seja filtrada ou mineral, pois a presença de cloro pode interferir no sabor e no aroma do café. O passo do fogo baixo também é fundamental, pois o calor muito intenso irá acelerar demais a passagem da água pelo filtro, deixando o café com sabor amargo. O processo da moka é um pouco mais lento que o de um café passado, por exemplo, mas o resultado é um sabor bem diferente. Por fim, de nada vale o seu cafezinho estar super gostoso, se você não tiver o recipiente correto para servi-lo. Escaldar a xícara em que você vai tomar o café é super importante, pois ela estará quentinha, preparada para receber o café, também quente, evitando trocas de temperatura e, consequentemente, o rápido resfriamento da bebida. Se quiser, você pode adicionar água, para um café mais suave, e, ainda, adoçar a gosto – o que eu, pessoalmente, não indico, pois o legal é saborear o café puro.

Friends6

“Eu assisti a cada episódio no mínimo 5 vezes. Mas, quando eu revejo, dou tanta risada como na primeira vez”

Uma última dica: para que o seu café fique com a cara de Friends, utilize uma daquelas xícaras imensas, eternizadas pelo elenco no Central Perk. Aí, para completar a experiência, basta assistir a uma deliciosa reprise, que nunca será repetitiva demais para um bom e velho fã. (:

Séries citadas:

formada em jornalismo, trabalha como revisora e, sempre que tem oportunidade, adora falar, escrever e estudar sobre comida. Nas horas vagas, também gosta de exercitar os talheres e os copos. Compartilha suas receitinhas caseiras no blog Panela de Pau. Saudosa irreparável de Friends e Barrados no Baile, atualmente acompanha Homeland, Suits e House of Cards.

Website: http://paneladepau.com.br

2 Comments

  1. Pingback: Central Perk será aberto em Nova York para homenagear 20 anos de ‘Friends’ » TeleSéries

  2. Pingback: Até logo, Teleséries! Foi uma delícia cozinhar com você! » TeleSéries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account