Log In

Reviews Spoilers

Dexter – Take it

Pin it

Dexter -  Take It!
Série: Dexter
Episódios: Take It!
Temporada:
Número do Episódio: 5×08
Data de Exibição nos EUA: 14/11/2010

Take it é um bom título, mas bem que o episódio poderia se chamar Lumen Rises. Impressão minha ou a temporada está mais focada no desenvolvimento da personagem de Julia Stiles do que do protagonista?

Um dos motivos que me levou a acompanhar a série sempre foi ver o desenvolvimento do nosso assassino favorito. Um seriado sobre serial killer? Certo, já vi diversos deles no cinema! O que Dexter trazia de diferente? Justamente esse lado de um homem que vivia sob o manto de seu Passageiro Sombrio e que deveria se camuflar na sociedade para sair impune. Na segunda temporada se fez necessário um amadurecimento e ele teve que lidar com a iminência de ser capturado e deixar a família a esmo. No ano seguinte, ele se viu em busca de um amigo, alguém para compartilhar seu segredo. Na excelente quarta temporada foi a vez de aprender a conviver com um filho e com um inimigo tão astuto quanto… Mas e agora? Estamos vendo um Dexter fazendo o quê? Ajudando Lumen, simples assim. Onde está o arco do personagem? Para onde a história pretende nos levar? Nem mesmo o pequeno Harrison tem marcado presença. Sara Colleton estaria pensando em um spin-off? Fizeram até questão de se apronfudar no passado de Lumen nos apresentando ao seu ex-noivo Owen. Você pode me dizer que isso é normal e que faz parte do desenvolvimento de um personagem, mas ainda sim…

Antes que alguém pergunte eu não estou criticando a série. Aliás, a temporada é boa mas é evidentemente diferente das demais. E após os minutos finais do episódio – Quando Dexter e Lumen alimentam os peixes com um filé de Cole fresquinho – tudo fez sentido. Foi quase que uma epifania! Que não me agradou muito…

Preocupa-me o rumo que a série está levando agora em sua reta final. Preocupa-me ainda mais não ter recebido a notícia de uma renovação. Haverá um final digno para um dos melhores seriados que já assisti? Tic, Tic, Tic…

Além do que já foi dito acima, gostei da tempestade que está prestes a assolar o casamento de Batista e LaGuerta. Finalmente os escritores acertaram a mão e encontraram um conflito interessante entre os dois. Gostei especialmente da cena em que Batista diz que dará suporte a Debra. O momento em que descobrimos que, na verdade, quem corroborou a história de LaGuerta foi Manzon também merece destaque. Eu sempre imaginei que a personagem se tornaria detetive, mas nunca cogitei a hipótese de ser no lugar de Debra. Parece-me quase certo que haverá uma virada de mesa interessante nesta subtrama.

E por falar em subtrama: Caso Santa Muerte encerrado? Engano meu ou um dos irmãos Fuentes ainda está solto?

O que dizer de Stan Liddy? Os segundos derradeiros do episódio me deixaram ansioso! Belas fotos, por sinal! Agora resta saber como elas serão utilizadas. Chegarão nas mãos de Quinn? Ou a taxa será alta demais? Óbvio que não há prova nenhuma contra Lumen e Dexter, mas possivelmente esse fato irá aguçar ainda mais a curiosidade do ‘investigador’.

Dexter -  Take It!
Alguém aí achou que mais uma vez nosso Discplicente e Descuidado Dexter está agindo de maneira precipitada? Onde está o Harry nessas horas? Matar o chefe de segurança de Jordan Chase em um dos seus seminários, em um hotel que, em tese, deveria estar repleto de câmeras de segurança, me parece bastante amador. Parece-me algo que Miguel Prado faria e não Dexter Morgan. Aliás, gostei da lembrança do personagem vivido de maneira emblemática por Jimmy Smits.

Para encerrar, um aspecto técnico. A direção de Romeo Tirone deixou a desejar. Acredito que ele deveria continuar trabalhando na série como diretor de fotográfia e só! Os cortes rápidos com os quais conduziu o episódio não me pareceram adequados ao seu ritmo cadenciado, ainda mais quando utilizados em diálogos tensos, onde deveriam pravalecer as emoções e fisionomias dos atores e não a ‘dinâmica’ da cena, como aconteceu no encontro de Dexter com Chase.

Agora é aguardar pelo término da série e torcer para que, até lá, os ponteiros se ajustem. A contagem regressiva já começou. Tic, tic, tic…

Séries citadas:

Estudante e aspirante a crítico nas horas vagas. Começou assistir seriados enquanto zapeava os canais e deparou-se com Arquivo X. Tem preferência por séries de sci fi, mas tem começado a cultuar uma paixão por dramas. Atualmente sua série favorita é Dexter. Fala sobre cinema em seu blog Destino Poltrona.

Website: http://www.destinopoltrona.com.br/

2 Comments

  1. Pingback: Tweets that mention Dexter – Take it -- Topsy.com

  2. Bruno

    quanto a desaparecimento de harry, acho que depois da ligação entre lumen e dexter o delirio da conciência de dexter simuiu, isso a medida que dexter ia abrindo o mundo do passageiro para ela, o que ficou completamente evidente neste episódio no qual dexter foi completamente honesto com ela.

    o ex da lamen foi para mostrar a ligação com o passado e o completo rompimento com ele, e a paz que ela procurava na vingança ela encontrou quando dexter tapou os ouvidos dela num momento de pânico e ela finalmente conseguiu dormir, isso tudo creio que é para trandferir a obsessão dela pela vingaça para dexter, o que possivelmente deve levar no final a ela se sacrificar por dexter, para proteger seu segredo.

    Gostei muito deste episódio, e estou ansioso pelo próximo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account