Log In

TV Brasil

Destaques do dia: Quinta-feira, 3/8/2006

Pin it

Segunda temporada de The Contender no P+A: Vai começar o segundo round! O People+Arts estréia nesta quinta-feira a segunda temporada do reality show The Contender – O Desafiante. O programa havia sido cancelado pela rede NBC mas encontrou nova emissora nos EUA, a ESPN, que bancou a produção de uma continuação, desta vez sem o ator Sylvester Stallone. O programa é uma competição entre boxeadores e tem apresentação do lendário lutador Sugar Ray Leonard. No P+A, às 22h.

cenas de Remember

Desperate Housewives encerra com episódio duplo: A segunda temporada de Desperate Housewives termina esta noite com a exibição do episódio especial Remember, com duas horas de duração. Excepcionalmente nesta quinta-feira a Sony não exibe Grey´s Anatomy. Repleto de flashbacks, o episódio mostra quando Bree, Lynette, Susan e Gabrielle se mudaram para Wisteria Lane e como se conheceram. Com isto Brenda Strong reaparece diante das câmeras no papel de Mary Alice e os atores Steven Culp e Jesse Metcalfe também retornam ao seriado. O programa revela ainda o passado negro da família Applewhite, entre outras surpresas. Na Sony, às 20h.

Celebrity Slimdowns no E!: Acredite, o E! Entertainment Television conseguiu fazer uma lista com 101 astros que engordaram e voltaram rapidinho ao peso original – seja em função de um filme, seja para entrar em forma. Este é o tema da série de especiais 101 Incredible Celebrity Slimdowns que vai ao ar esta noite no canal. No programa desta noite serão listados os colocados de número 101 a 81 da lista, que inclui os comediantes Kevin James (The King of Queens) e Roseanne Barr (Roseanne). No E!, às 20h.

Outros destaques:
Naked Josh: episódio Just Say Mo. GNT, 23h15
House: episódio Todos a Bordo (All In), com participação de Laura Allen (The 4400). Universal, 23h
High Times: episódio 3. Eurochannel, 21h30
Stargate SG-1: episódio The Powers That Be. Fox, 21h
The Shield: episódio Tapa Boca. AXN, 21h
Huff: episódio Espremendo a Lula (Tapping the Squid), com participação de Christopher Marquette (Joan of Arcadia). A&E, 21h
E-Ring: episódio Escape and Evade, que introduz na série o ator Andrew McCarthy (Kingdom Hospital). Maggie Wheeler (Friends) participa. Warner, 21h
Burn It: episódio 5 da segunda temporada. Eurochannel, 20h
Numb3rs: episódio The Running Man, com participação de Kirk Acevedo (Oz). Telecine Premium, às 15h20

Reprise:
Beautiful People: episódio A Tale of Two Parties. Sony, 13h

Aviso:
• Excepcionalmente nesta quinta-feira, o GNT não exibe a série Murder in Suburbia.

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

47 Comments

  1. Kravis

    O FX não passou The Office domingo. Então será que irá “reprisar” um episódio inédito essa noite?

  2. Eric

    Juliano
    Não comenta nda pq se não a FCP (Facção Contra Spoilers) aparece aqui dai vc já viu néh.

  3. Cristiano Vieira

    Muito se falou de Desesperate Housewives na primeira temporada e agora….nem se ouve muito. Cade as milhares de indicações?? Cade a revolução??? Cade o grande passo da mundança do telespectador em relação as mulheres maduras? (Não que eu seje contra isso, mas DW elas são caricatas demais).
    Cade os fãs fervorosos a defender esse Drama? Mais fanáticos até que os de LOST e os de Veronica Mars.

  4. Lourdes

    Arrasada com a falta do episódio de Grey´s hoje. Mas concordo com o Eric, santa internet!

  5. Daniela

    As mesmas perguntas aplicadas as DH poderiam ser usadas com Lost… A diferença entre ambas é bem evidente: a primeira não engana ninguém , enquanto a outra sobrevive de ” factóides”. Ah , e nem preciso falar das atuações, as Housewives pelo menos são atrizes de verdade… ao contrário dos atores de Lost – eles me lembram… ” Malhação”.

  6. Juliano Cavalca

    Eu gosto de DH, o maior destaque são as atuações. Cross e Huffman (que aparece no piloto de Studio 60 :) ) fora do Emmy foi uma das 75896 coisas inexplicáveis que fizeram esse ano.

    E eu ainda quero ser enganado por Lost por muuuuuito tempo…

  7. Cristiano Vieira

    Os atores de LOST são mesmo limitados. Limitadíssimos em algumas ocasiões. O elenco de Desesperate é superior mesmo. Mas com 2 atrizes mais ou menos e 3 ótimas. Nada também Merry Streep.
    A questão que eu coloco é que Desesperate não está mais tendo aquele BAFAFÁ da mídia que outrora teve. Muito diferente de Sexy and the City que não ficou só na primeira temporada. Não falo só de audiência, mas de prêmios, mídia e blablabla.
    LOST digamos caiu um pouquinho o gás, mas ainda tá queimando um bom combustível na mídia não só americana felizmente, mas mundial. A segunda temporada apesar de não angariar indicações pelos menos se fala muito e se prestigia muito. Desesperate eu não ouvi mais nada.
    Nunca vi uma série com tanto alarde na primeira temporada e nenhum na segunda.
    A proposta de LOST também é diferente da de Desesperate. LOST é entreter numa ficção louca misturada com a procura de algo dos personagens.
    A proposta de Desesperate é mais ambiciosa, retratar com humor negro e cínico o comportamente de gente com a gente. Nada paranormal, mas real.
    Desesperate para mim é o maior fogo de palha da história da TV.
    Vou torcer para estar enganado na terceira temporada.

  8. Juliano Cavalca

    Porra, Cristiano, até tu? Naveen Andrews, Terry O’Quinn, Matthew Fox (com aquela cena dele curando a futura esposa dele no começo da temporada), Henry Ian Cusick, AAA (Eko, não sei de cor o nome dele), Michael Emerson e os coreanos são limitados?

  9. Eric

    Discordo completamente. O elenco de LOST não é limitado.Não assisto Desperate mais acho que a trama gira em torno das 4 protagonistas com isso seus personagens a atuações tem maior destaque pois a maior parte da história esta concentrada nesse núcleo.
    Já Lost, que tem seus 11 protagonistas principais,
    não tem muita chance de mostrar seu trabalho, os unicas oportunidades que tem é quando um episódio é centrado nele ou em pequenas participações em outros episódios. Eles tem muito a mostrar ainda mais faz parte da trama ser como esta. Um ex. é a Emilie de Ravin. Ela teve 2 atuações de maior destaque nessa temporada (no episódio que o Charlie quer batizar o Aaron e no que ela tem os flashbacks de quando o Ethan a seguestrou) mais é uma atriz excepcional, tem muito a acrescentar a série. Não só ela mais todos os atores. Definitivamente, Lost não tem um elenco limitado.

  10. Anderson Vidoni

    Concordo com o Juliano e Eric. É essa também minha opinão.

    Eu sei que já falei antes, mas as quintas são mesmo de House!

  11. Eric

    hahHAHHAHAHAHhahahahahhahaha

    Anderson, Grey´s Anatomy tb é legal vai…..

  12. Prue**

    To passada com a Sony….tirar Grey´s bem na reta final é de matar os fãs do coração…..q saco viu???????

    Eric,onde posso baixar??????:-(

  13. Marcos

    Caralho! Se o pessoal de Lost não são limitados eu não sei mais nada de atuações! Matthew Fox bom ator? MAS COMO?

  14. Cristiano Vieira

    Matthew Fox – Sinto muito, mas ele é limitado. Ele repete o Charlie de Party of Five. Repete trejeitos constantementes.
    Evangeline Lilly – Teve uma interpretação dela que foi magistral, primeira temporada, no lance do Charlie enforcado. Depois foi só suspiros e olhares vazios.
    holloway (Saywer) – O personagem Saywer é hilário, cativante e bom. Não vejo uma atuação sensacional, ele faz o básico para não compremeter. Esse estilo Bad Boy é manjado também.
    Terry O’Quinn – Não acho o bicho.
    Naveen Andrews – Esse sim eu tiro o chapéu! A primeira temporada com flashbacks do amigo dele e o lance da bomba é sensacional. Desde a morte da Shanon a gente o peso do personagem, a mudança de comportamento. Ele em cena no meio dos outros parece que os outros são fracos. A gente sente isso.
    Claire – hummmmmmm…vcs acham mesmo que aqueles choramingos e biquinhos dela são boa atuação?..hummm…sei lá viu.
    Os coreanos – São bons sim.
    Charlie – para mim o melhor ator da série. Mas eu já sabia que ele era bom. A cena dele tocando piano é demais, sem contar na sequencia eletrizante da apresentação da máquina xerox.
    Hurley – caricato.

    Em geral fica difícil comentar, nem sou especialista nisso, mas é que é uma série que não exige tanto, cada episódio é um personagem, tem uns que custam a aparecer. O trama exige mais nos flashbacks de que na ilha. Eu gosto dessa série, e o conjunto do elenco é ultra carismático, é uma série que marca a cultura pop como fou X-files no passado. A trama é envolvente, é ducacete e não é necessário ser shakesperiano para isso.

    Atuações marcantes deixemos para West Wing, Sopranos, Sete Palmos, Huff, Deadwood que aí o nível é outro.

  15. Renata

    Li isso num forum uma vez e me rachei de rir: Eu odeio ela no Lost, tudo o que ela fala eh MAH BABY! MAH BABY! WHERE’S MAH BABY!!!!!!!!!! (sobre a Emilie De Ravin)

  16. Eric

    Cristiano, fala que não gosta de Lost e pronto. Isso não é feio. Ia ficar mais bonito do que todo aquele texto que vc escreveu.

  17. Cristian

    Alguem afim, de LAGUNA BEACH,3ª Temporada ta chegando 16 de Agosto. USA.

  18. Cristiano Vieira

    PÔ gente! Eu gosto de LOST sim!!! Não ia pagar R$156,00 num BOX só para ficar fazendo média na estante!!!!
    Eu gosto do gênero! Gosto das coisas do J.J.Abrans, acho o cara criativo, com sangue novo.

    Acho os personagens bem escritos, os flashbacks e a “culpa” que todos tem muito bem boladas e desenvolvidas. Só acho que o elenco é limitado, imagine uma trama dessas com Edward Norton, Sean Peen,Denzel Washington, De Niro e cia.
    É difícil de explicar isso numa comparação tão injusta, mas falta feeling em alguns dos atores.

    X-files também não tinha atores magníficos mas não vejo outros fazendo aquilo entendem?

  19. Fer

    uma das coisas mais difíceis em termos de interpretação é fazer uma pessoa “normal”, “centrada”, “cabeça no lugar”. fazer o personagem louquinho, ou q tem sotaques, ou q é metido a estrelinha, ou que sofre horrores, é bem mais fácil, comparativamente falando, porque o ator tem mais chances de brilhar. é mais fácil ganhar um Oscar interpretando Truman Capote do que interpretando Edward Murrow, só para dar um exemplo dos últimos tempos.

    esse nariz de cera todo é só para dizer que Matthey Fox tira de letra esse papel que deram a ele, cujas chances de ter “a cena do ano” são infímas. eu acho ele ótimo, e acho o papel dele um dos mais difíceis da série por tudo isso q eu falei no início; mas não me surpreendo nem um pouco por ele ser tão subestimado pela maioria dos que assistem a série.

  20. Pedro Schmitt

    Concordo com vc Fer. Alfred Hitchcock já dizia que um dos maiores desafios para um ator era interpretar alguém normal, fazendo banalidades, aparentando ser uma pessoa comum. Interpretações histéricas são tão fáceis que explicam porque as novelas da Globo tem gente berrando o tempo todo.

  21. Concordo plenamente com a Fer e o Pedro. É por isso que – para mim – o James Stewart é o maior ator de todos os tempos.

  22. Paulo Antunes

    Eu quero dizer que entendo o que o Cristiano quis dizer com “Terry O´Quinn não é o bicho”. Ele é um bom ator, mas brilha especialmente porque tem o melhor papel da série. Um outro ator com o mesmo tipo físico, como o Mitch Pileggi ou o John M. Jackson, teriam o mesmo desempenho no papel.
    Quer dizer, não foi uma ofensa o que o Cristiano quis dizer, apenas que o Terry O´Quinn desempenha bem o papel, mas nada extraordinário.

  23. digo_haha

    Eu gosto de Desperate housewives.

    tá gente, isso foi só prá voltar para o assunto original.

    HAHUHAUAHUA

  24. ThiagoFLS

    Nesta temporada foi praticamente impossível encontrar uma resenha de DH pela crítica americana que não incluísse a expressão “sophomore slump” (algo como “tropeço do segundo ano”). E a série realmente piorou no segundo ano, principalmente pelo excesso de personagens e pelo mistério insosso da família Applewhite.

    Mesmo assim, acho que DH continuou bem divertida e acima da média, às vezes até desconcertante (vide a resolução chocante da subtrama de Bree e Andrew), mas para uma série que causou tanto impacto em seu primeiro ano, essa queda de qualidade foi uma grande decepção.

    Parece que o bode expiatório que a ABC escolheu para culpar pela piora da série foi Tom Spezialy, que dividiu o comando dela com Marc Cherry nessa temporada e acabou abandonando a produção devido a desentendimentos com ele. Agora que Cherry está mais envolvido nos roteiros e contratou bons roteiristas veteranos como Jeff Greenstein (Will & Grace) e Joe Keenan (Frasier), espero que as coisas entrem nos eixos como estão prometendo.

  25. WampaOne

    Eu geralmente gostei da primeira temprada de DH. Na segunda, eu comecei a achar muito exagerado, os personagens ficaram muito caricatos, virou chick series demais pra mim tb. Tenho achado um saco desde ums 6 ou 7 capítulos atrás, e achei um porre esse season finale. Estou pensando seriamente em abandonar essa série para a próxima temporada.

  26. Marcos Almeida

    Excelente a season finale de Desperate Housewives. Cheia de revelações e fatos interessantes.

    Já pra os fãs de Lost: bem, é verdade que DH não está tão na midia quanto Lost, mas a sua audiência continua numa excelente média, o que mostra que o público continua gostando. Já Lost…bem uma série que começou a temporada com mais de 20 milhões e termina com apenas 16 num episódio repleto de revelações…bem, isso mostra que o interesse do público caiu por demais.

    Vamos ver se com a entrada do Santoro e a divisão da temporada em duas pra fugir da concorrência de American Idol ajuda um pouco…

  27. Eric

    Marcos Almeida

    Mediucre essa sua comparação em termos de audiência. Lost desbanca Desperate em todos os sentidos e não é a audiencia que faz uma série boa ou ruim. E tambem Desperate não concorreu com o avassalador American Idol. Queria ver, se fosse Desperate que concorrece com American Idol, acho que não teria nem 14 Milhões…..cada coisa que escuto…..

  28. Internet

    Pra quem acompanha os indiçes de audiençia sabe que mesmo na época de que Lost não competia com American Idol nunca chegou a passar de um episódio normal inedito de DH
    A segunda temporada foi pior que a 1a mas nunca foi ruim, cômica e dramatica como sempre, o Remember q foi mais ou menos foi só um bolo de histórias que so vão ser completas na proxima temporda, mas quem ve Lost teve estar acostumado com isso

  29. Marcos Almeida

    Eric, minha compração não foi mediocre. Ela é fato! Mas vamos lá:

    Concordo que audiência nãs faz um série, mas que dá uma boa ajuda, olha que dá!!! Não concordo que Lost desbanque DH…pra mim, DH é infinitamente melhor, mas é uma questão de gosto. Afinal, eu gosto de um bom mistério, mas excesso de enrolações, não!

    Quanto a questão da audiência: DH é tão forte que fez a NBC solicitar a mudança de dia da entrega dos prêmios do Globo de Ouro deste pela primeira vez na história recente da televisão americana, para não concorrer diretamente com DH, já que ano passado, ela concorreu e DH ganhou de longe…isso é força.

    Outra: ano passado Lost também concorreu com American Idol e teve um excelente desempenho, mas este ano…nem empolgou! Então, ou o AI deste ano foi muito bom (eu não vi) ou Lost já não está tão boa assim…

    E por último, se tu estás escutando o que eu apenas escrevi, putz…não posso fazer nada! :)

  30. Diogo

    O ultimo episodio de Desperate Housewives foi muito interessante.Primeiro podemos conhecer mais do passado de nossas amadas donas de casa, e em seguida vimos que todas as quatro passaram por seu momento de crise.Desde a Gaby que foi traída na própria casa passando pela Lynete que descobriu alguns´podres“ do marido, até a Bree que fugiu do hospício para salvar a filha que lhe restou, E alem tudo, o episodio deixou aquele ar de mistério com o novo (e psicótico) paquera de Susan.
    A terceira temporada promete…

  31. FLAVIO

    Com certeza Despereate Housewives é um bom seriado.Falar que as atrizes não são boas é o mesmo que dizer:”nossa eu nao entendo nada de interpretação e vou falar só para contrariar”.Nesta 2º Temporada Marcia Cross arrasou e a ausencia dela no Emmy é injusta.Quanto as demais , todas foram ótimas.Fico pensando como seria o personagem da Suzan(Tery Hatcher) se a atriz que a interpretasse fosse a Heather Locklear(Melrose)como estava previsto antes do convite ser feito a Tery.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account