Log In

TV Brasil

Destaques do dia: Domingo, 3/9/2006

Pin it

Emmy legendado na Sony: Para quem perdeu o Emmy na semana passada (ou se perdeu na ausência de uma tradução) a Sony reprisa este domingo a 58ª Edição do Emmy Awards, com legendas em português. A transmissão do canal começa às 19h.

Fox corre com o final de Justiça sem Limites: Com a decisão infeliz do canal Fox de correr com o final da temporada de Justiça sem Limites para a estréia de Nip/Tuck, os fãs de Alan Shore (James Sparde) e Denny Crane (William Shatner) terão que se desdobrar neste domingo. O canal programou a exibição de uma maratona com quatro episódios inéditos da série em seqüência, das 14h às 18h. Serão exibidos os episódios Race Ipsa – que tem participação de Peter MacNicol (Ally McBeal, Numb3rs) e a volta de atriz Kerry Washington –, Deep End of the Poole – com novas participações de Christian Clemenson e Larry Miller –, Squid Pro Quo – que conta com a volta de Freddie Prinze Jr. (Freddie) e a primeira de uma série de participações de Parker Posey –, e Spring Fever – com participações de Jeri Ryan (Boston Public, The O.C.) e Robert Wagner (Casal 20).

Outros destaques:
O Retorno: episódio Valerie Hangs With the Cool Kids, com participação de Willa Holland (The O.C.). HBO, 23h
The Office: episódio Valentine’s Day. FX, 21h30
Malcolm in the Middle: episódio Army Buddy, com participação de Larisa Oleynik (O Mundo Secreto de Alex Mack). Fox, 21h
My Name is Earl: episódio Stole a Badge, com participação de Clint Howard (irmão do produtor e diretor Ron Howard). FX, 21h
Os Simpsons: episódio The Italian Bob. O áudio original em inglês teve dublagem de Kelsey Grammer (Frasier). Fox, 20h30
O Rei do Pedaço: episódio Business Is Picking Up. O áudio original em inglês teve dublagem de Johnny Knoxville (Jackass). Fox, 20h
Murder in Suburbia: episódio 7. GNT, às 18h

Reprise:
The L Word: episódio Lap Dance. Warner, 23h

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

10 Comments

  1. sandra

    Não acompanho a série Justiça sem Limites, mas com certeza não avisaram com antecedência seus fãs. A Fox está deixando a desejar (lembram o que fizeram com Stargate Atlantis e agora com o SG1?)

  2. Fer

    por que vão repetir um episódio de The L Word, alguém sabe? não pode ser para esperar pelos EUA, já que lá já terminou a TERCEIRA temporada… :(

    tsc tsc, bola fora da warner

  3. André

    Concordo! The L Word sendo reprisado foi bola fora da Warner! Esperamos quase um ano pra ver a 2ª temporada e agora começam as frescuras de reprises?

    Fala sério!

    ¬¬’

  4. Djalma Fernandes

    Como esse pessoal da Fox recebe salário pra fazer o que faz? Santa incompetência, demoram séculos pra estrear as séries, pra depois meterem os pés pelas mãos e atropelarem uma série com a outra. Que cambada de incompetentes, deus me livre. Mas nós já deveríamos estar acostumados…

  5. Lucas R.

    Studio 60 on the Sunset Strip:

    Sobre o piloto:

    Foi uma boa estréia. Longe de ser uma obra prima, mas é porque o programa tinha uma porrada de personagens para apresentar e pouco tempo para isso. Mas funcionou bem. E o Matt e o Danny tem uma quimica maravilhosa. O Perry ainda lembra o Chandler, mas isso pode ir desaparecendo aos poucos. Achei que o Bradley Whitford interpretando o Danny me lembraria muito o Josh, mas não me lembrou em nada. Milagre. O ator é realmente bom e eu não havia percebido isto até agora.

    Bem, o show revelou um imenso potencial no episódio piloto. Veremos se ele será ou não utilizado futuramente. Acredito que sim.

    PS: Me lembrou bastante a ambientação de The West Wing na fase do Sorkin (que não vi inteira). Espero que não acabe parecido demais com TWW no decorrer da série [De The West Wing, Sorkin já importou os excelentes Timothy Busfield e Bradley Whitford, além do Perry, que fez três participações especiais na série]. Esse é o meu maior medo em relação ao programa. O segundo são as chances do seriado ser cancelado. O piloto me pareceu difícil de vender e esse estilo de drama com possibilidades cômicas pode confundir a cabeça do público americano ignorante. Bem, é isso.

  6. Emerson

    Agora alguém sabe responder se esses quatro episódios inéditos de Boston Legal (Justiça sem Limites) será reprisado? Ou a Fox quer mais que seus telespectadores se f#$*!@#?
    Já basta ter que aturar Stargate-SG1 dublado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account