Log In

Gastronomia

De volta aos anos 80 com ‘One Tree Hill’: Vaca Preta

Pin it

Alex:
“Quem é o seu diretor favorito?”

Julian:
“John Hughes. Você conhece… ‘Curtindo A Vida Adoidado’, ‘O Clube dos Cinco’, ‘Gatinhas e Gatões’. Não eram apenas filmes sobre adolescentes, era sobre a luta que todos enfrentam para encontrar a si mesmos. Um diretor com uma visão clara.”

O cineasta norte-americano John Hughes marcou a adolescência de uma geração inteira nos anos 1980. Além dos três filmes citados acima, ele também foi responsável como diretor ou roteirista por Mulher Nota 1000, A Garota de Rosa Choque, Antes Só do Que Mal-Acompanhado e Esqueceram de Mim, apenas para citar os que foram referência no episódio Don’t You Forget About Me da série One Tree Hill.

Hughes faleceu em agosto de 2009 e esse episódio-tributo foi ao ar nos EUA em 1º de fevereiro do ano seguinte, mas não foi a única homenagem póstuma que recebeu.Também em 2010, atores que tornaram-se reconhecidos graças a seus filmes – membros da chamada Brat Pack – apresentaram um segmento da premiação da Academia de Artes de Hollywood, o Oscar: Matthew Broderick, Macaulay Culkin, Ally Sheedy, Molly Ringwald, Judd Nelson, Jon Cryer e Anthony Michael Hall.

Em One Tree Hill a homenagem deu-se em todos os níveis, do figurino à trilha sonora. O próprio título do episódio é uma referência a Hughes: a canção Don’t You Forget About Me, da banda escocesa Simple Minds, fazia parte da trilha sonora do filme Clube dos Cinco. A cena inicial é idêntica na série e no filme.

De Curtindo A Vida Adoidado as únicas referências que percebi foram duas: o figurino da personagem Alex, que usou um casaco de couro branco com franjas muito parecido com o que a atriz Mia Sara usou no filme, e a música 4 Ferris na trilha sonora. Se você percebeu outras referências deste ou de outros filmes deixe-nos saber nos comentários, por favor!

De A Garota de Rosa Choque tivemos também o figurino e eu fiquei abismada com a semelhança entre o personagem Julian, caracterizado para a festa temática dos Anos 80, e o personagem interpretado por Jon Cryer no filme. Outro personagem da série, o australiano Alexander, disse que tirou sua inspiração fashionista de Miami Vice, mas a cena em que ele está recostado no carro me lembrou do personagem de James Spader no filme. E, é claro, Brooke emulou a personagem de Molly Ringwald ao criar e costurar o vestido do baile aproveitando vestidos antigos. O próprio baile beneficente é outra referência ao filme.

De Mulher Nota 1000 vem a trama dos nerds Fergie, Junk e Mouth em busca da mulher perfeita. A diferença é que ela não precisou ser criada, ela existe: é Kylie, que até usa o figurino do filme. De “Antes Só do Que Mal-Acompanhado” veio a viagem dos personagens Nate e Clay [que também poderia ser referência a Nate and Hayes, filme de pirata co-roteirizado por Hughes, mas a história da road trip em que tudo dá errado é definitivamente de Antes Só…]. A reclamação de Nate quando Clay não pára de falar é uma pista bem forte.

A personagem Haley passa o episódio inteiro esperando que alguém se lembre que é aniversário dela, mas apenas no fim seu marido consegue chegar à cidade para comemorar a data – e de quebra presenteá-la com um Porsche. Antes disso, Quinn despejara vitamina de frutas na cabeça de Kylie. Haley e Nate celebram o aniversário dela sentados em cima da mesa de jantar com o bolo, numa homenagem a Gatinhas e Gatões. Até o vestido, se não é o mesmo, é bem semelhante.

A armação de Jamie para ficar sozinho em casa é um tributo à trilogia Esqueceram de Mim com pitadas de Denis, o Pimentinha, outro legado de Hughes – o garoto é um pestinha! Inteligente, esperto e muito fofo, mas um pestinha. No meio da bagunça toda ele faz uma pausa para o lanche: uma panqueca gigante e vaca preta.

Esta será a receita de hoje, porque poucas coisas são mais Anos 80 do que vaca preta. Criado em 1874 na Filadélfia, o ice cream soda é uma mistura de sorvete com refrigerante gaseificado também conhecido como ice cream float – porque o sorvete flutua – ou coke float – porque é feito com refrigerante de noz de cola.

A receita – Vaca Preta

Ingredientes:
1 lata de refrigerante de cola [Coca, Pepsi, à sua escolha]
2 ou 3 bolas de sorvete de creme
2 colheres [sopa] de calda de chocolate [opcional]

Você também precisará de:
1 copo grande [350 mL ou maior]
1 colher de cabo longo
1 canudo largo
toalhas de papel, um monte

Modo de preparo:
Coloque o sorvete no copo e regue com a calda de chocolate. Devagar e com cuidado, despeje o refrigerante sobre o sorvete. Use a colher para afundar o sorvete e comê-lo e o canudo para beber o refrigerante.

Limpe a sujeira com toalhas de papel.

Notas pessoais: uma receita ridiculamente fácil para compensar a complicada da semana passada. A vaca preta é uma bebida refrescante que provoca o efeito brain freeze [cérebro congelado] sem a necessidade de tomar raspadinhas na cara como acontece na série Glee.

Você pode substituir o sabor do sorvete por outro de sua preferência, apenas evite os que contêm pedaços sólidos para não bloquear o canudo.

Também pode substituir o refrigerante por guaraná [Vaca Dourada] ou outro sabor. A cerveja amanteigada servida no parque temático Harry Potter é uma variação da Vaca Preta.

É uma boa pedida para os dias de calor com as crianças de férias – neste caso, multiplique a quantidade de toalhas de papel pelo número de crianças envolvidas.

Trilha sonora do episódio:
Don’t You (Forget About Me)” – Simple Minds
Know That I Would” – Right the Stars
Cool Fool” – Joel Bogen
The Love Cats” – OK Go
4 Ferris” – Geoff Grace
If You Were Here” – Cary Brothers
I Want You to Want Me” – Cheap Trick
Surrender” – Cheap Trick
Everybody Knows” – Cheap Trick
Bizarre Love Triangle” – versão de Sennen para a canção do New Order
Smile” – Cheap Trick

Este post atende à sugestão do leitor Anderson Narciso. Quem quiser conferir a homenagem, Dont You Forget About Me foi ao ar no décimo quinto episódio na sétima temporada.

Séries citadas:

24 Comments

  1. Anônimo

    anderson, não esqueça as toalhas de papel. “ingrediente” indispensável.
    :oD

  2. Angela Mara Correa

    Lu, criada no interior do Espírito Santo, mais do que John Hughes ou OTH, vaca preta me remete àquela lanchonete da adolescência, único programa das tardes de domingo. E (dietas à parte) faço até hoje.

  3. Anônimo

    somos duas, mara… aliás, acho que farei daqui a pouco mesmo com esse clima fresquinho.
    ;o)

  4. Bianca Mafra

    depois da receita complicadissima da semana passada, que to convencendo ainda o junior, dignissimo marido, a fazer, mas já perdendo as esperanças, porqu ele nem responde. vem uma deliciosa e superfácil receita de vaca preta. uma coisa que o junior faz sempre, quando termina de tomar o sorvete e mistura com coca cola, seja qual for o sabor. receita aprovada, materia deliciosa. 
    em tempo: fui no mercado e esqueci o queijo do mac and cheese de novo

  5. Mônica Almeida

    Eu costumava fazer vaca preta quando era criança, mas faz um tempinho que não tomo refrigerante. Agora deu vontade de novo. Qualquer dia desses eu faço. Adoro os filmes de John Hughes e adorei o post, Lu!

  6. Anônimo

    hahahaha! aqui em casa é assim, quando é coisa que a gente não costuma comprar sempre tem de sair pra comprar só aquilo.

  7. Anônimo

    é, monica, refri não é assim uma coisa saudável… mas de vez em quando não faz mal.
    :o)

  8. Anônimo

    Gente, como a Lu é cuidadosa para incluir cada detalhe e referência a John Hughes no episódio, hein? Muito legal!
    Opa, não compro coca-cola normalmente, mas tô até pensando em dar uma passadinha na padaria…

  9. Anônimo

    flávia, não sei como tá aí, mas aqui voltou a fazer um calorão… mais vaca preta hoje.
    :oD

  10. Bianca Mafra

    esse eh  o problema, o mercado mais perto daqui sao 15 minutos andando, e no mercadinho eu nao vou achar aquele queijo. ai bate a preguiça!!!!

  11. Anônimo

    Moro no interior de São Paulo em Ribeirão Preto, aqui é tão quente que brincamos que aqui é a Porta para o Inferno.
    Ate no inverno aqui faz calor durante o dia e frio à noite. Gripe e resfriado na certa…
    Vou preparar para matar a saudade (gostinho de infância) e o calor. rsrs

  12. Anônimo

    ô, ariel, tou com a consciência pesada ainda por conta do turducken.
    :oD

  13. Anônimo

    È no inverno aqui fica insuportável, calor de dia e frio à noite, tempo seco.
    Agora no verão tem a chuva pra amenizar.
    Muito sorvete e água ajudam.

  14. Anônimo

    te entendo, bia… aqui só tem queijo que merece esse nome em uma lojinha quase secreta, escondida num beco sem saída atrás da prefeitura. :oD

  15. Anônimo

    É, o turducken foi realmente bem complicadinho. Assim que eu vi a quantidade dos ingredientes eu desisti dele. Mas a Vaca Preta, como só precisa colocar no copo, de repente eu consigo. HAHA, pode-se dizer que meus dotes culinários não cooperam pra receita mais elaboradas…

  16. Pingback: Domingueiras « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

  17. Pingback: Desafio Literário | The Unofficial Harry Potter Cookbook « Pensamentos de Uma Batata Transgênica

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account