Log In

Memória

De volta aos agitados anos 80 com ‘Miami Vice’

Nos últimos dias surgiram convites para festas em dias e lugares distintos, organizadas por pessoas diferentes que possivelmente nem se conhecem, não sendo da mesma faixa etária e tendo motivos variados para as comemorações. No entanto, elas têm o mesmo tema, Festa Retrô – Anos 80.

Naqueles dias, os brasileiros alcançavam a desejada redemocratização. O rock nacional explodiu, tivemos a primeira edição do Rock In Rio. A efervescência pop contagiou o mundo todo. A música, as roupas coloridas, o estilo jovem da época… Tá, tudo bem, realmente a década de 80 é um prato cheio para ambientar festas.

Não me surpreende nem um pouco o fato das pessoas serem nostálgicas e quererem reviver tempos passados. Disso eu bem entendo, afinal todo mês estou aqui relembrando séries de outrora. E já que me fizeram regressar aos anos 80, lá vamos nós.

Dois policiais, muita ação e um seriado, Miami Vice.

Era uma vez…

James ‘Sonny’ Crockett (Don Johnson), um ex-jogador de futebol americano e ex-combatente do Exército norte-americano, é detetive em Miami. Ricardo ‘Rico’ Tubbs (Philip Michael Thomas) é um policial de New York que chega à Miami atrás do assassino de seu irmão.

Crockett investiga um poderoso traficante quando descobre que Tubbs está atrás do mesmo criminoso. Aí nasce uma parceria que a princípio parecia que não daria certo, mas com o tempo se transforma em uma sólida amizade.

Tubbs decide ficar na cidade e trabalhar com Crockett na divisão policial antidrogas de Miami, chamada de Unidade Vice. No comando está o tenente Lou Rodriguez (Gregory Sierra). Porém, Lou é assassinado e o linha-dura Martin Castillo (Edward James Olmos) chega para chefiar os trabalhos.

No dia a dia, os agentes da Vice assumem outras identidades e se infiltram na rede do narcotráfico local. Crockett se disfarça de Sonny Burnett, um traficante que mora num barco e tem como animal de estimação um crocodilo chamado Elvis. Já Tubbs se passa por um poderoso comprador, conhecido como Rico Cooper.

Em suas missões Crockett e Tubbs exibem estilo e sofisticação em seus carrões e, é claro, ficam frente a frente com o perigo. Mas, nem sempre sozinhos. Isso porque, a Vice conta ainda com a humorada dupla formada por Stan Switek (Michael Talbott) e Larry Zito (John Diehl); e com as agentes femininas Gina Navarro (Saundra Santiago) e Trudy Joplin (Olivia Brown).

Corajosos e charmosos, porém sem sorte no amor. Crockett é divorciado e quando acha que encontrou um novo amor, fica viúvo. Já Tubbs nem mesmo uma relação duradora chega a ter. A vida pessoal desses dois, realmente, é um tanto complexa. Certa vez, Crockett fica entre a vida e a morte e acaba assumindo seu alterego Sonny Burnett por um tempo.

Enfrentar o crime, na ensolarada Miami, pode ser mais do que uma aventura.

… e então…

A estreia de Miami Vice na TV norte-americana aconteceu em setembro de 1984. Cinco temporadas depois, a série teve seu último episódio inédito transmitido em janeiro de 1990.

Aqui no Brasil, ainda nos anos 80, o seriado foi transmitido em rede aberta pelo SBT. Atualmente, é reprisado na TV paga pelo canal TCM, de segunda a sexta, às 09h e 21h.

Durante os anos em que ficou no ar, Miami Vice foi um sucesso e conquistou fãs fiéis. A série ganhou, em 2006, um filme homônimo estrelado por Colin Farrell e Jamie Foxx. A versão cinematográfica, considerada fraca em comparação com a produção televisiva por muitos dos saudosos fãs da série, serve como uma merecida homenagem a um seriado emblemático que mais de vinte anos depois não perdeu a majestade.

Se valendo da técnica de edição dos videoclipes, algo inovador para a época, o seriado trouxe características da década em que era produzido através também da trilha sonora com nomes como Phil Collins, Tina Tuner e U2; e teve forte influência na moda, principalmente a masculina, com os protagonistas de Miami Vice popularizando os relógios Rolex, os óculos Ray Ban’s, os tons pastéis e os sapatos sem meias. Por tudo isso que Miami Vice está eternizada como um clássico dos anos 80.

Quanto às festas, infelizmente, fiquei doente e acabei não indo à primeira. Mas estou na expectativa para a próxima. Tudo bem, pois como dizem o melhor da festa é mesmo esperar por ela. E algo me diz que outras virão. Afinal, os anos 80 jamais deixarão de serem lembrados e

…celebrados.

Séries citadas:

25 anos, Jornalista formada pela Unesp/Bauru. Responsável pela Coluna Memória. Adora um bom livro e não dispensa uma boa música. Mas, confessa que é viciada em séries desde que se conhece por gente. Friends, Angel, One Tree Hill... Game of Thrones, Hart of Dixie, Arrow, The Vampire Diaries, The Originals...

7 Comments

  1. Fernando dos Santos

    Muito legal essa materia. Eu assistia Miami Vice nos anos 80 e atualmente revejo a série no TCM.

  2. João

    Olha o estilo do Don Johnson!!!
    Engraçado como “CSI: Miami” parece muito mais com o seriado do que o filme “Miami Vice”.
    Sobre a festa, ano que vem você está convidada de novo ;)

  3. Gilberto Garcia

    este seriado deveria voltar novamente com o mesmo elenco em rede aberta como na rede record ou mesmo pelo sbt ou band seria uma ótima ideia faria muito sucesso .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account