Log In

Reviews

Dallas – Family Business

Pin it
Série: Dallas
Episódio: Family Business
Número do Episódio: 1×09
Exibição nos EUA: 01/08/2012

Quando toca a abertura de Dallas, você espera que algo grandioso vá começar. Bem, venho há muito tempo reclamando das artimanhas descabidas do roteiro da série. Muitas reviravoltas, personagens com motivos nada profundos, exaltação ao passado, pouca criatividade, tudo isso estava me fazendo perder a vontade de assistir a série. Continuar o legado de Dallas não estava sendo nada fácil.

Mas aí que chegou o penúltimo episódio da temporada para acender uma réstia de esperança. A abeertura tocou e logo eu já sabia que esse seria um bom episódio. Confirmado, Family Business é o indício de que a série pode ser o que ela realmente prometeu.

No momento, há duas grandes histórias para essa temporada. A guerra na família Ewing e o mistério da Rebecca. Até agora, as duas histórias parecem não se cruzar, até agora. Mas deixo minhas suspeitas para depois, até porque neste episódio eu simpatizei bastante com a moça, que tenta sem medidas reconquistar a confiança e o amor do marido.

Enquanto isso, o irmão, que não é irmão, tenta colocar a mão na grana que a mais nova Ewing havia prometido. Assim, em doses homeopáticas, vamos aprendendo o que realmente aconteceu com Rebecca.

Mas esse episódio, apesar de jogar com as duas principais histórias do momento, teve destaque mesmo para o clã dos Ewings. A doencinha boba do Bobby finalmente apareceu com mais força para desaguar como o drama que a série precisava. Em torno disso, Chris, John Ross, Helena, Anne, Sue Ellen, todo mundo se junta para resolver de uma vez por todas a questão do petróleo em Southfork. E por isso, só por isso, o episódio se salvou.

Nada de twists rápidos, closes de câmera, e suspensezinho barato. Bobby sofre um aneurisma e coloca em cheque os verdadeiros motivos dos herdeiros Christopher e John Ross. Os rapazes decidem que juntos eles podem ir mais longe do que nunca e ainda lutar para que o Dom Sobrancelha não reine nas terras de Dallas.

Nada de twists rápidos. Todo o episódio girou em torno disso. De como essa briga colocou novamente em risco toda a família. Sue Ellen, encurralada pelas ameaças de Ryland, só conseguia se culpar e culpar JR por mais uma desgraça. Isso é o que dá agir assim como uma louca. Mas enfim, mãe é mãe e é por isso que temo bastante pela Ann. O que será que Ryland pode aprontar ainda? Bom, isso fica para o próximo episódio. Porque nesse, o importante mesmo é que J.R. e Bobby finalmente tiveram a chance de acertar as contas.

O que acontece se um deles morre? A briga acaba. Cada um tem o seu motivo. Bobby quer honrar a vontade da mãe e J.R. quer reclamar seu direito de nascimento. Nenhum dos dois está errado, apenas que J.R. é bem menos ético quando se trata de vencer. E é por isso que a cena dele assinando o papel que devolve Southfork para o irmão foi a mais emocionante da temporada.

Talvez isso fosse algo mais criativo. Os Ewings contra os vilões! Quem sabe? Seja o que for… guarde bem essa imagem. Não é toda hora que vemos ISSO.

J.R. Ewing em seu momento de tristeza.

Quando Bobby decide dar continuidade a investigação que pode por o irmão atrás das grades, quase fiquei com pena do Dom Sobrancelhas. Quase. Porque não deu muito tempo e logo o choque e terror tomou conta de mim. Será que o Bobby morre?

Falando em morte…

Eu não esperava isso.

Quem será que morreu?

Seguimos tocando banjo!

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

6 Comments

  1. biancavani

    Bem legal este episódio. Acho que quem morreu é o “irmão”, porque Rebeca deve ser mais importante na história. O que achei mais interessante foi que ela é quem bolou o plano de se aproximar do Chris – não foi o “irmão”. Antes, tudo indicava que fosse este, mas, na verdade é ela a mais malévola.
    Uau, Bobby parece estar com o pé já lá no paraíso…

    Bom, vou correndo assistir ao episódio final.

  2. Anderson Narciso

    Este episódio foi sensacional. Só não foi mais do que a Season Finale …. Mas J.R. neste episódio roubou cena … E Chris, poderia morrer =X

  3. biancavani

    Uau, Anderson e Maria Clara! Que season finale!
    O Chris é mesmo insuportável. Será que é o personagem ou o ator?

  4. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 13 a 19/8

  5. Pingback: TeleSéries Magazine | A revista eletrônica de quem é viciado em seriados de TV.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account