Log In

Notícias Opinião

Crônica: O Executivo e a dublagem

Pin it

Campanha contra dublagemDizem por aí que a alta diretoria da Fox na América Latina teria sugerido mudanças na filial brasileira após interpretar que a baixa audiência seria culpa da programação legendada. Desde o dia 1º de julho, o primetime do canal passou a ser dublado.

Sendo isso verdade, como teriam sido as conversasões antes, durante e depois dessa polêmica decisão? Não consigo tirar de minha imaginação algo diferente desta situação surreal: dois envolvidos – o executivo e um funcionário qualquer. O executivo é velho, é antiquado e desconhece completamente seu público, enquanto que o funcionário é um jovem sensato, mas sem voz ativa. Ele representaria o que nós somos: apenas uma testemunha sem poder de decisão que, quem sabe, algumas ótimas idéias.

Sábado, dia 30 de junho. O velho inicia a conversa:

– A partir de amanhã, toda nossa programação será dublada. Bones, 24 Horas, Prison Break… todas as nossas séries serão dubladas.

O funcionário demonstra espanto.

Calma, calma. É a decisão certa a tomar. Em 2001 eramos vice-líderes em nosso segmento da tv a cabo. Hoje, estamos na última posição. Todos sabemos que quando o SBT fica em apuros, eles exibem Chaves. Simpsons é o nosso Chaves. O modelo a se seguir agora é o da TNT. Lá, os filmes são dublados e o canal é líder de audiência. A fórmula é: Fox+Dublagem=Liderança.

Quando o executivo pára de falar, o funcionário, surpreso com a decisão, fica boquiaberto e perde a capacidade de piscar. Está completamente perdido. O executivo continua falando:

– Eu sei que as séries da TNT são legendadas, mas você as vê entre as líderes do país? Eu também não. Existem algumas excessões como Lost, Heroes, Criminal Minds… Tem também Smallville, Grey’s, ER… Supernatural, House, CSI… Mas estes canais estão exibindo suas séries da maneira errada! Se fossem dublados, aumentariam a audiência em mais de dez vezes. 24 Horas é dublado na Globo, e mesmo passando de madrugada, consegue mais audiência do que nós no horário nobre da Fox.

O funcionário, corajoso ou inocente, levanta a mão e começa a falar:

– Mas senhor, no Brasil seriados são dublados quando exibidos na TV aberta. Sem contar que o público do cabo neste país é muito pequeno. E… eles estão acostumados com as legendas.

– Nós mudaremos este costume. Os assinantes no país crescem a cada ano. As pessoas da classes C terão TV a cabo em breve. E como eles são todos burros, ignorantes e analfabetos, amarão a dublagem.

O funcionário volta a interromper:

– Senhor, você conhece mesmo o perfil do telespectador do Brasil? E a classe C não é “burra, ignorante e analfabeta”. E não sei se concordo com a dublagem ser coisa pra esse “tipo de gente”. Eu até que gosto de dublagem. E sou formado! Sem contar que no resto da América Latina, onde a fatia do público com cabo é bem maior que no Brasil, parte da programação é dublada e o povo não é “burro, ignorante e analfabeto”. Além do mais, estamos na reta final de alguns seriados. Vamos mudar o formato deles de uma hora pra outra? O público vai reclamar.

– Eles não vão nem perceber. Eu quero que seja feito isso agora! Bones, 24 Horas, Nip/Tuck, Shark, Dexter e Prison Break dublados já! Bem, com Shark não será possível. Infelizmente, este seriado estreou logo depois de sua exibição nos Estados Unidos. Apressado come crú nessas horas. Ainda bem que levamos meses pra exibir nossas outras séries. Quase que erramos com Prison Break, mas essa parada deu tempo pro processo de dublagem. E como Shark acaba nessa semana… façam dele excessão. O resto, tudo dublado.

Quarta feira, dia 4. O público, confuso com a exibição de Bones em português, constata após 24 Horas que vai ser tudo dublado mesmo. O Executivo do canal retorna pra falar com seu funcionário:

– Infelizmente, uma horda de fúria tomou conta dos blogs e do tal do Orkut. Aparentemente, eles não se deram muito bem com essa mudança. Mas não faz mal. Eles se acostumam. Não vejo ninguém reclamando da TNT. E eles são líderes! Vamos dar tempo ao tempo. Também lí que algum idiota de vocês afirmou que seria uma estratégia. Ora bolas! A dublagem chegou pra ficar! Envie um comunicado oficial informando que estamos visando o que a maioria do público gosta: dublagem.

– Mas senhor, não podemos fazer esta imposição. O momento foi errado e queimamos quem não deviamos queimar. Primeiro, a dublagem nacional está sofrendo todo tipo de ataques pejorativos. O momento é perfeito pra que os revoltosos, especialmente para quem se escreve e lê blogs xinguem este método de exibição. Queimamos a dublagem. E também nos queimamos. Já estão falando em boicote e em baixar nossas series pela Internet.

– Baixar pela internet? Há! Isso não existe. Acha mesmo que um país como o Brasil tem pessoas que conseguem baixar seriados pela Internet? Isso é coisa de americano. E o boicote não vai acontecer. Bem, na verdade, pode acontecer, mas será por pouco tempo. Somos dublados agora e ponto final.

– Mas senhor, concordo que alguns gostam da dublagem, mas esta imposição não é meio ditatorial? Quem não gosta, está falando horrores do que nós fizemos. Não seria melhor que preparassemos, antes de tudo, um sistema pra que a dublagem fique como opção e os seriados sejam exibidos com o aúdio original e as legendas?

– Você é maluco? Sabe quanto tempo ia demorar pra fazer isso? E quanto dinheiro a gente ia gastar? Vamos seguir com o dublado. Coloque o comunicado de que nós vamos imitar a TNT. Mas, por favor… não com estas palavras.

Sexta feira, dia 6. O Executivo retorna pra comentar a repercução do comunicado.

– Bem, não saiu como eu esperava. Estão nos xingando mais, a audiência caiu e alguns anunciantes não estão querendo renovar os contratos. Mas não faz mal. Qualquer tipo de publicidade é bem vinda. Até a negativa! Dentro de pouco tempo, precisamente após a estréia de Dexter e o retorno de Prison Break, vamos colher bons frutos.

– Senhor, estão me ameaçando de morte. Não é melhor voltarmos atrás?

– Voltar atrás depois do comunicado oficial? Isso seria idiota! Vamos até o fim agora, mas vão ver que vai dar certo. A propósito: a quanto tempo você trabalha em nosso canal?

– Dois anos senhor. Não se lembra de mim? Fui eu quem liderou o movimento contra as criações do FX e Fox Life. Na época, eu disse que dividir a programação da Fox em três seria perigoso pois teríamos uma escassez de programação. Tanto que temos que exibir Simpsons várias vezes por dia. E, modéstia a parte, acho que foi por isso que a Fox caiu um pouco no ibope.

– É verdade… A quanto tempo você trabalha aqui mesmo?

– Dois anos.

– Está despedido.

73 Comments

  1. Marcio

    Como alguém pode não gostar do áudio original?

    Mas gostar de dublagem não é sinônimo de “desgostar” de ou detestar o áudio original. Opta-se por aquele que se gosta MAIS (ou que desgoste menos, caso ambos sejam sofríveis). E varia de caso a caso, de filme para filme, de série para série, de pessoa para pessoa. No meu caso mesmo, todos os DVDs que tenho já assisti tanto legendado quanto dublado (quando há dublagem).

  2. Gisele

    “…Menos um telespectador na Fox e contando!” [11]

    Cada qual com sua opinião. Eu, por exemplo, detesto dublagem.

    Mas não leva a nada ficar discutindo se o programa é melhor dublado ou legendado. A questão em pauta é a arbitrariedade da FOX.

  3. Denise

    Adorei a crônica, muito imaginativa! Creio que até o canal Fox e alguns internautas estão fazendo uma comparação indevida com a TNT pois eles também perceberam que os fãs de série preferem o som original com legenda e transmitem Veronica Mars, Gallactica e The Closer no formato original. O problema está mesmo no Brasil pois alguns jornalistas e os profissionais do ramo ficam fazendo pressão para que a programação seja dublada assim eles têm emprego! Acho que todos tem que continuar enviando e-mails para o site da FOX para que não aconteçam erros como no episódio de Stargate Atlantis em que a Dra. Elizabeth diz “Godspeed” e a legenda “Velocidade Máxima”.

  4. Silvia

    Adorei a estorinha. Só nos resta a ironia…
    A Fox sempre foi uma droga de canal no que diz respeito à interação com o público. Não anunciam as datas de estréias, estréiam sem anunciar, interrompem as temporadas pelo meio e acham que a gente não nota, enfim, sempre desprezaram arrogantemente o cliente. Agora, para completar, chegaram à brilhante conclusão que dublar é a solução para aumentar a audiência. Quanto incompetência! Pela parte que me toca, eu e todo mundo aqui em casa cortamos a Fox do nosso cardápio. As séries que pudermos ver em dvd vamos ver e as outras vamos simplesmente abandonar. Não faltam outros bons programas para ver.

  5. Cristiano (Highlander_Master)

    Nossa, nem falei pra criar polêmica. O problema é que eu não consigo assistir atores reais sendo dublados.

    Nada contra os dubladores, mas como já disseram aqui, soa falso. Não é a voz do ator, caramba!! O tom de voz faz parte da interpretação, por isso que eu simplismente não assisto filmes e séries dublados, comigo não rola, não consigo. E não vai ser um canal de quinta como a Fox, que vai me fazer assistir. E ponto final.

    Com animação até vai, pq já é dublado no original mesmo.

    Mas por exemplo, as grandes animações que vão pro cinema, por terem atores conhecidos, acho um desperdicio assistir dublado, mas isso opinião minha. Por exemplo Procurando Nemo no original, é a Ellen Degeneres que faz a Dolly, a peixinho esquecida, ela é sensacional, e a dubladora não tem como chegar perto disso, pq a Ellen é fora de série. Shrek (essa vai ser polêmica), eu prefiro muito mais o Mike Myers do que o Bussunda. E ainda no elenco são: Cameron Diaz, Antonio Bandeiras, Eddie Murphy e outros. Eu que conheço, e acompanho a carreira dos atores, vou preferir a voz deles, do que gente como o Bussunda (nada contra ele), que eu não acompanho, e nem assisto nada que ele faz.

    E algumas animações em “série” como Frango Robô, Simpsons, Family Guy e outros, tem participações especiais, que se perdem completamente quando é dublado.

  6. Silvia

    Adorei a estorinha! Só nos resta a ironia…
    A Fox sempre foi uma droga no que diz respeito ao relacionamento com o cliente. Não anuncia as estréias, estréia sem anunciar, corta as séries pelo meio (The Unit) e nunca mais dá satisfação, interrompe temporadas pelo meio (Prison Break) e diz que terminou, tudo porque, na sua arrogância, acham que somos uns latinos ignorantes. Agora, pra completar, em vez de dar uma opção a mais, nos tiram as opções. Pela minha parte, eu e minha família estamos oficialmente boicotando o canal. Se desse para cortar o canal da programação, eu cortaria.

  7. Leonardo Toma

    “…Menos um telespectador na Fox e contando!” [12]

    Cristiano, vou ter que descordar de você. Eu assisti as duas versões de “Procurando Nemo” e a dubladora da Dori conseguiu fazer um ótimo trabalho… Eu sei que a Ellen DeGeneres é “A” Ellen, mas eu me diverti muito com a personagem nas duas versões.

    E sobre toda essa questão já saturada da FOX eu não argumentaria se o áudio original e as legendas fossem disponibilizadas na mesma hora da mudança. Isso foi um total desrespeito com o telespectador. (não que o brasileiro não seja desrespeitado toda hora…)

  8. Vicente

    Se estivéssemos na Inglaterra a “raposa” já teria sido abatida a tiros!

    Está aberta a temporada da caça a “raposa”!

  9. Carlos Souza

    “… menos 3 telespectadores da FOX, eu, meu Pai e meu irmão e contando ” [17]

    Não sou preconceituoso contra dublabens, apenas não gosto …

  10. Silvana

    Tiro o meu chapeu para tanta competência …em perder clientes é claro!

  11. Mario Okano

    Fox you, Fox!
    Que fora; acho que o pessoal da Raposa não entendeu esse trocadilho em inglês.
    Vou traduzir, mas não vai ficar bom; Fodx-se Raposa!

  12. HELCIO JOSE FIGUEIRA

    Erro de percepção da fox vai custar caro vao rolar cabeças de executivos.

  13. Marcia

    SENSACIONAL ESSA CRONICA!!!!!!!!!!!!!!
    Vamos fazer boicote total a FOX!
    Agora eles colocam um aviso que vc pode ouvir o som original se quiser … e eu sou obrigada a ser expert em INGLÊS?????????????? Vou ter que fazer curso intensivo pq LEGENDA… nada…!

  14. Lucas "Gandalf" Leal

    Menos um telespectador na Fox e contando! [18]
    e João eu respondo sua pergunta, mta gente tem preguiça de ler, ou chega em casa cansado e ler legendas da sono (minha mãe por exemplo) e por vezes prefere o dublado, mtos tb de idade não acompanham bem legendas e tb preferem legendas…
    se o original é sempre melhor?concordo…mas nem sempre o que é melhor pra mim é melhor pra vc…
    eu gosto de séries mais inteligentes, polemicas e que discutem coisas…e detesto séries ‘bobas’…vc pode adorar séries bobas…isso significa que ela são melhores ou piores?
    tudo é uma questão de referencial…tem quem prefira o dublado, pois se perde qualidade de audio mas para aquela pessoa pode se ganhar em N aspectos…é tudo uma questão dos beneficios, pra mim a dublagem não traz nenhum mas para outros pode trazer…

  15. JESUS

    LASTIMÁVEL A EXIBIÇÃO DE FILMES/SÉRIES DUBLADAS. TODOS OS PROGRAMAS APÓS AS 16:00 HORAS DEVERIAM SER EXIBIDOS EM LINGUAGEM ORIGINAL E LEGENDADOS, INCLUSIVE DESENHOS ANIMADOS.

  16. Fernando

    É isso aí! A Fox está tratando a sua audiência como lixo. Já fizeram mancada na estréia de 24 horas, deixaram fora do ar, etc. Mas com essa bobagem de dublar, eles se superaram. O negócio é assistir pela Internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account