Log In

Reviews

Criminal Minds – JJ

Pin it


Série: Criminal Minds
Episódio: JJ
Temporada:
Número dos Episódio: 6×02
Data de Exibição nos EUA: 29/11/2010
Data de Exibição no Brasil: 21/3/2011

Uma tragédia não precisa de sangue e morte; é o bastante estar cheia de enorme tristeza pelo prazer da tragédia. – Jean Racine

Ao escrever sobre o episódio passado eu falei que colocar JJ ali, assumindo o risco de falar com o sequestrador e, com isso, assumindo o risco de colocar a perder a possibilidade de salvar Ellie, talvez se buscasse uma explicação para a sua já anunciada saída, talvez mostrar o quanto aquele trabalho estava afetando a personagem.

Mas não foi isso. Foi mais simples, mas eficaz e, vamos dizer assim assim, colocou os pingos nos is. Ao colocar a saída de JJ não como uma escolha pessoal, não como uma escolha do grupo, não como uma escolha de sua chefe, nem mesmo como uma decisão de Strauss, os roteiristas mostraram claramente que ninguém queria a saída da personagem da atriz, mas a decisão estava acima deles.

E, com tudo isso, eles conseguiram fazer um grande episódio, que não foi centrado na saída de JJ e, ao mesmo tempo, fazia com que só pensássemos nela ao longo do caminho, porque, no final das contas, o nosso sentimento de perda era refletido em cada um dos demais personagens.

Outra decisão acertada: um caso puramente psicológico, em que dois suspeitos de matar uma garota estão a ponto de serem soltos porque a polícia não conseguiu nada contra eles e não existe nem corpo. Toda a equipe fica focada em conseguir arrancar a verdade dos dois, trocando de papéis, fazendo perguntas, pesquisando o passado. Na verdade, fazia tempo que não tínhamos assim um episódio de equipe.

E ainda tivemos um final feliz, sim, meio inverossímil, mas um excelente final se considerarmos a despedida de JJ.

Resta saber como será agora, já que no passado aprendemos que o trabalho dela, mesmo pouco aparente, era fundamental.

Séries citadas:

6 Comments

  1. Bia mafra

    O episódio foi excelente, a saída triste como deveria ser, a conversa dela e da Garcia, um arraso e as ultimas palavras do episodio sendo da propria JJ no relatório que ela entrega a Strauss foi de arrepiar. mas eu juro qu gostaria de saber o que os roteiristas irão fazer quando precisar de que alguem do membro da equipe tenha ainda a boa e velha esperança de dar tudo certo, porque esse, com certeza, era o ponto forte da JJ.

  2. Tati Siqueira

    Ai Si, eu chorei neste episodio…..que bela homenagem fizeram da JJ um episodio que deveria servir a todos personagem que são “cancelados” de series( que não precisam de mortes tragicas para serem memoráveis). Mostrou que todos estavam contra a saida da atriz e que a decisão não partiu de ninguém ali…..o bom que deixaram um “espaço” em branco, sei que a possibilidade é remota, mas……
    Excelente episodio, para uma gde personagem.

  3. Paulo Serpa Antunes

    Eu discordo de vocês. Como assim alguém é obrigado a ser promovido?
    Entendo que havia um problema pros roteiristas resolver que era fazer uma saída que não fosse na base da explosão, como a da Elle, nem por cansaço, como foi a do Gideon.
    Não consigo pensar em outra saída, mas esta, pra mim, não foi a ideal.

  4. Bia mafra

    Caramba, ja to a uns 10 minutos tentando lembrar o termo que me falta agora, o mais proximo foi liberdade criativa, entao me perdoem, mas eh esse que vou usar.
    Paulo, a gente sempre da um desconto para essas falhas pela liberdade criativa. o mais interessante eh que a saida da jj foi causada por algo maior do que ela e os atores tanto na vida real quanto na ficcional. E, detalhe, a do Gideon também, o ator abandonou a série porque não aguentava o peso do tema. E é isso que torna tudo curioso, pelo menos.

  5. Zé Luis

    Olá Simone, olá galera
    Concordo com os posts da Bia Mafra.
    No meu sentir, os próximos episódios não serão mais os mesmos sem a JJ. Ela transmitia a serenidade e candura que atenuavam os temas.
    Quanto a já mais do que comentada saída do Gideon, até hoje faz falta, era de longe o personagem que mais vestia a roupa do personagem, o que com certeza pesou para seu esgotamento psicológico.
    abs para todos.
    Zé Luis

  6. Fernando dos Santos

    Não foi um grande episódio mas pelo menos proporcionou a JJ uma despedida digna, depois de fazerem ela pagar mico na estréia da temporada.
    A situação proposta pelo roteiro até que era interessante.O episódio já começa com os dois suspeitos detidos e é através do interrogatório que a equipe do BAU vai ter de descobrir a verdade.
    No entanto não achei que rendeu tudo o que poderia mas também não fez feio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account