Log In

Reviews

Covert Affairs – Quicksand

Pin it
Série: Covert Affairs
Nome do Episódio: Quicksand
Número do Episódio: 3x15
Exibição nos EUA: 13/11/2012
100
5
2

Quicksand foi um episódio morno, mas que foi crucial para prepararmos o campo para a grande season finale! Segundo críticas, o último episódio será ‘um jogo de espião que ficará muito sério’. Mas o que esperar da season finale? De toda essa linhagem de história, o que precisamos saber de fato para seguirmos para o confronto final?

Deixarei grande parte da reflexão da terceira temporada para a última review de Covert Affairs desse ano, mas gostaria de lembrar que a temporada foi um presente para os fãs. Tivemos duas grandes missões nessa temporada que contribuíram para o crescimento de Annie Walker e de toda a série. Uma história linear fez muita diferença para o show e teremos grandes momentos que serão guardados por nós até o último episódio da série.

O retorno de Eyal foi só uma desculpa para mostrar que apesar de não existir confiança entre espiões, nada impede que duas pessoas que por acaso são espiões, não possam confiar um no outro. Mas confiança é algo do momento. E isso foi comprovado nesse episódio, quando Eyal se entregou para Khalid para salvar a vida de Annie. Tivemos até um momento nostálgico ao visitar a casa de Eyal em Luxemburgo, na primeira missão de ambos no episódio ‘No Quarter’ da primeira temporada. Covert Affairs também sabe abrir o seu baú de recordações quando necessário e apesar de não houver muitas reviravoltas, o campo está definitivamente preparado para o último e decisivo episódio.

Temo em dizer, mas a missão de Khalid foi uma missão que não precisava ter sido alongada como a missão da Rússia. Creio que o relacionamento de Annie e Eyal foi explorado excessivamente e muitas coisas que aconteceram, simplesmente poderiam ter sido deixadas de lado. Mas o bom foi ver tudo isso fluindo lentamente, algo que não tivemos oportunidade de ter nas últimas duas temporadas. E creio que até a morte de Megan, que para mim não foi uma surpresa, foi uma comparação simbológica com que Annie passou. Isso prova mais uma vez que o amor move tudo em nosso mundo. Até os espiões.

Henry vai ser solto e aproveitou para ajudar Arthur de sair de uma bela enrascada. Mas o que ele realmente planeja ao dizer que queria seguir os passos do filho? Ainda sabemos que os russos estão planejando algo grande e que Jai estava atrás disso para descobrir. Mas nunca pensamos que logo Lena pudesse matá-lo, certo? Pois bem, Henry continuará esse legado, exceto que ele esteja planejando uma grande vingança contra a CIA e juntamente com a sua aliada Liz (lembram da jornalista?) conseguirão tomar o lugar de Arthur no comando do departamento. Esperem pela quarta temporada.

Acredito que o episódio também teve um serviço comunitário para a televisão americana quando representou o programa do governo para soldados que sofrem de trauma pós-guerra. Nada melhor do que se orgulhar de si próprio de grandes conquistas atingidas na vida. E não foi pelo motivo de Auggie ser cego e ter superado que fez aquele momento ser grandioso. Foi o fato de ele ter entregado o seu medalhão para algum garoto representando a sua dívida paga pela sua salvação.

Uma ligação pode mudar o rumo da história e é o que veremos no próximo episódio, quando Annie e Auggie vão negociar a vida de Eyal com Khalid. E segurem o coração covertianos, pois rolará um clima bem intenso entre Annie e Auggie na season finale e não será em um sonho!

Desejo a todos uma ótima season finale e espero todos na última review de Covert Affairs desse ano!

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

2 Comments

  1. biancavani

    Eu tinha achado um tanto chatinha a parte do Auggie, mas com a perspectiva apresentada pelo Mário, tudo aquilo assume importância e deve ser olhado com seriedade. De fato foi um gesto bonito o de Auggie dando a medalha ao garoto – quanto significado se pode extrair dele…

    Eyal provou que merece ter um lugar entre os grandes heróis da ficção.

    Que venga lo episodio final: estoy preparadissima! Hasta entonces, guapo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account