Log In

Reviews

Covert Affairs – Let’s Dance

Pin it
Série: Covert Affairs
Nome do Episódio: Let's Dance
Número do Episódio: 3x10
Exibição nos EUA: 18/09/2012
98
4.9
4

Quando eu insisto que quando um personagem entra num caminho de vingança, ele deve continuar, eu não digo por acreditar que a vingança deve ser feita. A dor que motiva a vingança deve ser amparada e se ter uma revanche for a única maneira de ela passar, eu dou o maior suporte moral para que a justiça seja feita! E Annie Walker se tornou minha heroína nesse quesito!

Que audácia da parte da Lena se achar superior a qualquer pessoa e ainda ter a cara de pau de pedir a Annie para se tornar um agente duplo, não é? Só mesmo ela para acreditar que pode influenciar qualquer pessoa para seguir as suas ordens. Ela pensou errado. Se ela acha mesmo, que Annie Walker, a maior patriota americana que eu já conheci, iria ceder a esse pedido, ela realmente está velha para o ‘business’. Mas a verdade é que Lena foi um grande passo nessa jornada de Covert Affairs. Se não fosse por sua traição, Annie nunca conseguiria evoluir como uma profissional e principalmente, como uma patriota. Isso a fortaleceu.

Mas é incrível como um poder de persuasão consegue mudar o destino das pessoas, não é? Vejam Dmitri, por exemplo, ele poderia ter tido uma grande carreira pela frente, mas decidiu sucumbir o amor com a traidora da Lena. Ela o persuadiu. Ela o usou. E quando precisava ir embora, ela não hesitou em deixá-lo para os russos. Interessante pensar, mas isso esta sendo a verdadeira chave para essa temporada. Escolhas. Ser um agente é um perigo mortal. Será que vale a pena largar toda a sua vida para ser um espião? Dmitri encontrou por meio da música, um novo aconchego. Mas isso havia acontecido por que ele se considerava uma pessoa pequena. Sem valor. Será que ser espiã torna Annie Walker uma pessoa importante? Será que é isso que ela sente quando está em ação?

Let’s Dance ainda conseguiu trazer aquela desenvoltura do novo sentimento que despertou no coração de Auggie e Annie. A importância de ambos estarem juntos. Será que Auggie pretende declarar o seu amor por Annie? Seria esse o momento certo? Eu acredito que não. Após conhecer Zarya, eu percebi que ainda estou naquele sentimento de luto pela morte de Simon. Escutá-la dizer que ela queria guiá-lo de volta para casa, me fez sentir que Annie poderia ter sido tão feliz com Simon. É incrível, mas os roteiristas conseguiram introduzir um personagem em uma temporada, fazer com que nos apaixonássemos pelo relacionamento sucumbido entre ele e Annie e em seguida eles o tiram de nós, deixando aquele vazio profundo que até agora não foi preenchido.

“O meu nome significa ‘estrela da manhã’ em Russo. Eu sempre quis guiá-lo para casa” Zarya Fischer.

Mas esse vazio só exista pois as duas primeiras temporadas não trouxeram uma trama bem desenvolvida como está sendo feita agora. Até o relacionamento entre Joan e Arthur está se tornando interessante. Pensei que o quesito ‘favoritismo’ seria explorado na primeira temporada, mas vemos isso com grande ênfase nessa temporada, principalmente pelo fato de Joan ser um pouco controladora e querer fazer o que ela acha melhor. É possível que ela se torne a nova chefa da CIA, quando o Arthur ganhar o emprego como Embaixador.

Lena teve o que mereceu e estou satisfeito com isso. Mas se vocês acham que Annie voltará feliz para os EUA e continuará com a sua vida sem rumo na DPD, vocês estão errados. Annie matou uma protegida da Rússia. Ela será caçada e presa. Mas sabemos que com aquele sorriso sexy, Annie consegue ser até presidente dos EUA se quiser.

Séries citadas:

Bacharel em Ciência da Computação pela Universidade São Judas Tadeu. Nasceu em São Paulo, Brasil, no ano de 1993. Trabalha com desenvolvimento de software na Foster, empresa afiliada a WPP, estuda teatro e desenvolve vários experimentos em seu Laboratório. Assiste Once Upon a Time, Nashville, Downton Abbey e muitas outras.

Website: http://www.mariomadureira.com.br

6 Comments

  1. Mario Madureira

    Avisos: Covert Affairs retorna dia 16/10/2012 para sua season finale e para a felicidade dos covertianos, a série foi renovada para a quarta temporada! Ebaaaaaaa o/

  2. biancavani

    Pois é, quando estávamos quase superando a morte de Simon aparece Zarya dizendo aquelas coisas tão bonitas e tristes sobre ele… Mas valeu porque, assim, tivemos certeza de que o olhar de Simon não mentia, que Annie não se enganou.

    A vingança é tão recriminada – na vida e na ficção – simplesmente para tornar possível a vida em sociedade. Então, na ficção, aquele que se vinga sempre acaba sofrendo, para servir de exemplo. (Emily, de Revange, irá bem longe no plano de vingança, mas aposto que no finalzinho vai acabar como Emily, a Arrependida, e acabar perdoando Victoria.). Note-se que Annie atirou só depois que Lena fez menção de pegar a arma – não foi uma vingança comme il faut, ela pretendia levar a morcega de volta pros USA (como eu não sei).
    Seja como for, ficamos em êxtase vendo Lena estirada, morta. Que NÃO descanse em paz!

    Foi bom avisar, Mário, pois de novo achei que este epi era a finale. E ótima a review, abrindo as muitas e interessantes perspectivas para a quarta temp.

  3. Bianca Mafra

    Pois é, gostei tanto dessa trama que gostaria que ela fosse um pouco mais longa e acabei por achar que pegarama Lena cedo demais. em todo caso, ainda continuo sentindo falta do Simon, não sei se era porque já gostava do ator ou se o personagem dele era cativante ao extremo, afinal ele não era o bandido, era só um espião de outra nação.
    Adoro o Arthur, mas ele tá ficando meio perdido no papel, ou ele some ou acham uma outra função para ele na história, essa dele ser culpado de tudo já tá irritante.

  4. Mario Madureira

    Em relação em pegar a Lena, acredito que não teria mais história para ela. Quer dizer, ela já foi pega no flagra. Seria burrice continuarem com ela viva. Seria uma segunda ‘Nina’ de 24 horas. Em relação ao Arthur, concordo em partes. A terceira temporada conseguiu aprofundar e muito a vida de cada personagem da série. Arthur, é claro, foi o que menos teve contexto, mas a questão do favoritismo exposta nesse episódio, foi de extrema relevancia para a história. Agora que a Joan pediu demissão, a relação dela com o Arthur vai esquentar e muito!

  5. Mario Madureira

    Obrigado como sempre biancavani! =]
    O tema vingança realmente é visto de modo muito moralista em ambos os cenários. Mas ainda acredito que Emily não se arrependerá no final. Seria muito clichê (cruzando os dedos para que isso não aconteça!)

    Realmente, Simon foi uma daquelas mortes que ninguém aceita. Ele poderia ter ficado muito mais tempo na série. Foi uma pena! =[

    Ainda terá mais 6 episódios até o final da terceira temporada e a USA já encomendou mais 16 episódios para a quarta temporada! Parece que os roteiristas conseguiram elevar a audiência nessa temporada! o/

  6. Bianca Mafra

    Aí é que está, eu já achava que ela acordaria e precisaria provar que foi a Lena! já daria pelo menos um episódio tenso. não simples do jeito que foi. Agora é verdade, esse ponto do favoritismo vai dar um gás.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account