Log In

Notícias

Conversando com Kevin McHale, o Artie de Glee

Pin it

Kevin McHale em São Paulo

Com certeza o Artie da série Glee e Kevin Mchale têm coisas em comum: a timidez mal disfarçada, o gosto pela dança e a paixão pela música. O que eles não tem em comum? Bem, Kevin não é realmente cadeirante, ele não toca guitarra e diz não ter sofrido tanto com preconceito na escola quando seu personagem na TV.

Eu descobri tudo isso graças ao convite do pessoal da Fox para uma coletiva com o jovem ator, que tirou um pouquinho do tempo de suas férias para uma entrevista coletiva em São Paulo – antes ele esteve na Bahia, ficou apaixonado pelas praias a ponto de querer morar lá, e agora conhece a música de Ivete Sangalo.

A coletiva não foi marcada agora à toa: dia 14 de Julho, Glee volta para a telinha da Fox, com a exibição da segunda parte da primeira temporada do seriado que surpreendeu a todos desde sua estréia e que garantiu, além do Globo de Ouro de Melhor Comédia, 19 indicações ao Emmy.

Kevin, que já foi membro de uma boy band, teve de realizar quatro testes para conseguir o papel de Artie no seriado. Ele conta que esteve bastante tenso, não só porque queria muito o papel, mas também porque ele foi muito mal no primeiro teste e teve medo de que aquela fosse sua única chance. A música escolhida? “Let It Be” dos Beatles – música que ele diz ser a que mais ouviu ao longo deste louco ano.

Desde o início ele sabia que seu personagem era um cadeirante e, ao contrário do que podemos pensar, ele não teve muito tempo para se preparar para isso: foram apenas duas semanas e meia usando a cadeira no estúdio antes da gravação do primeiro episódio. Kevin conta, ainda, que a cada episódio ele aprende um truque novo, uma maneira nova de fazer algo com a cadeira – e eu confesso ter ficado surpresa, afinal, por algum tempo acreditei que ele fosse cadeirante de verdade, tal a desenvoltura que ele tinha nas danças.

Ao ser questionado de como o elenco reagiu ao sucesso do primeiro episódio, exibido alguna mwawa antes do restante da temporada, Kevin simplifica:

Nós logo voltamos para o estúdio, não houve muito tempo para processar isso, nós apenas acreditávamos de que era um sinal de que acertamos, mas é claro que isso também criou ansiedade em relação ao que aconteceria quando os demais episódios fossem ao ar.

A experiência inicial deve ter sido realmente boa, pois Kevin escolhe, sem pensar duas vezes, a música “Push It”, do segundo episódio, como sua favorita.

Sobre o criador da série, Ryan Murphy, ele foi categórico:

Ryan está sempre presente, sempre está no set e ele sugere a maior parte das músicas. É como se o cérebro dele fosse uma imensa jukebox de onde ele tira essas músicas.

E se os fãs estão ansiosos para saber quem serão os artistas homenageados ou as músicas escolhidas para a segunda temporada, bem, eles terão de aguentar firme: Kevin disse desconhecer quais são os planos para a próxima temporada, apesar deles já voltarem para estúdio daqui duas semanas.

O ator também negou que Katie Holmes ou Javier Barden participarão da série, informações que andaram circulando pela Internet nas últimas semanas. Ele também desmentiu o boato de que existiria o projeto de um filme:

Ryan Muphy está hoje focado no programa de TV.

Ao vê-lo falando da rotina corrida do dia a dia – na maior parte do tempo o grupo todo não está junto, já que enquanto alguns ensaiam, outros gravam a música, outros estão no figurino – era de se esperar que fora do estúdio eles sigam cada um para o seu lado, mas não é isso que acontece:

Nós nos odiamos!! Brincadeira. Pode parecer clichê, mas somos os melhores amigos. Se vocês acham divertido assistir, bem, é mil vezes mais divertido fazer. Estamos sempre juntos e até fazemos um karaokê de vez em quando.

E eu garanto que o ator tinha um enorme sorriso no rosto ao contar tudo isso.

Ainda segundo ele, o único problema é que, quando existem mais que dois no mesmo lugar público, bem, não demora muito para que os fãs fiquem enlouquecidos.

Kevin ainda comentou o fato do seriado ter sido escolhido pela Fox para ser exibido após o maior evento televisivo da TV americana:

Estamos ansiosos com o que acontecerá na próxima temporada, ainda mais com a exibição de um episódio após o Super Bowl.

Sobre o futuro de Artie, Kevin adiantou que o personagem não deve voltar a andar, a não ser em sonhos, de forma semelhante ao que já conheceu nesta primeira temporada, mas ele não parece desejar isso também.

Kevin disse que adora em Glee o fato do seriado ter colocado os “losers” em evidência, já que a maior parte dos seriados sempre mostram apenas o pessoal que faz sucesso no ambiente escolar.

Para quem acredita que a escolha das músicas acontece em função do que gravadoras ou artistas indicam, o ator ressaltou que os produtores se preocupam muito na forma como cada música ficará no episódio e como ela funciona para o grupo. Depois da escolha das músicas é a vez deles estudarem entre si como será a interpretação, o melhor tom, qual voz.

Kevin também confirmou a presença do elenco no painel do seriado na próxima Comic Con. Ao ser questionado sobre outros projetos o ator, que já participou de The Office e True Blood, disse que gostaria de participar do seriado britânico Skins, mas que com poucas semanas livres no ano, é difícil pensar em fazer um filme, por exemplo. E que, no futuro, até se arriscaria a gravar alguma coisa sozinho.

O ator foi muito simpático e pareceu ser uma pessoa muito simples. Mesmo evidentemente tímido, fez de tudo para responder a todas as perguntas e tirou fotos com os jornalistas.

Além da coletiva, os jornalistas ainda tiveram a oportunidade de ver (ou rever, no meu caso) o episódio de número 15, em que Madonna é a homenageada da vez. As várias risadas do grupo e as cabecinhas balançando durante os números musicais mostram que, para além dos erros cometidos na segunda parte da temporada, Glee divertirá muito a gente.

* * *

Texto gentilmente cedido pelo weblog Só Seriados de TV.

Séries citadas:

8 Comments

  1. Raruiz

    Que legal… Eu gosto da série…
    Não sei ainda se merecia os 19 emmys, mas eu me DIVIRTO!

  2. Fernando dos Santos

    “e agora conhece a música de Ivete Sangalo.”

    Quando foi que começaram a chamar de música aquilo que a Ivete Sangalo faz?

  3. Paullo kidmann

    Que legal… Eu gosto da série…(confesso até que já gostei mais.)!
    Não sei ainda se merecia os 19 emmys, mas eu me DIVIRTO!²
    nem sabia que ele tava aki neh…heheh
    Ivete?! dá um tempo… (3)!!!
    espero que a prox temporada volte como a primeira parte da 1° temporada. xoxo

  4. Barbara

    Glee é legal, porém dói na alma saber que as melhores séries estão sendo canceladas e Glee sendo indicada a 19 Emmys.Resta concluir que é o “emburrecimento” geral e total.
    Ivete?! OH, Deus!

  5. João Vitor Macarini

    Ele é muito simpático. Na primeira vez que ele veio ao Brasil — em julho de 2008 — ele chamou minha amiga e eu pra ir no aeroporto conhecer ele (na época que ele era da banda NLT; eu não consegui ir, ela foi). Merece todo sucesso.

    Não acho Glee uma GRANDE COISA, mas é bacaninha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account