Log In

Notícias Programação EUA

Commander in Chief volta para a geladeira e deve ser cancelada

Pin it

cena de Commander in ChiefApesar do Golden Globe de Melhor Atriz em Drama, Geena Davis vem recebendo sinais de que não deverá ocupar por muito mais tempo o posto de primeira presidente mulher dos EUA na série Commander in Chief.

A rede ABC, que exibe o seriado nos Estados Unidos, decidiu retirar mais uma vez o seriado do ar, em razão dos baixo índices de audiência.

Commander in Chief, que ficou fora do ar nos meses de fevereiro e março, voltou a ser exibida no último dia 13 de abril. O seriado, no entanto, voltou ao ar nas noites de quinta-feira, disputando (e perdendo) audiência para as fortes séries ER e Without a Trace. Na última quinta-feira, dia 27 de abril, a série foi assistida por apenas 6,5 milhões de telespectadores. O canal decidiu então tirar mais uma vez o seriado do ar, faltando apenas três episódios para o final da primeira temporada.

A expectativa da imprensa americana é que estes episódios sejam exibido a partir de junho. No entanto, esta nova saída da série da grade da ABC, no mês onde todas as séries encerram suas temporadas e as emissoras se preparam para anunciar suas atrações para o período 2006-2007, dá sérias indicações que o seriado não será renovado.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

17 Comments

  1. Thiago

    Já vai tarde. Ela tentou pegar o vácuo de um sucesso de John Wells… e não teve o mesmo desempenho de Grey’s (iarc). Buh bye

  2. Anderson Vidoni

    Todo o market pra cima da séria não foi suficiente pra ela continuar, o resto o Thiago falou bem.

  3. Juliano Cavalcante

    Isso deve dinamitar as chances de Davis no Emmy. As chances da Kristen Bell aumentaram. :D

  4. Paulo Antunes

    Luciano: ops, pisamos na bola. Obviamente a personagem da Geena Davis era a primeira presidente mulher dos EUA. A nota foi corrigida.

    Sobre o destino da série, vou escrever uma resenha sobre ele no futuro, assim que amadurecer algumas idéias. Mas ele certamente irá girar em torno do seguinte tema – a culpa do cancelamento da série é da ABC, que simplesmente assassinou o programa. Aliás, a ABC fez uma péssima temporada, tem grandes séries, mas pensa como emissora pequena.

  5. Rodrigo Eduardo

    Tipo, eu não assisto a série, mas ficar com essa tosquice de volta, para, volta, para é melhor parar de uma vez.

  6. Juliano Cavalcante

    “Aliás, a ABC fez uma péssima temporada, tem grandes séries, mas pensa como emissora pequena.”

    Interessante. Gostaria de ver esse assunto desenvolvido em um texto seu, Paulo.

  7. Marcos Almeida

    Eu até gostava da série, mas as constantes reprises (explicadas pela pausa nos EUA) me cansaram e deixei de ver. Uma pena.

  8. Eu tentei, mas não deu para assistir 2 ep inteiros. Ficou só no 1º e metade do 2º. Ela tem muita pompa e pouco conteúdo. Além da canastrice da Geena Davis e do Donald Sutherland. RIP.
    Paulo, estou curiosa sobre sua análise da ABC.

  9. Dora Dias

    Já vai tarde, como já disseram aqui. Chega de séries que tratam do governo dos EUA como se fossem aoitava maravilha do mundo. E, nesse caso, especificamente, desperdiçaram um senhor elenco com uma produção, no mínimo, babaca. A turma encheu deste papo de “a nação mais importante do planeta”…dãããããã!

  10. João da Silva

    Errr… mas os EUA são o país mais importante do mundo. E é natural que um seriado de televisão sobre o governo americano não os mostre como vilões. De qualquer forma, antes Estados Unidos que China, Bolívia, Venezuela, Cuba, Irã, Coréia do Norte etc, apesar de que séries sobre estes regimes seriam mais animadas, já que todos estes países mencionados são governados por pilantras e não são lá muito democráticos.

  11. Thiago FLS

    Eu já tinha começado a sentir o cheiro de cancelamento assim que demitiram Rod Lurie no começo da temporada, e as constantes saídas do ar e mudanças de horário não ajudaram nem um pouco.

    Achei até um milagre terem produzido a temporada inteira. Uma pena, pois até o último episódio produzido por Lurie essa era uma série bem interessante.

  12. Marcio

    E olha que a série começou como o novo drama mais assistido da temporada… É sinal de que as pessoas viram e perceberam que era ruim.

  13. Qquer produção americana vai endeusar os States não somente aquelas que tem como temática o governo americano. Até mesmo porque desta temática atualmente só tem Commander in Chieff e The West Wing, e esta última tem uma visão bem mais liberal do que qquer outra da maioria que tem por aí (incluindo cinema e TV.

  14. Lucas R.

    “E olha que a série começou como o novo drama mais assistido da temporada… É sinal de que as pessoas viram e perceberam que era ruim. ”

    Tem uma fala num dos primeiros episódios que diz exatamente isso:

    Quanto tempo você acha que as pessoas gostaram do seu governo e serão bonzinhas com seus erros? (não era exatamente essa frase, mas o sentido era esse)

    Bem, agora sabemos a resposta. Uma temporada.

    As pessoas começaram a ver motivadas pela idéia da série e alguns episódios depois perceberam que a série era uma porcaria. Ai foi um bye bye para a audiência.

  15. Renata

    Muito muito hype nessa serie. Eu lembro de ter visto a Geena Davis na Oprah e parou por ai. Nao vi nenhum episodio de CIC.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account