Log In

Notícias Opinião

Com a greve, demissões na ABC e Warner

Pin it

Taye DiggsCom a indústria de cinema e televisão paralisada em função da greve dos roteiristas nos Estados Unidos., os estúdios começaram esta semana a anunciar demissões, como forma de reduzir prejuízos.

De acordo com a Variety, o ABC Studios anunciou nesta sexta-feira (11/1) a demissão de cerca de 12 roteiristas e produtores. O anúncio chamou atenção por encerrar contratos com alguns nomes consagrados que mantinham contratos com a produtora. Entre os nomes afastados estão o do escritor e produtor Larry Charles (Seinfeld, Segura a Onda) e o de Bill Callahan (Spin City, Scrubs). O ator Taye Diggs, da série Private Practice, também teve encerrado um contrato de desenvolvimento que sua produtora possuía com a ABC.

Este deve ser apenas o início de um movimento de demissões. A imprensa americana noticiou que a Warner Bros. planejava para sexta-feira uma série de dispensas em massa, que poderia atingir mais de mil funcionários.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

28 Comments

  1. Luciano Cavalcante

    E isso é só o começo, se Tom Cruise foi demitido por, “não está tão rentável o quando deveria” – palavras Deles – imaginem o que vai acontecer…

  2. Leo

    Isso já está estupidamente ridículo! Já há grande chances de consagradas séries e grandes revelações de 2007 serem simplesmente congeladas para a eternidade só por causa desta palhaçada!
    RIDÍCULO!

  3. Pablo

    Me assustei quando vi “Pushing Daisies” na categoria. Estou indo para o 4º episódio e não consigo imaginar uma série como essa cancelada!

  4. Thomas

    A Variety está sendo boazinha. Eu li ao deccorrer da semana que seriam cerca de 24. E sábado, uma reportagem do Hollywood Reporter confirmava 30 rompimentos com roteiristas e produtores, incluindo uma dupla de roteiristas de “That ’70s Show”. Nenhum dos 30 tinha projetos ativos – claro que não tem nenhuma produção ativa, por causa da greve, mas por “ativo” entende-se projetos que já começaram a ser produzidos.

    No mesmo artigo dizia que os rompimentos da Warner ainda eram rumores.

  5. Rubens

    Caramba, tive que recorrer ao Google ara descobrir que diabos é “Segura a Onda”… E’ apenas o seriado Curb Your Enthusiasm, com um nome brasileiro ridiculo… :-(

    Quanto às dispensas, ja estava demorando para os estudios reagirem à essa greve, que ja se tornou abusiva… Pessoalmente torço para que demitam e cortem contratos com boa parte dos que foram mais ativos na intransigencia, como a Tina Fey de 30 Rock… (ainda que seja safanagem com os que gostam das series, mas que eu gostaria, gostaria… mesmo que atinja series que eu goste).

  6. Silvia_05

    Agora é que a cobra vai fumar! Só espero que não sobre pro Dexter!

  7. Eduardo

    Essa greve não é abusiva. Ela é um mal necessário para que os roteiristas mantenham seu poder político dentro dessa indústria sem ficar a mercê de executivos oportunistas e mesquinhos. Isso é para o bem dos roteiristas que precisam de garantias no período de ressaca.

    Era inevitável. A posição intransigente dos chefes de estúdio acabou levando a isso.

    Os roteiristas até tentaram amenizar as negociações tirando a cláusula de residuais por venda de DVD pra que os estúdios sentassem pra negociar, mas as demandas deles foram mais do que mesquinhas. Se eles não são capazes de nem ouvir as exigências do sindicato, eles merecem ter essa greve nas mãos.

    Já considero essa temporada arruinada por causa disso, mas é inconcebível culpar os roteiristas por isso.

    Felizmente, o sindicato já começou a negociar acordos temporários com estúdios de fora, sem a intervenção da associação dos produtores. Torço pra que os roteiristas saiam vitoriosos, mesmo que a greve dure mais 5 meses.

  8. Rubens

    Eu nao acho “inconcebivel”, para mim a culpa é dos roteiristas, sim. Especialmente culpa única e exclusiva pelo cancelamento do Golden Globe.

  9. Eduardo

    É muito fácil culpar os roteiristas sem ao menos tentar entender o dilema pelo qual eles passam. Se tudo dependesse dos estúdios, só teríamos reality shows no ar.

    Os roteiristas precisam proteger seus direitos a qualquer custo. Se shows como o Golden Globe forem afetados por esse processo, que assim seja. Os objetivos dos roteiristas são mais importantes do que um simples show de premiação.

    Eles são a principal força motriz por trás das séries. Eles merecem ter seus direitos garantidos, afinal esse é o ganha-pão deles.

  10. Mauro

    Gente, os estúdios não quiseram negociar e a culpa é dos roteiristas? As reivindicações são mais do que plausíveis. Imagina, daqui um tempo a internet estará sendo mais lucrativa do que a TV. E os roteiristas vão se fu*** se não agirem agora param terem direitos em cima do que é veiculado pelas novas tecnologias. É simples assim. E os estúdios não querem ceder de jeito nenhum, porque é muita grana que eles vão ganhar no futuro (e que de fato já estão ganhando). E ai?

  11. José Reis

    Que se lixem os roteiristas! Isto é um negócio! Se querem ter mais direitos, que não são poucos que montem os seus proprios estúdios e canais de televisão. Mas não, porque isso implica muito dinheiro e muito risco. E os gastos que os estudios e canais de TV muitas vezes têm com muito do lixo que eles escrevem? Por mim era demitir essa gente mais activa nesta greve e entretanto compravam séries na Europa (Espanha, Reino Unido, Alemanha, França) ou no Japão e porque não séries brasileiras ou argentinas, enquanto eles estivessem com estas greves.

    Abaixo os roteiristas!

  12. Gabriela

    Tambem acho ridiculo.

    Agora eu só torço pra House continuar(graças a Deus tem forte audiencia)e Bones.

    Não acredito que cancelaram tantas series,eu achava The Class uma serie tão gostosa de assistir…
    Por mim não faço questão de 30 Rock,só tenho pena de quem assistia a serie,ver sua serie ser cancelada é triste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account