Log In

Reviews

Chuck – Chuck Versus the Last Details

Pin it

Série: Chuck
Episódio: Chuck Versus the Last Details
Temporada: 4ª
Número do Episódio: 4×23
Data de exibição nos EUA: 09/05/2011

Eu já disse isso uma vez, e morrerei dizendo, vocês são os melhores fãs/amigos do mundo. Eu agradeço humildemente o amor e o apoio de vocês.

Essas foram as palavras de Zachary Levi em seu twitter ao comentar a notícia sobre a renovação de Chuck para mais uma temporada. Discutir a qualidade da série é assunto para muitas e muitas páginas. O que realmente não há discussão é a fidelidade dos fãs.

Foram vídeos, mensagens, campanhas e mais campanhas e mais uma vez a NBC cedeu e resolveu – obviamente porque viu alguma vantagem nisso – resolveu dar a série mais uma chance. Oficialmente serão apenas 13 episódios para que finalmente os criadores possam preparar com tranqüilidade um final para série. Sendo que, como conhecemos bem a NBC, eu não duvido, caso a audiência cresça consideravelmente, que eles encomendem mais alguns. Eu acho difícil, mas depois que NCIS virou o programa número 1 da TV nos EUA após anos no ar, tudo é possível nessa vida.

Algumas coisas que vocês precisam saber sobre o que aconteceu nos episódios 21 e 22:

Em Chuck Versus the Wedding Planner, Sarah e Chuck caem num golpe e perdem o dinheiro da festa de casamento. Isso é apenas a chance para sabermos um pouco mais da vida da Sarah. Temos imagens de flashback onde vemos a pequena Sarah ajudando o pai em seus golpes (ótima escolha de atriz mirim). E um acerto de contas entre ela e o pai. Nesse episódio a mãe de Alex finalmente descobre a verdade sobre Casey. E temos Chuck fingindo está tendo um “flash” para justificar a busca pela golpista. Se tem uma coisa que eles fazem bem é piada sobre si mesmo.

Em Chuck Versus Agent X, finalmente é revelada a identidade do agente que foi o primeiro a receber o Intersect: Alexi Volkoff. Foi um dos melhores episódios de Chuck desde seu início. Tudo funcionou muito bem. As cenas com a mãe de Volkoff foram hilárias principalmente por conta da atuação de Adam Baldwin. E finalmente Ellie é levada a “the castle” e descobre toda a verdade sobre a vida do irmão.

Agora o episódio dessa semana:

Ellie: Morgan?

Morgan: Sim senhora.

Ellie: Nós temos mais luzinhas, não temos?

Morgan: Sim senhora.

Ellie: Porque esse lugar precisa ficar mágico.

Morgan: Sim senhora.

Ellie: Mágico! Morgan…

Morgan: Sim senhora.

Devon: Querida, você está me assustando.

Como já estamos familiarizados antes do casamento existe o jantar de ensaio que serve para reunir os amigos e organizar os últimos preparativos para a festa. Uma tradição que talvez não se tenha aqui no Brasil – nosso país é muito grande para eu afirmar tal coisa – mas é que é bem comum nos EUA e que as séries usam com muita freqüência.

Ellie está responsável pela organização do jantar pois faz parte da sua função de madrinha e tem como missão deixar tudo perfeito e faz questão que Chuck e Sarah tenham um dia de descanso. O problema foi esquecer de avisar a própria mãe. Mary Bartowski resolveu ir sozinha atrás de Vivian Volkoff e claro que Chuck e Sarah tiveram seus dias de folga cancelados.

Morgan dessa vez teve que agir sozinho durante a missão por ser o único rosto não conhecido por Vivian na tentativa de resgatar mais uma das “super armas” criada pelas indústrias Volkoff. Excelentes todas as referências a Star Wars especialmente com Morgan e Chuck cantarolando o tema do Darth Vader. E também Casey, após o parcial sucesso da missão, admitindo que se preocupa com o genro.

Mary: Muitos de vocês talvez não me conheçam. Eu sou a mãe de Chuck e Ellie. Sendo honesta, eu estive longe por muito tempo e agora que estou de volta as suas vidas muitas vezes acabo tentando compensar em excesso essa ausência. Mas para minha sorte minha futura nora é uma pessoa que sabe perdoar. Ela nunca me ouviu dizer isso, mas Sarah é uma das mulheres mais fortes e incríveis que eu já conheci. Então eu gostaria de brindar a ela. Sarah, obrigada por cuidar do “meu” Chuck. Que vocês tenham mais aventuras juntos e que vocês sempre mantenham um ao outro a salvo.

Após esse discurso estava na cara que algo muito ruim iria acontecer com a Mary ou com a Sarah. É um clichê em séries – e filmes também – quando tudo está muito feliz e falta tempo para acabar o episódio que algo de errado vai acontecer. Algumas vezes não acontece mas fazem questão de te deixar com a sensação que poderia (quem assistiu ao último episódio de Hawaii 5.0, provavelmente sabe exatamente do que estou falando).

Vivian Volkoff – que no início eu achei uma personagem interessante mas que já me encheu – revoltada porque descobriu que o pai teve a vida destruída pelos Bartowski e ainda com a arma em seu poder entra em contato com Chuck e deixa claro que o fará sofrer como vingança por ela ter sofrido a vida inteira. Aqui eu abro um parêntese, a criatura até outro dia não sabia nada do pai, era rica e bem cuidada e acha que só ela sofreu? Chuck cresceu sem o pai e a mãe, foi expulso da faculdade acusado de colar, perdeu a namorada para o melhor amigo e mesmo assim não saiu por aí bancando o revoltado. Sei que ela está sendo manipulada, mas está me dando nos nervos. E é por pensar assim que tenho muitas dificuldades de ter compaixão com certos vilões e super-heróis. Sim porque tem super-herói que é tão chato que eu acabo sendo simpática ao vilão.

Vivian então ativa a arma e diz para Chuck que ele irá presenciar uma das pessoas que ele ama morrer e assim vemos Sarah caindo. Foi uma cena muito bonita. E mesmo eu já suspeitando que a vítima seria Sarah ou Mary eu fiquei tensa todo tempo. E agora é esperarmos o final da temporada que segundo alguns críticos que já tiveram acesso ao episódio foi excelente e pode ser a garantia de uma ótima, apesar de curta, 5ª temporada.

PS: Lindo o vídeo preparado por Jeff mostrando Chuck e Sarah desde o seu início.

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account