Log In

Reviews Spoilers

Chuck – Chuck Versus the Anniversary e Chuck Versus the Suitcase

Pin it


Série: Chuck
Temporada:
Episódio: Chuck Versus the Anniversary e Chuck Versus the Suitcase
Número dos Episódio: 4×01 e 4×02
Data de Exibição nos EUA: 20 e 27/9/2010

Chuck e TeleSéries de volta. Muito feliz em poder voltar a escrever por aqui. Algumas coisas não mudaram em Chuck, o que é muito bom, mas também não é tão bom assim. Um exemplo? A audiência da série não está muito bem e com dois episódios já começam os boatos que talvez essa seja última temporada o que provavelmente fará com que a história seja escrita de forma acelerada novamente. E isso pode atrapalhar um pouco no caso de resolverem pedir mais episódios ou até mesmo uma nova temporada (a indecisão eterna da NBC). Bom, mas não adianta o ‘mimimi’. Nos resta aproveitarmos.

Morgan (sobre Ellie):

Eu entendi. Você prometeu a ela que não voltaria a ser espião, sabe? Então ela obviamente não poderá saber sobre nossa vida e espião, sem o controle do governo, secreta para o mundo da espionagem, time ‘de dois’, exército ‘de um’, em direção a zona perigosa, viver livre ou morrer ‘sofrendo’…

Chuck:

Buddy?

Morgan:

Yeah.

Chuck:

Isso não é a abertura de um programa de TV. Isso é a vida real.

A tradução tira um pouco da graça porém o diálogo acima com certeza foi o ponto alto do primeiro episódio. Morgan e Chuck não terem mais segredos um para o outro foi uma das melhores coisas que aconteceram até aqui. E é sempre bom eu (re)lembrar que durante muito tempo odiei o Morgan.

Cada vez que Sarah e Casey partem para uma missão, Chuck e Morgan tentam localizar a Sra. Bartowski. A parte gráfica mostrando cada ponto que eles visitaram sem precisar mostrá-los o tempo todo em ação funcionou muito bem e deu um charme a mais. Já a cena da Sarah em câmera lenta (quando ela está se arrumando) sendo que ninguém sequer estava olhando para ela foi totalmente desnecessária. Algumas cenas depois ele fizeram o mesmo tipo de cena – mostrar que a Sarah é bonitona – dentro do contexto (ela enviando fotos sexys para Chuck) e ficou bem melhor.


Preciso deixar uma coisa clara: não sou fã de Terminator e mal lembro dos filmes, portanto muitas referências eu com certeza deixei (e deixarei) passar. Isso serve para as referências a Rock IV durante as cenas com o Dolph Lundgren. Nesse caso então não vou saber praticamente nada porque eu só lembro apenas ter visto o 1º filme e na memória só tenho 2 coisas: o Rock gritando o nome da mulher, e subindo as escadarias enquanto treinava. E sem medo posso afirmar que isso não vai tirar qualquer diversão que a série possa trazer. Numa série onde referências ao mundo nerd/geek/pop é algo comum, sempre terá algo que entederemos no momento em que assistirmos e outras coisas que só lendo comentários sobre os episódios.

A situação nesse primeiro episódio é bem simples: Ellie está sendo enganada pelo irmão novamente. Dessa vez não está sozinha já que Sarah só descobre o que Chuck tem feito depois.

Além de procurar por sua mãe, Chuck tenta em vão conseguir um novo emprego. Todas as suas entrevistas são um fracasso deixando bem claro que alguém não quer Bartowski empregado. E quem é esse alguém? General Beckman.

Bonita Friedericy agora faz parte do elenco regular do seriado. Sua personagem ganhou espaço na abertura ao lado de Jeff e Lester. A princípio algo estranho já que os dois não pertencem ao mesmo núcleo. Mas no primeiro episódio descobrimos que a Buy More foi reconstruída e Beckman assumiu o lugar que era de Big Mike.

A princípio Chuck reluta em voltar a trabalhar para o governo por conta da promessa a Ellie (como se o fato dele estar a procura da mãe junto como o Morgan fosse algo mais seguro). No entanto, quando a sua missão secreta acaba colidindo com a de Sarah e Casey, ele acaba percebendo que o melhor que tem a fazer é voltar para CIA. O legal foi quando ele revela a Casey e Sarah o que estava fazendo e os dois deixam claro que o teriam ajudado e decidem que não é o momento da General Beckman saber o que está acontecendo. Ele então decide contar para Ellie a verdade, mas quando a irmã revela que está grávida acaba perdendo a coragem. Particularmente eu tenho problemas com o Chuck mentindo novamente. Acredito que poderiam fazer da Ellie uma pessoa mais adulta e entender que o irmão dela não é um bebê.

Toda a (tentativa de) investigação de Chuck acaba fazendo com que descubram que a sua mãe tem uma família coisa que fica claro que era o que ela estava tentando evitar esse tempo todo. Com isso ‘Mama Bartowski’ resolve fugir e mostra que continua em ótima forma. É impressionante perceber que Linda Hamilton e Sarah Lancaster são um tanto parecidas fisicamente.

Morgan (para General Beckman): se os clientes não tiverem bebidas derramadas, produtos mal etiquetados, arrogantes funcionários para distraí-los, eles talvez passem a gostar dos tempo que passam aqui.

Assim que terminei de assistir ao primeiro episódio uma das coisas que me ocorreu foi que a mudança na Buy More tornaria difícil para qualquer pessoa normal acreditar que aquilo era uma loja de verdade. E o segundo episódio mostra que a intenção era essa mesma. E assim os autores puderam trazer de voltar Jeff e Lester. Para alegria de muitos e desespero de outros (risos).

Awesome vai até a loja para comprar coisas para o bebê que ainda nem nasceu, começa a perceber que algo está estranho e desconfia que o cunhado está mentindo. Morgan que tem se mostrado uma pessoa sensata, dentro do possível, consegue convencer a general Beckman que a loja está perfeita demais. Excelente toda a sequência mostrando Morgan provando por A + B que a loja precisa de mudanças.

Essa é a deixa para que ele e Casey, com a autorização de Beckman, saiam em busca dos antigos funcionários.


Chuck e Sarah partem na primeira missão juntos após o retorno dele para a Agência. E conseguem tempo de sobra para uma longa DR (discussão de relacionamento) porque graças ao Morgan, Chuck está preocupado com fato de Sarah mesmo após meses morando com ele ainda não ter desarrumado as malas.
A top model Karolina Kurkova interpreta a vilã da vez: Sofia. Uma espiã que está tentando vender um microship que é uma arma letal. E ninguém contrata uma top model para aparecer vestida, não é verdade?! Para deleite de alguns muitas cenas com pouca roupa com direito a ‘catfight’ e crise de ciúmes da Sarah.

Ellie enquanto isso precisa lidar com a superproteção de Awesome que parece ter esquecido tudo que aprendeu na escola de medicina e acredita que o fato dela estar grávida faz dela uma inválida. Claro que tudo tratado com muito humor e um certo exagero.

Casey durante a ‘missão’ para trazer de volta Jeff e Lester acaba sendo aconselhado por Morgan a tentar uma aproximação com sua filha. Mostrando que Morgan e Alex mantiveram contato e provavelmente ele será genro de Casey. O que renderá cenas hilárias com certeza.

Nenhuma menção sobre onde está a Sra. Bartowski foi feita nesse episódio. Ainda é cedo para dizer mas parece teremos episódios intercalando a história principal dessa temporada, com episódio ‘missão da semana’. O que com certeza pode ser uma jogada inteligente para não queimar tudo de uma vez no caso de um retorno futuro e/ou mais episódios.


O retorno de Big Mike para o grupo parece ser algo incerto já que após tres anos Morgan virou o novo gerente da Buy More e sabe Deus o que isso significará.

Sarah finalmente desfaz as malas e aparentemente elas e Chuck ficam bem. Digo isso porque a cara dela de susto quando Bartowski menciona filhos mostra que ainda teremos muitas DRs pela frente. Um caminho que eu não sei ao certo se curto. Por que personagens femininas não podem lidar com problemas que não sejam gravidez, dúvida sobre qual namorado escolher, e etc? Isso é só mais um momento #mimimi particular. A série retornou bem e manteve o ritmo das últimas temporadas. E em apenas dois episódios já mostrou que terá assunto de sobra para abordar.

Séries citadas:

Pós-graduada em História Contemporânea, pretende fazer mestrado usando séries como fonte. Seriados fazem parte da sua vida desde sempre. Magnum, Casal 20, Macgyver, Super Vicky são alguns deles. Assiste aproximadamente 40 séries (incluindo algumas já canceladas). Está aprendendo a abandonar séries mas sempre acaba colocando outras no lugar.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account