Log In

Reviews

Chicago Fire – Two Families

Pin it
Série: Chicago Fire
Episodio: Two Families
Número do episódio: 1x07
Exibição nos EUA: 21/11/2012
77
3.8
1

O primeiro Thanksgiving (e espero que não seja o único) da série dos bombeiros mais bonitos da TV veio repleto de sensações: e suspense, riso, surpresa e emoção. Tudo misturado mas na medida certa, trazendo um episódio que consegue mostrar todos os lados do ser humano, e que eu só tenho a agradecer.

Começando pelo suspense de Severide (claro!) que após tomar o medicamento que havia recebido de seu affair representante farmacêutica se vê encurralado ao descobrir que o exame toxicológico que seria realizado alguns dias adiante fora transferido para o Thanksgiving. O bombeiro luta contra o tempo para poder tentar encontrar uma solução e ao final do dia ela aparece: Shay, que como sempre, salva a vida do bombeiro.

Ainda no suspense temos Ernie, um garoto que apareceu no episódio passado em um dos casos e voltou a aparecer, de novo na cena onde os bombeiros fizeram um resgate e foi o que chamou a atenção do Chief Boden: será que o garoto tem alguma ligação com os acidentes ocorridos? Boden convida o garoto para passar um dia no departamento afim de descobrir se essa suposição pode ser verdadeira e após perguntar ao garoto o conteúdo de sua mochila, este deixa o local totalmente transtornado e nos leva a crer que ele aparecerá mais algumas vezes na série.

O riso fica por conta de Mouch que dá uma de Sheldon Cooper (The Big Bang Theory) ao soltar a frase “Você está no meu lugar!” para o profissional que vai recolher o material para o exame e fica na tentativa de recuperar seu lugar o dia todo, em vão; e também por conta de Otis que resolve gravar um podcast sobre o dia a dia dos bombeiros, também sem sucesso. Além disso, o fato de que toda hora que os bombeiros sentam pra comer o sagrado banquete e o peru de Ação de Graças, são chamados para emergências.

Na parte surpresa, temos Shay se reencontrando com sua antiga amada que vai lhe visitar no Departamento para agradecer por aquela ajuda de uns episódios atrás e depois aparece em sua casa dizendo que não ama o marido (olha a recaída que eu havia dito quase acontecendo). e o irmão de Cruz atingido em um tiroteio e que talvez volte a aparecer na série por se envolver com um pessoal um pouco mais barra pesada.

E por fim, como definir a sensação de ver nascer uma criança em meio a um caos causado por um acidente de trânsito a não ser emoção? E foi isso que deu um ar ainda mais especial ao episódio. A emoção de ouvir o choro de um recém-nascido e ver o alívio da mãe, do pai, dos bombeiros e principalmente de Casey, que teve a responsabilidade de realizar o parto e por ter salvo uma vida que acaba de se iniciar.

Otis encerrando o episódio dispensa comentários mas prova mais uma vez que nós sempre temos duas famílias independente de como e quais sejam elas.

Séries citadas:

Tem 23 anos e é bibliotecária. No TeleSéries já foi editora de notícias e hoje escreve as reviews de Modern Family.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account