Log In

Reviews

Chicago Fire – Three Bells

Pin it

SérieChicago Fire
Episódios: Three Bells
Número dos Episódios: 3×13
Exibição nos EUA: 03/02/2015
Notas dos Episódios: 9

Começo parabenizando todos os fãs de Chicago Fire! A série foi renovada por mais uma temporada. Yay!

O corpo de bombeiros está investigando o assassinato de Shay, e Dawson chama Megan, a irmã de Leslie, para vir a Chicago. Apesar de nunca  ter sido citada, com o passar do episódio ficou claro que Megan e Shay eram próximas e revisitar a vida de sua irmã foi doloroso.

Hadley, ex squad 3, apela para Severide da prisão. Ele aparece com cheio de cicatrizes das queimaduras e quase irreconhecível. Hadley recebeu uma carta com a reportagem da morte de Shay e nela estava escrito “Não deviam ter usado a palavra acidente”. Ele oferece a Severide o envelope com o endereço do remetente e, em troca, Kelly lhe daria um colchão. Quando Severide dá Boden o envelope o comandante nota que o endereço é o mesmo do incêndio que matou o pai de Mills e temos um incendiário serial. Com isso o corpo de bombeiros é capaz de juntar uma lista de incêndios não resolvidos e seus respectivos suspeitos.

Baba, avó de Otis, chegou para morar com ele e Cruz. Ela é responsável pelo enredo cômico do episódio mesmo não sabendo uma palavra em inglês. Ver Cruz desabafando sobre seu relacionamento com ela foi hilário, mas nada comparado a Baba e seu tricô atrapalhando a comemoração de três meses (como já faz isso tudo?) de namoro de Cruz e Brett.

Os bombeiros são chamados para um resgate num banco, o teto desaba e Casey fica preso na fumaça dando um susto em todos. Dawson solta “Droga, baby! Não me assuste assim”. Escuta aqui queridinha, deixo claro que você perdeu todo o direito de chamá-lo de “baby” assim que saiu de casa e acabou o noivado.

Isso deixou Casey confuso quanto as intenções de Gabby, mas eles chegaram ao consenso em dar um tempo e no futuro talvez recomeçar. Dawson tanto lutou pelo homem e agora resolve deixá-lo na friend zone. Shippei muito Dawsey, mas eles amigos é tão mais agradável.

Megan se hospeda no apartamento de Dawson e Brett, elas relembram Shay e é emocionante, engraçado e triste. No plantão seguinte, Megan sai em uma chamada com os paramédicos e Brett é ameaçada com uma faca. Megan se impressiona e diz “Era isso que ela fazia. Ela passava por isso todo dia e nunca me disse nada. Eu perguntava como foi seu dia e ela fazia alguma piada imprópria para me fazer rir”. E a saudade de Shay só vai aumentando durante o episódio, como é possível?

Capitã Cunningham e Severide mostram fotos incendiários ao proprietário do depósito na tentativa que ele reconheça algum suspeito, ele reconhece Adrian Gish. Eles vão se encontram com o suspeito e Adrian praticamente confessa para Kelly.

Herrmann faz um tour com Megan pela academia e a cena que no começo era engraçada, terminou comovente. Ele conta a Megan que no primeiro dia de Shay ela simplesmente tirou a roupa no meio do dormitório e foi para o chuveiro deixando todos sem reação. Daí Herrmann continua: “Sentimos falta dela, Megan. Ela era a alegria do… Todos seguimos em frente, certo? Mas nunca esquecemos.. Não uma garota como a Shay.” E o chororô está só começando.

Tivemos uma cerimônia em homenagem Leslie e Gabby faz o discurso:

“Muita coisa mudou no batalhão 51 desde a perda da Shay. Recebemos novos amigos, ganhamos novos equipamentos e um sonho meu se tornou realidade. Mas eis o que não mudou: este batalhão, esta família continua forte como sempre foi. Até mais forte, pois eu acho acho que, no fundo, nos momentos tranquilos, pensamos conosco: Shay gostaria que fôssemos melhores. Gostaria que contássemos uns com os outros e que a representássemos a cada chamada. Você teve uma irmã incrível, Megan. E eu tenho muita sorte de ter sido amiga dela.”

Como se não já tivéssemos chorado bastante, Severide revela a nova porta da ambulância 61 que  agora tem escrito: Leslie Elizabeth Shay 1978-2014. Como continuar o episódio depois disso? Entendo os fãs que se chatearam com a morte de Shay, sou um deles, mas creio que essa era a única personagem que a morte traria um efeito tão duradouro, ela era a única que todos são apaixonados. E o amor não é só por Shay, mas também por Lauren e a tristeza que vimos nos outros membros do 51 não era fictícia, era real.

No fim do episódio Capitã Cunningham encontra-se com o pessoal do 51 no Molly’s e avisa que os bombeiros decidiram não prosseguir com o caso. Então Gabby não ver outra solução a não ser chamar Antonio, iniciando assim o crossover com Chicago PD.

Texto por Aury Albuquerque.

Séries citadas:

Os textos assinados pela Redaçao TeleSéries são textos de autoria coletiva ou notícias escritas por um redator anônimo, mas sempre revisadas com a máxima precisão jornalística.

1 Comment

  1. Pingback: Destaques na TV – segunda, 25/05 » TeleSéries

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account