Log In

Reviews

Chicago Fire – Nazdarovya!

Pin it
Série: Chicago Fire
Episódio: Nazdarovya!
Número do Episódio: 1x15
Exibição nos EUA: 13/02/2013
94.666666666667
4.7
3

Aonde você foi se meter, Dawson? Essa frase define uma das partes mais importantes do episódio dessa semana de Chicago Fire. O desenvolvimento da série vai bem e o desenrolar dos plots estão de parabéns mesmo caminhando entre o previsível e o inimaginável.

O episódio começou exatamente onde terminou o episódio anterior, com Antonio baleado e Dawson desesperada (mesmo estando na frente de um hospital) para salvar a vida do irmão. Tão desesperada que quase foi atropelada pela ambulância – foi quase 2 por 1 nesse pacote – que ela perseguiu a ambulância e entrou na sua frente para que os paramédicos fossem salvar seu irmão. Esse foi o primeiro ato de coragem – embora não muito bem pensado – de Dawson nesse episódio.

Muita mais do que uma irmã preocupada, Dawson se mostrou uma mulher destemida e que não mede esforços para ajudar quem ama. Em busca da solução do caso das prostitutas sendo mortas, para ajudar o irmão, Dawson vai atrás de um de nossos conhecidos do início da série: Voight. Mesmo sabendo que Casey não reagiria bem à visitinha que a paramédica fez ao detetive encarceirado, a necessidade de ajudar o irmão foi maior do que as borboletas no estômago que ela sente pelo bombeiro. Isso, com certeza, vai abalar a relação dos dois, acredito que não só pelo fato dela ter conversado com o detetive mas sim pelo fato de ter ficado devendo um favor à ele. Todos sabem que com esse pessoal não se brinca e como o caso foi resolvido com a ajuda de Voight, minhas apostas no favor que deverá ser retribuído se voltam para Dawson fazendo algo para prejudicar Casey (espero que eu esteja enganada). Vamos acompanhar…

Shay e Clarice vão bem com o garotinho super cute filhinho de Clarice. Em relação à guarda da criança, acho que Clarice tomou a decisão mais sensata ao optar pela guarda dividida com o pai da criança. Será que ele vai aceitar?… Sevelindo tem se mostrado um “paizão” e falando nele, ainda estou me perguntando porquê raios ele foi atrás de Renee sendo que o irmão poderia muito bem ter feito isso. E quem duvida que ela tomou aqueles infinitos comprimidos para chamar atenção agora que Severide sabe onde ela está? A gente não cai nessa não, Renee. Mas pelo visto, o bombeiro cairá.

Fiquei impressionada com a valentia de Herrmann ao enfrentar o sócio estranho que lhes foi arrumado. Estava na cara que o homem não era de boa índole e isso foi provado nesse episódio, mesmo que indiretamente. Na certeza de que ele coagiu o perito a dar o alvará de liberação do local de um modo não tão humano assim, Herrmann foi ter uma conversinha com o sócio e agiu tão bravamente provocando um medo em Arthur que o grandalhão foi logo aceitando a proposta de, ao invés de receber 25% dos lucros, receber 1% do lucro mensal e nem precisar aparecer no bar.
Valeu Herrmann, você conseguiu um espacinho maior no meu coração!

Saindo do pessoal e indo para o profissional, os casos dessa semana chamaram atenção. Um em especial. Um resgate de um afogamento na qual uma criança foi a vítima. Em alguns segundo dava pra pensar que o garoto não sobreviveria mas ele escapou por um triz e o que mais surpreendeu foi o fato do pai do garoto não ter feito nada para salvá-lo e se achar um inútil por causa disso. Mas bem, ninguém sabe como irá reagir até que viva a situação, não é mesmo? Uns gritam, outros correm, outros chamam os bombeiros, outros desmaiam e outros ficam paralisados, afinal nós somos seres humanos.

PS: Nazdarovya é o mesmo que “Saúde” quando fazemos um brinde.

Séries citadas:

Tem 23 anos e é bibliotecária. No TeleSéries já foi editora de notícias e hoje escreve as reviews de Modern Family.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account