Log In

Reviews

Chicago Fire – Just Drive the Truck

Pin it

Série: Chicago Fire
Episódio: Just Drive the Truck
Número do Episódio: 3×03
Exibição nos EUA: 07/10/2014
Nota do Episódio: 8

Dessa vez, Chicago Fire não cumpriu o que prometeu. Nem de longe. Quando a cereja do bolo do episódio anterior foram, na verdade, os trechos promocionais do que seria um grande episódio, eu me animei. Mas a série fez o mesmo que filmes que têm trailers muito bem feitos e entregam uma trama fraca: vendeu muito bem o novo episódio mas não empolgou quanto deveria.

Nutri um sofrimento antecipado em relação a uma “tragédia” que foi resolvida muito mais rápido do que pensei. Achei injusta toda aquela promoção e já que me senti enganada, fiz questão de não me entregar ao vídeo promocional do próximo episódio. Aliás, depois dessa traição, a minha empolgação com a série voltou a ser como na primeira e segunda temporada: inconstante.

O acidente com os bombeiros foi interessante mas foi tão rápido e cheio de expectativas que, quando fui apresentada a um Cruz vivendo um remorso que não sabia se era certo ou não, logo pensei “é, voltamos a ver a Chicago Fire da temporada passada…” A última coisa que queria era ver um drama com Cruz como o que já foi apresentado na série anteriormente. Ele não é um personagem envolvente e seus dramas muito menos. Mas essa abordagem diferente da série, mostrando bombeiros resgatando bombeiros, serviu pra mostrar que eles também precisam seguir regras de trânsito. Eu, particularmente, achava que, quando duma emergência, policiais, bombeiros e ambulâncias tinham preferência no trânsito mesmo quando se trata de um cruzamento onde o semáforo está vermelho. No fundo, a questão do semáforo nem importou já que os outros bombeiros agiram de má fé.

O que me agradou de verdade no episódio foi a situação de Gabby ser realmente, resolvida. Ela terá um espaço no 51 e, agora que isso foi resolvido, eu estou realmente empolgada em vê-la como bombeiro. Quem não parece muito feliz com isso, apesar de negar, é Casey. O desempenho de Dawson em sua equipe pode definir o ruma da relação do casal. Também fico bem feliz de ver Mills como paramédico, no lugar de Dawson. Dois episódio foram suficientes para resolver logo a questão do bombeiro sobre a sequela deixada a explosão. Sobre o drama dele com os familiares, já não posso dizer o mesmo…

Séries citadas:

Tem 23 anos e é bibliotecária. No TeleSéries já foi editora de notícias e hoje escreve as reviews de Modern Family.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account