Log In

Reviews

Chicago Fire – A Coffin That Small

Pin it
Série: Chicago Fire
Episodio: A Coffin That Small
Nº do episódio: 1x19
Exibição nos EUA: 27/03/2013
97
4.8
2

Há uns episódios Chicago Fire não vem me agradando muito por n motivos mas citarei apenas um: os resgates estão perdendo cada vez mais espaço. A partir do momento em que se propõe uma série sobre bombeiros esperamos ver muito mais da adrenalina dos resgates do que simplesmente (mas não menos importante) o drama vivido pelas personagens. Dessa vez o único resgate foi o responsável por uma das cenas mais emocionantes e bonitas (esteticamente falando) de um final de episódio da série. E o episódio foi focado nos dramas pessoais dos membros do batalhão.

Começando pela “ceninha” de Severide ao ouvir a voz de Heather na casa de Casey. Pura dor de cotovelos já que a moça praticamente não fala com ele e, na sua cabeça, foi se atirar nos braços de Casey. Isso, em partes, não deixa de ser verdade mas pra quem não se dispôs a ouvir o que o amigo tinha a dizer é melhor que fique com esse pensamento mesmo. Afinal, em algum momento a pessoa tem de admitir estar errada, penso eu. Sem contar que essa dor de cotovelos fica evidente no batalhão já que os dois ficam trocando olhares a toda hora. Nessas horas eu me pergunto onde estão aqueles personagens maduros que se mostram em diversas outras situações.

E quais são as chances de você sair correndo pelas ruas gritando por socorro e encontrar ninguém menos que os bombeiros? Em Chicago Fire essa chance é de 100% mas isso não significa que, apesar da rapidez do resgate, a vítima sobreviva. Não vou me atentar ao clichê da cena onde o menino pede por socorro e encontra os bombeiros mas sim ao fato de que o resgate foi super delicado e chocante de se ver. E pensar que uma simples brincadeira terminou em tragédia é triste. Chief Boden tentando impedir que a mãe visse o filho daquela maneira foi memorável. E foi essa vítima a responsável pela beleza – e tristeza – da cena final do episódio.

Na verdade essa cena final só possível por causa de Herrmann. Ao descobrir que a vítima que faleceu durante o resgate queria ser bombeiro ele fez com que todo o batalhão se empenhasse em homenagear o garoto. Homenagem essa que também deveria ter sido realizada para o bombeiro no qual ele, Mouch, e Chief Boden foram ao velório. O fato do bombeiro não ter recebido um funeral digno que um oficial fez com que Herrmann sentisse que precisava ser feito de alguma maneira e foi com o garoto que ele descobriu o modo de fazer essa homenagem. A cena foi linda e a neve deu um toque de beleza inigualável aos uniforme utilizados pelos bombeiros.

Como esperado Severide aceito a proposta de Shay. E ficou mais animadinho ainda com o Plano B da paramédica. Pois bem, o Plano A é a inseminação artificial e todos sabemos que esse procedimento custa caro, nem sempre dá certo e tudo o mais. E se falta o dinheiro (o que aqui é fator essencial) porque não partir para o método de reprodução mais natural que existe, não é mesmo? Apesar dessa opção não agradar em nada Shay, ela mesmo assim conversou a respeito com o amigo que claro, não disse, mas mostrou ter topado e depois ficou cabisbaixo ao saber que o pai da amiga financiaria o procedimento. Não foi dessa vez…

Não podia esquecer, é claro, do tiroteio no batalhão e de Casey mostrando ser durão para o pessoal da gangue. Ao que tudo indica, as gangues não vão deixar o batalhão em paz tão cedo e uma hora ou outra vão acabar voltando. Dessa vez por conta das drogas nos hidrantes. Certamente o pessoal da gangue culpa os bombeiros por algum prejuízo que eles tiveram já que é serviço do batalhão limpar os hidrantes e foram logo mandando balada no QG dos bombeiros. Mas hidrante também não é lugar pra se esconder droga né, por favor! O pessoal do mundo do crime das séries – e filmes – já foi mais criativo. Casey teve uma conversa com uma das gangues do bairro mas o pessoal não pareceu dar a mínima para o que ele tava falando.

Mills já está de volta ao batalhão e agora precisa treinar e estudar pra entrar pra equipe de resgate de Severide. Provavelmente isso acontecerá até o final da temporada se as coisas continuarem a acontecer rapidamente no batalhão.

Observação:

Achei a cena do roubo da ambulância totalmente desnecessária.

 

Séries citadas:

Tem 23 anos e é bibliotecária. No TeleSéries já foi editora de notícias e hoje escreve as reviews de Modern Family.

2 Comments

  1. Rubens Rodrigues

    Achei o episódio ótimo. O final foi lindo, até me emocionei. rs
    Sobre a cena do roubo da ambulância, o único problema é que foi meio rápida. Mero truque de roteiro pra segurar a audiência no intervalo. Tirando isso, achei tudo muito bom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account