Log In

Colunas e Seções Estilo

Chapeleiro maluco: os chapéus fazem a cabeça das personagens da TV

Pin it

O chapéu é daqueles acessórios cobiçados por muita gente, mas poucas (ou nenhuma) são as ocasiões para usá-los. Muitas vezes, a gente fica babando pelos modelos apresentados nas séries de TV e, quando passa na loja corre para o provador, faz poses com ele na frente do espelho,  acaba deixando ali mesmo, na prateleira – se leva para a casa, eles ficam é na prateleira do quarto.

Tem gente que diz que, no Brasil,o chapéu não é comum porque é muito calor para usá-lo na rua, no dia-a-dia. Mas a origem do charmoso acessório, que se deu milhares de anos antes de Cristo, ainda na pré-história, foi justamente para proteger a cabeça dos trabalhadores do sol. O chapéu era usado sobretudo pelos homens, que, além de sair para caçar, também defendiam as mulheres de quaisquer ameaças. Mais tarde, os chapéus foram ganhando modelos mais refinados e trabalhados e viraram sinônimo de status social. Até hoje, é um pouco assim – quem acompanha o cotidiano da família real inglesa, por exemplo, sabe que, tão importante quanto escolher o vestido adequado, é saber que chapéu vai usar.

GGparis

No “mundo real” a história é outra, não é tão fácil adequar o chapéu à vida corrida e sem nenhum glamour. Eu mesma acho o acessório lindo de viver, mas não teria coragem de desfilar com ele por aí e admiro quem enfrenta apelidos como “Robin Hood” e “Peter Pan” numa boa. Se um dia, entretanto, eu fosse visitar Paris, gostaria de ter um chapéu na minha foto em frente a Torre Eiffel, porque né, aprendi com Gossip Girl (nunca saí do país, mas amigas já me disseram que, mesmo na Europa, ao contrário do que a gente pensa, precisa, sim, ter alguma ousadia para usá-los, eles não são tão comuns por lá quanto parecem).

Reprimido ou não, uma coisa é certa: o amor pelo chapéu prevalece em 8 a cada 10 corações humano-fashionistas (fontes: eu mesma). E no coração dos personagens da telinha, também! Sendo assim, que tal se inspirar neles para escolher seu modelo preferido?

Clochê (abaixo): mais usado nas produções de época, já que o modelo fez sucesso nos anos 20, com seu formato de sino (“clochê” é a palavra francesa para sino). Eu acho um charme, mas complicado de usar nos dias de hoje. A não ser que você pratique hipismo ou use roupas elegantes.

Chapéu coco (abaixo): esse modelo é mais comum e vai com qualquer tipo de roupa. Ele dá bastante estilo e personalidade à produção (combinado com óculos grandes, dá um ar meio rock, meio hipster). Ele tem copa redonda e aba curvada, tendo se popularizado entre os homens britânicos depois da Primeira Guerra Mundial. Não por acaso, ele era uma das marcas registradas do ator inglês Charles Chaplin.

Fedora: um dos mais famosos, geralmente feito de feltro, com abas pequenas ou médias, viradas para cima, e meio afundado no topo. O modelo também é conhecido como “Al Capone”, por ter sido muito utilizado pelo lendário gangster americano – e, por isso, o modelo é relacionado à classe dos mafiosos.

Matinê: outro modelo popular, com abas grandes e bem estruturadas. Embora possa ser feito de tecido, a versão de palha é bastante conhecida dos brasileiros e usada na praia.

Panamá: provavelmente, o mais famoso de todos os chapéus. Nem pense que ele foi inventado no país de mesmo nome, não. A origem do chapéu é o Equador. Dizem que o acessório recebeu esse nome porque o presidente americano Theodore Roosevelt usou um modelo desses em uma visita ao Panamá. Apesar de lembrar um pouco o modelo Fedora, o chapéu Panamá é feito de palha. Muito estiloso!

Floppy: o modelo mais parecido com o “chapéu das bruxas”. Tem abas largas e arrendondadas, levemente dobradas para cima, dando a impressão de “ondas”, movimento.

Mas quando eu digo “largas”, não quero dizer exatamente isso…

hat1

Fascinator: de porte pequeno, ele é usado na lateral da cabeça.

Casquete: são extravagantes e conhecidos por serem um dos modelos preferidos da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton. Os casquetes são maiores que o modelo fascinator e também são inclinados.

casquete2

Cartola: esse dispensa apresentações! As cartolas são altas, arredondadas e, dependendo da composição, pode ter um ar formal ou divertido.

Turbante: o turbante não é exatamente um chapéu, mas fez a cabeça de muitas atrizes e personagens nas últimas temporadas. Assim como o chapéu, o turbante protege do sol e dá o maior estilo à produção. A (versão cinematográfica de) Carrie Bradshaw foi uma das primeiras adeptas da tendência.

carrieturbante

Então, é isso. Já escolheu seu modelo preferido? Agora, crie coragem e saia arrasando por aí ;)

hat finale2

hat finale1

hat finale3

casque1

Até mês que vem! Não esqueça de pegar seu chapéu na saída.

Séries citadas:

É jornalista formada pela Unesp e pós-graduanda em Gestão Cultural. No TeleSéries, escreve mensalmente a coluna Estilo. Aficionada pelas histórias de terror, sobrenaturais e de mistério, também não dispensa aquela comediazinha romântica... Pushing Daisies, Jeannie é um Gênio, A Feiticeira, Riget, Lost in Austen, Wonderfalls, Samantha Who?, Copper, Harper's Island e Hannibal estão entre suas séries preferidas de todos os tempos! :)

6 Comments

  1. Arthur de Melo

    Como sempre você arrasa em seus posts Gaby! Eu adorei e eu acho que eu tenho um que é do estilo Panamá, é parecido com o do cantor Jason Mraz. Adoro esse modelo e pretendo comprar ainda, um braco e outro cinza.

    Acho que a moda aqui no Brasil nunca vai pegar, mas se um dia isso acontecer concerteza vou me lembrar de você, rs. Parabéns! =)

  2. Pingback: Jason Mraz, um cantor que pode mudar a sua vida | MedCine

  3. Gabriela Pagano

    O Jason Mraz usa um chapéu panamá mesmo! =]
    Muito obrigada pelas palavras tão gentis, Arthur! Fico feliz em saber! E chapéu é um charme, continua investindo, que não tem erro! Só pra quem tem muito estilo 8) haha

  4. Pingback: Ele… gantérrima, minha cara Watson!

  5. Pingback: Gravatas femininas | Storm Marketing & Eventos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account