Log In

Reviews

Castle – Once Upon a Time in the West, Kill Switch e Last Action Hero

Pin it

Série: Castle
Episódios: Once Upon a Time in the West, Kill Switch e Last Action Hero
Número dos episódios: 7×07, 7×08 e 7×09
Exibição nos EUA: 17/11, 24/11 e 1/12/2014
Nota dos episódios: 9.3

Nunca antes na história desse país houve a situação em que eu precisei fazer review tripla… até que eu comecei a trabalhar e achar (tadinha) que daria conta de 6 cadeiras na faculdade, trabalho, redações para corrigir, séries pra ver e resenhas para escrever. Peço perdão e sei que Castle entrou em hiatos e digo fielmente: voltarei do hiatos cumpridora dos prazos! Dito isso, partiu comentar esses episódios lindíssimos?

castle 01

Em Once Upon a Time in the West a magia do casamento ainda transborda no peito apaixonado do casal de pombinhos, até que eles precisam contar aos amigos que se casaram. E como contar que já colocaram alianças nos dedos e não os chamaram? Como sair dessa saia justa? Óbvio que Lanie foi a primeira a ceder (nós sabemos o quanto ela é manteiga derretida) e óbvio também que a gente já sabia que Ryan e Espo fariam aquele doce de sempre – até Gates entrou na onda. Mas como a gente também já sabe, nada com Castle e Beckett acontece de forma usual e logicamente que com a sua lua-de-mel não seria diferente.

Partindo da ideia de unir o útil ao agradável, Castle sugere que ele e Beckett aproveitem o fato de irem a um Rancho a trabalho e passem por lá mesmo a sua lua-de-mel. O resultado não podia ser diferente: ver Beckett vestida naquelas roupas foi muito engraçado, mas não mais que ver Castle entrando no clima do velho faroeste. Adoro episódios temáticos e adoro, também, quando eles vão disfarçados a algum lugar. E entre pistas e encrencas, alguns momentos fofos surgiam, mas logo eram interrompidos, seja por um homem pelado no banheiro, seja por uma cobra enroscando no pé do Castle.

Acho que a magia desse episódio esteve na simplicidade com a qual ele foi feito. Poderíamos, sim, ter uma lua-de-mel em Hamptons, com luzes, champanhe, vinho… tudo que a gente sabe que o Castle pode oferecer à Beckett. No entanto, não é mais legal quando a graça da coisa vem de um lugar e ocasião totalmente inusitados? Talvez, aos olhos de leigos, aquela última cena da Beckett puxando Castle tenha sido apenas mais uma cena engraçadinha para um episódio cômico. Para mim – e aposto que para vocês também – ela significou mais: mostrou que aquele casal, que agora são marido e mulher, sabem fazer de qualquer situação um verdadeiro conto de fadas.

“Sim, mas você ainda me lembra um pouco o Hooch”

Já em Kill Switch, os primeiros 20 segundos me fizeram surtar. Eu juro juradinho que achei que após o “I had no idea” nada mais que eles trouxessem à tona novamente iria me abalar: pois eu estava enganada. O “sim, mas você ainda me lembra um pouco o Hooch” me jogou de cara naquele passado não muito distante da segunda temporada, na qual aquela abertura linda ecoava pelos meus ouvidos a cada início de episódio. Tão significativo e tão carinhoso ao mesmo tempo! E como sobreviver ao restante do episódio com a cara da Beckett ao dizer isso pra ele? Ou seria a Stana brincando de matar os fãs do coração? Dúvida cruel.

castle 02

Outro motivo desse episódio ter feito a minha cabeça girar de alegria foi a conversa que Ryan teve com Espo no carro. Meu coração apertou quando Espo perguntou como ele seria caso se tornasse pai e Ryan, como sempre, esteve ali para ele num momento de confissão íntima. Além disso, descobrimos algo que até então não tínhamos percebido: talvez, por mais surpreendente que possa parecer, Lanie e Espo não vão para a frente por causa dela, por medo ou por não estar pronta. Esposito deixou bem claro que está pronto para avançar mais uma casa, agora só falta a nossa querida legista criar coragem. Será, gente? Meu coração Esplanie agradece!

O episódio fica mais intenso à medida que fui percebendo que as coisas não estavam para brincadeira. Jared Stone, um hacker envolvido no crime de um empregado do Governo, fez em um metrô várias pessoas de reféns, incluindo Esposito. Claro que eu sei que Espo tem tranquilidade o suficiente para lidar com a situação, mas de qualquer forma é impossível não roer as unhas a cada ameaça de Jared, principalmente após ele mostrar que tinha, grudado no corpo, um colete de explosivos. Peça crucial para lidar com as exigências de Stone e seu descompasso foi a união do grupo. Óbvio que Esposito segurou a barra lindamente dentro do metrô, mas o papel da equipe toda do lado de fora foi imprescindível. Amo quando trabalham em grupo e esse episódio foi uma surpresa gostosa para quem não estava esperando um pouco de ação nessa madrugada solitária.

castle 03

Depois do casamento e da lua-de-mel improvisada, o que faltava ao nosso casal preferido era juntar os paninhos – e foi isso que o Last Action Hero trouxe pra gente. Nunca duvidei que seria Beckett quem migraria, e também nunca duvidei da falta de feeling do Castle em perceber que, algumas vezes, ele magoa Kate sem notar. Aliás, eu me vi sendo representada por ela quando a detetive disse que estava tudo bem, sendo que, claramente, não estava (sim, faço isso ridiculamente sempre). E não poderia estar mesmo: Castle agora introduziu críticas e opiniões que não fazia quando eles estavam juntos no apartamento dela e isso incomoda sim, até demais. E pode colocar na conta que esse é o primeiro impasse da vida de casado do sr. e sra. Castle.

Mas deixando o impasse de lado, a vítima da vez era Lance Delorca, um ator que fez sucesso há muito tempo e que teve como fã de seus filmes a criança do o Castle. E se o caso quando não tem nenhum envolvimento com a sua vida, ele já mete o bedelho, imagina quando o homicídio envolve atores que fizeram parte da sua juventude? Eu não sei até que ponto era implicância ou ciúme da Beckett, mas que foi fofo vê-la afastar o Castle da atriz, ah, foi sim! Porém, nada disso impediu o nosso escritor de criar teorias malucas e se deleitar na possibilidade de estar envolvido num assassinato que envolve a polícia internacional e suspense. Passa ano, entra ano e o Castle continua achando que a NYPD é uma extensão de seus livros. Tsc, tsc.

E o que foi o Castle caminhando com os “Indestrutíveis” com aquela roupa? Se não era pra rir e/ou achar engraçado, então o efeito foi totalmente o contrário! Passando o momento de crise de riso, Castle e o resto da trupe armaram um plano para entrar na boate e pegar a evidência contra Boothe. E não é que deu certo? Castle pode, além de participar de um “Duro de Morrer” um tanto quanto real, ajudar na investigação, por mais que Beckett o tenha repreendido por ser um mau menino haha

Após a solução do caso, Beckett foi para o seu apartamento finalizar a mudança e, provavelmente, a sua venda. “Sair de casa” para a nossa detetive significa muito mais do que colocar nas caixas seus pertences. Significa fechar a porta para uma antiga vida cheia de memórias e abrir outra porta para uma nova vida ainda em branco esperando para ser preenchida. Claro que as memórias estarão com ela sempre e acho que a forma com que Beckett encarou a mudança – sem relutar – mostrou que Kate está preparadíssima para essa nova etapa no relacionamento com Castle. Quem vê nossa Kate assim, determinada e segura, nem imagina que um dia ela já se escondeu atrás de um muro enorme. Que orgulho!

Ps1: Confesso que ver Lanie toda preocupada com o Espo foi mega fofinho, mesmo naquela situação toda. E o abraço dos dois? #Sofrida

Ps2: O que foi aquelas piadas no final do Castle? hahahaha acho que ele está nos trilhos errados sim!

Ps3: Se a criação do Castle contou com aqueles filmes estranhos, então tudo faz sentido.

Séries citadas:

Futura professora, 20 anos, estudante de Letras da UFF, monitora de Português do Colégio e Curso pH e amante de uma boa literatura. No TeleSéries é editora de reviews e reviewer de Castle e Bad Judge. É viciada em séries e dizem por aí que shippa praticamente tudo que se move. Fã incondicional de Roberto Carlos, ama também falar em 3ª pessoa.

Website: http://minhaasconfissoes.blogspot.com.br/

3 Comments

  1. Fátima Beatriz

    Ana, você está desculpada pela demora nas reviews, não só porque estão ótimas mas também porque você é uma das poucas que ainda fazem a review de Castle. Não esqueça de comentar o último episódio si ano, por favor. Tudo de bom para você. Bj

  2. Ana Botelho

    Ô, Fátima, é uma alegria sempre imensa vê-la por aqui. Farei a review do 7×10 hoje! Te espero como sempre!

  3. keila

    Ver o Castle usando aquela faixa do RAMBO foi engraçado!
    Agora, se fosse eu não teria ciúmes da atriz porque afinal ao meu ver, ela não envelheceu muito bem!! rs….

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account