Log In

Reviews

Castle – Number One Fan

Pin it
86.466666666667
4.3
15
Série: Castle
Episódio: Number One Fan
Número do Episódio: 6x04
Exibição nos EUA: 14/10/2013

Divertido, instigante, dinâmico. Number One Fan veio embalado pelo ritmo do episódio anterior e trouxe tudo o que eu queria ver – e aposto o que vocês também. A premissa já era boa por si só: nós iríamos descobrir o que faria Beckett depois de ser despedida e como ela voltaria à NYPD, ou melhor, se voltaria de imediato. Nós não só tivemos a resposta, como pudemos assistir a mais um episódio onde uma fã entra em ação e mexe com os nervos dos personagens – e com os nossos, é claro. Eu não sei vocês, mas quando rola um perigo extra a história fica ainda mais interessante. E é exatamente por aí que a quarta semana de Castle fez eu me apaixonar de vez por essa sexta temporada.

Começando com uma cena caseira daquelas que faz a gente querer lamber a tela do computador e botar esse shipper dentro de um potinho, o episódio dessa semana se iniciou com Beckett acordando desempregada e Castle acordando – ou dormindo, ou dois, não sei. E, como se não bastassem as dúvidas dela, a detetive ainda teve que enfrentar um café ruim, um agregado folgado que entra quase pelado no quarto, uma enteada que trouxe o agregado folgado para dentro de casa e isso tudo, meus amigos, na mesma manhã. O que com certeza salvou a manhã da moça foi o acordar ao lado do Castle, ou seria melhor dizer, do sugar daddy?

Castle - number one fan 01

Mas deixando o coraçãozinho shipper de lado, Beckett estava preocupada e curiosa, e eu também. A forma que ela faria o seu retorno à NYPD era o que mais me deixava apreensiva e eu nem sequer imaginava que ela se daria da forma que ocorreu. Aliás, quem aqui pensou que iríamos tropeçar em mais um episódio onde uma fã roubaria a cena? Depois das mortes ocorridas semelhantemente às histórias do livro de Castle, lá nos primórdios da série, em Flowers for Your Grave, e do serial killer obcecado por Nikki Heat, em Tick, Tick, Tick…/Boom!, eu jamais imaginaria que logo nesse início de sexta temporada nós veríamos isso de novo. E mais, que isso seria um step para Beckett voltar a trabalhar na NYPD – mesmo sem estar trabalhando de fato.

Contudo, Emma Riggs, a nossa fã da vez, é um pouco diferente das outras histórias que já vimos: a moça diz ser inocente, mas faz todos presentes em um consultório dentário de reféns. Até aí, tudo bem, paradoxo em Castle já é algo normal. A peculiaridade foi quando Emma diz só falar com o escritor de best seller que todos nós conhecemos bem. Nervosismo a parte, a história foi fundamental para que o episódio ficasse bem redondinho e cheio de significação. Beckett, por ter o noivo em um quase cárcere e por ter ideias e pistas valiosas, consegue permissão para trabalhar no caso, mesmo que não oficialmente. Os ventos do poder (capa) no cabelo da detetive já anunciavam o que seria dito lá no final do episódio: ela está de volta, bitches!

Além da volta prévia de Beckett ao departamento, o caso de Emma proporcionou ao Castle entrar em ação e junto com ele o seu, o meu, o nosso tão amado colete escrito “writer”. E eu adoro quando ele entra diretamente na cena, confronta algum bandido, ou simplesmente mete o nariz aonde não é chamado, porque isso com certeza irá trazer para o episódio uma dinâmica maior, um envolvimento diferenciado por nós, fãs, que não desgrudaremos os olhos da tela enquanto o nosso baby boy não sair da zona de perigo. Aliás, falando em perigo, quem é que não gritou quando Castle levou um tiro? É o segundo tiro em quatro episódios. Cada vez mais acho que o tio Marlowe quer testar quem aqui vai no cardiologista com frequência.

Castle - number one fan 02

Depois do susto sempre vem um cheeseburger! Não, brincadeirinha. Depois do susto tomado, e por ser salvo pelo seu, o nosso, o meu tão amado colete, as quatro cabecinhas pensantes se juntam ao detetive que ri de tudo e que não nos interessa o nome, para solucionar o caso e descobrir se Emma é ou não inocente. Mesmo sem ser dita uma sequer palavra sobre, Beckett estar lá entre eles era um alívio e alegria que estavam presos dentro do peito. Não foi preciso uma sequer palavra para que eu notasse a felicidade de seus companheiros, Ryan e Espo, e até da Gates em tê-la no departamento. Pode parecer forçação de barra da minha parte, mas casos em que eles trabalham juntos, como o dessa semana e o da semana passada, sempre são mais cativantes.

Talvez a parceria de anos influencie, talvez as mentes se completem, talvez haja muito mais ali do que eu possa pensar e refletir agora, mas o que eu sei é que o lugar da Beckett é ali, em casa. E eu não via a hora que ela fosse admitida de vez, para que todo episódio fosse assim: com um gostinho de lar doce lar.

Castle - number one fan 03

Agora Beckett está de volta, e não se esqueçam que o Castle também. Depois de uns três episódios – o que eu julguei rápido, até – tentando arrumar a casa, a sexta temporada tira do foco a questão da escolha profissional da detetive e como isso iria prosseguir ao longo dos episódios, e voltará os olhos ao que, presumo eu, seja o outro gancho deixado pela premiere: a aceitação do pedido.

Acho que veremos, de agora em diante, como o casal lidará com essa nova fase do relacionamento, conciliando sempre trabalho-tempo-família, e como eles vão caminhar para um casamento – quem sabe até não teremos uma conversa sobre bebês? Castle e Beckett ainda têm muito o que conversar, ainda mais pelas circunstâncias e meio no qual o pedido foi inserido na última temporada, mas tenho total certeza de que no final, quando chegar a hora de por o vestido branco, nenhuma questão vai ter sido deixada para trás. E eu espero você aqui, semana que vem, para que a gente possa compartilhar de mais um passo dado por Caskett. Até!

PS1: Beckett voltou, Castle voltou e, finalmente, Lanie também!

PS2: Pi é extremamente folgado. Eu o julguei, logo assim que ele apareceu na série, um vetor a mais para que Castle pudesse mostrar sua relação com Alexis, mas por enquanto o agregado só serviu para nos arrancar boas risadas. Acho que ele pode ser uma grande arma para diversificar os temas abordados nos episódios e eu espero muito que ele seja usado para tal.

PS3: Vocês repararam como Caskett estava em sincronia? Eram sorrisos no mesmo tempo, balançadas de cabeça ritmadas igualmente e caras e bocas idênticas. Assim vocês me matam.

Séries citadas:

Futura professora, 20 anos, estudante de Letras da UFF, monitora de Português do Colégio e Curso pH e amante de uma boa literatura. No TeleSéries é editora de reviews e reviewer de Castle e Bad Judge. É viciada em séries e dizem por aí que shippa praticamente tudo que se move. Fã incondicional de Roberto Carlos, ama também falar em 3ª pessoa.

Website: http://minhaasconfissoes.blogspot.com.br/

14 Comments

  1. Mariela Assmann

    Amei o episódio. Cinco estrelas com louvor. Castle está MUITO bom essa temporada *_*

  2. Ana Botelho

    E o próximo é até maldade não pensar que será um 5 estrelas. É por MilMar s2

  3. Fátima Barreto

    Episódio maravilhoso, com bastante foco no protagonista e, claro, a volta de Beckett!!

  4. Anonimato

    Eu gostei do Sully tbm,mas o Pi tbm é mt fodaaa,mas ainda prefiro Sully,dos dois e dos que entrarão no meio da série,Gates <3

  5. Marlene santos

    Marlene santos

    o episódio tava otimo eu amei espero que sejam todos assim merece facil 5 estrelas

  6. Bruno

    Um review de shipper, mas tudo bem, o episódio foi ótimo mesmo, um dos melhores que já vi.

  7. Ana Botelho

    Sou meeega shipper! haha As vezes exagero na melação, eu sei, mas se eu não escrever com o coração, fica um resumo frio do episódio, coisa que eu nunca deixarei que aconteça :P
    Pra mim, não entra no top5 dos melhores, mas fica lá pertinho, em uma 7ª posição talvez haha

  8. Crid Bohrer

    Achei o Ep. muito bom, contudo, acho que a Beckett voltou muito rápido! Ela deveria “penar” um pouco mais para voltar… Quem sabe estar na pele de “consultora” por uns 2 ou 3 Eps poderia dar uma dinâmica interessante, aonde o Espo e Ryan, estariam “calling the shots”…, assim ela poderia trabalhar um pouco mais sem a rigidez da Polícia e se deixar levar por um ritmo mais informal de trabalho, e depois de muito fazer por merecer, ela voltaria e a série seguiria o ritmo de sempre. Isso não é uma crítica, pois o Ep., como falei, foi ótimo, mas seria interessante ver isso tudo de um outro ângulo.

  9. Ana Botelho

    Se todos vão ser assim, eu ainda não sei. Mas o da semana que vem vai ser O EPISODIO ?

  10. Ana Botelho

    Sim, concordo com você. Não tinha parado pra pensar nesse ponto, mas agora, olhando bem, seria bom ver esse tipo de dinâmica. Bem, eu to mega feliz por ela ter voltado e acho que o Marlowe deve ter corrido com essa parte por ter outros planos pra essa temporada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account