Log In

Notícias

Câncer de mama é coisa séria!

Pin it

Estamos em um mês diferente. É um mês para celebrar a saúde. Um mês inteiro para alertar mulheres, homens, jovens e adultos sobre os riscos do câncer de mama. Mês dedicado a maior campanha de esclarecimento mundial sobre a doença, o Outubro Rosa.

A campanha começou nos Estados Unidos, bem pequena, e logo se alastrou mundo a fora. O rosa chegou para alertar. Serve para conscientizar as mulheres sobre a necessidade de se submeterem ao exame de toque, desde muito cedo, ou à mamografia, para mulheres acima de 40 anos.

Parece fácil, não é? Simples. Mas se fosse realmente simples assim, esse tipo de câncer não seria o que mais mata no mundo. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que 1 milhão de pessoas desenvolvem um câncer de mama. É uma doença silenciosa, acontece quando as células da mama passam a dividir-se de forma desordenada,  e quase sempre só é percebida quando já está em estágio avançado. A prevenção é o melhor remédio nesse caso. É por isso, que as campanhas de conscientização são tão importantes.

Na TV, a séries têm um papel conscientizador importante. De modo sério e direto, o assunto já foi tema para diversos episódios, ilustrando bem o drama da vida de quem, de repente, descobre que está doente. Frases como: “É raro em mulheres jovens. Homem não tem. E quem tem morre”, passam a ser parte de um senso comum ultrapassado. Conhecimento, nesse caso, pode salvar uma vida.

O TeleSéries está rosa esse mês para mostrar aos nossos leitores e leitoras que câncer de mama é coisa séria. E é por isso que queremos tocar no assunto.

 

O câncer de mama pode matar

Rápido e avassalador. Pode-se definir assim o relacionamento entre Ellie Harp (Sheryl Lee) e Peyton Sawyer (Hilarie Burton). Mãe e filha se conheceram quando já era muito tarde. Assim como o câncer de Ellie. A personagem chegou a One Tree Hill para mudar a vida da loirinha adolescente. Fã de música e sempre em conflito, Peyton conheceu a mãe biológica quando ela estava na fase terminal de um câncer de mama. Esse tipo de câncer mata cerca de 25% das pessoas que apresentam a doença. Na população mundial, a sobrevida após 5 anos é de pouco mais do que a metade. É o segundo tipo de câncer mais comum entre as mulheres. Na série, ficou claro como é importante se prevenir. Peyton e seus amigos organizaram um concerto para levantar fundos para a campanha de conscientização da doença.

Homem também tem mama. Então, também pode ter esse câncer

É raro, mas ainda assim é letal. A ignorância é quase sempre a causa da morte dos homens que desenvolvem um câncer nas mamas. A proporção é de 1 para 100 casos. A incidência do câncer de mama é maior em homens acima dos 35 anos de idade e o risco aumenta com o avanço da idade. Os fatores de risco são os mesmos das  mulheres: histórico familiar correspondente aos pais, irmã ou filha, surgimento de alguma tumoração pré-maligna no passado, excesso de peso e dieta rica em gorduras. Na quinta temporada de Nip/Tuck, o médico Dr. Christian Troy (Julian McMahon) descobriu, por acaso, que tinha um câncer em segundo estágio. Ele estava fazendo um exame de toque em uma paciente, quando sentiu um caroço em seu peito. Por ter menos gordura, o exame de toque torna-se mais eficiente nos homens. Ele decidiu retirar a mama prejudicada, e recuperou-se depois do tratamento.

Mastectomia. É muito radical?

O procedimento médico de retirar a mama é chamado de mastectomia. Podendo ser total ou parcial. A mastectomia preventiva acontece quando alguém tem um histórico considerável de casos de câncer na família. Foi exatamente o que aconteceu em Grey’s Anatomy, quando a personagem Savannah (Arija Bareikis) pede para os amigos Derek (Patrick Dempsey) e Addison (Kate Walsh) para retirarem a sua mama, e aumentar assim as chances dela não desenvolver o câncer. Os dois médicos discordam da cirurgia, ainda hoje, esse tipo de intervenção é encarado como um modo muito radical de prevenir a doença. A decisão acaba sendo do paciente, mas é sempre bom consultar um médico especialista antes de partir para uma cirurgia como essa.

Prevenção é o melhor remédio

O drama familiar Parenthood acaba de introduzir em sua história um câncer de mama. Ainda não se sabe como o caso irá se desenvolver, mas o que é interessante sobre o diagnóstico de Kristina Braveman (Monica Potter) é que foi feito em um exame de rotina, em uma mamografia, e por causa do procedimento, foi possível fazer uma descoberta precoce do câncer. Isso aumento consideravelmente as chances de cura de um paciente com esse tipo de doença. No caso dos tumores malignos em mama, 80% das pessoas sobrevivem. O choque da descoberta e a preparação para o combate à doença é tratado na série com muita humanidade. Nesses casos, o apoio da família e do médico é muito importante. Outra coisa, é importante conhecer como a doença age, por isso é comum que as pessoas busquem páginas na internet sobre sintomas e até tratamentos para o câncer. Nesse caso, tenha em mente que a fonte mais segura de conhecimento é sempre um médico.

Câncer de mama tem cura 

Mãe, mulher e dona de casa. Força poderia ser o sobrenome de Lynette (Felicity Huffman) em Desperate Housewives. Ela descobre que tem câncer durante a terceira temporada, mas mantem a doença em segredo. A mulher só revela que está em tratamento na quarta temporada, quando retira a sua peruca e mostra a cabeça já careca por causa da quimioterapia. Depois disso, ela ganhou o apoio dos amigos e familiares e tornou-se uma orgulhosa sobrevivente. Em caso de tratamento, que apresenta efeitos colaterais como cansaço e náusea  é importante ser honesto sobre o que está acontecendo. Não é vergonhoso ter um câncer, o ruim é não saber de fato como age a doença. Depois da quimioterapia, o câncer desapareceu. Lynette foi curada.

O Outubro Rosa tornou-se popular no mundo inteiro. Todos os anos, espalha sua mensagem com elegância e bom humor, seja iluminando a cidade em tons de rosa ou distribuindo folhetos educativos sobre a doença.  O importante é  que cada vez mais as pessoas passam a conhecer o câncer de mama e a falar sobre a doença.

A atriz Jaime King, a Lemon de Hart of Dixie é embaixadora da ONG StandUp2Cancer. Ela escreveu, dirigiu e atuou em uma das campanhas mais divertidas sobre o exame de toque. Esse exame pode ser feito em casa, ao menos uma vez por mês. É por meio dele que muitas pessoas descobrem os tumores.

Bem humorado, o vídeo mostra as atrizes Alyson Hannigan(How I Met Your Mother), Emily Deschanel (Bones), Kat McPhee (Smash) e Minka Kelly (Friday Night Lights), além de Jaime, em uma festinha do pijama só para garotas. Mas ao invés de fofocar, elas resolvem se cuidar. É uma maneira leve de se falar de um assunto que assusta todo mundo.

Confira do vídeo da campanha  The Booby Scare (O Susto da Teta, em português), traduzido por Luana Lemos, na equipe Queens of the Lab.

 

 

Visite a página do INCA (Instituto Nacional do Câncer) para saber mais sobre a doença. O Ministério da Saúde disponibiliza em sua página do Facebook um aplicativo que permite você participar de uma campanha de conscientização sobre a doença. Faça um favor para a vida: TOQUE NO ASSUNTO, não deixe o câncer de mama passar desapercebido.

Participe!

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

3 Comments

  1. Pingback: RETROSPECTIVA 2012 – Especiais do TeleSéries

  2. aldin

    tive cancer de mama fiz a mastectomia retirei toda a minha mama,no começo foquei mal me olhava tentando ver a minha mama de volta no lugar mas não era possivel pois ela não estava mais ali fiquei muito triste com minha cituação mais depois com o tempo procurei olhar pra tras e vi pessoas muito piores do que eu que deus me deu oportunidade de descobrir a tempo de eu poder retirar o tomor e me tratar,não qr dizer q não tenho recaidas mais procuro ser forte pois tenho uma longa caminhada pela frente ainda e não posso fraquejar tenho q ser forte pra poder vencer esta batalha e com a força que deus me da é suficiente pra eu vencer

  3. lilian patrica

    estou com nódulos nos seios!!considerável grande,mas vou ainda mostar o restante de meus exames para o médico,e ainda vou fazer um biopsia,ta nas mãos de Deus seja o que for vou cuidar e Deus estar comigo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account