Log In

Reviews

Breaking Bad – Problem Dog

Pin it

Série: Breaking Bad
Episódio: Problem Dog
Temporada:
Número do Episódio: 04 x 07
Datas de Exibição nos EUA: 28/08/2011

Uma série como Breaking Bad consegue inserir uma propaganda no seu episódio de maneira que não nos deixa incomodados, já que ela conseguiu se entrelaçar de maneira muito orgânica ao drama de um dos personagens.

A propaganda é do jogo Rage, dos mesmos criadores do clássico Doom, que será lançado no próximo dia 4 de outubro e estará disponível nos melhores consoles. O trailer do jogo você confere aqui.

E o que isso tem a ver com a série? Bem, o episódio iniciou-se com Jesse jogando uma partida e enquanto atirava em seus oponentes virtuais, a imagem de Gale sendo baleado começou a aparecer. Excelente edição nessa cena, pois as imagens se entrelaçaram de maneira muito harmônica. Quando é derrotado no jogo, aparecem as opções “reiniciar ou sair”, e o rapaz quase clica em sair, mas opta em reiniciar.

E isso é o que parece acontecer com ele ao longo do episódio. Primeiro, chega de ter a casa como uma boca de fumo/balada/cortiço, tanto que Jesse até mesmo começa a arrumar a bagunça. Depois, temos também uma cena muito impactante dele no grupo de ajuda, onde ele demonstra sofrer por ter atirado em Gale (substituído na sua narrativa por um cachorro problemático, por motivos óbvios), questionando-se sobre qual seria o objetivo de tudo. Basta se auto-aceitar e poder fazer tudo? Uma pergunta interessante, feita pelo mesmo Jesse que se auto-intitulava “bandido” há uns tempos atrás.

E, por fim, ele e Walt arquitetam um plano para eliminar Gus. Na verdade, eles reativam o plano que elaboraram para eliminar Tuco, usando veneno que simula um ataque cardíaco e não deixa rastros. Jesse esconde o veneno em um de seus cigarros, esperando a oportunidade certa para usá-lo.

A oportunidade parece surgir em um encontro de Gus com seus rivais, mencionados brevemente nos episódios anteriores, e que iniciaram uma guerra. A negociação vai mal, aliás, segundo o enviado do Cartel, aquilo nem era uma negociação. Isso ainda deve dar pano para manga.

O fato é que Jesse ficou de guarda e não aplicou o veneno. Seria por que não teve oportunidade real ou, como sugeriu Mike, o que Gus viu no rapaz foi lealdade, só que oferecida ao homem errado? Estaria Jesse considerando Gus o “homem certo” para ter sua lealdade? Será que Walt vai perder seu parceiro?

 

Falando em parcerias de Walt, tivemos um pequeno problema na dele com Skyler. Quando viu a quantidade de dinheiro do marido, ela preocupou-se, pois não esperava uma quantia tão exorbitante. Quantia grande demais para ser lavada por um lava-rápido. Como a maioria das coisas na série não é colocada de maneira gratuita, estou já pensando se esse “problema de contas” não seria mais uma brecha nesse frágil castelo de mentiras.

Afinal, Walt não é uma pessoa das mais cuidadosas. Ele pensa muito, em vários detalhes, toma os mais diversos cuidados, mas é uma pessoa com o ego inflado e também é cabeça quente. Quando descobre que vai ter um pequeno prejuízo na devolução do carro de Walt Jr. (e pequeno mesmo, considerando o quanto ganha), ele resolve gastar a quilometragem do carro fazendo manobras radicais. E quando essa brincadeira prende o carro em um vão, ele simplesmente o explode, aumentando o prejuízo de 800 dólares para 52 mil.

E lembremos também que foi o ego dele que trouxe Hank de volta à investigação. Ah, Hank. Que jornada interessante a desse personagem! E pensar que no começo dessa temporada ele estava paraplégico, preso em uma cama, tratando mal a esposa e colecionando pedras (ou minerais, para não irritá-lo). Agora ele já está andando, com apoio, e chegando próximo da verdade.

Ele encontra seus colegas na delegacia, apresenta suas teorias sobre Gale. Hank investigou e descobriu que o código escrito no guardanapo das Los Pollos Hermanos encontrado no apartamento de Gale era de uma máquina, muito cara, que serviria perfeitamente para um grande laboratório de metanfetamina. Com isso, Hank elaborou uma teoria que Gustavo Fring, o grande aliado da lei que todos eles conhecem, poderia ser o homem com recursos para bancar um empreendimento desses.

Loucura essa teoria? É o que seus amigos acham e o próprio Hank concordaria com isso, se as digitais de Gus não estivessem no apartamento de Gale. Como ele conseguiu essas digitais? Bastou um almoço na Pollos com seu sobrinho.

Sério, tem como não se empolgar com isso?

Séries citadas:

Edvando Tertuliano, o Eddie, é bancário e ator de teatro e assiste mais séries do que o tempo permite, mas consegue dar conta de todas. Sua série do coração é Friends, mas também é fã de dezenas de outras, incluindo Fringe, Dexter, Breaking Bad e The Big Bang Theory, e está sempre em busca de novidades...e de coisas antigas também (Arquivo X, por exemplo).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account