Log In

Reviews

Breaking Bad – Crawl Space

Pin it
0
0

Série: Breaking Bad
Episódio: Crawl Space
Temporada:
Número do Episódio: 04 x 11
Datas de Exibição nos EUA: 25/09/2011

Seria exagero dizer que Breaking Bad é a melhor série dramática no ar atualmente? Bem, talvez sim. No entanto, ao assistir um episódio como esse, principalmente por seus minutos finais, fico seriamente tentado a fazer essa afirmação.

Bem, a guerra contra o Cartel terminou. Como visto no episódio anterior, Gus a encerrou de maneira dramática, eliminando todos os principais líderes da organização em um golpe só. Infelizmente, não foi sem um custo, com ele ingerindo um pouco do veneno e Mike recebendo um tiro. Porém, como Jesse frisa, o homem pensa em tudo e já tinha preparado um “pronto-socorro”, que foi decisivo para salvar os dois e estava preparado até para salvar Jesse, se necessário.

Com suas vidas fora de perigo, Gus e Jesse retornam para os EUA, deixando Mike ainda no México, recuperando-se. Aqui vemos um bom diálogo mostrando mais da complexa relação entre Jesse e Walt, já que Gus deixa claro que agora o rapaz pode cuidar sozinho do laboratório, mas este só o fará se o químico não for morto, apenas demitido.

Um problema para depois, já que Gus faz questão de visitar Hector e tripudiar sobre o velho, demonstrando sua grande vitória. Excelente cena e merece destaque a interpretação do ator Mark Margolis, que dá vida ao personagem Hector, que consegue ser muito expressivo, mesmo sem falar nada, principalmente quando Gus revela a morte do seu neto, o último membro de sua família. Simplesmente genial!

Bom, voltando ao problema anterior, a grande questão é que Walt continua dando problemas indiretamente, já que Hank continua suas investigações e, para piorar tudo de vez, começou a suspeitar da lavanderia. Ou seja, ele está a um passo de descobrir o laboratório e, ainda por cima, com o próprio Walt a tiracolo, que o leva para todos os lugares. O químico conseguiu avisar sobre a fazenda, mas foi pego de surpresa com a descoberta da lavanderia, apelando para um acidente de carro.

Esse acidente machuca os dois, mas nada muito grave, porém quando Walt retorna ao laboratório percebe que cozinharam ali e não é difícil somar dois mais dois e ver que Jesse é o responsável. Preocupado ele procura o rapaz, pedindo ajuda e dizendo que se Jesse aceitar substitui-lo será o mesmo que matá-lo. Ainda irritado com a briga, o rapaz dá as costas ao químico, lembrando o que aconteceu quando pediu ajuda antes de ir ao México.

Walt não tem tempo nem de assimilar isso e é convidado para ter uma conversinha com Gus no deserto.

O traficante o demite, advertindo-o para nunca mais se aproximar de Jesse, mas Walt está plenamente seguro de que não irá morrer, já que acredita que seu antigo parceiro não aceitará cozinhar se isso acontecer. De onde vem essa estranha lealdade entre eles? De onde vem tanta certeza? Essas são as perguntas que me faço.

Por outro lado, Gus acredita que é apenas uma questão de tempo para Jesse mudar de idéia, mas nem é esse o assunto mais importante. Walt prometeu cuidar de Hank e falhou, portanto, era chegada a hora de ele mesmo cuidar do assunto, de sua própria maneira, advertindo que se o químico se intrometer irá matar Skyler, Walt Jr. e até a pequena Holly.

Então, Walt se desespera e procura Saul, pedindo o telefone do homem que poderia fazer ele e sua família desaparecer, conferindo-lhes nova vida e nova identidade. O advogado providencia e ainda promete, meio a contragosto, a avisar a narcóticos que Hank estaria sob ameaça.

Walt chega em casa, mas ao procurar em seu esconderijo percebe que não possui dinheiro suficiente. Skyler chega nesse momento, encontra o marido histérico com o desaparecimento do dinheiro e revela que deu para Ted, o que provoca um choro desesperado de Walt, seguido de uma risada histérica e assustadora.

E, para piorar ainda mais, diante da postura de Ted em relação ao dinheiro, onde parecia que ele estava chantegeando de forma sutil, Skyler pediu para Saul pressioná-lo para assinar o cheque para a Receita Federal. Isso foi feito, mas ao tentar fugir Ted se acidentou e teve uma morte idiota, mas que deve trazer muitas complicações.

Tem como não se empolgar com uma série onde até uma tropeçadinha no tapete se revela algo importante?

Séries citadas:

Edvando Tertuliano, o Eddie, é bancário e ator de teatro e assiste mais séries do que o tempo permite, mas consegue dar conta de todas. Sua série do coração é Friends, mas também é fã de dezenas de outras, incluindo Fringe, Dexter, Breaking Bad e The Big Bang Theory, e está sempre em busca de novidades...e de coisas antigas também (Arquivo X, por exemplo).

1 Comment

  1. Pingback: Destaques da Semana – Brasil – 16/1 a 22/1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account