Log In

Reviews

Breaking Bad – Box Cutter

Pin it

Breaking Bad

Série: Breaking Bad
Episódio: Box Cutter
Temporada:
Número do Episódio: 04 x 01
Datas de Exibição nos EUA: 17/07/2011

Breaking Bad é uma série tensa”. Essa seria a frase que eu utilizaria se fosse necessário resumir muito a série para alguém que nunca a assistiu. E essa ‘season premiere’ comprova isso, já que ficamos o tempo inteiro tensos, sem ter muita idéia do que iria acontecer.

O episódio é uma continuação direta da season finale anterior, que com certeza fez todos os fãs prenderem a respiração. Walt estava a ponto de ser executado por Mike e Victor, mas conseguiu avisar Jesse, que foi ao apartamento do químico Gale, o substituto escolhido por Gus, apontou sua arma e disparou.

Claro que, como já é comum em todo episódio, o início do mesmo sempre traz algo inusitado e aqui não foi diferente. Testemunhamos uma conversa em flashback entre Gus e Gale, quando o laboratório ainda estava sendo montado, que nos revela algo bem interessante: Gus não queria trabalhar com Walt. E o que fez ele mudar de idéia? Por incrível que pareça, foi o próprio Gale, que mesmo sem conhecer Walt, reconheceu a genialidade dele ao analisar sua metanfetamina e demonstrou que só com Walt eles teriam o melhor.

Breaking Bad

Essa cena é muito significativa, pois explica muito bem o entusiasmo que Gale sentia ao trabalhar com Walt e, por consequência, o tamanho de sua decepção quando foi dispensado e substituído por Jesse. Mais um elemento da série, que mostra o quanto toda e qualquer decisão na vida tem importância. A decisão de Gale iniciou uma série de eventos que culminou em sua própria morte, sozinho em seu apartamento e sem testemunhas.

Victor chega ao local, confirma o fim do químico e ainda consegue capturar Jesse, que ainda estava nas proximidades, abalado pelo ato que acabara de cometer. Agora Walt e Jesse estavam presos por Mike e Victor e esse martírio dura muito tempo e, assim como os personagens, ficamos sem ter idéia de qual seria o passo seguinte. Os dois seriam executados? Ou o plano de Walt daria certo e Gus os manteria vivos, por precisar deles?

Jesse permanece o tempo inteiro calado, mostrando porque Aaron Paul ganhou o Emmy de melhor ator coadjuvante. É impressionante como uma pessoa consegue dizer tanto, sem falar uma única palavra. Fica evidente o quanto assassinar um homem inocente mexeu com Jesse Pinkman. Walt, por outro lado, começa a argumentar que os dois criminosos precisam deixá-los trabalhar para que o negócio de Gus não seja prejudicado, o que irrita Victor e faz ele próprio começar a cozinhar.

Nesse instante, formulei uma teoria do que aconteceria. Pensei que Victor arruinaria a produção, seria eliminado por Gus e o plano de Walt finalmente daria certo. E, então, Gus aparece no laboratório.

Breaking Bad

É preciso dar os parabéns para o ator Giancarlo Esposito, pois quando Gus aparece você realmente faz silêncio e teme, mesmo ele sem dizer uma palavra, nem mesmo demonstrar uma fúria muito grande, apesar de termos certeza que ele sente isso. Então ele chega, tira seu terno calmamente, veste um dos macacões, pega um estilete e…mata cruelmente Victor.

Por essa eu realmente não esperava. Aparentemente, ele estava cozinhando corretamente e a produção do dia não se perderia, então por que Gus matou o sujeito? Por que ele se atreveu a cozinhar sem possuir a perícia necessária? Por ter sido visto pelos vizinhos de Gale? Apenas para impressionar Walt e Jesse?

Talvez nunca saibamos a resposta, mas o fato é que Walt e Jesse voltam ao trabalho. Curiosamente, a primeira tarefa da dupla é destruir o corpo de Victor em ácido hidrofluórico, mas dessa vez usam um recipiente de plástico, ao contrário da banheira lá na 1ª temporada.

Breaking Bad

E chegamos ao mesmo questionamento de Walt: qual deve ser o próximo passo? Afinal, a relação de trabalho entre eles e Gus está mais tensa do que nunca e, mesmo Jesse afirmando que eles estão todos na mesma página, será apenas questão de tempo para a situação novamente se complicar. Será que Gus conseguirá um novo químico confiável e genial ou isso realmente é muito complicado como Jesse imagina?

Em tramas paralelas tivemos Skyler preocupada com o sumiço de Walt, nada muito digno de nota, mas é interessante observar como ela foi bem sucedida em manipular o chaveiro e conseguindo assim entrar no apartamento do marido, demonstrando realmente ter grande potencial como aliada. O drama de Hank continua e é muito interessante observar o quanto o personagem se transformou, não demonstrando nem sombra do policial alegre e piadista das temporadas anteriores. E, falando em piadista, o sempre hilário Saul fez apenas uma ponta, mas arrancou risadas.

Por fim, a morte de Gale ainda deve dar pano para manga, assim como foi a de Tuco na 2ª temporada, já que na cena do crime tinha um caderno com anotações de laboratório. Seria essa finalmente a ligação que levaria Walt e Jesse à prisão? É aguardar para ver.

Séries citadas:

Edvando Tertuliano, o Eddie, é bancário e ator de teatro e assiste mais séries do que o tempo permite, mas consegue dar conta de todas. Sua série do coração é Friends, mas também é fã de dezenas de outras, incluindo Fringe, Dexter, Breaking Bad e The Big Bang Theory, e está sempre em busca de novidades...e de coisas antigas também (Arquivo X, por exemplo).

2 Comments

  1. Anônimo

    Ah, que bom, Breaking bad voltou. Como disse o Eddie, é uma série tensa… megatensa, eu acrescentaria.

  2. Paulo Serpa Antunes

    Eu esperava um episódio dinâmico e foi justamente o contrário, arrastado e sofrido. E justamente por isto incrível.

    O Giancarlo Esposito roubou a season premiere.
    A cena do Hank ‘indo’ ao banheiro também foi chocante.

    Boa review, Eddie.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account