Log In

Programação EUA TeleRatings

Audiência nos EUA no domingo, 28 de fevereiro e segunda, 1º de março

Pin it

Cerimonia de EncerramentoNesse domingo (28) foi exibida a cerimônia de encerramento dos Jogos de Inverno de Vancouver, Canadá. O país sede foi o campeão no quadro de medalhas (14 de ouro), mas quem se sentiu mais líder do que nunca nesses últimos dias foi a NBC.

O canal do pavão pagou demais pelo evento (veja aqui), só que liderança é liderança. E a Olimpíada de 2010 foi a segunda mais vista de sua história: a audiência total de 190 milhões de americanos, passando os Jogos de Salt Lake City 2002 (187 milhões) e atrás apenas de Lillehammer 1994 (204 milhões).

E é tudo: adeus jogos de inverno. Foi curioso por alguns momentos, mas voltemos às séries. Nesse domingo houve uma ou outra reprise, verdade, mas teve espaço até para premiere – The Marriage Ref, reality do (vendido) Jerry Seinfeld. E nessa segunda, voltamos à programação normal.

Ranking por horário do domingo, 28 de fevereiro

[table id=42 /]

A NBC sentirá falta dos Jogos… Os números nem se comparam com o do Super Bowl e em alguns dias ficou atrás até do American Idol, mas não é sempre que o canal, outrora o mais assistido da televisão americana, liderava a audiência por tanto tempo. E na Cerimônia de Encerramento, o adeus aos Jogos foi apropriado: média de 5,6 pontos na demo 18-49, um aumento de 47% em relação a edição passada.

Essa rating não foi de mão beijada: novamente, Undercover Boss cresceu sua audiência ao longo de sua exibição e já mostra que dará trabalho. Quando começou às 21h, Olimpíadas e reality tinham respectivamente 5,6 e 4,5 pontos na demo. Na segunda meia hora, o programa da CBS estava à frente: 5,6 contra 4,8 pontos – na audiência geral a migração foi de três milhões de pesssoas.

É bom que Desperate Housewives fique de olho. Contra Uma Família da Pesada (forte na demo) já havia uma forte competição; agora contra Undercover Boss, a dramédia do canal do alfabeto precisa se superar pra não perder mais audiência ainda. A queda nesse dia foi de apenas 3%, mas que significam os números mais baixos de sua história.

Sua “irmã” Brothers & Sisters, pelo contrário, até que subiu um pouco (4%), mas teve que divivir a liderança contra Cold Case: enquanto uma vencia na geral, outra ganhava na demo. Só que, verdade, o procedural da CBS teve uma tamanha ajuda com seu reality lead-in.

Terminando os comentários (aparentemente mais fácil que o término de Til Death… quanto inéditos dessa coisa existem ainda?), a NBC exibiu a premiere de The Marriage Ref, com produção e participação de Jerry Seinfeld. O reality tem como premissa as brigas de um casal, que são julgadas pelo próprio Seinfeld e um time de celebridades.

Nesse domingo, a participação foi de Alec Baldwin e Kelly Ripa. Na próxima quinta, 22h, horário fixo do programa, serão Tina Fey e Eva Longoria. Mais a frente estão agendadas participações de Madonna, Martin Short, Sarah Silverman, Larry David, Ricky Gervais… Só que fala sério: que diabos deu na cabeça de Seinfeld, co-criador da dita “melhor série de todos os tempos”?

A audiência da premiere foi ótima, mas quantos seguirão com o programa na próxima quinta? Vamos esperar pra ver, mas já vou logo avisando: a NBC sentirá muita falta dos Jogos.

Ranking por horário da segunda, 1ª de março

[table id=43 /]

E nem precisamos ir tão longe pra comprovar que a NBC sentirá falta dos jogos. Já no dia seguinte, a pasmaceira de sempre. E nem a ausência da fraca Heroes, com temporada encerrada no início do mês, a situação melhorou. O pavão abriu sua noite com Chuck, o simpático espião que possui audiência igualmente “simpática”.

De novidade na grade do canal foi a exibição de dois episódios inéditos de Law & Order. Apesar da audiência geral relativamente alta para os padrões da NBC, a demo 18-49 foi baixa demais. A média foi de apenas 2 pontos e a NBC volta ao seu “normal” com o fim dos jogos. Pelo menos o programa das 22h superou em 31% a audiência do mala do Leno… Que de volta às 23h30, ficou em primeiro lugar e venceu o Letterman. Vai entender.

Voltando à séries… Bem, ainda não: vamos dar uma passada pela programação da ABC e tenta compreender como diabos o reality  The Bachelor conseguiu, numa edição de três horas, demo média superior à 5,3 pontos. Ehr… Olha, quer saber? Não dá. Deixa eu passar direto pelo canal da Disney dessa vez…

Na CBS, o bloco de comédias voltou e o sucesso é o de sempre. Sem House por perto, How I Met Your Mother quase atingiu os 4 pontos na demo e colaborou com a premiere da quarta temporada de Rules of Engagement. Porém, Rules ficou apenas um pouquinho acima em termos de desempenho com o último episódio inédito de Accidentally on Purpose.

Sorte que os dois show seguintes não dependem de lead-in. Charlie Sheen pode estar em reabilitação, mas sua audiência segue fiel e forte. Two and a Half Men foi o programa mais assistido da segunda-feira, enquanto que The Big Bang Theory, também retornando de inéditos, lideraram a demo 18-49, quase batendo novamente seu recorde de audiência.

Encerrando a noite, a CBS atacou com a convencional CSI:Miami. Não tão convencional vem sendo a desastrosa, perdida e caída temporada de 24 Horas. Pela CW, dois episódios de Life Unexpected: uma reprise e o inédito, que sofreu um pouco sem uma boa lead-in… e seu público alvo vendo The Bachelor em massa.

TV Paga

Vamos ver se dessa vez não deixo nenhum seriado da tv por assinatura de fora.

Na sexta (26) pelo SyFy, Caprica voltou a ficar acima do milhão. Foram 1,13 milhões de telespectadores, com novamente 0,4 ponto na demo. No canal Starz, Spartacus: Blood and Sand quebrou seu recorde pessoal e pela primeira vez quebrou a barreira do milhão:  1,08 milhão e 0,4 ponto na demo. O saldo positivo para o seriado da Starz é que há mais lares americanos com assinaturas do SyFy – 74 milhões de casas com Starz, contra 96 milhões de SyFy. Ou seja: percentualmente, Spartacus está se saindo melhor.

Estou ficando um grande fã de Caprica e embora, pessoalmente, não tenha me dado bem com o episódio dessa semana, vamos ver se seu desempenho na audiência melhora nos próximos episódios. Até porque, está precisando mesmo.

Já na segunda (1ª), sem os jogos por perto, séries pra todos os gostos. Secret Life of the American Teenager foi vista por 3,14 milhões de pessoas (1,1 na demo); Make It or Break It 2,14 milhões (0,7 na demo); Greek ficou com 937 mil (0,4) e Pawn Stars 4,40 milhões (2,2).

E no FX, Damages subiu um pouco, de 816 mil para 965 mil, assim como sua demo, de 0,2 para 0,3, só que os números continuam rasos demais.

Séries citadas:

20 Comments

  1. Paulo Serpa Antunes

    Thiago,

    Law & Order foi bem no horário de Heroes. Ficou 0,1 ponto abaixo no demo, mas temos que considerar que Heroes é série de forte apelo teen. Mas em números absolutos, poxa, é muita diferença. De qualquer maneira, Law & Order é série para ir ao ar às 22h.

    E com a volta de Rules of Engagement, começa a briga das sitcoms da CBS pela renovação. Eu aposto na renovação de Accidentaly e Rules, com a corda estourando nas noites de quarta-feira, pra cima de Old Christine e Gary Unmarried. Uma destas duas cancela. E das três que ficam uma terá temporada reduzida.

  2. anderson

    Feliz por TBBT e só!
    e que diabos é isso de Seinfield bancando o programa do ratinho? fala serio.

  3. Thiago Sampaio

    Sim, Heroes chegou a ficar abaixo dos 4 milhões enquanto que Law&Order ficou bem acima dos 7 milhões. Isso nem discuto. O que eu quis falar no texto, e errei na abordagem, é que a NBC voltou ao seu “normal” sem a grande audiência dos jogos.

    Heroes não deixará saudades nas noites de segunda, mas Law&Order, apesar da boa audiência geral, precisa dar uma guinada na demo, que ficou atrás até de Chuck. É exigir demais numa veterana, maaaas…

  4. Victor Hugo

    Apesar da audiencia “simpatica” por Chuck a série deve voltar p proxima temporada.
    Life Unexpected é uma série apenas boa…
    Cold Case melhorando seus numeros apesar de eu acreditar que não passa desta temporada.

  5. Marcelo

    Ainda bem que acabou, não aguentava mais girar os canais e ver aqueles caras com a vassourinha na mão, parece que passavam aquilo o dia inteiro

    De tudo só lamento os fracos numeros de Damages, mesmo indo ao ar na tv a cabo, é muito pouco para uma série tão boa

  6. Luiz Milagres

    “não aguentava mais girar os canais e ver aqueles caras com a vassourinha na mão”
    Huahuahuahua…

    Falando de séries, já foi divulgado se B&S vai ser renovada? A audiência tá caindo tanto…

    Na expectativa pelos números de Lost ontem! :-) A coluna vai voltar a sair com delay de 2 dias em relação às exibições, Thiago?

    Vlw!

  7. Thiago Sampaio

    Eu gostei das vassourinhas… huahauhauhauau

    E Luiz, se dependesse de mim, eu liberava mais cedo ainda, só que só posso fazer os números à noite. Agora mesmo estou no estágio, depois tem a faculdade… Mas a idéia é essa: voltar à coluna diária sim

  8. Pedro Paulo

    Quem apostou que Spartacus iria se tronar um hit parece que vai acertando… foi um grande aumento de audiência, e passou a barreira de 1 milhão, parabéns!

    Muito bom que Damages cresceu. É pouco, mas tomara que faça uma média de pelo menos 1,2 milhão. Tá até bom pro FX, que só tem SOA de hit. E Damages é tão fantástica, que precisa de pelo menos mais duas temporadas.

    Graças a Deus a olimpíada acabou!!! Estava sentindo falta de inéditos…

  9. mazinha

    Vassourinhas…kkkkkkkkkkk….tb gostava delas….mas voltando as séries, a-do-re-i ver que meus queridos nerds do TBBT estão com tudo…Yesssssssss!!!!!!

  10. Rafael de Souza(São Vicente SP)

    Warner estreia em abril os novos dramas “Human Target” e “V”
    Warner estreia em abril os novos dramas “Human Target” e “V”
    Quarta-feira, 03 de Março de 2010

    “Human Target”

    O canal Warner programou duas novidades para o mês de abril, com as estreias dos novos dramas “Human Target” e “V”.

    O primeiro a chegar é o drama de ação “Human Target”, na segunda, 05/04, às 23h00. “Pessoas têm segredos, e segredos podem ser perigosos. Mas ninguém merece morrer”. Esse é o pensamento de Christopher Chance (Mark Valley, “Fringe”, “Justiça Sem Limites”), um misterioso agente de segurança particular que assume diferentes identidades, muitas vezes tornando-se literalmente um alvo humano em benefício de seus clientes.

    Baseada numa HQ da DC Comics, a série é centrada em Chance. Você pode chamá-lo da maneira que quiser, mas para este consultor particular/especialista em segurança/guarda-costas, a única coisa que importa é salvar a vida de seus clientes. Caso haja qualquer coisa incomum ou uma ameaça iminente que não pode ser solucionada através dos meios “normais” de proteção, Chance é contratado para se integrar completamente à situação — para se tornar uma alvo humano. Com a ajuda de seu sócio, Winston (Chi McBride, “Pushing Daisies”, “Boston Public”), e seu funcionário especialista em armas, Guerrero (Jackie Earle Haley, “Watchmen”), Chance se coloca diretamente na linha de fogo, correndo contra o tempo antes que o tempo de seu cliente acabe. Mas será que alguém conhece quem Chance realmente é ou quais segredos ele guarda em seu passado?

    Com 12 episódios e produção executiva de McG (“Supernatural”, “Chuck”), “Human Target” estreou bem em janeirona Fox americana, alcançando uma audiência de 10,118 milhões de telespectadores.

    “V”

    Já “V” estreia na terça, 06/04, às 22h00. O drama de ficção científica é baseada na clássica minissérie da década de 80 sobre o primeiro encontro do mundo com uma raça humana.

    Os Visitantes estão entre nós. No único momento em que fizeram contato, eles apareceram em cada grande cidade do mundo, promovendo uma mensagem de paz. Eles querem compartilhar seu conhecimento da tecnologia; eles querem que nós nos unamos. E eles estão contando com um componente muito importante da natureza humana: a devoção. No início considerados uma ameaça, os Visitantes — ou Vs — logo se tornam uma fascinação. Mas quando a agente da unidade antiterrorista do FBI, Erica Evans (Elizabeth Mitchell, “Lost”, “ER”), descobre o que se esconde por baixo do alarmante exterior humano dos Vs, resistir à esse novo mundo nunca foi tão importante — e nunca houve tanta coisa em jogo.

    No elenco estão nomes conhecidos como Scott Wolf (“Everwood”, “Party of Five”), como o âncora de um telejornal; Lourdes Benedicto (“24 Horas”, “The Nine”), como a noiva de um homem (Morris Chestnut) que acredita que os Vs não são o que eles dizem ser; Joel Gretsch (“The 4400”), como um padre que está questionando sua fé; Laura Vandervoort (“Smallville”), como uma das Vs; e a brasileira Morena Baccarin (“Firefly”, “Heartland”), como a líder dos Vs.

    A 1ª temporada de “V” também terá 12 episódios, dos quais apenas 4 já foram exibidos nos EUA — a série retorna com novos episódios por lá no final de março. Com média de 12,905 milhões de telespectadores, “V” é uma das séries mais assistidas do canal americano ABC — e conseguiu o 1º lugar entre as séries estreantes da temporada 2009/10 entre o público adulto de 18-49 anos e a melhor estreia da ABC desde “Lost”.

    Com as novidades, o Warner muda sua grade do horário nobre, com “Smallville” agora ocupando as noites de quarta (22h00), seguido pelas reprises de “V” (às 23h00) e “Human Target” (à meia-noite”), enquanto “Trauma” passa para as noites de domingo (às 23h00), assumindo a vaga de “Gossip Girl”, que deixa temporariamente a grade do canal.

    Link com a Informação:http://seriesonline.terra.com.br/noticias/index.html

  11. mazinha

    Valeu Rafael, queria mesmo saber quando “V” ia estrear na Warner…

  12. Fernando dos Santos

    Eu gosto muito da série mas acho que a audiência de Damages dificilmente vai crescer mais.A trama é bastante intrincada e ainda por cima é narrada de forma não-linear e portanto apenas o telespectador muito fiel segue acompanhando(e eu sou um desses telespectadores fieis mas como não moro nos EUA não posso contribuir na medição dos índices).

  13. Leonidas

    Estou torcendo muito para Caprica deslanchar, pelo menos até o 4o. episódio foi magnifico, me empolgou… Sobre 24 horas, realmente ta lastimável e acho que acabou de vez nesta temporda… Damages ainda não assisti, ainda tô embasbacado com a 2a. temporada que foi bárbara.. Spartacus estou esperando um pouco para assistir numa cacetada só a série, parece-me que são 10 ou 12 episódios, não é?
    Abraço…

  14. Cristiano

    Comecei a assistir Brothers and Sisters e estou gostando muito.
    Espero que a audiência da série melhore daqui em diante. E dá-lh Walkers…

  15. Bruno

    Gostaria de saber se uma audiencia como a de Spartacus eh suficiente para mante-la no ar por muito tempo. Achava que essas series que assistiamos aqui tb eram exibidas na TV a cabo de la. Entendi que a maioria nao eh. Portanto, fiquei com a curiosidade da audiencia da TV a cabo de la. Obrigado…

  16. Gilberto

    Decepcionado com a audiência de 24 Horas… Mas feliz com os pontos de Espartacus!!!

  17. Felipe Rodrigues

    Sei lá heim, não sei como é essa temporada de 24 horas, mas eu to baixando e assistindo a sétima temporada e to gostando bastante. To no aguardo pela oitava. Pena que na Fox é dublada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account