Log In

Programação EUA TeleRatings

Audiência nos EUA no domingo, 23 de maio

Pin it

Terry O'Quinn em LostNesse domingo (23), o canal americano ABC exibiu o último episódio de Lost. Durante suas 2h30 de exibição, o aguardado desfecho da série gerou uma audiência de 13,49 milhões de pessoas, com 5,8% da audiência entre o público de 18 a 49 anos (de maior interesse para os anunciantes).

O primeiro episódio de Lost, em setembro de 2004, foi assistido por 18,65 milhões de telespectadores e seus outros cinco finais de temporada foram de 20,71 milhões no 1º ano; 17,84 no 2º ano; cerca de 13,86 milhões na 3ª temporada; 14 milhões na 4ª temporada e apenas 9,43 milhões de telespectadores no 5º ano.

Sendo assim, o último episódio da série acabou não batendo seu recorde pessoal, mas fez o suficiente para ser um dos dramas com desfechos mais assistidos nos EUA, superando o final de Arquivo X, assistido por 13,2 milhões em 2002.

Atenção: aqui vamos falar apenas da audiência de Lost, portanto evite comentários (com ou sem spoilers) sobre o último episódio, que será exibido pelo AXN nessa terça, 25 de maio, às 22h.

Ranking por horário do domingo, 23 de maio *

[table id=114 /]

* A tabela leva em conta a audiência preliminar do instituto Nielsen, que mede a audiência americana e só libera os números finais algumas horas depois, ao final da noite.

O “Lost Day” da ABC começou às 19h, com o especial Final Journey, uma recapitulação de duas horas do seriado. O especial teve uma audiência de 9,85 milhões com 4 pontos na demo 18-49 e na primeira hora ficou atrás do 60 Minutes, da CBS, que gerou  9,36 milhões contra da 9,14 milhões (apesar disso, o jornalístico teve uma irrelevante demo de apenas 1 ponto).

Logo depois, às 21h, o evento final da série teve como concorrência o final de temporada do The Celebrity Apprentice, exibido ao vivo pela NBC – e, apesar da concorrência, o reality show do Donald Trump teve numeros 10% melhores do que no ano passado. O (também) final de temporada de Uma Família da Pesada, parodiando Star Wars: Episode V com o episódio Something, Something, Something Darkside, conseguiu apenas 6,25 milhões de telespectadores para a Fox e um telefilme da CBS gerou bons números totais, apesar da baixa demo.

Enquanto isso, na ABC, era exibido o finale de Lost.

Na televisão americana, é normal que séries dramáticas sejam exibidas durante muitos anos, além do necessário, até a mais pura exaustão de sua fórmula e de seus telespectadores. Poucas são os dramas, por decisão própria, que conseguem produzir um último episódio com desfecho previamente elaborado. Na maioria das vezes, é o canal que opta por cancelá-los sem um ponto final apropriado, como nos casos recentes de Heroes, Cold Case ou Ghost Whisperer.

Observem que falei sobre “dramas”. Com as comédias, é um pouco diferente. Tirando raras exceções (The New Adventures of Old Christine), as sitcoms americanas possuem finais mais gloriosos, não são cancelados abruptamente e é sua própria produção que decide quando terminar a série. Em 1983, a ainda recordista M*A*S*H teve um final de seriado assistido por 105,9 milhões de americanos. Logo atrás, fechando o top 5, estão Cheers (80,4 milhões em 1993), Seinfeld (76,3 milhões em 1998), Friends (52,5 milhões em 2004) e Magnum (50,7 milhões, em 1988).

O seriado de Tom Selleck, na quinta posição, é exatamente o único drama a ocupar as 10 primeiras posições do ranking das maiores audiências do último episódio de um seriado. E é essa a importância do histórico final de temporada de Lost. Com uma média de 13,49 milhões em suas 2h30 de exibição (no momento de pico a audiência chegou a 15,31 mi), Lost, apesar da audiência relativamente baixa (foi menor inclusive que a premiere desse sexto ano, que teve 14,30 milhões de telespectadores), ainda assim entra para a história como uma das séries dramáticas mais assistidas em seu último episódio.

Sustentar durante seis anos essas milhões de pessoas em uma história contínua, com trama complexa e que dependia, além do normal, da fidelidade do telespectador (o cancelamento precoce de Flashforward é prova de que esse formato não é para qualquer série), revelou não ser o suficiente para Lost, odiada e amada por milhões, ser pelo menos a recordista da década entre os seriados dramáticos. Esse posto ficará para ER (Plantão Médico), assistido por 16,2 milhões de telespectadores em abril de 2009 (veja aqui).

E reforçando: na terça-feira, 25 de maio, o AXN exibe às 20h o especial Final Journey e às 22h o último episódio de Lost. Comentários para esse evento serão criados, aqui no Teleseries, logo após essa exibição.

Séries citadas:

42 Comments

  1. Carlos T.

    Apesar de abandonar lá no final da 1ª temporada e até odiar por algum tempo, atualmente não tenho absolutamente nada contra Lost, mas como fanático por ER que sou, confesso que fiquei feliz que a audiência de Lost não foi maior que o finale de ER.

    Repetindo: nada contra Lost, se fosse outra série no lugar também seria a mesma coisa, OK?

    E hoje tem finale de 24 Horas e Law & Order (essa última eu vejo pelo Universal então vai demorar pra eu ver), meu Deus preciso arranjar séries novas! kkkkkkkkkkkkkkkk

  2. Luiz Milagres

    O final de Lost ganhou 2,3 milhões de espectadores na última meia hora!
    Que tipo de louco perdeu o começo e só assistiu ao finalzinho?! Será que foi o pessoal que não tinha mais nada pra ver e colocou lá só por curiosidade…?

  3. Pingback: Lost: finais alternativos, podcasts, matérias e downloads! | Guia da Sé e Região

  4. Tati Siqueira

    Thiago, sem falar em Lost(nunca assisti)vou comentar mas sem entrar em detalhe, sobre a final de Greys Anatomy(sei que vc não assiste), teve um que de ER no final(muito sangue)…..com os melodramas de GA. Lembrei de vc hoje assistindo; rsrsrsrsrsrs

  5. Daniel Olinas

    Foi essa audiencia sem contar os milhões que assistiram por streaming, e os que baixaram minutos depois do episódio ser exibido. Por isso acho que esse 15 milhões não foi nada comparado ao mundo assistindo Lost.

  6. Thiago Sampaio

    Eu soube por alto dos toques de ER/21 Guns no finale de Grey’s. Mas como ER já acabou e não tenho nada a ver com o assunto, me reservo ao direito de ficar calado. Ou então vai sair besteira, Tati huahauhauhau

  7. Walber

    Eu esperava pelo menos uns 16 milhões, a melhor série da década passada se encerrou, vai deixar saudades…

  8. Miguel

    Thiago, na verdade a década já acabou (entre 2000 e 2009 são 10 anos), então Lost tem, até agora, a maior audiência de um finale dramático da década. Na década passada, o posto ficou com o fantástico e saudoso ER ;D

    atualmente não tenho absolutamente nada contra Lost, mas como fanático por ER que sou, confesso que fiquei feliz que a audiência de Lost não foi maior que o finale de ER.

    Repetindo: nada contra Lost, se fosse outra série no lugar também seria a mesma coisa, OK? [2]

  9. Walber

    Ah algo que eu esqueci, num tem a ver com a audiencia, mas o Teleseries não vai fazer um especial com a programação dos canais mesmo que atrasado? Num é possivel que vcs não coloquem só pq atrasou um pouco…

  10. Rubens

    Para quem esperava que o final de Lost bateria os recordes de audiencia da tv americana (a ABC espalhou isso para a imprensa americana), o final de Lost até que teve baixa audiencia… A emissora achava que o seriado terminaria batendo os numeros finais de outras producoes como MASH, Seinfeld, Friends e outros, que atrairam dezenas de milhoes de telespectadores. Sequer chegaram perto, pois mal passaram da primeira dezena. :-)

    E Daniel Olinas, o que importa aqui é a audiencia nos EUA, brasileiro e outros povos baixando na internet nao contam a minima para a audiencia americana.

  11. Thiago Sampaio

    Miguel, assim como a virada do milênio foi de 2000 pra 2001, na contagem de milênios, séculos e décadas, sempre se começa com o ano que começa em 1 e termina no 0.

    Sendo assim, uma década vai de 91 à 2000 e outra de 2001 à 2010. A próxima década vai de 2011 até 2020 e por aí vai.

    E Walber, posso dizer (sério) que sinto muito por esse atraso e nossa intenção é sim fazer a tabela. A equipe do site teve uns contratempos na pior das semanas e… deve sair sim, mesmo que atrasada.

  12. anderson

    Rubens, só um louco pensaria que algo bateria Mash. Nem Superbowl tem essa audiência, Não exagera tb.

    No fim Lost (q ainda nao vi e to me roendo de curiosidade) acabou com 6,4 na demo. O que é ótimo.
    Esse negócio de mais assistido da decada e talz é bem relativo. ER teve mais audiência, e eu amava ER, porém acabou de forma melancolica, sem a importancia dos primeiros anos. Lost pelo menos terminou atraindo atenção mundial. Sem exageros, mas ontem e hoje, qq portal de internet esta repercutindo o final da série.

  13. Luana

    Acredito que se contarem os downloads esse numero cresceria muuuiiito mais.

  14. anderson

    “E Daniel Olinas, o que importa aqui é a audiencia nos EUA, brasileiro e outros povos baixando na internet nao contam a minima para a audiencia americana.”
    ahh e Rubens, vc vive onde? marte? O mundo é globalizado cara, ações de marketing são pensadas em escala global hoje em dia. Nos números da audiencia final com certeza não contaram os downloads do resto do mundo, Mas ABC não despreza isso não. Ninguém despreza. Tanto que o canal fechou com vários paises um esquema diferenciado de exibição desse episódio, No Brasil mesmo sera apenas dois dias após os EUA. Então cara, sai da roça e entre no século 21 por favor.

  15. Carlos T.

    Não acho que ER terminou de maneira melancólica, pra mim a última temporada teve episódios do mesmo nível dos primeiros anos (e era a décima quinta temporada!), mas essa discussão não cabe aqui neste espaço.

    Apesar disso concordo que não tem nada a ver esse negócio da “mais assistida”, audiência não é sinonimo de qualidade, acho que tanto ER como Lost – gostando ou não dessas séries – estão marcadas na história da TV americana e isso é o que importa, não é preciso tirar o mérito de uma ou de outra.

    Apenas comentei que gostei que os números da audiência do (fantástico) finale de ER não foram batidos, pois eu achava que Lost iria superar essa audiência e eu nem estava torcendo contra.

  16. Fernando dos Santos

    Lost, 24 Horas e Law & Order fazem parte daquele privilegiado grupo de séries que ajudaram a fazer dos ultimos 20 anos a chamada Era de Ouro da televisão americana, juntamente com as já encerradas ER,NYPD Blue,Oz,Sopranos,BSG,Twin Peaks,Seinfeld entre outras.
    Assim sendo é com certa tristeza que eu vejo essas três chegando ao fim na mesma semana.

    Eu gosto muito de Lost mas seria simplesmente impossível que seu series finale conseguisse ficar entre os cinco maiores da televisão americana.
    Dentre as cinco recordistas, quatro são do tempo em que as grandes redes abocanhavam a maior parte da audiência.Hoje os números estão pulverizados e os executivos da ABC certamente sabem disso.Se eles disseram que o final de Lost ficaria entre os cinco maiores, então estavam apenas fazendo jogada de marketing.

  17. Fernando dos Santos

    P.S.:Thiago,eu acho que 2010 marca o início de uma nova década.No final do ano passado várias publicações americanas fizeram listas com as melhores séries e filmes da década, compreendo o período entre 2000 e 2009.Eu lembro também que em 1989 e 1999 aconteceu a mesma coisa, com várias revistas fazendo suas listas de melhores da década em diferentes áreas.Portanto neste ano estamos começando uma nova década, penso eu.

  18. anderson

    Carlos T. talvez errei na expressão “melancolica”. Mas ela não estava mais tão relevante qto merecia. Tipo, ER foi relevante aos fãs, mas é o tipo de série que deveria ter tido uma atenção similar a Lost no seu término.

  19. Thiago Sampaio

    Cara… apesar desse link do wikipedia, meio que vou seguir com a idéia de que a década começa no ano 01 e vai até o 00… Mas, enfim =T

    Olha, a comparação com as maiores audiências americanas foi apenas para dizer que são as comédias quem possuem mais audiência em seus desfechos, não os dramas. Quanto a ER… como fã da série, fico feliz que a série tenha mantido esse recorde, mas é óbvio que pelo buzz mundial, downloads e o diabo a quatro, a repercussão de Lost não tem nem comparação. Mas que ao vivo ER foi mais visto, foi sim.

    Quanto a essa matéria do G1, vai que eles visitaram o Teleseries =P A diferença de postagem foi de 40minutos. Fora que, antes de saírem os números, eu já havia feito um modelo do texto horas antes de postar no site.

  20. Goncalves

    Não existe o ano zero, pois foi assim que se definiu o calendário que usamos, o Gregoriano. Não tem razão (ou melhor tem, mas é uma longa discussão teológica que hoje parece sem sentido), parece maluquice, mas é a convenção usada quando se criou o calendário. Assim para a primeira década ter dez anos ela teria que ser do ano 1 até o ano 10 e assim por diante. Por isso toda contagem de décadas, séculos e milênios começa com um ano que acaba em 1. Porém a maioria das pessoas acha mais “lógico” que comece em anos terminados em zero, mesmo estando errado. Quanto a Wikipedia, ela tem esse problema, eu posso colocar lá que a década começou em 1485 e terminará em 2341 :-). Pela primeira frase do artigo, o século e o milênio teriam começado no ano 2000. Mas se você clicar no link para o século 21 ou terceiro milênio que tem na primeira frase do artigo citado verá que eles dizem que começaram em 2001. Ou seja, até a própria Wikipedia tem artigos com a posição oposta. O artigo sobre o ano zero está correto tanto na versão em português (Ano zero) quanto na versão em inglês (Year Zero). Ou pelo mesmo estava quando escrevi isso :)

  21. Carlos T.

    Sem stress, anderson, sei que você é fã de ER e apesar eu de não ser fã de Lost, compartilho do seu ódio por Hu(r)gh Laurie, você não está sozinho! hehehehehe.

  22. Dudu's

    Vocês realmente estão comentado/discutindo sobre quando começa uma decada? o.o

    Sobre Lost-ER, os numeros finais ainda não sairam, Lost ainda pode superar ER..
    Mas o que importa mesmo é o rating 18-49, e nisso, ER não consegui passar de 4.2 ( se não me engano).

    Mas mesmo ER tendo a fama que tem, é não se pode negar que Lost é um fenomeno muito maior que ER.

  23. Thiago Sampaio

    Dudu, coloquei os números de ER em um link no texto.
    A demo média de ER foi de 6 pontos e por meia hora chegou a fazer 6,7.
    4,2 foi households-domicílios

    A fama de Lost em seu season finale foi mesmo de maior hype que o final de ER, mas em termos de audiência, a ER foi maior na geral e na demo tbm. Isso está consolidado.

  24. Fernando dos Santos

    Encontrei no site omelete uma notícia de cinema do ultimo fim-de-semana, mas que tem a ver com a televisão americana:

    “A outra grande estreia da semana, MacGruber, paródia cinematográfica de MacGyver nascida nos esquetes do Saturday Night Live, foi um fracasso. O filme fez apenas 4 milhões e ficou com a sexta colocação. O roteiro escrito por Will Forte, John Solomon e Jorma Taccone (ambos roteiristas do quadro no SNL) mostra MacGruber (Forte) já aposentado, vivendo como monge no Equador, quando um coronel do exército o convence a voltar à ativa: o maligno Cunth (Val Kilmer) ameaça usar seu poderio nuclear contra os EUA. MacGruber aceita a missão porque sua noiva havia sido assassinada por Cunth. A estreia acontece em 10 de setembro no Brasil”

    E de acordo com o site the-numbers.com o filme estreiou em 2551 salas nos EUA.

  25. Rubens

    Eu sempre entendi que seculos e milenios sao contados de 1 a 100, e de 1 a 1000 (depois 1001 a 2000, etc.).

    Mas com DÉCADA não, década é diferente. As pessoas falam: “os anos 20”, “os anos 40”, “os anos 80″… Então, para efeitos de contagem de década, a década de 80 comecou no ano 1980 e terminou em 1989.

    Foi assim que eu aprendi. Década se conta de um jeito, seculos e milênios de outro.

  26. Goncalves

    Anos 80 é diferente de década de 80. Voltando ao problema da ausência do ano zero, os anos “0000” foram apenas 9, diferente dos 10 dos demais. Nenhum problema já que a palavra “anos” não determina quantidade. Já a década tem que ter dez anos, pois isso é o que a palavra significa. Assim a primeira década vai de 1 até 10 e por consequência assim vai até 2001 a 2010.

  27. Leandro Almeida

    Lost: Já foi tarde!!
    Nunca vi uma série com tantos furos no roteiro como essa série, vai ser ruim assim lá nos EUA.

  28. Tati Siqueira

    Sabia que vc iria falar isso……só te enchi o saco mesmo……..rsrsrsrsrsrsrsrs;

  29. Pingback: Tweets that mention Audiência nos EUA no domingo, 23 de maio » TeleSéries -- Topsy.com

  30. Jr Maia

    Os últimos seis minutos do finale de Lost foi visto por mais 20 milhões de pessoas.

  31. Dixietastic

    Repetindo: nada contra Lost, se fosse outra série no lugar também seria a mesma coisa, OK?

    ^
    Não, não seria. Se CSI, a NCIS, a recém-nascida The Mentalist, House ou Grey’s Anatomy terminassem HOJE, a audiência seria MUITO superior a de Lost ou a de ER. E todas essas são séries de drama.

    Grey’s Anatomy, por exemplo, que não saia da casa dos 10 milhões a temporada inteira, teve média de 15 milhões só nessa season finale, imagina só se fosse a series finale. Chegaria nos 20 milhões FÁCIL. Ainda assim a média de Lost foi boa, nada espetacular, mas boa.

  32. Thiago Sampaio

    Aí que está, Dixietastic. Eu disse claramente no texto que não é sempre que isso acontece com uma série dramática. Nesses seriados, os canais vão prolongando sua existência até ela saturar.

    Grey’s foi um seriado com audiência média superior à 20 milhões. Hoje, já sondou a casa dos 10 milhões e deve ficar perdendo audiência até… GA não ser mais sustentável e ter um final melancólico. Assim como CSI.

    Se ER tivesse acabado quando seu protagonista saiu na 8ª temporada, eu apostava em uma audiência superior ou próxima aos 40 milhões, pois o seriado conseguia isso facilmente nas primeiras temporada. Mas foram prolongando, prolongando… até não dar mais.

    O mesmo com CSI. Se o último episódio fosse o com a saída do protagonista… audiência tão alta quanto.

    Encerrando: dramas não aproveitam muito bem uma hora certa para terminar. Vão além de seu formato, esgotam sua fórmula e acabam de maneira melancóloca.

  33. Dixietastic

    Mas aí que tá, em pé de igualdade, com exceção à The Mentalist, TODAS as séries que eu mencionei estão ou JÁ passaram da 6ª temporada e têm, de uma forma ou de outra, sua fórmula desgastada sim.

    Tu pega Grey’s Anatomy que como já foi citado por ambas as partes que teve média de 10 milhões de viewers durante toda a temporada e chega numa season finale com nada mais que 5 milhões A MAIS que a audiência regular, é um belo indicativo que se tivesse terminado nessa temporada, teria uma audiência muito superior a de Lost. Idem à House, CSI e NCIS que mantiveram audiência superior maior do que a de Lost, e olha que nenhuma dessas tiveram buzz ou foram Series Finale.

    Por isso que não é coerente falar que se fosse qualquer outra série no lugar, teria o mesmo resultado, porque os números aí estão justamente falando o contrário da tua coloção.

  34. Thiago Sampaio

    Mas Dixietastic, Grey’s, CSI e outras veteranas nunca que vão terminar por cima. Mesmo com a saída do protagonista em CSI na 9ªtemp, a CBS resolveu seguir com a série…

    ER, por exemplo, perdeu o protagonista no penúltimo do 8º ano (28 milhões) e teve um finale menor (22 milhões). Negócio que a finale do 10º ano de ER teve 24 milhões e a seguinte 18, depois 16, 9… e quando ficou abaixo de 10, fecharam no 15º ano com 16 milhões.

    Grey’s Anatomy ainda deve durar, pelo menos mais duas temps pq a protagonista diz que não quer ir além de 8. Na próxima temporada, sério, prevejo uma média inferior a 11 milhões. E quanto terminar no 8º ano… não deve fazer mais do que 15 no finale.

    Resumindo: todas as que você citou estão ou no pico ou ‘começando a cair’. A series finale delas serão quando estiverem em decadência ou próximo disso. É o que sempre acontece com dramas, por isso os finais de seriado não são os episódios de maior audiência.

    “Por isso que não é coerente falar que se fosse qualquer outra série no lugar, teria o mesmo resultado, porque os números aí estão justamente falando o contrário da tua coloção.” =T

  35. Dixietastic

    Mas é nesse ponto que eu bato. Se Grey’s ou House (que já tiveram em momentos melhores), que estão em suas respectivas 6ª temporadas, tivessem uma series finale nas mesmas condições de Lost nesse momento, sem dúvidas a audiência delas se sairia muito melhor. Não é coerente falar que qualquer série de drama nas mesmas condições obteria a mesma média porque não é verdade.

    E ER é outro caso, a 8ª temporada foi há uns 10 anos atrás, houve N trocas no elenco, foi extremamente desgastada e é descabida comparação com ela.

  36. Thiago Sampaio

    Se Grey’s ou House (que já tiveram em momentos melhores), que estão em suas respectivas 6ª temporadas, tivessem uma series finale nas mesmas condições de Lost nesse momento”

    Aí que está: esse “se” não existe.

    Séries dramáticas NUNCA terminam por cima. O canal vai renovando maravilhado com uma boa audiência, ignora pequenas quedas e sempre se chega num ponto sem volta. A última temporada é sempre a de menor audiência.

    E sim, o 8º ano de ER foi em 2002, mas o 11º (em 2005) e o 12º (em 2006) tiveram 19 milhões e 16 milhões respectivamente. Mais audiência do que Grey’s no 6º ano (e existia Grey’s em 2005 e 2006!), só que nas temps seguintes, o show ficou abaixo dos 10 milhões nos finales.

    Dou o exemplo de ER pq acompanhei anos a fio a audiência da série e ela é clássica: os canais nuna aproveitam o momento perfeito para encerrar um drama. Apenas com suas comédias. Já Lost, foi uma das raras excessões em que a própria produção disse “não queremos mais, vamos acabar agora”.

  37. zika

    Lost é eterno, mas o final não foi tão bom assim, até porque como a 6 temporada foi a pior de todas, muita gente parou de assistir.
    Whatever né, foi triste demais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account