Log In

Programação EUA TeleRatings

Audiência nos EUA na terça-feira, 9 de setembro

Pin it

Poster de FringeAh, lembra de quando ER e Friends mandavam na TV com médias de 30 milhões de telespectadores? E quando CSI e Grey´s Anatomy passaram a se matar por audiência, sempre na casa do 20 milhões? Pois é, estamos velhos. Isto é passado. O TiVo, os torrents, o iTunes e as centenas de canais de TV paga acabaram os grandes números da televisão americana.

Esta introdução é só pra dizer que você não vai ver nenhum número incrível na coluna desta noite. Fringe teve uma estréia bem mais ou menos, Privileged foi bem meia boca, o sucesso de 90210 foi uma miragem e as novas séries da HBO sequer decolaram.

Ranking por canal

Emissora NBC Fox ABC CBS CW
Média
(em milhões)
10,29 8,03 7,02 5,71 3,12

Ranking por horário

Hora Programa (Canal) Milhões de
Telespectadores
20h America’s Got Talent (NBC) 10.54
Fringe (Fox) – estréia 8.92
Wipeout (ABC) 7.18
Big Brother 10 (CBS) 6.97
90210 (CW) 3.31
21h America’s Got Talent (NBC) 12.60
Fringe (Fox) 9.18
Wipeout (ABC) 7.01
Fashion Rocks (CBS) 4.92
Privileged (CW) – estréia 2.93
21h30 Hole In The Wall (Fox) – estréia 5.11
22h Law & Order: SVU (NBC) – reprise 7.74
Primetime:Medical Mysteries (ABC) 6.88
Fashion Rocks (CBS) 5.24

A NBC foi a emissora mais assistida da noite em número de telespectadores, ancorada nas semifinais do show de calouros America’s Got Talent (o canal está batendo com o programa e vai exibí-lo outras duas noites esta semana). Mas a Fox foi a grande vencedora na amostra de 18 a 49 anos, com 2,9 pontos e 8% de rating (o segundo lugar foi da CBS, com 2,7/7 e o terceiro da NBC, com 2,4/6).

A Fox conquistou a liderança com a premiere de Fringe, a esperadíssima nova série do J.J. Abrams, em um episódio de uma hora e meia de duração. O desempenho do seriado foi controverso. A média foi de 9 milhões de telespectadores e de 3,1 pontos de 18 a 49 anos, abaixo dos últimos hits da Fox. No entanto, a série conquistou estes números sozinha (sem apoio do American Idol ou de algum evento esportivo). E na semana que vem terá House como lead-in, o que significa que o seriado tem tudo pra conquistar audiências de dois dígitos. E só ter qualidade para isto.

Já o game show Hole In The Wall estreou mal e não será estranho se ele sumir da grade em breve e só voltar no próximo verão.

E a curiosidade com 90210, pelo visto, era só curiosidade. O comentado spin-off de Barrados no Baile despencou de 4,91 milhões de telespectadores para 3,31 milhões. Queda de 33%, um terço. No amostra de 18 a 49 anos, a queda foi ainda maior, de 35% – de 2,6 para 1,7.

E 90210 caiu em várias amostras – foi só o quarto da noite entre o público de 18 a 34 anos. Mas, aparentemente, ainda foi o número um entre mulheres de 18 a 34 anos. Ainda falta uma informação para sabermos o real motivo da queda – pode ser que ninguém tenha gostado, é claro, mas o canal pode ter perdido em razão da concorrência com o final da temporada de The Secret Life of the American Teenager, da ABC Family (quando tivermos estes números nós certamente o publicaremos aqui).

Com 90210 perdendo o gás, a estréia do novo drama teen do canal, Privileged, também foi mal. A nova série da Joanna Garcia (Reba) teve 2,93 milhões de telespectadores e apenas 1,3 ponto de rating entre o público de 18 a 49 anos. Foi o programa de menor audiência da noite.

* * *

Quer saber os números da semana que passou? Como antecipamos, a NBC dominou a primeira semana da fall season. O canal teve 7 programas entre os 10 mais assistidos da semana que passou. O líder foi o futebol americano no domingo (18,35 mi). O programa não esportivo mais assistido foi o game show Deal or no Deal (5º lugar, 10,96 mi) e a única série a entrar no top 10 foi a estréia da nova temporada de Bones na Fox (10º lugar, 9,74 mi).

* * *

Saíram os números das estréias do domingo da HBO. E você se lembra de quando Família Soprano e Sex and the City batiam até nos canais de TV aberta? Bom, esqueça.

True Blood, a série de vampiros assinada pelo respeitado Alan Ball (A Sete Palmos), teve audiência média de 1,4 milhão de telespectadores. O número é completamente frustrante. Só pra comparar – em 2004, Deadwood teve 5,79 milhões. Em 2005, Roma teve 3,8 milhões. Em 2006, Amor Imenso teve 4,56 milhões. Em 2007, a contestadíssima John from Cincinnati teve 3,4 milhões. Brutal a diferença.

A quinta temporada de Entourage também estreou no domingo, comm queda. Teve 1,6 milhão de telesepectadores – a quarta temporada estreou no ano passado com 2,2 milhões.

O TV by the Numbers já prevê uma dura briga por audiência daqui a dois domingos. No dia 28 de setembro, Dexter e Californication estréiam na Showtime, exatamente no mesmo horário que vai ao ar True Blood e Entourage. Quem duvida que o discípulo pode derrubar o mestre?

* * *

Caros leitores, por motivos profissionais, não atualizaremos a TeleRatings nesta quinta, sexta e sábado. Voltamos na próxima semana, com uma coluna especial que trará um apanhado do que aconteceu nestes dias. Obrigado a todos pela compreensão.

Coluna editada a partir de número fornecidos pelo instituto Nielsen (dados de exibição ao vivo mais programas assistidos em DVR no mesmo dia) e com informações dos sites TV by the Numbers e Los Angeles Times.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

15 Comments

  1. Nanda

    A audiência desse show de calouros me deixa enojada.

    E alguém assistiu True Blood? Estou louca para ver.

    Paulo, como anda a audiência de Mad Men, você sabe?

  2. Rodrigo

    Nossa…
    Os americanas realmente cansaram de televisão…
    Queda livre…
    Triste isso

  3. Fernando dos Santos

    Não vai ser surpresa se o Showtime derrotar a HBO daqui a duas semanas.Há tempos que um vem crescendo e o outro descendo.Nem o Alan Ball conseguiu melhorar a situação.
    A estréia de Fringe eu acho que da para chamar de empate para a FOX.Foi boa para os padrões do canal mas fraca para uma série do J.J.Abrams e que teve grande divulgação desde o início do projeto.
    E para 90210 a coisa só tende a piorar, pois ainda nem estrearam as novas temporadas de Heroes e Chuck.

  4. Luis Felipe

    Até que esse piloto de True Blood deu uma melhorada em comparação com aquele pre-air que vazou. Vamos ver se o Alan Ball consegue fazer do show um hit. Tenho minhas dúvidas…

  5. Paulo Fiaes

    Paulo, a audiência de 90210 e privileged n foram ruins, se comprararmos com o ano passado da cw, agora claro, q eles deveriam querer mais. e me diz uma coisa, há uma noticia circulando que a cw pode falir, é verdade?

  6. Alessandro

    Eu gostei de True Blood! Achei uma série… estranha e diferente! Mas interessante! E fiquei com vontade de conferir o próximo episódio! Só que como é uma série estranha, ainda não deu pra perceber qual a dela, qual será o enredo principal da temporada… Enfim, acho que vai ser preciso conferir masi uns 3 episódios pra sacar se vai ser boa ou não!

  7. Jordan Bruno

    A HBO ainda é a mestra (ou mestre)… o Showtime ainda vai chegar lá, tipo, quando eles tiverem 105 indicações nos prêmios Emmys … mas que a HBO precisa fazer uma série boa rápido eles precisam … A HBO tem errado demais (John from Cincinatti, Tell me you love me …eca!) ….

  8. Cristiano (Highlander_Master)

    Ta faltando sangue na HBO… Eles abandonaram a violencia no canal, talvez True Blood cumpra isso.

    A audiencia de True blood não foi tão ruim assim… Roma dava a audiencia parecida com essa aí, e teve até segunda temporada com custos altissimos.

    O bom dessas audiencia um pouco abaixo da media, é que as emissoras vão pensar umas 10 vezes antes de cancelar uma série que por exemplo tenha apenas 7 milhões em audiencia.

    Fringe teve 2 horas de exibição, e melhorou a audiencia na segunda hora, e o lider do horario também. Talvez a partir da proxima semana a serie tenha uma audiencia melhor, levo fé nessa série, mas vou esperar passar na warner pra assistir.

  9. Eudes Junior

    A Pior coisa da tv americana foi a fusão da WB com a UPN para formar a CW. Gente alguem aki se lembra como a WB tinha média muito superiores a essas, era raro uma série que naum tinha 4 milhoes de espectadores pelo menos. A WB já voltou na internet, será que volta na tv?

  10. Victor Hugo Guimaraes Soares

    A CW vou do céu para o inferno em uma semana.. que coisa não!
    As estreias não convenceram, apesar de “FRINGE” vai ter seu real teste semana que vem com apoio de “House”.
    é um apena que “90210” tenha perdido um publico em questão de uma semana…

  11. Gilberto Guerra

    Comparando esses números com os do ano passado dá para observar uma grande queda da audiência em todos os canais. Acho que os principais motivos são: 1º) O maior acesso a internet, 2º) A Era dos jogos eletrônicos, 3º) Maior concientização a respeito de atividades saudáveis e 4º) tudo isso foi ampificado pela greve dos roteiristas, que não tendo opção de boa programação buscaram formas alternativas de lazer. Provavelmente a audiência nunca retornará aos patamares anteriores.

  12. Junim

    Cristiano (Highlander), Fringe teve apenas 90 minutos de exibição, e não de duração. Como tática pra aumentar a audiência, a Fox está investindo em comerciais menores, e como consequencia, episódios maiores.

    Dos 90 minutos de exibição, Fringe ficou no ar 80 com só 10 minutos de comerciais.

    Agora senti vontade de ver True Blood!

  13. Cesar

    Concordo com o que o Gilberto Guerra comentou. A queda de audiência geral é reflexo dos diversos fatores expostos por ele. De todos, acredito que a greve dos roteiristas tenha sido o mais grave, pois ver TV é costume. Quando mostraram que havia alternativas, o costume começou a ser questionado.

    Mas eu ainda espero a volta dos “grandes líderes” para ver o comportamento real da audiência.

  14. michel

    é gente lembra de um ditado

    NADA MAIS SE CRIA TUDO SE COPIA OU NAO TEM O QUE CRIAR

    seriados acabaram ate 1994 depois so porcaria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account