Log In

TeleRatings

Audiência nos EUA na sexta-feira, 27 de fevereiro

Pin it

Eliza Dushku em DollhouseA situação está mesmo feia pros seriados de ficção científica da Fox nos Estados Unidos. Terminator: The Sarah Connor Chronicles e Dollhouse estão perdendo audiência. Deve ser culpa de Ghost Whisperer, que está assombrando a concorrência!

Ranking por canal na sexta-feira

Emissora CBS ABC NBC Fox CW
Média
(em milhões)
10,12 5,79 4,75 3,77 1,30

Ranking por horário

Hora Programa (Canal) Milhões de
Telespectadores
20h Ghost Whisperer (CBS) 11.57
Wife Swap (ABC) 4.63
Howie Do It (NBC) 4.56
Terminator: The Sarah Connor Chronicles (Fox) 3.42
Everybody Hates Chris (CW)- reprise 1.55
20h30 Howie Do It (NBC) – reprise 4.04
The Game (CW) – reprise 1.25
21h Flashpoint (CBS) 9.17
Supernanny (ABC) 5.55
Friday Night Lights (NBC) 4.22
Dollhouse (Fox) 4.13
Everybody Hates Chris (CW)- reprise 1.07
21h30 The Game (CW) – reprise 1.33
22h Numb3rs (CBS) 9.61
20/20 (ABC) 7.10
Dateline (NBC) 5.79

Sinto informar, mas a nova programação de sci fi da Fox naufragou. O canal perdeu mais audiência na última sexta-feira e agora tem média inferior a 4 milhões de telespectadores. O canal também ficou empatado com a NBC na quarta colocação entre o público de 18 a 49 anos – o que não deveria acontecer, já que a NBC tem na grade episódios de Friday Night Lights que sequer são inéditos.

Terminator: The Sarah Connor Chronicles voltou a cair – a média foi de 3,84 milhões de telespectadores e apenas 1,3 ponto na amostragem por idade. A este ponto a crítica especializada já especula que a única chance da Fox renovar a série é pela expectativa de retorno de marketing que virá com o filme Terminator Salvation.

Dollhouse, como alertei na semana passada, caiu para o quarto lugar em audiência. A série não perdeu muita audiência, só 2%, mas perdeu posição para Friday Night Lights, que vem recuperando público.

Na amostragem por idade, Dollhouse caiu para terceiro lugar – é, a vantagem que a série de Eliza Dushku tinha para Flashpoint durou só duas semanas.

Aliás, Flashpoint foi a líder no horário, com 1,9 ponto – batendo Supernanny (1,8), Dollhouse (1,6) e FNL (1,5). Viva o Canadá!

Com episódios inéditos de todas as suas séries, a CBS voltou a ser a emissora líder da noite, em todos os critérios de medição. O puxador dos ratings foi Ghost Whisperer que teve sua maior audiência desde o episódio de 14 de novembro, aquele em que Melinda (Jennifer Love Hewitt) lidava com a morte do Jim (David Conrad). Ou seja, esta trama do morto incorporar no corpo de um outro morto pode ter sido uma das coisas mais idiotas que já vi na TV, mas está dando retorno.

Por problemas pessoais, vou ter que publicar uma coluna mais curta hoje. Amanhã eu volto com os números do domingo (que teve a volta de O Aprendiz) e da segunda-feira. Até lá.

Coluna editada a partir de número fornecidos pelo instituto Nielsen (dados de exibição ao vivo mais programas assistidos em DVR no mesmo dia) e com informações do site TV by the Numbers.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

25 Comments

  1. anderson

    A culpa não é de Ghost Whisperer nao, a culpa é dos executivos da fox que nao pendsam em oputra coisa além de American Idol, e colocam as outras séries em segundo plano.
    Ainda penso que Dollhouse tem todo um potencial desperdiçado na Fox, imagino essa série na NBC por exemplo, ganharia um dia e horário atrativo pelo menos.

  2. Rafa Bauer

    Não sei quanto a Sarah Connor, mas Dollhouse é ruim de doer. Eu estava esperando muito, levando muita fé, mas vi os primeiros dois episódios e achei muito, mas muito ruim. Nem parece feita por alguém já tão experiente em desenvolver séries de TV.
    E o pior é tentar tanto ser o novo Alias. A protagonista feminina, com passado nebuloso, perturbada, que assume novas personalidades a cada episódio (a Sydney Bristow fazia isso, mas por disfarce), a relação que ela tem com aquele negro (como a da Sydney com o Dixon).

    Enfim, acho que a série está perdendo audiência pq as pessoas que estão se predispondo a acompanhar estão desistindo…

  3. Andrew Maxwel

    Rafa, concordo contigo. Dollhouse é péssima, só não acho que tenha muito a ver com Alias, mas é interessante seu ponto de vista.

    E culpar a Fox pelo fracasso da série é apenas um subterfúgio daqueles fãs de Whedon que o consideram um deus e não conseguem conceber que ele criou algo tão grotesco.

  4. Juninho

    TSCC Está cada vez pior,a série é muito boa e não merece mesmo o cancelamento,gostaria muito de ver pelo menos mais duas temporadas,mas ainda há esperança,apesar desse dia(SEXTA) não ajudar em nada;Dollhouse não é tão ruim assim como o Rafa falou,mas acho que se estivesse na NBC estaria do mesmo jeito,já que a emissora não anda muito bem das pernas,e por falar em NBC,há unica boa noticia da semana é o pequeno crescimento de Friday Night Lights,torcer pra crescer mais e garantir uma quarta temporada.

  5. Mica

    Poxa, Rafa, Dollhouse é completamente diferente de Alias. Alias era ruim de doer (sim, eu vi do início ao fim então posso falar) e Dollhouse ao menos parece ter cérebro. É claro que para ter certeza preciso esperar as temporadas desenvolverem, mas por enquanto, embora não seja 100%, ela demonstra que vai chegar em algum lugar se as pessoas prestarem atenção e derem uma chance.

    Agora, não me conformo em terem enfiado TSCC e Dollhouse para sexta-feira (e nem fazerem aquelas propagandas medíocres com as duas).

  6. Rafa Bauer

    Mica: eu gostei muito de Alias nas 2 primeiras temporadas, achei a terceira mais ou menos, a quarta fraca e a quinta nem consegui terminar de ver.

    Agora Dollhouse não estou aguentando. Mas vou ver até onde ela for (eu aposto em no máximo 13 episódios, como Firefly).

    Ah, esqueci de mencionar outro ponto negativíssimo em Dollhouse: Eliza Dushky pode ser bonitinha, simpática, mas é uma péssima atriz. Pra mim, nível malhação.

    E não aguento mais ela fazendo uma cara de idiota e dizendo “Did I fall asleep?”

  7. Fernando dos Santos

    Eu acho que não tem jeito mesmo, assim como Chris Carter só emplacou Arquivo X, o Joss Whedon terá apenas Buffy como seu unico sucesso.
    Angel também teve êxito, mas era spin-off da caça-vampiros.

    Eu gostava de Alias, mas confesso que no início aquela inusitada misturada de sci fi com thriller de ação-espionagem me causou estranheza.Porém, logo me acostumei e curti muito a série até a terceira temporada.
    Concordo que a partir do quarto ano ela começou a declinar e no quinto só piorou, mas enquanto estava no auge foi uma das séries mais eletrizantes da década.O problema é que uma mescla de gêneros tão unusual só pode dar muito certo(temporadas 1 a 3) ou muito errado(o que acabou acontecendo a partir da temporada 4).

  8. Pedro Paulo

    A NBC realmente não está bem. A líder de audiência do canal é uma série de mid-season que o canal nem dá tanto suporte assim: Medium, com 8,5 milhões de espectadores, na frente de Heroes, que tem campanha maciça.

  9. Rodrigo B.

    Well…eu tô gostando-ish de Dollhouse. Tem alguns bons momentos, alguns bons diálogos, algumas coisas que remetem ao Whedon, embora concorde com alguns aí que, no geral, a série ainda não tenha mostrado ao que veio. Mas como o próprio Whedon disse que o público precisa ter paciência com os primeiros episódios, farei a vontade do Mestre. Quem me deu sete anos de Buffy merece crédito.

    Focando na questão da audiência, eu espero e torço pra que DHL não fique abaixo dos 4 milhões. E até acredito que os fanbase do Whedon vai segurar a audiência nesse limite por mais alguns episódios, mesmo que a série ainda não seja uma grande maravilha. A questão é que em algum momento, a série vai ter de engrenar, senão não há fã que aguente.

    No mais, Flashpoint não retem mais tanta audiência de GW quanto retia antes, o que acaba afetando também os números de Numb3rs. Ainda imagino que a CBS possa testar Close to Home as 21:00 horas quando os episódios de Flashpoint acabarem(e acredito que ela se sairia melhor do que a série canadense).

  10. Rodrigo B.

    Geez, acabei de ressucitar Close to home. :)

    Entendam Cold Case no meu comentário acima.

  11. Gilberto Guerra

    PÔ! A 1º e a 2º temporada de Alias foram excelentes, a 3º foi boa e as últimas foram esquizitas. Não tem nem como comparar com DollHouse que desde o início já se demonstra uma aberração de ruim.

  12. Alessandro

    Eu ainda acho que as duas primeiras temporadas de Alias são as melhores temporadas das séries EVER!! Eu, mesmo sendo fã de Alias, admito que a partir da terceira temporada a série caiu muito. Mas as duas primeiras são perfeitas! Não entendo como a Mica pode não gostar… =/

  13. Rodrigo B.

    Raruiz,

    Em minha defesa, eu confundo as duas séries desde que a Warner passava um comercial do estilo “segunda das loiras”(em referência a Lilly Rush e a loira de Close to home), quando as duas séries passavam em sequência. Como eu não assistia nenhuma das séries, eu nunca sabia qual era qual. :p

  14. Rodrigo B.

    Aliás, só complementando o inútil comentário acima: o comercial também fazia referência a uma bela loira de Without a Trace, outra série que eu também não assistia.

  15. Marco

    E sobre a NBC, o surreal: mesmo Medium indo bem , existe risco de cancelamento.

  16. Cristina

    Nossa quanta cueca! Nenhuma mulher assiste Dollhouse não? Eu assisto e sempre gostei da Eliza, mas não vou mentir tava com cara de bomba antes mesmo de estrear…

  17. Chelsea

    Nunca assisti Dollhouse, mas confesso que estou feliz por FNL estar com uma audiencia maior que a dela (ainda mais por ser reprise). GO PANTHERS! (ou será Lions?????)

  18. Fabio Peixoto

    Triste por Dollhouse mas muito feliz por FNL, ainda que falte muito para ter potencial para uma quarta temporada.

    Clear eyes, full heart, can’t lose!

    E sim, GO PANTHERS!

  19. Mica

    Eu sou mulher, eu assisto Dollhouse e gosto, e embora eu adore a Eliza Dushku, acho que ela é uma das coisas que menos deram certo na série.

  20. Diego Cardoso

    Eu comecei a ver Alias e simplesmente não consegui continuar. Tive a ligeira impressão (isso para não dizer certeza absoluta) que estavam tantando criar a nova “La Femme Nikita”. Mas como a Jennifer Garner não tem mentade do carisma e talento de Peta Wilson para esse tipo de papel, realmente não aguentei e desisiti ainda nos primeiros episódios (isso sem contar que as orelhas de elfo da Jennifer Garner me chamavam mais atenção do que qualquer outra coisa nela).

    Quanto a Eliza Dushku, discordo que elas seja apenas a “gostosinha sem talento”. Acho ela uma excelente atriz. Passei a admirá-la em Tru Calling. Buffy nunca tive paciencia para acompanhar, pois achava a série um porre. Angel na minha opinião era mil vezes melhor. Não considero Whedon um Deus como muitos consideram. A única produção dele que realmente me tornei fã foi Firefly. Tenho acompanhado Dollhouse e sinceramene gostei da série. Acho que a série tende a crescer em qualidade daqui para frente, basta ter paciência. Mas de verdade, não escondo minha felicidade por ver Friday Night Lights se recuperando nas noites de sexta, ainda que o crescimento não seja tão expressivo. Mas fico na expectativa de uma quarta temporada. Então, como os amigos aí de cima já disseram:

    CLEAR EYES, FULL HEARTS, CAN’T LOSE!!! GO PANTHERS!!!!!!!!!

  21. wizard

    ALIAS ERA BEM LEGAL TANTO QUE ASSISTI TODAS AS TEMPORADAS. JÁ Dollhouse MEUS AMIGOS É SÉRIA CANDIDATA A PIOR DO ANO.

  22. Isabela

    Na boa, falar que uma série É péssima depois de TRÊS episódios que declaradamente tiveram interferência por parte do canal é injustiça. Assim como tem gente que aguentou e ainda aguenta Heroes, mesmo achando ruim e vê só por causa do que ainda resta daquele hype gigantesco inicial.

    Depois reclamam das séries boas que não duram muito, mas assim não dá, né? Tem série que faz primeiros capítulos impecáveis, são renovadas e depois não têm mais história pra contar, enquanto outras são canceladas logo de cara sem nem terem tempo de se desenvolver porque não quiseram esperar por isso, desenvolvimento.

    Se os fãs do Whedon insistem em Dollhouse é porque sabem do que o cara é capaz. Ele tem alguns fãs idiotas, sim, mas eu pelo menos quando peço paciência é porque espero que nos episódios que deixaram a equipe em paz pra trabalhar é porque sei que ele também sabe o que faz, como já foi mostrado muitas vezes ao longo de suas criações.

    Maaas eu concordo que a Eliza tá aquém do esperado. Adorava ela como a Faith, mas em Dollhouse ela tem parecido forçada, às vezes querendo mais parecer bonitinha, não sei. Tomara que a performance dela melhore nos próximos episódios.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account