Log In

Programação EUA TeleRatings

Audiência nos EUA na segunda, 17 e terça, 18 de maio

Pin it

Morena Baccarin em VA última coisa que eu queria, ainda mais numa semana como essa, cheia de finais de temporada, era atrasar a coluna de audiências. Sinto por isso, mas foi só por um dia e dessa vez temos os números de seis season finales e mais outras séries com temporadas em plena reta final. Uma delas é V, da ABC.

Diferente de Flashforward, concorrente direta por uma renovação, V não fora cancelada. Com uma audiência absurda em seu piloto, a série sobreviveu aos quatro meses de hiato e um retorno em baixa. Lost como lead e uma temporada de apenas 12 episódios ajudou, mas o fato é que V, mesmo encerrando seu primeiro ano com 5,87 milhões, está pronto para outro.

Só que antes da terça, vamos aos números da segunda-feira.

Ranking por horário da segunda-feira, 17 de maio *

[table id=109 /]

* A tabela leva em conta a audiência preliminar do instituto Nielsen, que mede a audiência americana e só libera os números finais algumas horas depois, ao final da noite.

Foram quatro os finais de temporada na segunda (17). Às 20 horas, o destaque vai para House, que no término de seu sexto ano voltou à casa dos 10 milhões na audiência geral e venceu na demo 18-49 anos (o público preferido dos anunciantes) o reality Dancing With the Stars, da ABC. Completam o horário How I Met Your Mother, com uma queda discreta nessa semana, e Rules of Engagement, que venceu sua batalha pessoal contra The News Adventures of Old Christine e Accidentaly on Purpose, na CBS, e conseguiu ser renovada.

Além disso, na NBC, temos a também renovada Chuck, que não chegou aos 2 pontos na demo e perdeu mais um pouco na audiência geral. Diga o que quiser do pavão, mas o canal vai até o fim com determinados programas: enquanto que toda a lógica conduzia para o cancelamento de Chuck, o agente nerd acabou tendo mais uma oportunidade (algo que Heroes não conseguiu). Então… parabéns à série e a seus fãs.

Completando o horário temos a highlander One Tree Hill, que depois de uma temporada consistente, garimpou seu 8º ano na CW. Curioso que, dessa vez, sua audiência foi inferior à season finale de Gossip Girl, à 21h, que já fora previamente renovada. Completam a segunda hora do primetime DWtS, que aproveita a ausência de House pra melhorar seus números e o seriado 24 Horas, da Fox, que voltou à casa dos 3 pontos. Nota pessoal: essa reta final está brilhante e se a temporada tivesse começado assim, a série não teria sido cancelada. Que venha o final de temporada na próxima segunda!

Entre as comédias, temos o podre de rico Charlie Sheen, em Two and a Half Men, que renovou seu contrato para mais duas temporadas, e The Big Bang Theory, da CBS. Observem na tabela que os nerds não confrontaram a dança da ABC, mas é válido dizer que Sheldon e companhia, gastando muito menos, fizeram muito mais do que Charlie e companhia: 5,4 pontos na demo foi o pico da noite, e os 14,75 milhões de telespectadores significam a maior audiência geral entre os seriados. E já ciente dessa força, a CBS vai exibir The Big Bang Theory, na próxima temporada, às 20h das quintas… Completando, às 21h30, o cancelado-falso-positivo Romantically Challenged derrubava o que recebia de Dancing

Finalmente, às 22h, a quarta finale da noite: Castle, apesar de subir consideravelmente o que recebeu de Romantically, não fez o suficiente para superar CSI:Miami e ficou atrás de Caruso em seu final de temporada. Além disso, na NBC, Law & Order, a veterana-cancelada-mas-à-procura-de-uma-vaga-na-cabo, fez novamente números baixos. No alto de seus 20 anos, o seriado ficou atras da concorrência tanto às 21h, quanto no final da noite, apesar de subir um pouco nessa faixa. E na próxima semana, seu último episódio pela NBC. E talvez último de sempre.

Ranking por horário da terça-feira, 18 de maio *

[table id=110 /]

* A tabela leva em conta a audiência preliminar do instituto Nielsen, que mede a audiência americana e só libera os números finais algumas horas depois, ao final da noite.

Na terça (18), American Idol e Glee, da Fox, venceram com facilidade a concorrência. Verdade que o Idol venceu nos dois quesitos (audiência geral e público de interesse do mercado publicitário), enquanto que a comédia músical venceu “apenas” na demo (o apenas é aspeado, pois esse público é tecnicamente mais importante do que qualquer outro).

Tirando a CW, a ABC amargou a última posição na demo 18-49 anos às 20h (impressionante como The Biggest Loser, da NBC, consegue muito mais com tão menos telespetadores), enquanto que às 21h, NCSI:LA ficou nos extremos. Apesar de liderar no público geral com 15,23 milhões de telespectadores, o pericial da CBS amargou a última posição na demo nesse horário. Fazer 3,1 pontos é algo brilhante nos dias de hoje, mas não chega a ser “esquisito” que a concorrência fique na casa dos 4 pontos com quatro ou cinco milhões de telespectadores a menos?

Finalmente, às 22h, o season finale mais importante da noite (90210 também encerrou sua temporada, mas… sério?) foi o de V. E quem diria: última posição em todos os quesitos. A série dos invasores até que empataram na demo com The Good Wife (que precisa incrementar essa fatia de sua audiência), mas ficou 0,3 pontos atrás de Parenthood. Com menos de 6 milhões de telespectadores novamente, o sci-fi renovado da ABC precisa se esforçar mais na próxima temporada, para justificar essa renovação.

E Lost? Bem, teremos o nosso “Lost Day” nesse domingo e segunda, quando a série tiver seu último episódio exibido pela ABC e daremos a devida atenção numa coluna dedicada à série. Só que pra ser honesto, eu esperava um audiência um pouco maior nessa reta final, não um acréscimo de apenas 5%… Veremos como será seu desempenho nesse domingo.

TV a Cabo

Como a coluna ficou grande demais, jogo rápido na TV por assinatura americana: na segunda (17), 10 Things I Hate About You fez, pelo ABC Family, 798 mil telespectadores com 0,3 na demo. A dupla do Showtime, Nurse Jackie e United States of Tara fez respectivamente 729 mil e 557 mil telescptadores, com 0,4 pontos na demo para Jackie e 0,3 para Tara. E na ESPN, 7,11 milhões de telespectadores para mais uma partida dos Playoffs da NBC, sendo que na demo foram ótimos 3 pontos. Infelizmente, continuarei devendo os números das séries nessa última sexta-feira (14).

Séries citadas:

34 Comments

  1. aristóteles

    TBBT foi pro horário de Survivor, né?
    VAmaos ver se V aumenta a audiência na proxima temporada…

  2. Amanda

    Thiago, por que o teleséries ainda não publicou os upfronts das emissoras que já divulgaram?

    Resposta do Paulo: Caros, esta semana, a maioria dos colaboradores teve que se ausentar por problemas pessoais – eu, a Clara, o Thiago e por isto optamos por deixar o noticiário em segundo plano. Amanhã queremos publicar material especial sobre os upfronts.

  3. Fernando dos Santos

    Fico na torcida para que V e Chuck melhorem seus números na próxima temporada, agora que ambas garantiram renovação.

    Estou torcendo também para Law & Order conseguir uma vaga em algum canal a cabo.Acho que o grande obstáculo vai ser o custo de produção da série, que eu suponho seja alto para os padrões da tevê a cabo.Mesmo assim espero que a negociação dê certo e L&O atinja a marca histórica de 21 temporadas.

    Eu só posso crer que foi mesmo o horário de verão que derrubou os números de NCIS e NCIS:LA na demo.Até algumas semanas atrás a matriz quase atingia a casa dos 4 pontos e a filial também não fazia feio.Espero que em suas season finales ambas obtenham desempenho melhor.

  4. Leandro

    É mesmo, todo ano o Teleséries publica religiosamente a fall schedule dos canais. Até agora nada.

  5. anderson

    House começo dando mais de 6 pontos na temporada, fizeram um show pirotecnico no site por isso, depois seguiu-se uma temporada mediocre na qualidade e acabou com 4 pontos. “Parabéns” realmente merece a grana que paga pro “ator’ principal.

    Alguam dúvida que Charlie Sheen iria renovar? A CBS não é louca, precisa dele as segundas, ainda mais que TBBT vai agora pras quintas.

    E eita coluninha tendenciosa neh? Glee ultrapassou para baixo a barreira dos 5 pontos na demo e algum comentário? nada. Lost sobe 5% é considerado “pouco” Glee cai de 5,1 para 4,8 caindo portanto 6% e??? Nada. Viva a imparcialidade!

  6. Celso

    Jack Bauer voltando a ser o Jack das 1as. temporadas.
    Matou uma penca a sangue frio. Go Jack the Ripper!!!!!

  7. Matheus

    Anderson,

    Não tem comparação, não há como julgar a queda de um seriado que esta na 1ª temporada, com o penúltimo (se não me engano) episódio de LOST. Eu sou fã de Glee, porém eu achei que nessa altura do campeonato, Lost estaria arrebentando a “boca do balão”.

  8. anderson

    Vlad, não estou falando da semana passada para essa. mas no quadro geral.

  9. Dudu's

    Querer que House faça sempre 6.0 pontos, é pedir para ser American Idol. Mas tudo bem, 4.2 foi baixo, esperava uns 4.5 -.

    E eu concordo com o anderspm até. Lost subir 5% não foi “pouco”. Glee pode até ter feito os mesmo 4.8 da semana passada, mas há algumas semandas atras, estava fazendo 5.4 . Foi uma grande queda.

    =

    Ainda não acredito que a CBS mudou TBBT de horário. Se fosse na segunda, tudo bem, mas jogou para as quinta. :(
    Pior que isso, só CSI:NY.. Sexta-feira-morta-neles.

  10. Lucas

    Anderson,deixa de ser chato.Defende a audiência de Lost e fala mal de House?
    Os dois têm a mesma audiência!
    Mas não levo seus comentários a sério,pois sei que são movidos pela raiva a série e não pela razão.

  11. Thiago Sampaio

    Pessoal, quanto à cobertura da programação americana, eu sinto muito. Foi chato mesmo não noticiar alguns acontecimentos, mas não deu tempo. Infelizmente, temos outras atividades além do Teleseries… Digo pessoalmente que, colocar essa coluna à tarde, correndo no almoço, já é um esforço tão grande… Infelizmente, algumas coisas tiveram que ceder.

    E Anderson, as vezes é díficil (e muito chato) argumentar contigo.

    Acrescentando o que o Lucas falou no coment 12 (essa sua ladainha com House ficou um porre, irritante, e uma paródia que não acrescenta mais em nada pra ninguém), o drama médico da Fox e Lost tiveram a mesma audiência essa semana. 4,2 pras duas.

    E apesar de tentar ser imparcial (não existe 100% de imparcialidade no jornalismo… todos somos humanos), nunca desmereci Lost. Na verdade, não assisto e não gosto da premissa de Glee, mas no comparativo, poucas séries conseguiam sustentar a demo que recebia de American Idol. Glee caiu com o tempo, verdade, mas quase 5 pontos nos dias de hoje é alarmente!

    Quanto à Lost: “Já Lost, às 21h, subiu 0,1 ponto em relação à semana passada e 1000% em meu conceito (ainda estou boquiaberto com o episódio desse dia, amanhã sai a review). A série se manteve abaixo dos 4 pontos e pareceu não se beneficiar da reprise de NCIS: Los Angeles, mas levando em conta os fatores que sempre cito aqui (sci fi, arco contínuo, seis anos de duração, dura competição), a série segue indo muito bem.

    Escrevi isso na coluna de Ab Aerterno… Anderson, diminua essa ladainha com House e a exaltação com Lost, que você vai conseguir interpretar com mais exatidão os textos dos outros, ok?

  12. anderson

    Dudu´s, até estranhei você concordar comigo. huahuahu

    Thiago, House e Lost tiveram audiência iguais na demo. Ok! Mas House em season finale. Esperava-se mais. E eu critico a qualidade da série, algo q vc tb ja criticou.
    Sim, eu exagero nas críticas a House, reconheço, mas também ja exageraram (e muito) nos elogios à ela no passado. Isso é um ambiente democrático não é? Assim como tem gente que faz críticas sem sentido a Lost não tenho eu o direito a criticar (as vezes exageradamente) House?

    E esse modismo de chamar de xiita o fã de Lost? Basta alguém aqui se manifestar a favor da série que ja é rotulado de “exagerado, teimoso, prepotente”. Enfim. Isso que dá pessoas levarem pro lado pessoal uma crítica a determinada série ou ator. (não estou falando de você, mas muitas pessoas aqui parecem que são filhas do Hugh Laurie, não pode nem questionar a capacidade do cara que ja caem matando).
    Enfim, recado dado e entendido, irei me autocensurar (infelizmente) quanto a House, vou deixar o tempo fazer a parte dele, afinal eu falava que a série não era isso tudo desde da terceira temporada, hoje esta se percebendo que realmente não era.

  13. Thiago Sampaio

    Critiquei House no último Lá Fora… curioso que você concordou 100% sobre eu achar que essa temporada não foi coesa, mas ignorou por completo quando eu elogiei a atuação de Laurie. Tudo bem, democracia serve pra isso.

    Mas tem que usar de sensatez, né? House foi season finale, beleza, mas Lost está em sua reta final… foi seu último episódio numa terça-feira. Além do mais, nem gostar de chamar de xiita, gosto.

    Compreendo e muito quem não esteja aproveitando essa reta final de Lost, mas… sério que não se lembra das reviews q fiz na série? Lembro-me de você comentar em todas e sempre exaltei a qualidade da série. Não há dúvidas disso. Mas é Lost! Em sua reta final! Penúltimo episódio! E não chegou aos 11 milhões… Não seria sensato imaginar isso? Por isso mencionei isso no texto.

  14. Dudu's

    Não vou me meter na parte House-Não House..

    Mas sobre a audiencia de Lost, é só comparar com 24 horas. Outro seriado que está acabando semana que vêm, que ja teve muita audiencia, mas que agora, está tento “baixos” indices..
    Mas na verdade, eu acho que tanto Lost comoo 24, vão ter audiencias altas nas suas series finale.

    Mas eu acho que na temporada final, o pessoal só vai ser lembrar da audiencia do ultimo episodio.

    Mas eu não me importo que esses ultimos episodios tenham uma audiencia geral baixa. O que importa mesmo é o demo. E nisso, Lost está indo muito bem.

  15. sergio

    Olha eu visito sempre o site, mas comento pouco. Me lembro saudosamente das reviews do marquinhos de Everwood. Isso são o que? 6 ou 7 anos. Mas não comento muito porque sempre pego os coments quando eles não estão mais bombando.
    Uma coisa é verdadeira: o anderson realmente já criticava a série House quando a série era super elogiada, indicada a tudo quanto é prêmio e chegava a 25 milhões ou 30 milhões na audiência. E todos discutiam com ele, porque usavam esses argumentos contra as opiniões dele. Até eu pensava “como alguém pode criticar uma série que tenha tanto sucesso?”
    Mas aí passou o tempo, a quarta temporada já foi meio cambaleante, e o negócio ficou feio na quinta. Essa sexta temporada mesmo foi uma descida de nível sem tamanho. Tirando o primeiro episódio, o resto eram sombras do que a série ja foi. E ai sabe o que eu acho que aconteceu? As críticas do anderson passaram a ter sentido e o povo que antes soh argumentava passou a chamar de chato, pq não tinha mais argumentos a utilizar mesmo.

    anderson, você exagera sim, mas não tá errado e não concordo com esse “enquadramento” dado pelo Thiago. Autocensurar-se não vale nada, talvez cuidar no jeito que você fala. sinto que muitas coisas que você diz é em tom irônico, e muita gente não entende, leva ao pé da letra e se ofende. Mas anderson, já pensou que chato seria se não existissem as opiniões contrárias? O site iria virar fã clube daí. Portanto não se cala não. um abraço ao pessoal do site, sempre um ótimo trabalho.

  16. anderson

    Concordei 100% com a falta de coesão da temporada, porque é uam realidade. Não concordei com o seu elogio à atuação do cara pq nunca elogiei ele. Seria concordasse aí sim seria insensato.

    Sim, lembro de sua reviews e sempre achei muito boas, pq vc fazia uam crítica sem exageros ou sem frases do tipo “ai não consigo gostar do jack”.

    Enfim, pra por panos quentes nisso, sim Lost deveria ter mais audiência, pelo buzz todo que gera. Mas eu acho louvável uma série em sexta temporada, competindo contra Glee que tem American Idol como lead in conseguir aumentar 5% a audiência. Alguém mais consegue? O que a ABC vai colocar no lugar temporada que vem? Será que aguenta o tranco? Eu acho que não.

  17. Pedro Paulo

    Eu parei de assitir Lost no final da 4ª temporada.

    Mas lembrem-se que ER em seu penúltimo episódio fez 11 milhões e no último disparou para 16, 17 milhões.

    Então acho que Lost pode fazer essa faixa tranquilo.

  18. Thiago Sampaio

    Sergio, todo mundo argumenta o que quiser. O Teleseries tem um espaço aberto em cada post exatamente por isso. Mas há limites, cara. Tudo tem limite. Sim, Anderson desde que frequenta o site fala mal de House, mas… sério que iso é necessário?

    Eu não suporto Grey’s Anatomy e tenho milhões de argumentos pra sustentar isso. Em diversos textos antigos que eu fazia, vez ou outra cutucava a série médica da ABC. Mas vi que comecei a exagerar, os fãs começaram a ficar chateados… aí maneirei. Mesma coisa com American Idol, quando comecei no TeleRatings. Diminuí e muito o tom contra o reality. E um dia farei o mesmo com algumas séries da CW.

    Não me “autocensurei”. Apenas tive o bom senso de que já falei o suficiente, e não vou ajudar em nada pra quem gosta – pelo contrário – aí resolvi deixar isso de lado. Pronto, não falo mais com tanta veemencia sobre coisas que não gosto. Parabéns pro Anderson se o Laurie é Hu(r)gh e se há 4 anos ele vem falando mal da série… mas já são quatro anos disso. As vezes cansa. Algumas colunas atrás ele mesmo admitiu que é perda de tempo argumentar racionalmente sobre isso, então ele tbm podia fazer a caridade de fazer a gente não perder nosso tempo, né? Fale mal, mas baixa um pouco o tom. Já sacamos.

  19. antonium

    eu também critiquei essas ultimas temporadas do house que vem decaindo muito e nem por isso acho que é preciso uma autocensura.
    quem não quer ler criticas de suas series favoritas porque colocaram num “altar”,numa “aura intocável” então não deveria estar aqui,afinal critica é para apontar os acertos e os erros e também possiveis soluções.
    house foi para uma direção perigosa quando mudaram muito o personagem e pensavamos que os roteiristas estavam sabendo o que faziam mas perderam o rumo e o personagem acabou se tornando uma parodia de si mesmo,isso é fato.
    se os fãs não conseguem suportar isso,paciência,isso pode acontecer com qualquer serie mas,como espectadores temos o direito de criticar e os produtores poderiam ter um minimo de autocritica para variar, mas os “números do ibope” são mais importantes do que o que pensa os espectadores…

    nota:gosto muito de house,de The Big Bang Theory, e agora perdi minha “fé”no Two and a Half Men,deveria ter acabado faz algumas temporadas,pois agora apelaram nos ultimos episodios para escatologias,uma visivel falta de assunto,o que eu acho o começo do fim de qualquer serie que apela para isso.

  20. mauricio

    Não vou nem entrar no teor dessa discussão. Mas Thiago você tem todo o meu apoio. Bom senso é essencial e, definitivamente, não é o mesmo que autocensura.

  21. Thiago Sampaio

    No meu último comentário sobre o assunto, colo trechos que escrevi sobre o penúltimo episódio de House na coluna Lá Fora:

    virei crítico dessa temporada de House. Casos médicos desinteressantes, limitação de Cuddy a um potencial par romântico, Cameron (quem viu o início da série sabe que ela merecia mais) saiu de repente… (…) esse sexto ano sofrer de uma tremenda falta de coesão. (…) me lembro sim dessas quase duas dezenas de episódios abaixo da média (..) Talvez se o sexto ano fosse só Baggage e Broken, a realidade sobre sua qualidade seria outra história.

    House não é minha série número 1, não coloco ela no altar: elogio quando dá e faço o mesmo quando tem que criticar. Só que com House, ou qualquer outra série, depois de passar meses, anos criticando, eu tenho o bom senso de pegar levar: ou uso de argumentos mais elaborados e menos irônicos/agressivos, ou em respeito à opinião dos outros só falo sobre quando necessário e isso se falar. Por isso não me arrisco mais como antes a falar de séries teens da CW, American Idol, Grey’s…

  22. Marcos Davi

    Confesso a vcs q ainda ñ consegui assimilar mto bem esse novos numeros atuais de audiencia. Antes de popularizarem o tal aparelho q grava varias horas da programação da tv, e antes do nielsen começar a computar a audiencia dos campi de faculdades(aumentando a qtd de espectadores de series adolescentes), tava tudo ok; décadas de audiencia comparadas da mesma forma; CSI com 20 e tantos milhoes de espectadores, quase q empatado com GREY’ S E DESPERATE vinha logo atras com os seus 18 milhoes.
    Mas aí, a populaçao gravando os seriados pra ver depois a audiencia caiu assustadoramente, de todos os programas, e aí fica dificíllimo comparar com os anos anteriores e ver qtos porcento de crescimento ou decréscimo.
    O q aconteceu foi um reboot, um marco zero da nova audiência americana, com totalmente novos seriados lideres, enqto os kings CSI, GREY’ S E DESPERATE cairam mto. Eu ainda ñ me acostumei com esse nova medição do “ibope”.

  23. Thiago Sampaio

    Marcos, antes não havia tanta concorrência da internet, videogame, tv a cabo… Hoje em dia, tem muito mais coisa que afasta o telespectador da tv a aberta do que 2, 5, 10 anos atrás.

    Tem um post do Pedro Beck, de 2008, que achei genial em determinada parte:
    http://teleseries.com.br/as-series-mais-esperadas-do-ano-de-2022/

    Vai ao ar esta semana no primetime da NBC a trigésima segunda e última temporada da série de drama ficcional mais duradoura da história da TV: Lei & Ordem – somando um total de 687 episódios. É esperada uma audiência histórica para a series finale, considerando que o penúltimo episódio, exibido semana passada, foi o episódio mais assistido dos anos 2010 alcançando uma audiência recorde de dois milhões de espectadores.

    Ele não contava com o cancelamento de L&O, mas… essa projeção da audiência para a próxima década foi uma pérola.

  24. Reinaldo

    Estava eu assistindo o episódio Blowback (5.3) de Numb3rs e com quem eu dou de cara : com a Anna (Morena Baccarin) de “V” no papel de Lynn Potter. Quem puder e quiser, assista.

  25. Reinaldo

    Hoje é o dia de eu encontrar a turma do “V” em outras séries. Agora foi o Christopher Shyer, o Marcus. Ele fez uma aparição em CSI, episódio 10.21 (Lost & Found).

  26. Raruiz

    Nunca assisti House… Mas, acho que não estou perdendo nada.

    E ainda não sei se TBBT as quintas foi uma boa ideia… Enfim…

  27. mazinha

    TBBT as quintas foi uma péssima idéia, e CSI:NY na sexta…vixe foi condenada ao limbo….

  28. Andrea

    Bom, por mim o Thiago não precisa ficar se desculpando a toda hora por se atrasar com essa coluna. Até economiza uma linha sem a desculpa :D Quando tiver, tem, e quem quiser ler se divertir e fazer sua própria e sensata análise faça. Na tranqüilidade e com trema…

    Basta lembrar que o pessoal do site também tem vida própria e seus percalços banais, como dor de cabeça, salário, “Deus existe?” e outros…

  29. antonium

    só para esclarecer:eu não me referi a ninguém especificamente aqui quando disse que alguns fãs colocam series num altar e numa aura intocável.

    existe fãs apaixonados aqui e também “lá fora”,o que não podemos é ser condescendentes com que estão fazendo com house pois gostamos (ou gostávamos..) muito das situações e dos personagens/atores da serie (falo em nome de quem gosta) para ela se perder assim.
    o nome do episodio final dessa temporada é “Help me” o que já resume toda a temporada,tanto literalmente quanto de fato…..

  30. antonium

    só para esclarecer:eu não me referi a ninguém especificamente aqui quando disse que alguns fãs colocam series num altar e numa aura intocável.

    existe fãs apaixonados aqui e também “lá fora”,o que não podemos é ser condescendentes com que estão fazendo com house pois gostamos (ou gostávamos..) muito das situações e dos personagens/atores da serie (falo em nome de quem gosta) para ela se perder assim.
    o nome do episodio final dessa temporada é “Help me” o que já resume toda a temporada,tanto literalmente quanto de fato…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account