Log In

TeleRatings

Audiência nos EUA na quinta-feira, 18 de dezembro

Pin it

Regis Philbin em Million Dollar PasswordCom reprise de CSI e a estréia de um game show, a CBS mais uma vez venceu a audiência da noite da quinta-feira. Foi uma noite de reprises e, justamente por isto, a coluna de audiência está magrinha.

Então a gente aproveita pra divulgar alguns números dos canais da temporada e praticar o nosso esporte favorito: falar mal da CW!

Ranking por canal

Emissora CBS Fox ABC NBC CW
Média
(em milhões)
10,30 6,69 4,83 4,38 2,09

Ranking por horário

Hora Programa (Canal) Milhões de
Telespectadores
20h Million Dollar Password (CBS) – estréia 8.27
Secret Millionaire (Fox) – final de temporada 6.43
My Name is Earl (NBC) – reprise 4.67
Ugly Betty (ABC) – reprise 4.57
Smallville (CW) – reprise 2.12
20h30 Kath & Kim (NBC) 3.84
21h CSI (CBS) – reprise 12.57
Are You Smarter Than a 5th Grader? (Fox) 6.95
Grey’s Anatomy (ABC) – reprise 5.52
The Office (NBC) – reprise 4.99
Supernatural (CW) – reprise 2.07
21h30 30 Rock (NBC) – reprise 4.66
22h Eleventh Hour (CBS) – reprise 10.07
Private Practice (ABC) – reprise 4.40
30 Rock (NBC) – reprise 4.32
22h30 The Office (NBC) – reprise 3.78

A CBS liderou a semana toda até aqui apostando em inéditos e eis que apostou em reprises… e continuou ganhando!

O canal foi líder de audiência em todos os horários e só perdeu na amostra 18-49 no início da noite, justamente quando programou uma atração inédita, o Million Dollar Password. O programa é uma versão atualizada de um game show antigo e tem um apresentador antigo também, o Regis Philbin (America’s Got Talent, Who Wants to Be a Millionaire e vários outros programas). Na nova versão os participantes são celebridades – e as da semana foram o William Shatner (Justiça sem Limites) e a bela Aisha Tyler (Ghost Whisperer).

Quem fez uma boa noite foi a Fox, que subiu sua média de audiência (e saltou da quarta para a segunda posição), com a finale de Secret Millionaire (foi líder no demo 18-49 no horário) e um inédito Are You Smarter Than a 5th Grader?.

Qual o programa mais assistido da noite? Claro, não poderia ser outro senão CSI. E Eleventh Hour também teve uma audiência respeitável para uma reprise – será que a série pegou de vez?

* * *

Pra fechar a coluna, algumas informações sobre a audiência da TV americana nesta temporada:

• Olha que curioso, até a 11ª semana da temporada, a ABC era o canal de maior audiência da temporada entre os telespectadores de 18 a 49 anos. Mas eis que com o fim do Dancing with the Stars e a boa estratégia da CBS, o jogo mudou. A CBS assumiu a liderança, com audiência média de 4,05 pontos. A ABC é a segunda colocada, com 3,91 pontos. Neste momento a Fox e a NBC estão empatadas em terceiro, com 3,67 pontos – só que, claro, as perspectivas da Fox são melhores para o restante da temporada (American Idol, 24 Horas, Dollhouse, Lie to Me), enquanto que a NBC terá apenas o Super Bowl para elevar sua média.

• Em número de telespectadores, a CBS também é líder, com média de 11,41 milhões no horário nobre.

• Em relação a temporada passada, a CBS tem uma audiência 0,8% menor, mas segue rumando a um ponto de equilíbrio.

• A audiência da ABC caiu 9,2% do ano passado para este. A NBC caiu 10% e a Fox 11,4%.

• Mas a campeã da lambança é mesmo a CW, que perdeu 24,6% de sua audiência.

• O desempenho do canal também é péssimo na amostragem por idade. Queda de 17,4% na 18-49. Entre o público alvo do canal, entre 18 e 34 anos, a queda é menor, de 7,4%.

• Enquanto isto, a nanica MyNetworkTV comemora um crescimento de 74%, tudo em razão de ter levado da CW o Friday Night Smackdown.

Coluna editada a partir de número fornecidos pelo instituto Nielsen (dados de exibição ao vivo mais programas assistidos em DVR no mesmo dia) e com informações do site TV by the Numbers.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

15 Comments

  1. Rodrigo B.

    Alguém sabe se daqui até o fim do ano teremos algo além de reprises? A única coisa inédita que me vem a cabeça agora é o fall finale de Prison Break, dia 22(quer dizer, tecnicamente não será mais fall, mas whatever…).

  2. Rodrigo B.

    E, well…embora estejamos falando de reprises, PrP conseguiu manter boa parte da audiência de Grey’s. Se isso vai acontecer quando os episódios inéditos chegaram já é outra história, mas suponho que seja um bom presságio pra série caçula de Shonda Rhimes.

  3. Laudo Kenji

    ***
    George Clooney e ER- Nada de Retrô

    O ator mais influente da atualidade, George Clooney, respira o ar gelado do início do inverno(aqui no hemisfério norte, claro!) com um promissor ano-novo de projetos cinematográficos e sociais. Na maleta executiva do profissional hollywoodiano- ele também é um importante diretor e incentivador de temas humanitários- carrega incontáveis propostas q poderiam sobrecarregar a agenda de Pelé, Barack Obama ou seja lá quem for, por muitos e muitos anos.
    As milionárias adesões comerciais também são muito bem-vindas e, assim como acontece na agenda do dentista, é possível dar uma encaixadinha entre um e outro horário.
    O início da carreira dele como ator não foi um mar de rosas. Aposentar o jornalista em troca de pequenos papéis que incluiam novelas e telefilmes, não era uma tarefa fácil para quem começara a tingir os primeiros cabelos grisalhos.
    Entretanto, no abismo dos quase 40 anos de idade, George era *o cara* e a Warner Bros (sempre ela!) sabia disso. Ambos iniciaram uma parceria q dura até hoje. ER, a série blockbuster da época, foi o estopim na sua carreira.
    Em ER, a vontade de assistir a cena de adeus do Dr. Ross é o último desejo dos fãs para o final da série- já q todos os atores originais já fizeram isso.
    Enquanto isso, aqui no Japão, George Clooney é veiculado em comerciais em pleno horário nobre.
    Tempo para merchandising não falta. Já para ER…

  4. Victor Hugo

    Paulo Antunes, deus te ouça… to curtindo demais eleventh hour… e o episodio 1.09 “Flesh” foi muito bacana…..
    E estes números da temporada da CW nem me impressiona.. o canal esta em uma disputa acirrada com a NBC pra quem faz mais decisão equivocada….

  5. Paulo Antunes

    Rodrigo B.,

    Pelo que vi, Prison Break será a única série com episódio inédito na semana que vem.

    E eu discordo de você. Private Practice está retendo a audiência mais apaixonada de Grey’s, que são estes 5 milhões que assistem a série nas reprises. O xis da questão são os outros 10 milhões, que só saberemos no ano que vem.

    Alex,
    O que derrubou a audiência do canal foram dois motivos – um, foi não renovar o contrato com a luta livre, sem ter uma programação consistente para exibir nas noites de sexta-feira. Diziam que a audiência da sexta-feira não era qualificada (e é apenas parcialmente verdade, porque isto derrubou os números do canal).
    A segunda coisa foi a venda da programação dominical para um terceiro. E, pior do que isto, o fato da CW não ter divulgado e dado suporte para estes programas.
    Basicamente, a CW é competitiva de segunda a quinta. E só. E o canal não fez uma boa temporada de estréia – 90210 não é um big hit, Privileged tem audiência frágil e Stylista deve ser cancelada.

  6. Rodrigo B.

    Descobri que outra série ainda com episódio inédito foi Numb3rs, na noite de sexta. Já estou baixando.

  7. Bárbara XB

    Entretanto, no abismo dos quase 40 anos de idade, George era *o cara* e a Warner Bros (sempre ela!) sabia disso. Ambos iniciaram uma parceria q dura até hoje. ER, a série blockbuster da época, foi o estopim na sua carreira.
    Em ER, a vontade de assistir a cena de adeus do Dr. Ross é o último desejo dos fãs para o final da série- já q todos os atores originais já fizeram isso.
    Enquanto isso, aqui no Japão, George Clooney é veiculado em comerciais em pleno horário nobre.
    Tempo para merchandising não falta. Já para ER… [2]

    Não custava nada Dr. Doug Ross voltar pra se despedir da série. Nem que fosse que nem Romano ou Kerry, em 15×07 Heal Thyself. :)

  8. Beto

    Achei esse site por acaso e ADOREI!!! Não sei se já foi dito algo mas com relação a faturamento, a ordem das redes americanas é igual a da audiência? Parece óbvio mas não é bem assim. Se algém souber…

  9. valeria fernandes

    por favor, voltem com Law & Order Criminal Intent com Vincent d”onofrio. Sem ele fica sem graça. Vamos boicotar, como fizeram na Warner?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account