Log In

Programação EUA TeleRatings

Audiência nos EUA entre os dias 18 e 20 de outubro

Pin it

NCIS, House e The Big Bang Theory

Olhando os números da TV americana do último domingo, segunda e terça-feira a impressão clara é de que o cenário geral, que nos últimos anos andava meio parado, está mudando. Bom, pode ter sido só o tropeço de House… Mas a questão é que, mais do que nunca, The Big Bang Theory e NCIS vão se confirmando como as grandes atrações da TV da atualidade. Elas estão chegando ao topo, e parecem dispostas a ficar por lá.

DOMINGO – 18/10

Domingo é dia de futebol americano. Com ele, a NBC segue líder na medição por idade e a CBS líder em número de telespectadores – aproveitando o fato de exibir jogos em rede nacional no horário da tarde.

19h
NBC: Football Night in America – 2.1, 5.96 mi
ABC: America’s Funniest Home Videos – 1.7, 6.94 mi
FOX: Brothers – 1.7, 4.47 mi

19h30
NBC: Football Night in America – 6.7, 21.52 mi
ABC: America’s Funniest Home Videos – 2.2, 8.66 mi
FOX: Os Simpsons (reprise) – 2.1, 4.62 mi

20h
NBC: Football Night In America – 4.1, 10.90 mi
FOX: Os Simpsons – 4.1, 8.59 mi
ABC: Extreme Makeover: Home Edition – 3.0, 10.38 mi

20h30
NBC: Sunday Night Football (até às 23h) – 6.1, 15.48 mi
FOX: The Cleveland Show – 3.8, 7.75 mi

21h
ABC: Desperate Housewives – 4.6, 13.54 mi
FOX: Uma Família da Pesada (reprise) – 4.2, 8.24 mi

21h30
FOX: American Dad – 3.1, 6.20 mi

22h
ABC: Brothers & Sisters – 3.2, 9.76 mi

Em razão do horário quebrado da CBS, segue as informações do canal separadas:

Programas da CBS:
cobertura da NFL – 6.1, 19.91 mi
60 Minutes – 3.3, 12.98 mi
The Amazing Race 15 – 3.1, 10.80 mi
Three Rivers – 1.7, 6.88 mi

A NFL invadiu a programação do canal no domingo e por conta disto, Cold Case não foi ao ar em parte do país e, na outra metade, teve exibida uma reprise. E, mesmo indo ao ar mais tarde, em um horário menos concorrido, Three Rivers não saiu do chão. Pelo contrário, o drama médico caiu mais. Com média de 1,7 ponto, ela passa a ser o programa menos assistido da CBS, atrás de Numb3rs.

O final de semana foi bom para diversas séries:

Brothers finalmente teve uma audiência decente, acima do 1,5 ponto no demo 18-49 e acima dos 4 milhões de telespectadores.

• Com a vigésima edição da “Treehouse of Horror”, Os Simpsons subiram em 0,5 ponto percentual no demo 18-49 anos.

Desperate Housewives finalmente tomou vergonha na cara e recuperou a posição de programa de ficção número 1 do domingo entre jovens-adultos, com média de 4,6 pontos. Ah, claro, o motivo é que Uma Família da Pesada foi reprise, mas faz de conta que não foi!

• Na carona, Brothers & Sisters volta a ter audiência média superior a 3 pontos na amostra 18-48. Eba.

SEGUNDA – 19/10

As segundas estão ficando mais e mais emocionantes. Pela segunda semana consecutiva a CBS mantém a liderança no demo 18-49, com 4 pontos (a Fox caiu para 3,8). E eu falei que ia começar uma disputa pela liderança nos números absolutos e parece ela já começou: a ABC perdeu um pouco de audiência, para 14,30 milhões e a CBS subiu, para 11,60 milhões. Será que dá pra alcançar?

20h
CBS: How I Met Your Mother – 3.5, 8.76 mi
ABC: Dancing with the Stars – 3.3, 15.98 mi
NBC: Heroes – 2.5, 5.67 milhões
CW: One Tree Hill – 1.1, 2.29 milhões

20h30
CBS: Accidentally on Purpose – 3.4, 8.62 mi

21h
CBS: Two and a Half Men – 4.7, 13.83 mi
ABC: Dancing with the Stars – 3.8, 17.04 mi
NBC: Trauma – 1.8, 5.52 mi
CW: Gossip Girl – 1.0, 1.93 mi

21h30
CBS: The Big Bang Theory – 5.1, 13.12 mi

22h
CBS: CSI:Miami – 3.8, 12.65 mi
ABC: Castle – 2.4, 9.88 mi
NBC: The Jay Leno Show – 1.5, 4.74 mi

Fox
cobertura do beisebol – 4.8, 14 mi
House – 4.2, 10.98 mi
FOX: Lie to Me – 3.5, 9.33 mi

Em razão da transmissão de um evento esportivo, a programação da Fox entrou ao ar mais tarde, bagunçando a tabela. House começou mais tarde, às 20h43. E eu esperava que com isto fosse ter mais audiência, mas teve menos. Nnos números finais a série registrou 4,4 pontos e 11,61 milhões de telespectadores, seu pior desempenho desde dezembro 2004!

No fim parece que o atraso de House foi bom pra CBS, já que Accidentally on Purpose atingiu seu melhor desempenho na temporada no demo 18-49 anos: 3,4 pontos.

E eu avisei: The Big Bang Theory chegou aos 5,1 pontos, audiência recorde da série entre os telespectadores de 18 a 49 anos. Passou a ser a atração líder da noite entre o público desta idade. E larga ainda como forte candidata a se tornar a série número 1 da semana no demo. Gente, gosto e torço muito por TBBT, mas realmente não acreditava que isto seria possível. Sério!

Heroes subiu. E Gossip Girl caiu legal, perdeu 680 mil telespectadores de uma vez.

TERÇA – 20/10

A Fox exibiu playoff entre Angels e Yankees e, bom, o desempenho não foi o mesmo da season finale de Hell’s Kitchen (volta Gordon Ramsay!). Resultado, a CBS retomou o domínio da noite, com média de 3,8 pontos (no segundo lugar ficou a NBC, 3,2) e a liderança, com muita folga em audiência, com 16,67 milhões de telespectadores (em segundo ficou a Fox, com 9,43 milhões).

20h
CBS: NCIS – 4.7, 20,60 mi
NBC: Perder para Ganhar (duas horas) – 3.9, 9,77 mi
FOX: playoffs da ALCS – 3.1, 9,43 mi
ABC: Shark Tank – 1.9, 6,24 mi
CW: 90210 – 1.1, 2,36 mi

21h
CBS: NCIS: Los Angeles – 3.9, 16,51 mi
ABC: Dancing with the Stars – 3.2, 14,23 mi
CW: Melrose Place – 0.9, 1,52 mi

22h
CBS: The Good Wife – 2.8, 12,89 mi
ABC: The Forgotten – 2.0, 7.72 mi
NBC: The Jay Leno Show – 1.8, 5.42 mi

Bom, quem achava que o boom de NCIS era temporário, vai ter que rever os conceitos. A série segue sólida. E crescendo. E o público está mudando, não cabe mais o argumento de que é programa para velhinhos.

Há duas semana atrás, com 4,3 pontos, o seriado foi o 10º programa mais assistido entre o público de 18 a 49 anos. Na semana passada foi o 8º. Esta semana, com 4,7, ela deve ir ainda mais longe (especialmente agora que sabemos que House, líder nesta amostragem, se deu mal).

Em número de telespectadores ela já é atração número um da TV (e não só entre os dramas, já que bate também os reality shows e o futebol americano).

E eu já começo a me perguntar se não será NCIS que vai enfim derrubar o American Idol…

Coluna editada a partir de número fornecidos pelo instituto Nielsen (dados de exibição ao vivo mais programas assistidos em DVR no mesmo dia) e com informações do TV by the Numbers e The Futon Critic.

Séries citadas:

É jornalista, pós-graduado em Jornalismo Digital pela Pucrs e trabalha com produção de conteúdo para Internet desde 1995. É editor de internet do Jornal do Comércio, de Porto Alegre. Fundou o TeleSéries em agosto de 2002. Na época, era fã de The West Wing, The Shield, Família Soprano e Ed. Atualmente é viciado em The Good Wife, NCIS, Game of Thrones e Parks and Recreation.

64 Comments

  1. Ana

    Bruno A.
    Depois parei para analisar os números e vi que eu acabei falando besteira.

    E, pelo amor de Deus, House tá renovada até 2011 se eu não me engano (é, anderson, você ainda vai ter muito Hu(r)gh Laurie pela frente).

  2. Rodrigo B.

    Thomaz Jr,

    Eu sei e concordo com sua visão sobre ele(embora nunca tivesse feita essa relação com a era Bush), mas estranhamente, hoje em dia, acho que ele faz falta por aqui. Acho que em alguns momentos ele criava um contraponto bem fundamentado, apesar dos já conhecidos excessos.

  3. Fernando dos Santos

    Sempre que se fala no Hugh(ou Hu(r)gh) Laurie me vem a mente o humoristico inglês Fry and Laurie estrelado por ele e pelo Stephen Fry e que passava no Eurochannel em meados dos anos 90.Eu costumava rir muito com aquele programa e também com Blackadder do Rowan Atkinson, onde os dois também fizeram participações.

  4. Marcos Almeida

    Deixem o cara falar mal da série. Todo mundo aqui, vez por outra, desce a lenha legal em alguma série que não gosta ou fica fazendo comparações tentando ser engraçadinho.

    Eu nunca gostei de House nem acho Hugh Laurie lá grande coisa, mas como desisti da série (assim como Lost) há muito tempo, nem falo mais, já que parece que ela nem existe. Só lembro quando vejo alguma chamada no Universal ou lendo as confusões por aqui…hehehe.

  5. Silvia_05

    Espero que a queda de House não tenha a ver com a saída da 13. Prá mim esses últimos episódios estão ótimos e poderia continuar assim. Se não tem audiência, que seja por causa das histórias. E elas podem melhorar.

    O que ninguém fala é sobre NCIS, que finalmente está tendo reconhecimento. E nessa temporada as piadas do Dinozzo estão ótimas. É diversão garantida.

  6. Marcelo

    Sinceramente não entendo ainda como os 13.83 milhões de Two and a half man são piores que 13.12 milhões de The Big Bang Theory. Juro q tô procurando entender a lógica disso, mas não consigo. =/z

  7. Marcelo

    Sinceramente não entendo ainda como os 13.83 milhões de Two and a half man são piores que 13.12 milhões de The Big Bang Theory. Juro q tô procurando entender a lógica disso, mas não consigo. =/z

  8. Thiago Sampaio

    Marcelo, televisão é dinheiro e os shows de mais importância são aqueles mais assistido pelo público preferido dos anunciantes.

    Ficou estabelecido que os consumidores estão entre 18 e 49 anos, a faixa de audiência que assisite os programas e compra os produtos. Por isso, o rating acaba sendo mais impotante que o número geral. No caso de Half Man, por exemplo, teria mais crianças assistindo do que em Big Bang.

    Tome Chaves no Brasil, por exemplo. É sempre líder de audiência, mas em sua maioria é visto por crianças, idosos e pessoas de baixa renda, logo, sem importância para o mercado publicitário. Peguei um exemplo extremo, mas… comercialmente, é melhor um programa com melhores números demográficos do que números gerais. O preço do horário comercial é em relação à essa audiência qualificada

  9. Mariana

    anderson, já que você citou a série In Treatment, acho que seria bom se você fosse fazer uma terapia, pois essa obsessão pelo Hugh Laurie não é nada normal.

  10. Bruno A.

    “Tome Chaves no Brasil, por exemplo. É sempre líder de audiência, mas em sua maioria é visto por crianças, idosos e pessoas de baixa renda”

    De onde você tirou isso? Pelo que eu saiba, não há esse tipo de medição no Brasil.

    Resposta do Editor: Bruno, o Ibope classifica sim os telespectadores por idade, sexo e classe social, estes dados existem.

  11. Thiago Sampaio

    Blog do Flavio Ricco. E mesmo que essa medição não seja oficial, é de bom senso também… Anunciantes sérios evitam programas baixos como Geraldo e Ratinho…

  12. Bruno A.

    A medição não é oficial (provavelmente) e um tanto preconceituosa. Eu até concordo com você quanto a Geraldo e Ratinho, mas Chaves… Todo mundo já assistiu Chaves na vida, e muitos assistem até hoje, não importa a faixa etária, social…

    Resposta do Editor: Não há nada de preconceituoso em saber se um telespectador é classe A, B, C ou D. E é claro que todo e qualquer programa atinge telespectadores de toda e qualquer classe social. Mas estamos falando de um perfil. Não sei qual o perfil de público do Chaves, mas é bem natural supor que o telespectador médio do SBT seja de classe social mais baixa que o da Globo; e o da TV Cultura/Educativa de classe mais alta que o da RedeTV!. E pode ter certeza que os canais e os anunciantes sabem muito bem disto.

  13. Thiago Sampaio

    Eu sou um grande fã de Chaves. Não falei isso por preconceito com a série. Até tenho essa impressão de que Chaves é melhor que qualquer comédia da Globo (talvez não A Grande Família) mas pelo que li, anunciantes não gostam muito de Chaves. Não dá retorno…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account