Log In

Notícias

Atores de ‘Parenthood’ comentam sobre possível quinta temporada

Pin it

Parenthood começou a quarta temporada quase se despedindo do público. Com o número de episódios reduzidos, apenas 15, Parenthood apresentou uma das melhores temporadas da série. Agora, o programa espera a decisão da NBC para saber se vai continuar por mais um ano ou não.

Na última quinta-feira, dia 7 de março, o elenco da série e o showrunner Jason Katims participaram de uma conversa com os fãs no palco do PaleyFest 2013. Os rumos do seriado foi o tema principal por lá, além das possíveis novas histórias que podem surgir com a quinta temporada. O colunista do TVLine Michael Ausiello, que moderou o evento, fez algumas perguntas sobre a família Braverman, o elenco, e o que Jason Katims reserva para o futuro desses personagens. Além disso, o showrunner contou que se hipoteticamente a quinta temporada acontecer, deve haver uma passagem de tempo de alguns meses desde o episódio final.

Confira o que aconteceu no painel da série no PaleyFest.

 A escolha

A quarta temporada de Parenthood, mostrou uma Sarah dividida no amor. Ao final, a personagem acabou por optar em ficar com o fotografo Hank (Ray Romano) e terminar tudo com o professor Mark Cyr (Jason Ritter). “Eu já sabia que isso iria acontecer”, disse Lauren Graham. Jason Ritter comentou que isso afetou ele pessoalmente, já que participa do seriado desde a primeira temporada, e todo o elenco passou a ser como uma grande família.  Falando em família, Lauren e Jason Ritter brincaram sobre a possibilidade do ator de fazer par romântico com Alexis Bledel, que interpretou Rory Gilmore, filha da personagem de Lauren em Gilmore Girls. “Eles sempre te trocam por alguém mais jovem, né?”, brincou a atriz. Ritter e Alexis foram escalados para protagonizar uma comédia na FOX.

Aborto

A gravidez da namorada de Drew trouxe para o seriado um problema importante para muitos pais, adolescente e futuros pais.  “Esse assunto em particular foi muito difícil. Queríamos algo  mais próximo da realidade”. O showrunner confessou que ficou muito emocionado com a performance do ator Miles Heizer em particular.

A hora do orgulho

Perguntado se algum dia a história ganharia um personagem homossexual, Jason Katims disse:  “É algo que eu adoraria encontrar um modo de fazer. A parte mais difícil é que a maioria dos personagens já tem um enredo bem construido”.  Ele revelou que tentou fazer de Amber um personagem gay, mas isso não seguiu em frente.

Conversa fiada

O estilo Jason Katims de fazer seriado é bem conhecido por dar liberdade aos atores que construam as cenas na hora das filmagens. Então, não ache estranho que eles conversem bastante na hora da gravação. “Acabei de gravar Friday Night Lights e eu queria levar isso para Parenthood… gravamos com 3 câmeras, vários lados da cena com vários ângulo, o que permite que os atores ajam de forma mais natural naquele momento, e o que acontece nesses momentos nunca chegam aos seriados. Tantos bons momentos, e isso que faz o show aproveite isso. Agora, os atores estão bastante antenados e eu acho que isso eleva o nível das cenas e faz tudo mais agradável”, disse Katims.

 

Você gostaria de ver Parenthood na grade da NBC este ano?

Séries citadas:

30 anos, é formada em jornalismo pela Unesp e em Letras Inglês e Literaturas pela UFRN. No "TeleSéries", já foi colaboradora e editora de Notícias, agora é Editora de Conteúdo e escreve a coluna mensal "Sintonia". Já passou pelo Vírgula e pela Rede BomDia, do DIário de S. Paulo. No tempo livre, vê Bones, Hot in Cleveland, It's Always Sunny in Philadelphia, entre muitas outras séries. Fã do Clark Kent e música country.

Website: http://naliteral.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Log In or Create an account